sábado, 24 de outubro de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Inimigo íntimo

Postado em 14 de outubro de 2020

Se o advogado Diogo Francisco Alves Maciel (PSL) depender do otimismo do candidato a vereador Valdeci Nunes (PRB) — da própria coligação — para alcançar a prefeitura de Canelinha nestas eleições, tem uma tarefa das mais difíceis pela frente. Pelo menos, foi o que ficou evidente no evento de campanha da aliança “Unidos Faremos Mais Por Canelinha”, domingo (11), num bar da Cidade das Cerâmicas.

Nunes, que surpreendentemente participava do encontro, não se conteve: pegou o microfone e bradou “Tonho e Altamiro!”, em referência às candidaturas do ex-prefeito Antônio da Silva (PP) e do vereador Altamiro José Adames (PSD) à chefia do Executivo municipal. A manifestação foi gravada e circula insistentemente, desde então, nos grupos de conversação online da cidade.  Pois, então?!

Águas passadas

Postado em 14 de outubro de 2020
Foto: Divulgação

A candidatura da servidora pública municipal Nadir Amorim (PSD) ao parlamento tijuquense foi determinante para que o irmão, Henrique Amorim — que abraçou a campanha de Elmis Mannrich (MDB) à prefeitura em 2016 —, voltasse ao ninho cola-branca nestas eleições. A quem pergunta, ele diz apenas que “foi MDB no pleito passado e agora vai votar em Eloi Mariano Rocha (PSD), e mudaria quantas vezes quisesse, porque é dono do próprio nariz”.

O mais ilustre dos Amorim, ex-vereador Antônio Zeferino “Tonho Polícia” Amorim, porém, continua resiliente. Ainda magoado com o desfecho das conjunturas de 2016, quando foi preterido por Mariano Rocha na diligência cola-branca para a conquista da prefeitura, ele prefere apenas acompanhar a batalha de Nadir e o silêncio sobre o pleito majoritário — e, inclusive, trabalha com material paralelo, sem fotos do prefeito atreladas à irmã. Pois, então?!

Poeira sacudida

Postado em 9 de outubro de 2020

“Aquele menino ali (o prefeito Daniel Netto Cândido (PSL)), que tenho como irmão, me ensinou que não existe PSL, PSD ou MDB, mas um grupo, uma família. É não é por uma frustração ou um desentendimento, porque não consegui alcançar meu objetivo pessoal, que eu abandonaria a continuação do trabalho” foi parte do discurso da vereadora Rúbia Tamanini (PSL), anteontem, em reunião dos governistas, para dizer que continua alinhada ao projeto do vice-prefeito Pedro Alfredo “Pedroca” Ramos (MDB) e do vereador Almir “Déi do Gás” Peixer (PSL) para a disputa da prefeitura de São João Batista nestas eleições.

Rúbia desde sempre esteve cotada para a vice-prefeitura na chapa situacionista, mas perdeu força na concorrência interna com Peixer, que contava com a preferência do adjunto batistense. Na manifestação, voluntária e surpreendente, ela se mostrou compreensiva e conformada. “Eu entendo. Também tenho a minha preferência. Por exemplo, se eu pudesse escolher com quem formar uma chapa, escolheria o prefeito Daniel”, pontuou.

A vereadora, figura capital do governo na Câmara, esteve resiliente com o agastamento do processo interno, desistiu de concorrer à reeleição no Legislativo e chegou a ser especulada na oposição. Mas pôs uma pedra sobre o braseiro, subiu nela e decidiu falar. “Se em abril o Pedroca era bom para ser o prefeito, por que agora, em outubro, teria deixado de ser? Retidão, ética e respeito é o que vocês terão de mim. Contem comigo”, finalizou.

Otimismo compreensível

Postado em 6 de outubro de 2020

O lateral esquerdo do Flamengo, Filipe Luís, de fato fez contato com os pais da pequena Anna Laura Orsi Batista, de Nova Trento, que luta contra a AME (Atrofia Muscular Espinhal) e precisa de R$ 12 milhões para pagar o tratamento. Ele se dispôs a ajudar no que for possível; mas não é verdade — pelo menos, por enquanto — que o clube carioca foi mobilizado na campanha Salve a Laurinha, e que deve expor um mosaico com o rosto da criança no próximo jogo do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. A notícia, compreensivelmente otimista, foi divulgada por um amigo da família em grupos de conversação online e gerou grande expectativa na região.

O que há, na realidade, segundo os mantenedores do projeto de arrecadação de recursos, é, neste momento, apenas a disposição do jogador em contribuir e, quem sabe, envolver o Rubro-Negro na proposta. Na esperança, foram enviadas 20 camisetas da campanha para a sede do Flamengo, no Rio de Janeiro, para facilitar o trabalho junto à diretoria do clube. A ideia inicial é que os atletas entrem em campo, no início de alguma partida com transmissão nacional, com a hashtag Salve a Laurinha no peito.

Paz, amor e votos

Postado em 5 de outubro de 2020

A estratégia da vereadora e candidata a prefeita Fernanda Melo (MDB) é muito clara nestas eleições: falar de propostas, evitar a polêmica e conquistar o eleitor indeciso. A postura crítica, denunciadora e, por vezes, agressiva das tribunas do Legislativo foi posta de lado; e, sensivelmente, notada na entrevista que a emedebista concedeu ao programa Linha de Frente, quinta-feira (1º) na VipSocial TV.

Com discurso linear, sóbrio e conciliador, a presidente do MDB municipal garantiu que as divisões internas do partido já não existem, que adversários não serão inimigos no pleito, e que pensa apenas em um “jeito certo de fazer melhor” — frase que adotou como slogan de campanha. Assista:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o Linha de Frente vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Nostalgia

Postado em 5 de outubro de 2020

O histórico hit “Vinte e Cinco Que é Bom” — parodiado do sucesso “Mexe Que é Bom”, de Zezé Di Camargo & Luciano — que impulsionou a campanha de Uilson Sgrott (então no PFL) à prefeitura de Tijucas nas eleições de 2000 foi avivado agora, 20 anos depois, pelo filho do ex-prefeito, Maickon Campos Sgrott (PP), candidato a vereador.

Na homenagem ao pai, à militância canarinha e a tudo que foi visto e sentido na última eleição do milênio, o jovem usa a nostalgia e a mesma música para inflamar o eleitorado e, assim como o progenitor, sua maior inspiração, alcançar o sucesso nas urnas com “todo mundo ligado, coração acelerado, Maickon Sgrott que é bom”. Pois, então?!

Fato ou fake?

Postado em 9 de setembro de 2020
Foto: Divulgação

Há rumores, em Canelinha, sobre um súbito desencanto do ex-prefeito Antônio da Silva (PP) com o processo eleitoral e possibilidade de desistência da disputa. Um drama familiar que teria afetado a popularidade do ex-mandatário seria o motivo. Ao Blog, com exclusividade, ele nega as especulações e diz que “é tudo boato, tudo mentira”.

Na semana passada, Silva e o vereador e pré-candidato a vice-prefeito Abel Grimm (PSD) cumpriram a sessão de fotos para a campanha e, pela descontração, pareceram, de fato, firmes na proposta e alheios ao disse me disse. Pois, então?!

Em campanha

Postado em 1 de setembro de 2020
Foto: Divulgação

Não tem mais volta. O empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) e o advogado e contabilista Paulo Roberto Severiano (PSL) já iniciaram, de maneira efetiva, a campanha à prefeitura de Tijucas nestas eleições. As fotos juntos — especialmente em pontos estratégicos da Capital do Vale —, os releases de assessoria de comunicação e o engajamento nas mídias sociais são, agora mais, partes de uma estrutura montada exclusivamente para o trabalho de apresentação e aproximação com a comunidade.

Peixoto dos Anjos e Severiano estão decididos e alinhados, e devem ser oficializados candidatos a prefeito e vice em convenção do PDT e do PSL no próximo dia 12.

Valor legal

Postado em 25 de agosto de 2020

Em atenção à nota “Sem surpresas“, publicada hoje, o vereador Antonio Carlos Machado Junior (PSL), de Canelinha, garante que a decisão da representação municipal do PSL — que chancelou o advogado Diogo Francisco Alves Maciel como único pré-candidato a prefeito do partido nestas eleições — não tem qualquer validade legal. “A reunião (de ontem, em que houve a votação para a cabeça da chapa) seria somente para definir a agenda dos pré-candidatos a vereadores e vídeos para a campanha”, pontua o parlamentar.

Machado Junior diz, ainda, que nem ele e nem Alves Maciel participaram do encontro, porque estavam em Blumenau, tratando do assunto com o deputado estadual Ricardo Alba (PSL); e que, conforme acordado anteriormente, a escolha do candidato a prefeito vai depender exclusivamente de uma pesquisa já encomendada. “Nem mesmo a executiva do partido em Canelinha tem valor legal e poder de decisão. É uma comissão provisória”, conclui.

Paletó virado

Postado em 21 de agosto de 2020

A contratação dos advogados Jeyson PuelCristiano Silva para a assessoria jurídica da campanha de Heriberto Eurides de Souza (CIDA) e Fábio Norberto Sturmer (PP) à prefeitura de São João Batista se transformou na polêmica do momento na cidade. Atuantes nas duas eleições do prefeito Daniel Netto Cândido (PSL) e, inclusive, membros do primeiro escalão do governo da Capital Catarinense do Calçado, eles, agora, decidiram virar o paletó.

Puel, delegado da executiva municipal do MDB, a propósito, chegou a ser especulado como pré-candidato à sucessão de Cândido. A serviço da oposição, agora, o jurista prometeu se desfiliar imediatamente do Manda Brasa.