segunda-feira, 9 de dezembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Bancada contrária

Postado em 27 de novembro de 2019
Foto: Divulgação

Entre os vereadores de situação, há uma força-tarefa para impedir que o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) seja escolhido, novamente, para compor chapa com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) no pleito majoritário de 2020. Embora o adjunto tijuquense mantenha o favoritismo, a bancada governista na Câmara, por motivos pessoais e/ou ideológicos, tem maioria contrária ao bis da dupla.

Hoje, a propósito, os parlamentares situacionistas têm reunião com o Conselho — convencionado de empresários e líderes colas-brancas que orientam politicamente a administração municipal —; e devem tratar do assunto.

CONVERSA AFIADA

Presidente do Legislativo, o vereador Vilson Natálio Silvino (PP) é um dos que preferem — ou preferiam — a mudança na chapa governista para 2020. Mas ontem, porém, esteve com Gomes, amistoso e sorridente, na Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos.

Se o tom for suave, hoje, na reunião com o Conselho, imagina-se que o encontro entre o parlamentar progressista e o vice-prefeito tenha sido proveitoso. A foto, aliás, mostra que a harmonia, a diplomacia e a amizade continuam na ordem do dia.

Recuo

Postado em 26 de novembro de 2019

O desconforto criado na administração municipal com a declaração do chefe do departamento de Estrada de Rodagem, Renato Sartori, de que haveria “laranjas” no setor, teve desdobramentos hoje.

Sartori publicou um pedido de desculpas ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e ao secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos do município de Tijucas, vice-prefeito Adalto Gomes (PL). Na postagem, o servidor em cargo comissionado admitiu o erro. “Me expressei mal. Tinha gente se metendo no meu trabalho e só queria cuidar do meu espaço”, escreveu.

Chapa pronta

Postado em 22 de novembro de 2019

Vitoriosos juntos em 2016, o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e o vice, Adalto Gomes (PL), puseram as cartas na mesa, segunda-feira (18). Um cara a cara definitivo entre eles tratou de recolocar o trem nos trilhos para a campanha de 2020.

Mariano Rocha e Gomes estavam distantes politicamente. A conversa, porém, reaproximou a dupla e, neste momento, se depender apenas deles, a reedição da chapa na próxima concorrência majoritária de Tijucas está garantida. O chefe do Executivo manifestou o desejo pela manutenção, e o adjunto, que tem um projeto paralelo, cedeu.

Férias forçadas

Postado em 7 de novembro de 2019

A fadiga de três anos ininterruptos à frente do Executivo municipal, além de postergadas acuidades médicas, podem tirar o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) da cadeira por 30 dias, muito possivelmente em dezembro. O tempo serviria, sobretudo, para atender aos chamados clínicos, recarregar as baterias e projetar 2020 — que, por ser ano eleitoral, deve exigir dedicação extra do mandatário tijuquense e pré-candidato à reeleição.

Prestes a voltar de férias, o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) garante que ainda não recebeu qualquer comunicado oficial. O adjunto volta ao paço — e ao comando da Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos — na segunda-feira (11) e pode, de pronto, como presente de boas-vindas, ser informado da transmissão do cargo.

Ou vai, ou racha

Postado em 30 de outubro de 2019

Ex-vice-prefeito, investidor e entusiasta da campanha de 2016 em Tijucas, o advogado Roberto Vailati cumpriu reunião com o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), dias atrás, para saber do chefe do Executivo, cara a cara, olho no olho, quais as chances reais de reedição da chapa situacionista com Adalto Gomes (PL) em 2020.

Conselheiro da administração municipal e confrade do adjunto tijuquense, Vailati entende que “seria inteligente manter a unidade do projeto” e pôs o tema às claras com Mariano Rocha. O prefeito, por sua vez, teria revelado que faz o mesmo juízo e afirmado que deseja, por si, repetir a dupla com Gomes nas próximas eleições.

SUPORTE

Recentemente, o Conselho — escrete cola-branca, formado por empresários e líderes da base, que orienta politicamente e sugere ações a Mariano Rocha e à administração municipal — discutiu o assunto e, por maioria, aderiu à reedição da chapa. A matéria deve voltar à pauta nos próximos encontros do grupo.

Reforço

Postado em 29 de outubro de 2019

Os deputados estaduais Maurício EskudlarkNilso Berlanda, ambos do PL, querem engrossar a nominata de candidatos à Assembleia Legislativa, em 2022, com o correligionário Adalto Gomes. O projeto foi posto à mesa no trâmite de filiação do vice-prefeito de Tijucas no PL, meses atrás, e vem sendo reafirmado seguidamente.

A proposta envolve, ainda, outra condição: que Gomes mantenha a chapa com o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) nas eleições municipais de 2020, seja reeleito vice-prefeito, e passe a trabalhar na campanha ao parlamento catarinense.

Vice em pauta

Postado em 23 de outubro de 2019

Nas paragens dos Emirados Árabes Unidos e Europa, onde curte férias, o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) certamente nem imagina, mas tem sido tema frequente das reuniões do Conselho — escrete formado por empresários e lideranças colas-brancas que trama a reeleição do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e orienta a gestão municipal. Dias atrás, a reedição da dupla em 2020 tinha a preferência da grande maioria dos 16 membros do grupo; e as definições ficaram para os próximos encontros, entre novembro e dezembro.

Uma proposta concreta ainda não foi apresentada a Gomes em razão de um fato novo. Discute-se agora, no Conselho, a possibilidade, ora distante — mas muito bem vista —, da candidatura de Mariano Rocha ao parlamento catarinense em 2022. Se a semente germinar, o candidato a vice, no pleito que se avizinha, deve ser um canário legítimo, com plumagem amarelo-ouro e churrio genuíno.

Retiro turístico

Postado em 16 de outubro de 2019

O vice-prefeito e secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos do município Adalto Gomes (PL) entrou em férias na sexta-feira (11) e, já no dia seguinte, embarcou para Dubai. Ele fica, mais a mulher, Jaqueline, 26 dias entre o Oriente Médio e a Europa.

A viagem, para recarregar baterias e enredar o futuro, pode ser um divisor de águas na carreira política do adjunto tijuquense. Assim que voltar, Gomes deve entrar definitivamente no pleito eleitoral de 2020; e decidir se mantém o projeto de candidatura ao cargo máximo do município, ou se continua de braços dados com Elói Mariano Rocha (PSD) no plano de reeleição do prefeito.

Anfitrião

Postado em 4 de outubro de 2019
Foto: Divulgação

Representante, por procuração oficial, do senador Jorginho Mello (PL-SC) no cerimonial desta manhã — que oficializou a destinação de R$ 8,23 milhões do governo estadual para o asfaltamento da Avenida Beira-Rio —, o vice-prefeito Adalto Gomes (PL), de Tijucas, aproveitou o ensejo para posar com a comitiva de Major Gercino na fachada do Anfiteatro Leda Regina de Souza.

Na foto, com o adjunto tijuquense (C) e seu assessor pessoal Ivorlei “Ney” Alves de Assis, o vereador Augustinho Orlandi (PSDB), o prefeito Valmor Pedro Kammers (PSDB) e o secretário municipal de Planejamento, Rogério Resner.

Gomes segue como opção para o pleito majoritário da Capital do Vale em 2020, e, como secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos do município, comemora: vai encorpar o curriculum com a regozijada pavimentação asfáltica da Beira-Rio.

Plano em prática

Postado em 24 de setembro de 2019
Foto: Divulgação

Chegou, entrou, abriu a geladeira e já deitou na cama. O vice-prefeito Adalto Gomes (D) está se sentindo em casa no PL. Desde que assumiu a presidência do partido em Tijucas, não parou de confabular com líderes da legenda. Nesta tarde, a propósito, esteve na Assembleia Legislativa — acompanhado do vice-presidente municipal do PL, Edjalma Matos — para cumprir agendas com os deputados estaduais Maurício Eskudlark (C) e Nilso Berlanda.

As conversas com a cúpula liberal, embora embasadas na obtenção de recursos para benfeitorias públicas, têm uma razão extraordinária. Gomes ostenta garantias de suporte da executiva catarinense para o pretenso projeto de candidatura majoritária em 2020 na Capital do Vale. As promessas foram reafirmadas pelo senador Jorginho Mello (PL-SC), que comanda o diretório estadual, no evento que oficializou o ingresso do adjunto tijuquense nas fileiras do PL, no fim de agosto.