terça-feira, 18 de junho de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

À espera

Postado em 11 de junho de 2019

Se a relação entre prefeito e vice, de fato, desandar, Elói Mariano Rocha (PSD) já teria um nome (?) para substituir Adalto Gomes (PT) no comando da Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos de Tijucas: Renato Sartori, atual chefe do Departamento de Estrada de Rodagem.

Quem goza da confiança do presidente deposto do PSL conta que ele esfrega as mãos à espera do confronto final, e vem revelando que tem a garantia de Mariano Rocha para, assim que o desacerto se consumar e Gomes deixar o governo, assumir a pasta de Obras. Pois, então?!

Todos por um

Postado em 7 de maio de 2019

A classe política de São João Batista deu exemplo, ontem, de civilidade e respeito ao bem comum. Entre cerca de 500 presentes na audiência pública sobre a famigerada “cratera de Tigipió”, estiveram os quatro últimos prefeitos da Capital Catarinense do Calçado. Oposição e situação se uniram e cobraram uma solução do governo estadual para a Rodovia SC-108.

Jair Sebastião “Nonga” de Amorim (ex-MDB), Aderbal Manoel dos Santos (PP), Vilmar Francisco Machado (PP) e Daniel Netto Cândido (PSD) atenderam ao chamado do deputado estadual Altair Silva (PP) e dividiram o mesmo espaço, no salão comunitário da Capela de São Sebastião, no distrito de Tigipió.

Restou a promessa: a obra de recuperação da estrada, no trecho onde há dois anos houve um deslizamento, deve iniciar em 90 dias. De acordo com o levantamento do governo, serão investidos R$ 2,7 milhões no local.

Cá e lá

Postado em 24 de abril de 2019
Foto: Divulgação

A ponte Tijucas-Brasília segue em ritmo mais acelerado que a Bulcão Viana. E o secretário de Administração e Finanças do município, Rosenildo de Amorim, é quem tem a incumbência de estreitar os caminhos entre a Capital do Vale e a presidência da República.

Por solicitação do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), ele viajou novamente para tratar dos recursos para o município, de projetos aprovados em 2017 e 2018, que foram contingenciados pelo governo federal. E já foi direto no secretário especial da Casa Civil para o Senado, o catarinense Paulo Bauer, que prometeu intermediar a liberação das verbas.

Promessa cumprida

Postado em 21 de janeiro de 2019
Foto: Divulgação

O senador eleito Esperidião Amin (PP-SC) veio a Tijucas, acompanhado da mulher, deputada federal eleita Ângela Amin (PP-SC), hoje pela manhã, cumprir um compromisso com o presidente da Câmara e do PP municipal, vereador Vilson Natálio Silvino, com o líder benemérito do partido, ex-prefeito Nilton de Brito, e com o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD).

O ex-governador entregou uma Mitsubishi/L200 Triton Sport, avaliada em mais de R$ 160 mil, para a frota da Secretaria de Saúde do município.

Esportes náuticos

Postado em 24 de outubro de 2017
Foto: Divulgação

Acompanhada do vice-prefeito Paulo Henrique Dalago Müller (PTB), a prefeita de Bombinhas, Ana Paula da Silva (PDT), viajou para Alicante, na Espanha, no fim de semana, por dois motivos: acompanhar a largada da Volvo Ocean Race e encontrar o multicampeão Torben Grael. Existe projeto para uma escolinha náutica de vela na Capital do Mergulho Ecológico, e a parceria com o atleta seria fundamental. Um dos objetivos da proposta, inclusive, é atrair investimentos para o turismo de eventos esportivos na cidade.

Compromissos cumpridos e bem-sucedidos, a prefeita voltou a Bombinhas com a promessa de que a parceria entre o município e Grael deve ser firmada ainda em 2018.

Hora do reconhecimento

Postado em 30 de maio de 2017

Amanhã, o paratenista Ymanitu Silva, de Tijucas, faz a entrega do troféu que conquistou recentemente na França, no Open de Vendée, para um ilustre incentivador, como forma de gratidão ao estímulo que recebe desde o início da carreira.

Many acaba de regressar de Israel, onde venceu outras duas competições válidas pelo ranking mundial que credencia desportistas da categoria Quad para as Paralimpíadas de Tóquio em 2020 e cumpre a promessa que fez antes de embarcar para a Europa e, depois, para o Oriente Médio.

  • Honrosamente convidado, o Blog do Léo Nunes acompanha a homenagem e traz, em sequência, o registro aos leitores.

Amarração

Postado em 12 de maio de 2017

O suplente Cláudio Tiago Izidoro (PMDB) ganha, a partir de terça-feira (16), com a saída do vereador Jean Carlos de Sieno dos Santos (PSC) para a Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo, o direito de tomar assento no Poder Legislativo de Tijucas; mas não de indicar o próprio assessor.

Izidoro chega à vereanca sob muitas condições. Além da defesa à administração municipal, já encaminhada nos bastidores, ele precisaria acatar a indicação da assessoria parlamentar, que seria do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), e já estaria prometida para a nora de um ex-integrante do colegiado municipal. Pois, então?!

Quem promete, deve

Postado em 8 de fevereiro de 2017
Foto: Divulgação

O governador Raimundo Colombo (PSD) está ciente dos contratempos no trânsito das marginais de Tijucas, ocasionados nas recentes intervenções da Autopista Litoral Sul na cidade. Principais interessados na resolução do problema, o empresário Sizenando Andriani representante das empresas de transportes rodoviários no município – e o vice-presidente do Grupo Portobello, Cláudio Ávila, levaram a questão ao chefe do Executivo estadual.

Acompanhados do vice-prefeito Adalto Gomes (PT) e do deputado estadual Mário Marcondes (PSDB), além do arquiteto Romeu José dos Santos que participou da elaboração do Plano Diretor do município , os tijuquenses receberam do governador a promessa de apoio na causa.

Sete: O aviso das urnas

Postado em 18 de outubro de 2016

Após curta e tumultuada campanha, resquício de uma pré-convenção desgastante que deixou profundas cicatrizes no PMDB de Tijucas, o engenheiro Valério Tomazi (PMDB) elegeu-se prefeito em 2012. Além da valiosa continuidade, os periquitos ainda receberam outro presente das urnas: a advertência subliminar de que a ideia da “mudança” já permeava os sentidos dos tijuquenses. A magra diferença de votos entre vitoriosos e vencidos era um recado que pedia uma análise detalhada.

Talvez o próprio candidato situacionista tenha percebido que essa transformação seria necessária e salutar. Tanto que tempos antes da votação e, principalmente depois dela, lançou o compromisso público de optar por “perfis técnicos” na condução das pastas da administração municipal. A população comprou a proposta; e aplaudiu. Na prática, porém, a história foi outra. Em 28 de dezembro de 2012, ainda na transição de governo, Tomazi convocou uma coletiva de imprensa para apresentar o novo (?) colegiado. Apenas seis nomes anunciados para as 16 repartições da estrutura municipal não participavam efetivamente do primeiro e segundo escalões da gestão que terminava naquele ano. Antônio Cantalício Serpa, Cláudio Thiago Izidoro, José Teotônio “Zé Pequeno” da Silva FilhoOscar Luiz Lopes, Sivonei Simas e Wilson Bernardo de Souza foram as novidades.

Faça-se um adendo na nomeação de Zé Pequeno como secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos. Ele apenas assumiu oficialmente, em 1º de janeiro de 2013, mas não permaneceu no cargo por problemas de saúde. Gestora da pasta na administração anterior, Eliane Tomaz voltou a ocupar o posto. Portanto, 11 nomes do colegiado de Elmis Mannrich (PMDB) se realocavam no então novo governo.

Tomazi, que pregou “mudança” e deu esperanças àqueles que ansiavam por outros rostos e procedimentos na condução das demandas do município, deixou claras impressões de que sua autonomia era limitada. Cumulativamente, o próprio PMDB começava a zerar o saldo com o eleitorado tijuquense e trocava o recado das eleições por mais quatro anos de endosso ao seu quadro íntimo.

Em 2 de outubro deste ano, as urnas disseram novamente que gostariam de ver caras novas, condutas e horizontes diferentes no trato do patrimônio público. E foi épico. Os rumos alternativos poderiam começar em casa; se a mensagem do processo eleitoral de 2012 não fosse ufanamente desconsiderada, por imperícia ou impotência. A oposição parece ter assimilado melhor o aviso, e lançou o slogan “mudar faz bem” durante a campanha. Era tudo o que os tijuquenses queriam. Havia quatro anos.

Promessa é dívida

Postado em 27 de julho de 2016
Foto: Divulgação

Pré-candidato a vereador em Tijucas, o auditor fiscal do Tribunal de Contas do Estado e professor universitário Marcelo Henrique Pereira (PSDB) entrou de cabeça numa das principais demandas de Terra Nova, Campo Novo e Oliveira: a esperada pavimentação das estradas que levam àquelas localidades.

Entusiasta do projeto, Bernadete Stulp fez o postulante à Câmara prometer empenho na causa – se eleito, evidentemente –, antes de recebê-lo em casa, no Oliveira, hoje pela manhã.