quinta-feira, 21 de novembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Prestígio

Postado em 4 de julho de 2019

O chefe do Executivo de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (DEM), foi o único prefeito catarinense a receber o convite da presidência da República para a posse do novo ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira.

A cerimônia aconteceu hoje pela manhã, no Salão Nobre do Palácio do Planalto, em Brasília. O mandatário bombinense, desde a posse do presidente Jair Bolsonaro (PSL), vem mantendo estreitas relações com o alto escalão do governo federal.

Persistência

Postado em 11 de junho de 2019
Foto: Divulgação

O prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (DEM), bem que poderia instalar um escritório em Brasília. É um dos mais presentes da região na capital federal. Ontem, a propósito, esteve com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canutto, para, mais uma vez, apresentar projetos e pleitear recursos.

A conversa rendeu, e resultou no agendamento, já na próxima semana, da visita dos técnicos do ministério à Capital do Mergulho Ecológico para a análise de investimento. As pedidas, em obras federais no município, somam cerca de R$ 12 milhões.

Recepção calorosa

Postado em 10 de junho de 2019
Foto: Divulgação

O tijuquense Edemir Alexandre Camargo Neto (segundo, da esquerda para a direita, agachado), secretário adjunto de Estado da Justiça e Cidadania, esteve na recepção ao ministro Sérgio Moro (quarto, agachado), da Justiça e Segurança Pública, sexta-feira (7), no Complexo Penitenciário de Chapecó.

Moro vem elogiando sistematicamente o modelo de ressocialização de presos praticado em Santa Catarina e veio conhecer in loco a estrutura referenciada nos discursos; e disse que foi “uma visita inspiradora e gratificante”. O governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e o deputado estadual licenciado Altair Silva (PP), natural de Major Gercino, também estiveram na comitiva de recepção ao ministro.

Com exclusividade para o Blog, Camargo Neto, que já administrou, com elogiada atuação, o Presídio Regional de Tijucas e o Complexo Penitenciário de São Pedro de Alcântara, comentou que “quando a sociedade civil organizada se integra com os órgãos de segurança e o poder público, os resultados são muito positivos. Comunidade e empresários de Chapecó são exemplos disso”.

Rato de praia

Postado em 16 de janeiro de 2019
Foto: Divulgação

Ministro da Secretaria de Governo da presidência da República e veranista confesso, o general Carlos Alberto dos Santos Cruz (D) recebeu, ontem, em Brasília, o prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (PTB), e já foi logo perguntando “o que você está fazendo aqui, que não está na praia?”.

O mandatário bombinense visitou o Palácio do Planalto acompanhado do amigo e ex-deputado federal João Paulo Kleinübing (DEM), que concorreu ao cargo de vice-governador de Santa Catarina nas eleições de 2018 na chapa de Gelson Merisio (PSD).

Carona com o ministro

Postado em 26 de dezembro de 2018
Foto: Divulgação

O prefeito e o vice-prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB) e Elias Cabral (PSD), mais o prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSD), tomaram uma carona com o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, e a deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC), sexta-feira (21), em Palhoça, na cerimônia de entrega dos mais de 80 veículos que o governo federal destinou a municípios de Santa Catarina.

Sempre conectados ao deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC), Stein e Cândido não escondem que foram buscar micro-ônibus para os municípios que administram por conta da intermediação do parlamentar neotrentino.

Negou tudo

Postado em 9 de março de 2018

No cafezinho da Câmara Federal, quarta-feira (7), havia uma certeza: o deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça, de Nova Trento, deixaria o MDB para acompanhar o amigo Jair Messias Bolsonaro no PSL. O discurso do neotrentino, durante o ingresso do presidenciável na agremiação sócio-liberal, alimentou as especulações.

Questionado pelo Blog, o parlamentar negou. “Não posso deixar o MDB. Estou confortável no partido. Nunca perdi uma eleição no MDB. Vou para meu oitavo pleito, e pelo MDB”, garantiu.

MINISTRO?

Sobre assumir um ministério no governo federal, num possível sucesso de Bolsonaro nestas eleições, ele despistou. “Não temos esse compromisso. Vou apoiá-lo na campanha pela presidência da República porque somos muito amigos, mas não tem isso. Saiu na mídia, mas não tem nada”, concluiu Peninha.

Possível ministro

Postado em 22 de fevereiro de 2018

Natural de Nova Trento, o deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC) vem confidenciando a gente próxima de si que se o colega Jair Messias Bolsonaro (PSL-RJ) for eleito presidente da República, ele passa a ocupar, a partir de 2019, um ministério no governo federal. O convite, inclusive, já teria sido formalizado.

Não é segredo que Peninha e Bolsonaro têm uma relação estreita; sobretudo porque o neotrentino encabeça a luta pela revogação do Estatuto do Desarmamento e o presidenciável, militar de reserva, é um dos entusiastas da causa. Não raro, eles gravam mensagens nas redes sociais, juntos, em apoios recíprocos.

Se emplacar, o parlamentar da Terra de Santa Paulina institui um marco na história da região. Jamais um filho do Vale do Rio Tijucas esteve no primeiro escalão no governo federal.

Café com o ministro

Postado em 1 de março de 2017
Foto: Divulgação/Agência A

Empresários da região entre eles, Alcino Pasqualotto, de Itapema e da Construtora Pasqualotto participaram de um café da manhã, ontem, em Governador Celso Ramos, com o senador licenciado Blairo Maggi, atual ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Natural de Torres, no Rio Grande do Sul, Maggi revelou, durante o encontro, que é apaixonado pela região litorânea de Santa Catarina. A propósito: e que gaúcho não é?

Nossa gente

Postado em 14 de fevereiro de 2017

Desde o início da República, 166 ministros passaram pelo Supremo Tribunal Federal. Dos quais, apenas dois catarinenses. O recentemente falecido Teori Zavaski nasceu em Faxinal dos Guedes, no Oeste Catarinense, enquanto Luís d’Assunção Gallotti (1904-1978) era natural de Tijucas.

Gallotti foi nomeado em 1949 e presidiu a corte em 1966. É pai de Luiz Octavio Pires e Albuquerque Gallotti, nascido no Rio de Janeiro, que também foi presidente do STF, além de avô de Isabel Gallotti, ministra do Superior Tribunal de Justiça, e tio de Paulo Gallotti, ex-ministro do STJ.

Orgulho

Postado em 2 de dezembro de 2016

Criado em Tijucas, de carisma e humildade acima da média, o jovem juiz Rafael Brüning, que há menos de dois anos deixou o Fórum local para atuar em Santo Amaro da Imperatriz, e, em seguida, em Florianópolis, é, agora, juiz assessor do ministro Félix Fischer no STJ (Superior Tribunal de Justiça), em Brasília.

Entre os cerca de 16 mil juízes brasileiros, o ministro relator da famosa Operação Lava-Jato escolheu Brüning para a função.