sábado, 10 de dezembro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Confiança

Postado em 6 de dezembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Embora o governador eleito Jorginho Mello (PL) tenha anunciado os 11 primeiros nomes do colegiado estadual e nenhum deles contemple o propalado acordo com o MDB, o ex-prefeito de Porto Belo e candidato a deputado estadual nestas eleições Emerson Stein (MDB) segue confiante que vá iniciar 2023 na Assembleia Legislativa.

Nos bastidores, especula-se que pelo menos um dos deputados estaduais eleitos no MDB seja convidado ao primeiro escalão do governo e que Stein, suplente imediato do partido, assuma a vaga no parlamento catarinense. Os rumores mais fortes apontam para o ex-prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli (MDB), cotado para a Infraestrutura estadual.

Ideia fixa

Postado em 29 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, não desiste da ideia de lançar a primeira-dama Izineide Palochi na disputa majoritária de 2024. Na semana passada, em reunião com um vereador postulante à sucessão municipal, ele teria deixado muito claro que pretende fazer o possível para cumprir esse plano — embora juristas aliados do grupo governista se dividam sobre a questionada legalidade da candidatura.

No mesmo encontro, Mariano Rocha teria revelado que se, de fato, houver algum impedimento, a vez, por gratidão e integridade, seria do vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD).

Na fila interna, além do adjunto, aparecem com mais força o presidente do Legislativo municipal, Maickon Campos Sgrott (PP), o vereador Rudnei de Amorim (PSD) e, ainda que menos especulada, a secretária de Cultura, Paula Regina da Silva.

Nem um passo

Postado em 24 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Candidato a prefeito de São João Batista em 2020, o ex-vereador Heriberto Eurides de Souza (PSC) contrapõe a nota “Ultrapassagem pela direita“, de semana passada no Blog, e garante que não deu nem “um passo a procura do PL”. Ele disse, ainda, que faria uma live nas redes sociais para confutar qualquer especulação que pudesse haver sobre o tema.

O interesse inicial pelo partido do senador Jorginho Mello na Capital Catarinense do Calçado foi manifestado pelo vereador Gustavo Grimm (CIDADANIA), que tem relação estreita com Betinho e, talvez por essa proximidade, tenha-se confabulado o convênio entre eles.

Depois de tentar uma reunião com a cúpula estadual da legenda, Grimm se arrependeu e pediu desculpas ao presidente do PL no município, empresário Estevan Nascimento. “Estou aprendendo todo dia na política. Neste meio existe muito orgulho, mas reconheço que errei”, escreveu o parlamentar em mensagem endereçada ao comando local da sigla.

Coluna do Blog | 21 de julho, 2022

Postado em 21 de julho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

.

INEDITISMO

O jovem prefeito de Nova Trento, Tiago Dalsasso (MDB), mandou publicar na imprensa local um inédito comunicado que informa sobre a notificação da prefeitura a duas empresas responsáveis por pavimentações em dois bairros da cidade, realizadas há menos de um ano e meio, e que já apresentam sérios problemas estruturais. As terceirizadas terão que refazer o serviço, sob o risco de serem acionadas judicialmente.

Jamais se viu nada parecido nestas cercanias. E que sirva de exemplo para outros administradores públicos da região.

FERIDA ABERTA

A Procuradoria Jurídica da Assembleia Legislativa deu parecer favorável para a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar a interrupção da gravidez de uma menina de 11 anos, vítima de estupro em Tijucas.

Perguntar não ofende: ela vai ser chamada a depor após tanto sofrimento e humilhação? O requerimento para a CPI do Aborto, como começou a ser chamada, é assinado pela deputada Ana Campagnolo (PL) e subscrito por outros 21 parlamentares catarinenses.

INSISTÊNCIA

Mesmo com tanto barulho na Câmara Municipal e toda a polêmica envolvendo o fato, o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (REPUBLICANOS), de Canelinha, vai reenviar ao Legislativo o projeto para criação da Diretoria Municipal de Trânsito. E não esconde: se aprovado, o setor ficaria, de fato, sob o comando do policial militar de reserva e suplente de vereador Daniel José Pereira (UB), como especulado na cidade e que foi o estopim das principais discussões sobre o tema.

Alves Maciel contou, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, na TV Vip, semana passada, que pretende levar a proposta à Câmara no início de 2023.

COTAÇÃO

O empresário e corretor imobiliário Felipe Lemos, tijuquense radicado em São João Batista, comemorou aniversário no sábado (16), na localidade de Colônia, no interior batistense, com festa de um dia inteiro para centenas de convidados.

Carismático e bem relacionado, vem chamando a atenção. Na roda das especulações, durante o evento, não faltou quem elevasse o aniversariante à condição de cotado para a disputa da prefeitura da Capital Catarinense do Calçado no futuro. No momento, entretanto, Lemos presta apoio eleitoral ao prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), embora mantenha relação com figuras importantes em todos os partidos.

Na calculadora

Postado em 19 de julho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Pré-candidato a deputado federal, o suplente de vereador Juarez Soares (CIDADANIA), de Tijucas, persegue um “número mágico” nestas eleições. Ele calcula que se alcançar 20 mil votos, tem chances muito claras de passar os próximos anos em Brasília. Para tanto, precisa, ainda, de algumas variáveis matemáticas e de um toque do destino.

Soarez prevê que as atuais deputadas Carmen Zanotto (CIDADANIA-SC) e Geovânia de Sá (PSDB-SC) — os partidos foram federalizados para o próximo quadriênio — sejam as campeãs de votos na chapa, com sobras, e que o quociente eleitoral permita que um terceiro postulante do grupo conquiste outra vaga.

A primeira suplência, a propósito, também seria bem-vinda, de acordo com o policial penal. Nos cômputos do tijuquense, tanto Carmen quanto Geovânia estariam muito cotadas para uma secretaria de Estado caso o governo fique com Jorginho Mello (PL) ou com Esperidião Amin (PP). Ele conjetura, ainda, que, na pior das hipóteses, conseguiria a cadeira na Câmara Federal em 2024, quando elas supostamente concorreriam às prefeituras de Lages e Criciúma, respectivamente. Pois, então?!

Brecha

Postado em 5 de abril de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sempre especulado como opção natural nos pleitos majoritários de Porto Belo, o ex-prefeito Evaldo Guerreiro Filho (PT) passa a ser, mais uma vez, tema das conjecturas habituais sobre a eleição suplementar do município, marcada para 5 de junho. Mas, assim como em 2020, ele prefere a plateia ao palco do espetáculo. “Neste momento da minha vida, não existe qualquer chance (de candidatura)”, afirma, com exclusividade ao Blog.

Guerreiro Filho revela, no entanto, que, independentemente da sua posição pessoal, o PT pode apresentar um candidato a prefeito ou participar ativamente do pleito extraordinário da Capital Catarinense dos Transatlânticos. “O partido está avaliando, mas ainda não tomou uma decisão concreta”, pontua o ex-mandatário portobelense.

Período de testes

Postado em 22 de março de 2021
  •  
  •  
  • 33
  •  
  •  

Quanto mais a gestão do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), de São João Batista, se aproxima do centésimo dia, mais aumenta a apreensão dos membros do primeiro escalão do governo municipal. Esse foi o prazo — cem dias — que o chefe do Executivo batistense estipulou, ainda antes de iniciar o mandato, para avaliar a equipe e promover possíveis e devidas substituições no colegiado.

Ramos, a propósito, já precisou mexer na chefia de gabinete e na coordenação de Comunicação da prefeitura, mas por opção dos titulares, que deixaram os cargos para ocupar funções na esfera estadual. Agora, nesta nova etapa, caso o plano seja cumprido, o prefeito muda se quiser e convier. Especula-se nas coxias do paço que, passado o período de testes, três trocas no secretariado estejam previstas.

Carta de adeus

Postado em 15 de março de 2021
  •  
  •  
  • 8
  •  
  •  

Apesar de ter a maior bancada no Legislativo municipal — com quatro dos 11 vereadores —, o PP de São João Batista não consegue voltar a sorrir. O malogro da vez, agora, pauta os pedidos de desfiliação dos empresários Alyson dos Santos, irmão do ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos (PP) e atual vice-presidente do partido na Capital Catarinense do Calçado, e Adriano Airton Ramos, candidato a vice-prefeito nas eleições de 2016. Eles já encaminharam as solicitações ao presidente Fábio Norberto Sturmer.

De acordo com informações de bastidores, Santos vinha se sentindo desconfortável no ninho progressista e cobrando mais prestígio ao vereador Elisandro dos Santos (PP), que ajudou a eleger no pleito de 2020 e queria ver como figura principal do partido na Câmara. Especula-se, ainda, conforme antecipado no Blog, que tanto o empresário quanto o parlamentar — e afilhado político — devem migrar, em breve, para o PSC.

Pega para Cristo

Postado em 30 de novembro de 2020
  •  
  •  
  • 8
  •  
  •  

Personagem em voga na nota “Passaporte rasgado“, de quinta-feira (26) no Blog, a secretária de Educação de Canelinha, Rosângela Maria Leal Cordeiro, garante que se recebesse o convite do prefeito eleito Diogo Francisco Alves Maciel (PSL) para permanecer no posto, não aceitaria. “Desde muito tempo já sinalizei que não queria ficar no cargo. O término da gestão já estava bem presente na minha vida. Não perco nada. Quero acordar tarde, não ter compromisso, ficar na praia e viver feliz ao lado da minha família”, reforça.

Sobre o processo que deve enfrentar na Justiça, movido pela coligação “A Canelinha Que Queremos”, em face da publicação de um vídeo com afrontas ao candidato peesselista, Rosângela diz que foi pega para Cristo. “O vídeo não foi feito por mim e foi compartilhado por muita gente. Agora vamos à defesa”, finaliza a secretária.

De olho na Alesc

Postado em 25 de novembro de 2020
  •  
  •  
  • 17
  •  
  •  

Há especulações, que partem do grupo governista e ganham as mesas de botequim e rodas de esquina, sobre um suposto interesse do prefeito reeleito Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, nas eleições gerais de 2022. O assunto viria sendo discutido internamente há meses, e passaria pela confirmação da reeleição — sobretudo se o vice-prefeito eleito fosse alguém de extrema confiança do mandatário tijuquense, para quem teria que entregar a prefeitura em caso de renúncia para concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Mariano Rocha não confirma esse plano, mas também não nega. Quinta-feira (19), em entrevista ao LINHA DE FRENTE, na VipSocial TV, ele disse que qualquer movimento nesse sentido “é muito prematuro”, mas que não descarta a possibilidade. “Somos políticos. Neste momento, não posso dizer que sim. Mas conforme o andar da carruagem, avaliaremos”, respondeu. Assista à íntegra do programa com o prefeito e o vice-prefeito eleito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD), transmitido na semana passada:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o LINHA DE FRENTE vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.