quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Nova delegacia

Postado em 8 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Após sugerir a instalação de um posto de atendimento da Polícia Militar Rodoviária (PMR-v) nas rodovias SC-410 e SC-108, que cortam o Vale do Rio Tijucas, o deputado estadual Emerson Stein (MDB) pediu, nesta semana, a implantação de uma Delegacia Regional de Polícia Civil, justamente na Capital do Vale.

O parlamentar justificou, no pedido encaminhado ao governador Jorginho Mello (PL) e ao secretário de Estado da Segurança Pública, Carlos Henrique “Sargento” de Lima, que a delegacia de Tijucas recebe demandas de outros municípios, mas alguns serviços só estão disponibilizados na regional mais próxima, em Balneário Camboriú.

Para Stein, a nova Delegacia Regional, em Tijucas, diminuiria o deslocamento dos moradores da região para outros municípios e melhoraria o atendimento, sobretudo em departamentos ligados ao trânsito.

Representante oficial

Postado em 21 de setembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

A deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE) pode ser considerada, definitivamente, a madrinha dos pescadores de Santa Catarina. A bombinense, além de elaborar o programa SC + Pesca, oferecendo benefícios à comunidade pesqueira, vem participando ativamente da defesa de pautas da classe.

Nesta semana, Paulinha esteve em Brasília e se reuniu com o ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula, para discutir a necessidade da instalação de rastreadores em embarcações de pescadores artesanais.

Para a parlamentar catarinense, os trabalhadores não poderão arcar com o elevado custo, já que o equipamento passaria a ser exigido a partir de 2024. “Conversamos sobre o tema com muita profundidade. É desnecessário e caro. Se Deus quiser, vamos superar essa exigência antes da implementação”, pontuou.

Sem compromisso

Postado em 26 de julho de 2021
  •  
  •  
  • 10
  •  
  •  

A promessa de geração de 400 empregos diretos que a Costa Rica Malhas fez ao governo de Canelinha em 2018, diante dos incentivos do município para se instalar na cidade, não precisa ser cumprida. Pelo menos, não integralmente.

O jornal Correio Catarinense descobriu que o ex-prefeito Moacir Montibeler (MDB) decidiu, em dezembro de 2020, sem ter conseguido emplacar a reeleição, rever o contrato com a empresa e baixar um decreto que reduz o compromisso para menos de 1/4 do tratado.

De acordo com o ajuste inicial, a Costa Rica Malhas teria cinco anos, a partir de 2018, para empregar 400 canelinhenses; e desde dezembro, na escala refeita, precisa ter apenas 87 colaboradores para manter a convenção com o município. Entre as justificativas para a mudança do acordo, a gestão de Montibeler teria considerado as dificuldades que a pandemia teria gerado no cenário econômico local.

Lenha no forno

Postado em 5 de agosto de 2020
  •  
  •  
  • 42
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Dizem que Tijucas tem três particularidades muito valorosas: localização, localização e localização. Por isso, os empresários Cléber Coan SouzaDiego Eldo dos Santos, que distribuem 30 mil pizzas pré-assadas e congeladas por mês no mercado, estão se instalando na Capital do Vale com expectativa de dobrar a produção. Eles comandam a Forneria Oliva, que, até então, operava no litoral.

Os sócios (C) firmaram parceria com o município — representado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, William Clemes, e pelo ex-secretário e vereador Jean Carlos de Sieno dos Santos (PSD) — e já têm pouso, na área industrial de Tijucas, em galpão do rol de opções do corretor imobiliário Gabriel Furtado, especializado no estabelecimento de empresas de grande porte na região.

Mãos dadas

Postado em 2 de setembro de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O empresário Pedro Paulo Laus, da Terraza Urbanismo, comemora a parceria com o Grupo Koch como se fosse gol em final de Copa do Mundo. E conta os louros de uma proeza: a instalação do inédito Komprão Koch Atacadista, inaugurado sexta-feira (30), no Loteamento Pedro Lauro de Souza, na Joaia.

A loja foi construída em apenas 90 dias, com 4.500 m² de área física e 150 vagas de estacionamento, e deve gerar, ainda, mais de 100 empregos diretos na cidade. Um supermercado da Rede Koch no Loteamento Mata Atlântica, outro dos empreendimentos de Laus, já havia cimentado, no fim de 2017, a vitoriosa convenção entre as empresas.

No gatilho

Postado em 18 de fevereiro de 2019
  •  
  •  
  • 32
  •  
  •  

São João Batista pode ser, em breve, além de capital Calçado, também da Bala. Há mais de seis meses o prefeito Daniel Netto Cândido (PSD) vem conversando com representantes da Inbramun, que querem estabelecer uma fábrica de munições para arma de fogo na cidade. O trâmite está muito próximo de ser concluído. A contrapartida do município é a concessão de um terreno para a instalação da empresa, já aprovada pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico.

Nas promessas da Inmramun estão a geração de 170 empregos diretos e investimentos na casa dos R$ 30 milhões em São João Batista. Se oficializado o processo, esta seria apenas a segunda fábrica de munições do país e a pioneira na região Sul.