segunda-feira, 6 de julho de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Ponte com o presidente

Postado em 29 de junho de 2020

Uma ponte moderna, que ligaria o cais da Praça Henrique Ternes — onde fica a estátua do dinossauro, no Centro — aos bairros Pernambuco e Sul do Rio, sobre o Rio Tijucas. Este é o pleito do vereador Fernando Fagundes (MDB) ao deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC), revelado ao vivo no Linha de Frente, dias atrás, na VipSocial TV. A obra despenderia cerca de R$ 5 milhões em recursos federais para o município, e o parlamentar neotrentino prometeu levar a solicitação pessoalmente ao presidente da República, Jair Bolsonaro, de quem é muito próximo.

Peninha foi o décimo terceiro convidado do programa, transmitido semanalmente, às quintas-feiras, às 19h30, a partir do Portal VipSocial e com transmissões simultâneas nas redes Facebook, YouTube e Instagram. Assista à entrevista na íntegra:

Vidas de CNPJ

Postado em 29 de abril de 2020

Conforme prometido ao prefeito Daniel Netto Cândido (PSL), o coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC), fez chegar ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) a problemática de São João Batista — que não registra qualquer caso de infecção por Covid-19, mas já contabiliza 2,3 mil demissões na indústria calçadista.

Em pronunciamento à imprensa, hoje pela manhã, em Brasília, ao lado do presidente, Freitas citou a Capital Catarinense do Calçado para destacar a necessidade de atenção ao setor industrial. “A gente fala em vidas de CPF e também de CNPJ. Em Santa Catarina temos uma cidade chamada São João Batista: nenhum caso de Covid positivo e mais de duas mil demissões”, pontuou o deputado.

No inicio do mês, por videoconferência, o parlamentar garantiu ao mandatário batistense que os apelos do município seriam tratados com prioridade no Fórum e, mais ainda, que Bolsonaro tomaria conhecimento do problema.

Desinteresse

Postado em 8 de abril de 2020

Os sindicatos patronal e de empregados nas fábricas de calçados de São João Batista deram de ombros à reunião, por videoconferência, hoje à tarde, com o coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, deputado federal Daniel Freitas (PSL). Convidados, o SincaSJB (Sindicato das Indústrias de Calçados de São João Batista) apenas destacou uma representante — a secretária da entidade, Viviane Sardo — e o Sintrical (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Calçados de São João Batista) sequer compareceu ou justificou a ausência.

Quarto maior polo calçadista do país, o município sofre com os impactos da pandemia Covid-19. Se por um lado a Capital Catarinense do Calçado segue sem nenhum caso confirmado da doença, por outro já contabiliza mais de duas mil demissões desde o início das medidas de isolamento social.

A situação foi apresentada pelo prefeito Daniel Netto Cândido (PSL) ao coordenador. Na reunião, acordou-se que as demandas do município para minimizar os prejuízos serão debatidas com prioridade no Fórum, que é composto por todos os deputados federais e senadores catarinenses, e levadas ao presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Carreata cancelada

Postado em 31 de março de 2020

A semana passada terminou com polêmica. O suplente de vereador Sidney Machado, que pretende concorrer à prefeitura de Tijucas nestas eleições, ensaiou a realização de uma carreata em comemoração ao posicionamento do presidente Jair Bolsonaro sobre a interrupção da quarentena para a indústria e o comércio brasileiros. O evento não alcançou quórum e acabou sendo cancelado; mas as redes sociais não perdoaram a atitude do ex-presidente do PTB tijuquense, que recebeu duras críticas.

Para o Blog, com exclusividade, Machado diz que “o povo quer trabalhar” e justifica que a carreata não aconteceu porque “havia um infiltrado no grupo orientando os convidados para que não participassem, sob risco de serem multados”. Pois, então?!

Aliança com o presidente

Postado em 3 de março de 2020
Foto: Divulgação

Proclamado representante do Vale do Rio Tijucas nos apoiamentos ao Aliança pelo Brasil — partido, ainda em formação, que tem o presidente Jair Messias Bolsonaro como causa principal —, o suplente de vereador Sidney Machado, de Tijucas, gravou o depoimento da vice-governadora Daniela Reinehr, sábado (29), em Florianópolis, sobre o movimento. Ela também aguarda a homologação do Aliança para assinar filiação à nova legenda.

De acordo com Machado, as assinaturas para a oficialização do partido já chegaram a 1 milhão. Inicialmente, eram necessárias 500 mil. “Falta apenas o Tribunal Eleitoral reconhecer, para que possamos participar das eleições deste ano com o Aliança pelo Brasil”, comenta o tijuquense.

Ideologia à parte

Postado em 18 de fevereiro de 2020

As diferenças ideológicas não foram empecilho para que a deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT), de Bombinhas, fosse convidada a liderar a bancada governista na Assembleia Legislativa. Não para o governador Carlos Moisés da Silva (PSL), pelo menos. A representação do PDT em Santa Catarina, porém, torceu o nariz e pediu explicações à parlamentar.

Em carta aos correligionários, Paulinha pontuou que não foi eleita “para ser ‘oposição’ ou ‘situação'”, e nem “para ocupar o tempo de tribuna com reclamações”. A deputada revela, ainda, que “neste ano de convívio com o governador, conheceu um homem que, sem nenhum constrangimento, optou também pela sua consciência aos jargões dos preconceitos ideológicos” … “que, em sua humildade, dialoga (com os deputados pedetistas) sem ensejar contrapartidas ou negociações”.

Pronta a aceitar o convite, a ex-prefeita de Bombinhas ponderou que “para ele (o governador) talvez fosse ainda mais difícil, no rol da obviedade da política medíocre que nos faz míopes das grandes verdades da alma, explicar a escolha de uma líder mulher, pedetista, eleitora de Ciro (Gomes (PDT), candidato à presidência da República nas eleições de 2018 e crítico voraz de Jair Bolsonaro (PSL)”. Pois, então?!

Em formação

Postado em 22 de janeiro de 2020

Quem quiser uma briga, que se coloque entre o suplente de vereador Sidney Machado e o projetado Aliança pelo Brasil. Ele tomou a frente da formação do partido na região, e vem, com um grupo de apoiadores, colhendo assinaturas para a homologação da legenda — que tem a bênção do presidente Jair Bolsonaro. O evento recebeu o título de “Semana 1000”.

Machado, que já se declarou pré-candidato a prefeito de Tijucas nestas eleições, diz que o Aliança “será o maior partido de direita do país, que valoriza a família e respeita o povo”. Os postos de coleta estão, desde ontem, em pontos estratégicos de Tijucas, Canelinha, São João Batista e Nova Trento.

Governador dezessete

Postado em 13 de janeiro de 2020

Pesquisa do Instituto Síntese para o Grupo Notícias do Dia, de Florianópolis, confirma o que muitos já desconfiavam: 54% dos catarinenses sequer sabem o nome do governador do Estado, Carlos Moisés da Silva (PSL). O resultado deixa claro que a esmagadora maioria dos eleitores barrigas-verdes, em 2018, não votou no ex-comandante do Corpo de Bombeiros e muito menos em um programa de governo; e confiou no número 17, do então candidato a presidente Jair Bolsonaro.

onda, inclusive, gerou esforços homéricos no Vale do Rio Tijucas. Uma reunião com a imprensa, convocada por prefeitos do PSD e partidos aliados, no segundo turno daquela eleição, evidenciou o cenário de quase desespero da classe em favor de Gelson Merisio (ex-PSD, agora no PSDB). Mas uma virada de jogo àquela altura era praticamente impossível; e o número, e a esperança de novos tempos, venceu.

Na televisão

Postado em 7 de janeiro de 2020

Água mole em pedra dura, tanto bate até que… chega ao Jornal do Almoço, da NSC TV. Um dos vídeos de protesto que o suplente de vereador Sidney Machado faz periodicamente contra o governo municipal de Tijucas, enfim, passou das redes sociais à televisão e ganhou notoriedade estadual.

No quadro “Papo Reto”, do noticiário da emissora, Machado chama a atenção do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) para um caso de “esgoto a céu aberto” na Rua Antônio Apolônio Vargas, a famosa Rua da Pitanga, na região central da Capital do Vale. Durante a exibição do programa, o repórter e apresentador Edsoul Amaral informou que a prefeitura já lançou o edital de licitação — e que o pregão presencial ocorre nesta sexta-feira (10) — para a resolução do problema.

Ex-pesidente do PTB em Tijucas, Ney da Tijusat espera concorrer na eleição majoritária de 2020 nas fileiras do Aliança pelo Brasil, partido ainda em formação e que conta com a simpatia do presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL).

Diploma na parede

Postado em 19 de dezembro de 2019
Foto: Divulgação

O suplente de vereador Sidney Machado (sem partido), de Tijucas, comemora a formatura no Instituto Teológico Quadrangular. Evangélico desde a adolescência, ele tem, agora, credenciais para ser pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular; mas quer mesmo é ser obreiro em presídios e hospitais, ou missionário no exterior. O curso, de três anos, é reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura).

PRÓXIMO PLEITO

Na vanguarda do Aliança pelo Brasil, que ainda não foi instituído, Machado espera concorrer à prefeitura da Capital do Vale em 2020; e diz que tem um grupo de apoiadores, com 43 pessoas, pronto para pôr o bloco na rua.

Se não for no futuro partido do presidente Jair Bolsonaro (ainda no PSL), a opção seria o PSC — que continua, ainda, sob o comando do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Jean Carlos de Sieno dos Santos.