domingo, 3 de março de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Data para doar

Postado em 31 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Os dias 28 de novembro, a partir de agora, em Tijucas, serão reconhecidos como uma data para a doação. A Lei que institui o “Dia de Doar”, nº 3.035/2024, sancionada pelo Poder Executivo, foi criada através do Projeto de Lei nº 50/2023, de autoria do vereador Fernando Fagundes (MDB).

A intenção é incentivar, tanto instituições, o próprio poder público e pessoas físicas a praticarem ações e estejam engajados em contribuir com causas, organizações da sociedade civil e moradores de comunidades mais carentes.

Itens como alimentos, roupas, calçados, roupas de cama, mesa e banho, materiais de higiene, brinquedos, materiais escolares, livros, materiais de construção, móveis e decoração, prestação de serviços voluntários e até doação de sangue, plaquetas e medula, serão incentivados no Dia de Doar.

“Fico feliz com essa Lei. É mais um grande incentivo para ajudar a quem precisa. Tijucas mais uma vez dá exemplo quando o assunto é solidariedade”, afirmou, ao Blog, o vereador autor do projeto.

Doce apoio

Postado em 19 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Será apreciado pela Câmara de Vereadores de Canelinha, logo mais, um projeto de Lei de autoria do Poder Executivo que pretende contribuir financeiramente com melhorias habitacionais do município, garantindo habitabilidade, segurança, salubridade e acessibilidade em moradias de famílias de baixa renda.

O “Doce Lar” concederá R$ 2.000,00 ao cidadão que comprovar a necessidade. A quantia, entretanto, só poderá ser usada para a compra de produtos no próprio comércio canelinhense ou, em caso de contratação de mão de obra.

Segundo o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), mais de 300 pessoas estão cadastradas para receber auxílios da Assistência Social. “Essas pessoas precisam do nosso apoio. Além de ajudá-las a ter uma moradia mais digna e segura, o Doce Lar ajudará a movimentar a economia local. É certamente um dos maiores projetos já desenvolvidos em Canelinha”, afirmou o mandatário.

Lideranças canelinhenses alinhadas ao governo têm pedido, em encontros públicos ou nas redes sociais, que o projeto seja votado ainda em 2023, mais precisamente, na última sessão do Legislativo, marcada para hoje. A primeira-dama Elaine Busnardi, a propósito, é uma das “garotas-propagandas” do Doce Lar.

Reconhecimento

Postado em 14 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O saudoso ex-vice-prefeito, ex-vereador e ex-secretário de Obras e Serviços Urbanos de Tijucas, Adalto Gomes, falecido em junho deste ano, poderá batizar a Avenida Projetada, conhecida como P11, localizada no Loteamento Reserva Royal.

A ideia foi apresentada oficialmente pelo também saudoso ex-vereador Edson Souza. Entretanto, com o falecimento do parlamentar, o seu substituto no Legislativo, Esaú Bayer (MDB), decidiu fazer adequações e criar o projeto de Lei.

O PL foi aprovado, nesta semana, por todos os vereadores presentes na sessão e, agora, para que a via passe a se chamar Avenida Adalto Gomes, dependerá apenas da sanção do Executivo.

Na bronca

Postado em 23 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), de Canelinha, usou as redes sociais para lamentar a ausência da Terra das Cerâmicas na lista de cidades catarinenses beneficiadas com imóveis da Faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

A listagem, divulgada hoje (23), confirmou que 11 municípios serão contemplados, entre eles, Tijucas e Itapema. Havia, entretanto, a expectativa de que os canelinhenses estivessem no grupo, com a possibilidade da construção de 48 apartamentos.

Contudo, o Projeto de Lei, de autoria do Executivo, que autorizava a doação do terreno para a Caixa Econômica Federal, onde seriam erguidos os imóveis, não foi votado pelo Poder Legislativo dentro do prazo para adesão. Assim, Canelinha não foi contemplada.

“Canelinha ficou de fora por pura politicagem. Deixaram de votar o projeto que conquistaria 48 apartamentos para famílias canelinhenses. Uma triste semana para todos nós”, bradou Alves Maciel.

Apoio financeiro

Postado em 24 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Os tijuquenses que quiserem contribuir com a retomada das atividades do Tiradentes Esportes Clube, terão, em breve, a possibilidade de transferir recursos mensalmente para a equipe por meio do pagamento da conta de água, junto ao Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae).

A proposta foi apresentada no projeto de Lei nº 51/2023, de autoria dos vereadores Fernando Fagundes (MDB), Esaú Bayer (MDB) e Erivelto Leal dos Santos (PDT), e aprovada por unanimidade, ontem, na sessão ordinária da Câmara de Vereadores.

O presidente do Tiradentes, Vinicius Severiano, inclusive, participou da reunião e explicou que a doação dos valores é totalmente voluntária. Disse, ainda, que o recurso contribuirá muito com o andamento das atividades.

“Vamos correr atrás da população. Uma contribuição mínima e simbólica, mas pra que a gente possa manter a estrutura e colocar em prática nossos projetos pra 2024. A partir do ano que vem, iniciaremos projetos importantes voltados para crianças e adolescentes”, afirmou Severiano.

De fora para dentro

Postado em 23 de maio de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Agência Alesc

A pressão popular pode ser o empurrão que falta para que o Projeto de Lei 113/2019, em tramitação há quatro anos na Assembleia Legislativa, seja aprovado no parlamento. De autoria do deputado Altair Silva (PP), de Major Gercino, a proposta cria um fundo permanente para a manutenção e conservação das rodovias estaduais catarinenses — uma das principais fontes de reclamação em praticamente todas as regiões do Estado.

De acordo com o texto, 10% das arrecadações com IPVA e multas de trânsito, além das doações de contribuintes em contrapartida de benefícios fiscais seriam destinados ao fundo e usados na recuperação das SCs. Mas o PL continua inerte no Legislativo barriga-verde.

Para que o movimento ganhe força, Silva vem conclamando prefeitos, vereadores e cidadãos catarinense a encamparem essa luta. O parlamentar, que trouxe o tema mais uma vez à mesa das discussões, agora pede que a sociedade reivindique a leitura e aprovação do projeto na Alesc.

Energia solar

Postado em 25 de abril de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação/Alesc

Natural de Major Gercino, o deputado estadual Altair Silva (PP) propõe que prédios públicos do Estado, especialmente os destinados à Saúde e à Educação, sejam mantidos com energia solar. Ele protocolou o PL 123/2023 na Alesc para, segundo o texto, incentivar o uso das energias renováveis em Santa Catarina.

Caso o projeto seja aprovado e a Lei instituída, edificações que sirvam ao governo estadual seriam equipadas com coletores ou painéis solares para produção de energia fotovoltaica.

Antes de qualquer implementação, entretanto, um estudo de viabilidade técnica e principalmente econômica seria realizado nos locais atendidos. Silva pontua que a intenção primordial seria, justamente, a redução de gastos a médio e longo prazos.

Da tragédia pro debate

Postado em 13 de fevereiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Redes Sociais

O trágico falecimento ocorrido durante uma partida de futsal, válida pelas Olimpíadas Tijuquenses, na semana passada, virou motivo de debate político na Capital do Vale. Vereadores usaram o plenário da Câmara para criticar a FME (Fundação Municipal de Esportes) pela ausência de uma ambulância no Ginásio de Esportes João Bayer Filho. 

Cláudio Eduardo de Souza (PDT) publicou uma nota de repúdio e, durante a última sessão ordinária, quinta-feira (9), fez a leitura do documento. “Pra que esperar acontecer o pior para depois agir?”, perguntou o parlamentar. Já o vereador Erivelto Leal dos Santos (PDT) lamentou não ter visto nenhum representante da FME no Hospital São José, enquanto a vítima era atendida. 

Em contato com o Blog, o superintendente da Fundação Municipal de Esportes e vereador suplente José Roberto Giacomossi classificou algumas das críticas como “política barata” e prometeu, hoje, conceder entrevistas aos canais de imprensa do município. 

Afirmou ainda que o Projeto de Lei apresentado pelos vereadores Cláudio do Jornal e Maurício Poli (PSB), tornando obrigatória a presença de ambulâncias nas praças esportivas, deveria indicar de onde viria o recurso para custear a demanda. A aprovação do PL, sem a devida avaliação financeira, poderia impedir a realização de alguns dos eventos do calendário, justifica.

Polêmica extraordinária

Postado em 24 de março de 2020
  •  
  •  
  • 121
  •  
  •  

Em meio à crise mundial Covid-19, há espaço, ainda, para a política. O jornalista Cláudio Eduardo de Souza, que deve se candidatar a vereador em Tijucas nestas eleições, classificou a votação — sem a participação popular, em razão da pandemia — do projeto de lei 2382/2020, em sessão extraordinária da Câmara, como “um ato de falta de coragem, caráter e ética”. Em vídeo publicado nas redes sociais, ele diz que “usaram o desespero do povo para aprovar um aumento nos salários dos cargos comissionados da Casa“.

O caso repercutiu, e gerou resposta imediata dos vereadores Rudnei de Amorim (DEM) e Juarez Soares (CIDA), que se disseram indignados com “pessoas que usam dessa situação para denegrir a imagem do Legislativo com mentiras”.

Em nota, a Câmara garante que “o PL não aumentou salários. O que ele fez foi conceder reposição de 3,13% aos vencimentos dos servidores. Esse reajuste se refere à inflação dos últimos 12 meses, está previsto em lei e acontece todos os anos”. A regência do Legislativo municipal diz, ainda, que “com alguns serviços públicos suspensos e sem saber exatamente por quanto tempo continuaremos em quarentena, e tendo em vista que a legislação impede reposições a partir de 4 de abril, a votação teve que acontecer na última sessão”.

Presente

Postado em 23 de outubro de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No Brasil, 28 de outubro é o Dia do Servidor Público Municipal. E em Porto Belo, o prefeito Emerson Stein (MDB) não quer deixar a data passar despercebida. Para os funcionários do município, a festa deve ser no bolso.

Dias atrás, o Executivo enviou o Projeto de Lei 067/2019 para a Câmara. A partir da aprovação, os servidores, em 2020, passam a receber R$ 300 em vale alimentação. A proposta foi muito comemorada — mais que qualquer confraternização festiva — nas redes sociais.