sábado, 22 de janeiro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Longe de casa

Postado em 11 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-vice-prefeito Adalto Gomes, que concorreu à prefeitura de Tijucas filiado ao PL em 2020, agora, vota em Florianópolis. Ele precisou mudar o domicílio eleitoral para reingressar no PT, uma vez que a regência tijuquense do partido não admitiu o retorno do policial rodoviário federal aposentado às fileiras petistas.

Gomes, a propósito, revelou, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, na VipSocial TV, no fim de 2021, que apenas “usou” o PL para disputar o pleito de 2020, mas que, se fosse eleito, teria deixado a legenda na primeira oportunidade. Ainda mais com a recente chegada do presidente Jair Bolsonaro, de quem diverge em absoluto, aos quadros do partido. Assista:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o LINHA DE FRENTE vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Missão de retorno

Postado em 30 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A propósito da nota “Cabo de guerra“, de hoje no Blog, o ex-vice-prefeito Adalto Gomes informa que já se filiou novamente ao PT, que ele considera uma agremiação nacional e que independe de protocolos locais. O policial rodoviário federal aposentado diz, ainda, que apenas cumpre um chamado do presidente estadual da legenda, ex-deputado federal Décio Lima, que deve concorrer ao governo, e da ex-senadora e ex-ministra Ideli Salvatti para reorganizar o partido regionalmente e apoiar o movimento eleitoral em prol do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Vale do Rio Tijucas e adjacências.

Gomes, que continua ativo no processo político e social de Tijucas — sobretudo com a reintegração ao Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tijucas, entidade que já presidiu e que espera revitalizar —, garante que tem única e exclusiva intenção de contribuir com o fortalecimento do PT na região, e, de forma especial, com as campanhas da ex-deputada estadual Ana Paula Lima (PT), de Décio Lima e de Lula nas próximas eleições gerais.

Cabo de guerra

Postado em 30 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-vice-prefeito Adalto Gomes, de Tijucas, quer regressar ao PT de qualquer maneira. Para tanto, e diante da negativa unânime e definitiva da regência municipal, ele vem recorrendo à executiva do partido em Santa Catarina — especialmente ao presidente estadual da legenda, ex-deputado federal Décio Lima, com quem mantém relação histórica e inabalada — para ter novamente portas abertas.

Lima, que advoga em favor do ex-adjunto tijuquense, tentou convencer o presidente do PT na Capital do Vale, artista plástico Leandro Serpa, de que a admissão de Gomes deveria ser chancelada no diretório municipal; e informou que uma reunião, imbuída de ato solene para filiação do policial rodoviário federal aposentado, estava agendada para os próximos dias. Mas o comando local do partido segue irredutível, considera a postura do presidente estadual desrespeitosa e arbitrária, e ameaça levar a questão à executiva nacional.

No fim de 2019, o ex-vice-prefeito deixou as fileiras petistas, onde militou por quatro décadas, para ingressar no PL e concorrer à prefeitura nas eleições passadas. Mas certamente não imaginou que o retorno às origens seria tão tortuoso.

Ilustres companheiros

Postado em 27 de julho de 2021
  •  
  •  
  • 3
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O ex-deputado federal Décio Lima, presidente estadual do PT, e a ex-senadora da República e ex-ministra Ideli Salvatti estiveram em Tijucas na semana passada. Reuniram-se com a regência municipal do partido para tratar das eleições de 2022 em Santa Catarina e no país.

 

A expectativa ronda as candidaturas, ora prenunciadas, de Lima ao governo estadual e de Ideli ao Senado; mas a reunião serviu, ainda, para que o PT tijuquense apresentasse processos em andamento e metas futuras aos líderes da legenda com vistas, também, nas eleições municipais de 2024.

Sem retorno

Postado em 17 de maio de 2021
  •  
  •  
  • 20
  •  
  •  

Se o ex-vice-prefeito Adalto Gomes (PL) quiser, de fato, voltar às fileiras do PT — onde conquistou todas as vitórias eleitorais do currículo, em quatro décadas de militância —, vai mesmo precisar recorrer a instâncias superiores. A regência municipal do partido em Tijucas não admite, de maneira alguma, o retorno do policial rodoviário federal aposentado aos quadros petistas.

Na semana passada, o PT da Capital do Vale emitiu nota oficial a respeito do tema e tratou a saída de Gomes, no fim de 2019, para o PL, como “estratégia personalista”. O comunicado diz, ainda, que “a direção executiva, o diretório municipal, a militância e os simpatizantes do partido não compactuam com velhas práticas autoritárias e coronelistas, que ferem a construção democrática e o socialismo”, evidenciando, de forma incisiva, o desagrado com o caminho tomado pelo ex-companheiro para a disputa das eleições de 2020.

Café amargo

Postado em 7 de maio de 2021
  •  
  •  
  • 18
  •  
  •  

O café, na área de convivência do Hipermercado Koch, que reuniu o ex-vice-prefeito Adalto Gomes (PL) e o presidente do PT em Tijucas, artista plástico Leandro Serpa, nesta semana, foi frio e sem açúcar. Na mesa, além das xícaras, o projeto de retorno do policial rodoviário federal aposentado para as fileiras do partido onde sempre militou, mas que, por estratégia eleitoral, abdicou.

Serpa, assim como a maior parte da regência petista do município, não admite a volta do ex-adjunto tijuquense aos quadros do partido. E deixou claro, olho no olho, durante o encontro. Gomes, por sua vez, avisou que, se necessário, acionaria a executiva estadual da legenda. Pois, então?!

Porta fechada

Postado em 30 de abril de 2021
  •  
  •  
  • 18
  •  
  •  

O presidente do PT em Tijucas, artista plástico Leandro Serpa, diz que “recebe com surpresa” o movimento de regresso do ex-vice-prefeito Adalto Gomes (PL) ao partido. Segundo ele, “existe um processo em construção, uma visão estratégica, e o diretório municipal não entende o policial rodoviário federal aposentado como um quadro desse projeto”.

Outro dirigente do partido em Tijucas, o administrador Pedro da Costa ainda confrontou o ex-deputado federal Décio Lima, presidente estadual do PT — que se mostrou favorável ao retorno de Gomes às fileiras petistas —, ontem, durante a transmissão do programa LINHA DE FRENTE na VipSocial TV. “Décio, já consultou os petistas de Tijucas sobre o retorno dessas pessoas ao partido?”, comentou, em tom de cobrança.

À casa torna

Postado em 28 de abril de 2021
  •  
  •  
  • 60
  •  
  •  

O ex-vice-prefeito Adalto Gomes, que, oficialmente, ainda responde pela presidência do PL em Tijucas — por onde, inclusive, concorreu à prefeitura em 2020 — vem anunciando a desfiliação do partido. E deve levar consigo os fieis seguidores que o acompanharam na mudança, no fim de 2019. O destino do grupo é o PT, de novo.

Consultado pelo Blog, Gomes confirmou o movimento e justificou: “somos de esquerda, e o senador (Jorginho Mello, presidente do PL em Santa Catarina) é muito de direita”. As tratativas para o retorno às fileiras petistas já iniciaram.

Resistência

Postado em 26 de agosto de 2020
  •  
  •  
  • 10
  •  
  •  

Na maior parte dos municípios catarinenses, o PT vem sofrendo com a desconfiança popular e a associação de personagens locais a líderes nacionais da legenda condenados por corrupção. Que o diga o presidente do partido em São João Batista, Angelo Zunino, que tenta se candidatar a prefeito nestas eleições e não consegue encontrar um postulante a vice. Candidato a deputado estadual em 2018, quando somou 1.205 votos, ele tem sérias dificuldades, inclusive, na formação de uma nominata para a disputa do Legislativo.

Zunino já tentou, entretanto, unir o PT a outros projetos — como o da pastora Fernanda Adorne (PSC) e o do empresário Estevan Nascimento (PL), que devem concorrer à prefeitura em linhas alternativas — mas, ainda assim, sem sucesso.

Grupo fechado

Postado em 10 de julho de 2020
  •  
  •  
  • 29
  •  
  •  

A representação tijuquense do PT não está alheia aos movimentos pré-eleitorais do município. Reorganizada, a nova diretoria definiu, ontem, em assembleia, os postulantes à prefeitura e Câmara Municipal no pleito que se avizinha.

Os nomes do ex-servidor público federal Pedro Manoel da Costa e do sindicalista Roque Roberto dos Santos foram indicados para a concorrência majoritária, como respectivos pré-candidatos a prefeito e vice, enquanto o artista plástico Leandro Serpa e o conselheiro tutelar Tannay Vaz Júnior devem compor a nominata do PT para o Legislativo municipal.

Presentes nas chapas vencedoras de 2004 e 2016, os líderes petistas garantem que, embora coesos, seguem buscando apoiadores para as eleições de novembro.

Por Luan Lucas, especialmente para o Blog do Léo Nunes