quarta-feira, 18 de setembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Amigo e advogado

Postado em 3 de setembro de 2018

O presidente da Câmara Municipal de Tijucas, vereador Juarez Soares (PPS), conquistou, recentemente, além de mais um amigo, também um atento defensor. Qualquer menção, positiva ou não, ao parlamentar tijuquense, nas redes sociais ou na mídia especializada, cai no filtro do ex-vereador Carlos Leal da Silva – popular Carlinhos Rebelo, filho do saudoso ex-prefeito João Rebelo da Silva –, que faz questão de rebater, debater e advogar em favor do comandante da mesa diretora do Legislativo municipal.

Nas publicações do Blog, Silva repete sistematicamente que Soares é um “bom menino, com princípios e condutas éticas, tanto no campo político quanto no pessoal”. O ex-vereador, atualmente no ramo da extração mineral, diz, ainda, que o presidente da Câmara tem “postura semelhante às de Helio Gama (ex-secretário de Administração e Finanças da atual administração municipal) e Sérgio Cardoso (diretor do Sebrae/SC, ativo, desde sempre, no processo político de Tijucas e região)”. Pois, então?!

A PROPÓSITO

No tocante à nota “Exceção da regra“, de quarta-feira (29) no Blog, Juarez Soares garante que não vai “trabalhar para, e tampouco votar em Rodrigo Minotto (PDT) para deputado estadual” – embora fotos do presidente da Câmara com o criciumense, em almoço oferecido em Tijucas para possíveis apoiadores, sigam, ainda, muito vivas nos recentes arquivos sociais.

Soares, diz um passarinho incolor, deve, portanto, apoiar um candidato ao parlamento catarinense sugerido por Carlinhos Rebelo nestas eleições. Faz sentido.

Honra ao mérito

Postado em 16 de novembro de 2016

Representante brasileiro nas recentes Paralimpíadas do Rio de Janeiro, o tijuquense Ymanitu Silva concorre novamente ao Troféu Guga Kuerten como melhor atleta paradesportivo em 2016. A votação segue até o próximo dia 23 no site do concurso.

Many ostenta a 16ª posição no ranking mundial do tênis Quad – para atletas em cadeiras de rodas – e conta com os patrocínios da Faculdade Estácio de Sá, da Portobello, da Tyuco Imóveis e do empresário Sérgio “Coisa Querida” Cardoso.

Aliança à vista

Postado em 13 de julho de 2016

Agora com pré-candidatos a prefeito definidos de parte a parte, o movimento L.I.M.P.E. e a coligação PSD/DEM/PP se reúnem amanhã, no fim da tarde, na casa do engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD), para tratar da aliança das oposições no pleito majoritário de Tijucas.

Se houver acerto, as pré-candidaturas anunciadas podem se fundir. Um dos grupos, aliás, adianta ao blog que pretende propor a tomada do “caminho do meio”. Pois, então?!

Meio a meio

Postado em 8 de julho de 2016

Parte do PDT de Tijucas não concorda, mas o partido anunciou oficialmente apoio à candidatura do ex-prefeito Elmis Mannrich (PMDB) na concorrência majoritária que se avizinha. A ala que se intitula “Renovação” ainda quer ouvir as propostas do professor Elói Mariano Rocha (PSD), e, por essa razão, entende que a homologação da aliança está equivocada.

Ontem pela manhã, o engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) recebeu, em casa, membros da diretoria do PDT municipal. Mannrich, por sua vez, vem conversando com os pedetistas há mais tempo.

Caminho diferente tomou o L.I.M.P.E. (PSDB/PPS/REDE), que tentou acordo com o diretório estadual antes de ter com os representantes locais do partido, conforme noticiado no blog sob o título “Lá e cá“.

Pró-governo

Postado em 8 de julho de 2016

Uma comitiva do PSD – formada pelo engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso, pelo presidente municipal do partido, empresário Jilson Oliveira, o Gil da Acit, pelo vereador Luiz Rogério da Silva, o Rogerinho, e pelo professor Elói Mariano Rocha – esteve reunida com o prefeito Valério Tomazi (PMDB), na prefeitura, hoje pela manhã. Do primeiro gabinete do paço, o chefe do Executivo de Tijucas saiu ao encontro do colegiado, acompanhado do pré-candidato a prefeito pelo partido, e anunciou o apoio da administração do município na campanha peessedista.

De ponto a ponto, na sede do governo municipal, Tomazi e Rocha cumprimentaram servidores e secretários. Alguns foram diplomáticos, outros entusiásticos; mas também houve quem manifestasse contrariedade, como, por exemplo, o comandante da pasta de Obras, Transportes e Serviços Públicos, Artur Tomazoni Filho, que rejeitou a saudação e deu às costas ao prefeito e seu preferido nestas eleições. Pois, então?!

Dez por cento

Postado em 6 de junho de 2016

O momento é deles. Pelo menos 10% do público da Feijoada do Jamaica, sábado (4), na Sociedade 13 de Maio, em Tijucas, eram políticos. Pré-candidatos a prefeito, vereadores, líderes partidários, secretários municipais e cabos eleitorais, estavam todos lá.

De mesa em mesa, Elmis Mannrich (PMDB) cumprimentou a todos. Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) e Marcio Rosa (PSD) chegaram juntos e assim permaneceram – bastante prestigiados, diga-se de passagem – com as famílias e amigos, numa das pontas do salão. Antônio Zeferino Amorim, o Tonho Polícia (PSD), esteve discreto, mas não menos atuante, sempre acompanhado do vereador José Leal da Silva Júnior, o Lealzinho (PSD). Adalto Gomes (PT) também se fez presente, e trouxe consigo o prefeito de Porto Belo, Evaldo Guerreiro (PT).

Vilson José Porcíncula, o Tem (PSD), Eder Muraro (PSD) e Fernando Fagundes (PMDB) foram outros representantes do parlamento tijuquense na festa.

Quem viu, viu. Quem não viu, que aguarde pela próxima, amanhã, semana que vem e até outubro. Eles serão frequentes. Não há dúvida!

Nada mudou

Postado em 13 de maio de 2016

Membros do diretório do PSD de Tijucas se reuniram anteontem – com exceção do engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso, que convalesce de uma recente cirurgia no quadril – para tratar dos rumos do partido no município. O empresário Jilson José de Oliveira, popular Gil, foi reconduzido à presidência da legenda.

O vereador José Roberto Giacomossi, popular Betinho, tinha intenção de presidir o PSD municipal, mas acatou uma orientação de Cardoso, seu tutor político e líder benemérito do partido na Capital do Vale, e acolheu a indicação de Oliveira ao comando do diretório.

Grandes amigos

Postado em 9 de maio de 2016
Foto: Divulgação

O advogado Marcio Rosa surge como alternativa no PSD de Tijucas para a disputa majoritária deste ano. E, pela clara demonstração de carinho, parece que o cacique do partido, engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso, não se opõe à ideia. A relação entre ambos, atualmente, é assim: apenas beijos, sem tapas.

Possível regresso

Postado em 13 de abril de 2016

Desde o início da semana, tanto nas rodas de esquina quanto nos balcões de botequim, nos grupos de WhatsApp e nos redutos politiqueiros de Tijucas, se multiplicam rumores a respeito do suposto retorno do engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) à cena eleitoral.

Ao blog, Cardoso garante que não existe fato novo nesse sentido. Outras fontes, porém, dão conta da pressão popular e, sobretudo, do alto escalão do PSD nas costas do diretor de Administração e Finanças do Sebrae/SC. De certo é que uma nova pesquisa pré-eleitoral estará nas ruas da cidade nos próximos dias e que, a propósito, Coisa Querida será uma das opções na versão estimulada.

Aliança firmada

Postado em 4 de abril de 2016

De um lado da mesa, sexta-feira (1), estavam o engenheiro Sérgio Cardoso, o advogado Marcio Rosa, e os vereadores Eder Muraro (PSD), Luiz Rogério da Silva (PSD) e Sérgio Murilo Cordeiro (PSD). Na outra ponta, o coordenador regional do DEM, Jones Bosio, e o prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos (DEM). A pauta da reunião era a adesão do Democratas às bases do PSD na corrida eleitoral deste ano em Tijucas  aliança que, a princípio, não agradava o ex-secretário regional de Brusque, fundamentalmente pelas contendas com o governador Raimundo Colombo (PSD) desde sua saída da SDR.

Pesou, porém, a pujança do projeto. Bosio, que esteve propenso a unir o DEM ao PSDB na Capital do Vale, cedeu aos requisitos dos peessedistas e assinou um termo de união ao grupo. Em contrapartida, o PSD afiançou apoio à eleição de vereadores democratas no pleito proporcional.