segunda-feira, 3 de agosto de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Aliança refeita

Postado em 21 de julho de 2020

Contratempos à parte, PP e PSDB parecem ter voltado às boas em Nova Trento. Dias atrás, os dois partidos que compõem a aliança governista há 12 anos se reuniram e, aparentemente, puseram fim nas especulações de separação e projetos paralelos.

Nos últimos tempos, alguns progressistas vinham defendendo chapa pura nestas eleições — apesar dos panos quentes colocados por líderes do partido na imprensa local —; e os tucanos contra-atacaram com a mesma disposição de concorrer à prefeitura em projeto solo. No entanto, agora, depois do recente encontro, a ideia de manutenção da conjuntura se fortaleceu e não deve mudar até o pleito.

Corte e costura

Postado em 9 de julho de 2020
Foto: Divulgação

Tudo leva a crer que o PL do vice-prefeito Adalto Gomes e o MDB da principal opositora da administração municipal, vereadora Fernanda Melo Bayer, estarão juntos no pleito que se aproxima. Líderes dos dois partidos, mais representantes do Cidadania e do Solidariedade, reuniram-se nesta noite para tratar da coalizão — que, neste momento, é praticamente certa.

Com espaço cada vez mais reduzido no governo, e as chances de reedição da chapa com Eloi Mariano Rocha (PSD) se esvaindo, o vice-prefeito vem, há algum tempo, buscando acordos nos setores de oposição. Nas coxias da política tijuquense, conjetura-se a união, em chapa MDB/PL, especialmente para estas eleições, de Valério Tomazi e Adalto Gomes, que concorreram, um contra o outro, à prefeitura no pleito de 2012.

Trato refeito

Postado em 23 de junho de 2020
Foto: Divulgação

A representação municipal do PSL tem se reaproximado do projeto de reeleição do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) em Tijucas. Hoje pela manhã, o presidente do partido na Capital do Vale, bombeiro militar de reserva Gerson Henrique Marcelino, e o deputado estadual Onir Mocellin (PSL) — que atua na coordenação regional da legenda — se reuniram com o mandatário tijuquense para tratar das possibilidades de aliança.

Mariano Rocha se mostrou receptivo, e a proposta foi encaminhada. A executiva estadual do PSL continua convencida de que uma conjuntura com o atual grupo que governa o município seria a melhor escolha, apesar de contratempos recentes e das opções na mesa.

“Abrimos as portas para o PP”

Postado em 25 de maio de 2020

Adversários no pleito de 2016, os progressistas já estão instalados na atual gestão de Porto Belo e devem participar do projeto de reeleição do prefeito Emerson Stein (MDB). Décimo convidado do Linha de Frente, na VipSocial TV, quinta-feira (21), o mandatário portobelense falou da aproximação com o ex-vice-prefeito Giovanni Voltolini, da composição com o PP para a próxima concorrência municipal e, entre outros temas, da rivalidade com o ex-prefeito Evaldo Guerreiro (PT).

Stein revelou, ainda, que tem monitorado frequentemente o cenário eleitoral da Capital Catarinense dos Transatlânticos e que, segundo as pesquisas, o governo tem níveis de aprovação extremamente satisfatórios. “Uma gestão se mede pela rotatividade. Até hoje, precisamos trocar apenas um secretário”, pontuou o chefe do Executivo. Assista à íntegra do programa:

Programa de entrevistas no formato talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o Linha de Frente vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Internamente

Postado em 4 de maio de 2020

Uma corrente proposta por condutores eméritos do MDB tijuquense começa a ganhar corpo no cerne do partido. Figuras egrégias, como ex-presidentes e membros destacados das fileiras emedebistas, vêm defendendo a aliança com o PDT e a indicação de um candidato a vice-prefeito na chapa inicialmente encabeçada pelo empresário Thiago Peixoto dos Anjos para o pleito majoritário.

Consultada pelo Blog, a presidente municipal do Manda Brasa e vereadora Fernanda Melo Bayer diz que desconhece o movimento, e que não acredita no sucesso da proposta. “Uma agremiação com 1.380 filiados vai acompanhar outra com menos de 400?”, questiona.

Pré-candidata declarada à prefeitura, a parlamentar, porém, não descarta a conjuntura. “Somos um partido democrático. Vamos depender de uma votação com os filiados. Eu, particularmente, não serei vice de ninguém. Mas temos outros nomes no partido que poderão comprar essa briga”, pontua.

Aliança mantida

Postado em 29 de abril de 2020

Os rumores sobre a suposta decisão do PP neotrentino de concorrer em chapa pura na eleição majoritária, publicados no jornal Correio Catarinense de São João Batista semana passada, foram rechaçados ontem pelo presidente municipal da legenda, Jucelino Chini. De acordo com o periódico batistense, o diretório progressista teria se reunido secretamente para sentenciar o rompimento com o PSDB e definir os nomes de Maxiliano de Oliveira (PP) e Josemar Franzoi (PP) como respectivos pré-candidatos a prefeito e vice no projeto governista.

Em entrevista ao jornal O Trentino de Nova Trento, Chini garantiu que a informação não procede, e que “a coligação vitoriosa que elegeu Gian Francesco Voltolini (PP) e Jaison Marchiori (PSDB) em 2016 continua forte”. O presidente do PP projetou, ainda, que a aliança com os tucanos deve se manter “não apenas nas eleições deste ano, mas também nas seguintes”.

“Fui muito massacrado”

Postado em 27 de abril de 2020

Sexto entrevistado do Linha de Frente, o ex-prefeito de Nova Trento, Orivan Jarbas Orsi (PSDB), reiterou que o partido é quem decide, mas que ficaria desconfortável com uma reedição da aliança com o MDB nestas eleições. “Temos 45 membros no PSDB, e eles é que decidem. Mas eu tenho muita dificuldade. Quando fui prefeito, uma parte do MDB me fez muito mal”, revelou.

Orsi destacou, ainda, a atuação nos bastidores do processo eleitoral, a intenção de concorrer novamente à prefeitura nestas eleições, e a conjuntura entre o PSDB e o PP — que atualmente governa o município. “Meu governo fez com que o PP se fortalecesse”, disse, em atenção à sucessão municipal de 2012, que elegeu Gian Francesco Voltolini (PP) à chefia do Executivo. Assista na íntegra:

O programa Linha de Frente vai ao ar semanalmente, sempre às quintas-feiras, ao vivo, a partir das 19h30, pelo Portal VipSocial e com transmissões simultâneas nas redes YouTube, FacebookInstagram.

Ficou no papel

Postado em 9 de abril de 2020

No ensaio tudo funcionou melhor do que na prática. O status de protagonismo que se previa para o PSL nas eleições de Tijucas, sobretudo com destaque no projeto de reeleição do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), ficou apenas no papel. O partido do governador Carlos Moisés da Silva não conseguiu se efetivar na Capital do Vale e, com o fim da janela, muito provavelmente deixa de participar do pleito municipal neste ano.

Nos bastidores do processo, as justificativas apontam para a falta de quórum feminino nas fileiras do partido e a consequente dificuldade na formação de uma chapa consistente para a concorrência proporcional. Pois, então?!

SEM RELAÇÃO

Mostras de que os R$ 8,3 milhões que o governo estadual destinou a Tijucas, para o asfaltamento da Avenida Beira Rio, não têm relação com a projetada aliança entre o PSL e o plano eleitoral de Mariano Rocha — conforme se supunha —, inclusive, foram dadas nesta semana. A prefeitura já abriu processo licitatório para o início das obras.

De braços dados

Postado em 3 de fevereiro de 2020
Foto: Divulgação

Registrado em selfie, o encontro entre o chefe da Casa Civil estadual Douglas Borba, o secretário de Administração e Finanças de Tijucas, Rosenildo de Amorim, o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e o governador Carlos Moisés da Silva (PSL), semana passada, em Florianópolis, mostra que a relação entre o clero administrativo catarinense e a gestão municipal da Capital do Vale vai muito bem, obrigado.

POLÍTICA

Embora o evento servisse apenas para reafirmar a unidade entre o governo do Estado e os municípios da região, a política, evidentemente, esteve entre os assuntos informais da noite. Borba, que trabalha incessantemente na articulação entre o PSL estadual e líderes municipais de alta popularidade, tem claras intenções de aliar uma representação do partido à gestão de Mariano Rocha, especialmente para as eleições deste ano.

Braço direito do prefeito, o secretário de Administração e Finanças seria o escolhido para comandar — com aporte do irmão, vereador Rudnei de Amorim (DEM) — a base peesselista em Tijucas. Apesar de encaminhados, os trâmites do processo ainda não foram concluídos.

AUSÊNCIA

O prefeito de Canelinha, Moacir Montibeller (MDB), foi o único da região que não assinou o livro de presenças no jantar com o governador. E nem enviou qualquer representante.

Paralelamente

Postado em 8 de janeiro de 2020

Durante entrevista exclusiva para o colunista no quadro “Política” do Jornal Vip, do Portal VipSocial, no fim de 2019, o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) confirmou a pré-candidatura à reeleição e disse que, apesar de não ter restrições, a reedição da chapa com o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) dependeria da “vontade popular”.

Consultado pelo Blog, o adjunto tijuquense garante que continua disposto ao acordo, mas que, se houver qualquer entrave, tem um projeto paralelo de postulação ao cargo máximo do município nas eleições que se aproximam. Gomes pontua que tem mantido conversas muito positivas com o chefe do Executivo e que, ao mesmo tempo, segue como principal alternativa para a concorrência majoritária na aliança PL, PT, PV, PRB e setores do Cidadania.