terça-feira, 17 de setembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Procura-se

Postado em 7 de maio de 2019

Partido que mais vezes governou Tijucas, o MDB busca um presidente para o biênio 2020-2021. Recentes convites foram direcionados ao advogado Marcio Rosa e ao diretor do Sindicato dos Bancários de Brusque, Adriano Silva, o Guinho. Ambos declinaram.

Rosa confirma que recebeu investidas do ex-prefeito Elmis Mannrich e do próprio presidente municipal da legenda, Fernando Fagundes, e que não quer, definitivamente, se envolver na política; que está trabalhando muito, se dedicando integralmente à advocacia, e muito mais feliz.

Para o bancário, o chamado partiu da vereadora Fernanda Melo. Ele diz, com exclusividade ao Blog, que rejeitou a proposta porque a demanda financeira de um partido com o porte do MDB seria incompatível com sua condição econômica.

Cinco ponto cinco

Postado em 19 de março de 2019
Foto: Divulgação

Já virou praxe. Como faz recorrentemente, o advogado Marcio Rosa –  líder do MDB em Tijucas, e, especula-se, próximo, e novamente, presidente municipal do partido – celebrou aniversário, sexta-feira (15), no Rio de Janeiro, na companhia da mulher, Carina Desidério.

A quem pergunta, ele diz que chegou aos “cinco ponto cinco”. “Não tem nada de cinquenta e cinco! É cinco ponto cinco”, reforça. Pois, então?!

Procura-se advogado

Postado em 9 de janeiro de 2019

Criminalista renomado, o tijuquense Marcio Rosa tem motivos para comemorar e para lamentar: primeiro pelo sucesso profissional, e depois pela falta de tempo para assumir mais trabalho. Tanto que vem procurando um jovem advogado com talento nas causas cíveis e criminais para compor o time da Reinert Calil Advogados e dividir a demanda.

Ele diz que seria “uma grande oportunidade para quem pretende se firmar na advocacia”, porque o escritório que representa “é um dos mais respeitados da região”. E que, quem estiver disposto e souber unir responsabilidade e entusiasmo, pode procurar a Reinert Calil, conversar, e se apresentar para o trabalho.

Toma lá, dá cá

Postado em 2 de janeiro de 2019

Ex-presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) de Tijucas, o advogado Marcio Rosa – que voltou para o MDB pouco antes das eleições de 2016 – perdeu a paciência com um defensor do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) num grupo de WhatsApp, semana passada. A problemática da falta de água na cidade foi o tom da discussão, que chegou, inclusive, às ofensas.

Rosa reconheceu pontos positivos do governo de Mariano Rocha, mas criticou abertamente a gestão do Samae. Disse que conhecia com propriedade as demandas da autarquia, e que o caso era de incompetência. Ao ser contrariado por um dos membros do grupo, corretor imobiliário em Tijucas, o advogado partiu para a afronta. A contenda foi lida por cerca de 70 pessoas. Ninguém se manifestou durante o bate-boca. Pois, então?!

Montanha de gelo

Postado em 23 de novembro de 2018

Terminou agora, no Fórum da comarca de Tijucas, a segunda audiência do processo da Operação Iceberg em que são réus os servidores do Legislativo tijuquense entre 2013 e 2016. Na sessão, foram ouvidas as testemunhas de defesa. Ao todo, 13 nomes estavam arrolados – entre ex-prefeitos e ex-vice-prefeitos que também foram vereadores, e ex-presidentes da Câmara Municipal em legislaturas anteriores.

Personagens marcantes da política tijuquense – como Elmis Mannrich (MDB), Uilson Sgrott (DEM) e Valério Tomazi (MDB) – depuseram nesta tarde. As baixas ficaram na conta das ausências do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), que viajou em função do município e justificou a falta, e do vice-prefeito Adalto Gomes (PT), que deve ser reconvocado.

O processo está dividido em três partes: uma em que são réus os funcionários da Casa na legislatura passada; outra que julga o envolvimento dos vereadores da época; e uma terceira em que a berlinda se forma com os ex-presidentes da Câmara de 2013 a 2015. De acordo com o advogado Marcio Rosa, que faz a defesa dos servidores e da maioria dos vereadores e ex-vereadores indiciados, “ainda falta muita coisa, e não existe qualquer previsão (de tempo) para a conclusão”.

Geladeira

Postado em 9 de maio de 2018

Criou-se uma quimera sobre a audiência da Operação Iceberg – que apura o envolvimento de vereadores e servidores da Câmara Municipal de Tijucas num esquema de recebimentos indevidos de diárias durante a legislatura 2013-2016 –, agendada para a próxima quarta-feira (16). Sirenes, algemas e desespero passam do imaginário popular aos balcões de botequim e rodas de esquina recorrentemente. Há quem preveja, ainda, o esfacelamento no colegiado do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) no dia seguinte ao evento. Nem tão ao inferno, senhoras e senhores.

De acordo com o advogado Marcio Rosa, que faz a defesa da maioria dos réus no processo, a audiência da próxima semana é apenas a primeira de uma série. “Serão ouvidas as testemunhas de acusação, que são os policiais e mais algumas arroladas pelo Ministério Público. Nas próximas audiências serão ouvidas as testemunhas de defesa, arroladas por nós. E depois, ainda, as testemunhas dos réus”, explica o criminalista.

Em razão do grande número de pessoas a serem ouvidas, a audiência foi marcada para o salão do Júri do Fórum Desembargador Raul Bayer Laus, em Porto Belo.

Volta ao passado

Postado em 25 de abril de 2018

A reaproximação entre o ex-prefeito Elmis Mannrich e o advogado Marcio Rosa – que estiveram afastados por quatro anos, mas voltaram às boas na campanha eleitoral de 2016 – pode culminar, também, na retomada do MDB de Tijucas em 2019.

Passarinho transparente conta que o jurista, que dirigiu o partido por anos, vem articulando, com anuência de Mannrich, o retorno à presidência do diretório municipal. Diz a ave sinistra que Rosa planeja concorrer no próximo pleito interno, no ano que vem, contra quem for.

Carne e unha

Postado em 18 de abril de 2018
Foto: Divulgação

O ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB) e o advogado Marcio Rosa, de Tijucas, que sempre foram como unha e cutícula, recobraram, definitivamente, a velha amizade e a confraria política. Aquele hiato de quatro anos em que sequer se cumprimentavam, ficou no passado.

Outra mostra de que a relação, de fato, voltou às boas – desde o último pleito municipal – foi dada na festa de aniversário do comerciante Zilto Silva (E), o Boi, sábado (14), onde estiveram o tempo inteiro juntos, inclusive nas fotos, como sempre fizeram até aquele fatídico rompimento na pré-convenção do MDB, em 2012.

Intervalo

Postado em 15 de março de 2018
Foto: Divulgação

Advogado criminalista de excelência no Vale, político gabaritado e bon vivant inveterado, o tijuquense Marcio Rosa decidiu, hoje, de aniversário, presentear a si e à namorada, a bela Carina Desiderio, com uma pausa de alguns dias na agenda e merecida folga no Rio de Janeiro.

Na foto, o aniversariante e a cortejada dama curtem as paisagens da Urca, um dos cartões postais – dos vários e incontáveis – mais tradicionais da Cidade Maravilhosa.

Repeteco

Postado em 1 de fevereiro de 2018

O cartaz é outro, mas o filme é o mesmo. As tramas outrora protagonizadas por Marcio Rosa e Valério Tomazi, e, quatro anos depois, pelo mesmo Tomazi e Elmis Mannrich, que culminaram em rupturas irremediáveis no MDB de Tijucas, podem ter reedição neste quadriênio. Base de sustentação do ex-prefeito e líder mor do partido, a Família Fagundes parece decidida, agora, a apostar num antigo projeto: a candidatura do herdeiro Fernando Fagundes, vereador e presidente municipal do MDB, à prefeitura da Capital do Vale em 2020. E o desconforto tornou-se flagrante para os mais próximos.

Mannrich, segundo fontes precisas do Blog, entende que deva ser, ainda, a única opção de retomada do poder. E a relação com os Fagundes, que sempre esteve em alto gabarito, vem sofrendo desgastes desde que a proposta de candidatura do vereador à chefia do Executivo passou de especulação a planejamento. Pois, então?!