terça-feira, 23 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Extra! Extra!

Postado em 5 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

No último dia da janela da partidária, o União Brasil, de Tijucas, confirmou a adesão do vereador José Roberto “Betinho” Giacomossi. O parlamentar deve assinar a ficha de filiação ainda na manhã desta sexta-feira (5).

O Blog havia antecipado, dias atras, que Giacomossi estava decidido a deixar o PSD. Entre os motivos, estaria o desgaste da relação com a legenda, onde disputou três eleições consecutivas, sendo, inclusive, o primeiro vereador eleito pelo partido no município.

Antes de definir o futuro, o ex-superintendente da Fundação Municipal de Esportes comunicou o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) sobre a desfiliação. Desde então, o vereador passou a conversar com o colega de parlamento municipal, Maurício Poli (UNIÃO), sobre a possibilidade de adesão ao novo grupo.

“Estava sempre conversando com o Maurício Poli, com o irmão dele, o Cesar (Mário César Poli). O projeto deles no União Brasil é muito legal e decidi acompanhá-los”, resumiu Giacomossi.

Mudar faz bem

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Recentes movimentos levam a crer que o vereador José Roberto “Betinho” Giacomossi, de Tijucas, está de malas prontas para deixar o PSD. O primeiro parlamentar eleito pela legenda na história do município estaria, segundo fontes próximas, decidido a pedir a desfiliação.

Os motivos específicos ainda permanecem no campo da especulação. Um deles, porém, seria o desgaste da relação com o partido. Afinal, Giacomossi concorreu três vezes consecutivas (2012, 2016 e 2020) usando o 55 nos santinhos.

O ex-superintendente da Fundação Municipal de Esportes estaria, inclusive, repensando a candidatura. Fatores de cunho pessoal seriam empecilhos, mas que ainda dependem de avaliações profundas.

RÁPIDO E RASTEIRO

O Blog apurou que grupos políticos da Capital do Vale, cientes da possível – ora provável – saída, já teriam iniciado as tratativas com Giacomossi. O principal interessado é o PL e as primeiras investidas teriam partido do colega de parlamento e pré-candidato liberalista à prefeitura Fernando Fagundes.

Primeira troca

Postado em 3 de maio de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

A primeira mudança significativa no alto escalão do governo municipal, neste segundo mandato de Eloi Mariano Rocha (PSD), em Tijucas, teve um único motivo: problemas de saúde do então superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), José Roberto Giacomossi (PSD).

Com exclusividade ao Blog, o mandatário alegou que há uma grande demanda de trabalhos na FME, como a quantidade de campeonatos, de alunos nas escolinhas e de atletas inseridos em cada competição. “O Betinho, por seu estado de saúde, não tinha mais condições de tocar”, explicou.

O prefeito afirmou que a escolha de promover o então superintendente adjunto, Geovani Souza, contou com grande aceitação de dirigentes e atletas. “Responsabilidade, respeito às pessoas, lealdade, honestidade e dedicação”, também foram fatores pontuados por Mariano Rocha.

OPORTUNIDADES

O chefe do Executivo tijuquense ainda relembra outros casos de servidores que aproveitaram espaços e foram nomeados para o comando de secretarias, como Paula Regina da Silva, na secretaria de Cultura, e Deise Juliana Silveira, na Educação.

“Temos vários segmentos comandados por funcionários de carreira. É a oportunidade que se dá a cada ser executando suas funções”, finalizou o prefeito.

Habemus superintendente 

Postado em 28 de abril de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O martelo está batido. O atual superintendente adjunto da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Tijucas, Geovani Souza, deve assumir a gestão da pasta, substituindo José Roberto Giacomossi (PSD), a partir da próxima terça-feira (02). 

A alteração atende ao pedido de Betinho – como antecipado pelo Blog na nota “Mudar faz bem” -, de retornar à Câmara de Vereadores. A avaliação era de que havia um desgaste pelo longo período no comando da FME, além de questões particulares. 

Souza é de família ligada ao esporte e foi convidado pelo prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) devido ao perfil técnico, sobretudo na organização dos eventos esportivos. Além disso, a capacidade de inovação em áreas da FME foi apontada como um dos motivos. 

Habemus Adjunto 

Cotado anteriormente para a superintendência, o vereador Ezequiel de Amorim (PSD) será superintendente, mas adjunto. Uma cerimônia simbólica para as nomeações está marcada para a próxima quarta-feira (03), no gabinete principal da prefeitura. 

 

Mudar faz bem

Postado em 25 de abril de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O momento ainda é de indefinição para o Esporte de Tijucas. A qualquer momento, o atual superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), José Roberto Giacomossi, pode deixar o cargo e assumir uma cadeira na Câmara de Vereadores.

Betinho, como ficou conhecido, é o primeiro suplente do PSD no Legislativo e deveria ter tomado posse como vereador em 2021, com a licença de Paula Regina da Silva – que voltou à Secretaria de Cultura, Juventude e Turismo. Mas, por comandar a FME, a missão coube ao segundo suplente, Ezequiel de Amorim.

A saída do Esporte foi um pedido do superintendente ao prefeito Eloi Mariano Rocha, alegando um desgaste natural provocado pelo período na gestão, além de questões de saúde pessoal. Desde então, o chefe do Executivo tijuquense vem procurando alternativas.

Internamente, o mandatário teria cogitado a ida de Amorim para a FME. O vereador chegou, inclusive, a consultar amigos e pessoas próximas para buscar opiniões. Por ora, tudo continua onde está. Mas a tendência é de mudanças a partir de maio.

Da tragédia pro debate

Postado em 13 de fevereiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Redes Sociais

O trágico falecimento ocorrido durante uma partida de futsal, válida pelas Olimpíadas Tijuquenses, na semana passada, virou motivo de debate político na Capital do Vale. Vereadores usaram o plenário da Câmara para criticar a FME (Fundação Municipal de Esportes) pela ausência de uma ambulância no Ginásio de Esportes João Bayer Filho. 

Cláudio Eduardo de Souza (PDT) publicou uma nota de repúdio e, durante a última sessão ordinária, quinta-feira (9), fez a leitura do documento. “Pra que esperar acontecer o pior para depois agir?”, perguntou o parlamentar. Já o vereador Erivelto Leal dos Santos (PDT) lamentou não ter visto nenhum representante da FME no Hospital São José, enquanto a vítima era atendida. 

Em contato com o Blog, o superintendente da Fundação Municipal de Esportes e vereador suplente José Roberto Giacomossi classificou algumas das críticas como “política barata” e prometeu, hoje, conceder entrevistas aos canais de imprensa do município. 

Afirmou ainda que o Projeto de Lei apresentado pelos vereadores Cláudio do Jornal e Maurício Poli (PSB), tornando obrigatória a presença de ambulâncias nas praças esportivas, deveria indicar de onde viria o recurso para custear a demanda. A aprovação do PL, sem a devida avaliação financeira, poderia impedir a realização de alguns dos eventos do calendário, justifica.

Coluna do Blog | 4 de agosto, 2022

Postado em 4 de agosto de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

.

JUNTOS E MISTURADOS

Estiveram reunidos, recentemente, o presidente da Câmara Municipal de Tijucas, vereador Maickon Campos Sgrott (PP), o vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD), a vereadora Nadir Amorim (PSD), o ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), o presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), Luiz Rogério “Rogerinho” da Silva, e o superintendente da FME (Fundação Municipal de Esportes), José Roberto “Betinho” Giacomossi.

 

O registro se torna icônico porque todos na foto, sem qualquer exceção, em algum momento da história já foram aliados e adversários no processo eleitoral do município. Mas o encontro nada teve a ver com política. Foi apenas a confraternização da Associação Cruzeiro Esporte Clube, do Timbé, campeã municipal da Série B neste ano.

SORTE

O número de urna 19000 foi disputado palmo a palmo na convenção do PODEMOS catarinense, dias atrás. Era o preferido do ex-prefeito Daniel Netto Cândido, de São João Batista, e do vice-prefeito de Rio Negrinho, Pablo Ricardo Ribeiro, para a corrida ao Legislativo estadual nestas eleições. A decisão foi por sorteio, e o batistense, ex-secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, levou a melhor.

BRAÇOS DADOS

O suplente de vereador e pré-candidato a deputado federal Juarez Soares, de Tijucas, pode ser forçado a fazer as pazes com o PP, de onde saiu recentemente cuspindo marimbondos e arrependido de ter ingressado no partido. Ocorre que o CIDADANIA, para o qual retornou recentemente, foi federado ao PSDB, que, por sua vez, continua conversando com o senador e candidato a governador Esperidião Amin (PP-SC) por uma aliança estadual. A política e suas reviravoltas inesperadas… Pois, então?!

VIZINHO

O técnico do Flamengo, Dorival Júnior, que tem relação muito estreita com Santa Catarina — treinou Figueirense, Criciúma e Avaí no início da carreira —, tornou-se um dos felizes proprietários de um apartamento no edifício VR Tower, que está sendo construído na Meia Praia, em Itapema, pelo empresário José Francisco “Dedeca” Reis Filho, pai do ex-vice-prefeito Giliard “Nino” Reis.

De acordo com amigos próximos, o imóvel teria sido adquirido para uso pessoal do treinador, e não como investimento. Ele quer ficar mais tempo no litoral catarinense, especialmente nas férias da intertemporada.

Hospedagem

Postado em 27 de janeiro de 2021
  •  
  •  
  • 21
  •  
  •  

As demandas do gabinete do vereador em exercício José Roberto Giacomossi (PSD), na Câmara Municipal de Tijucas, estão a cargo do assessor do segundo suplente do PSD, Ezequiel de Amorim. A situação parece estranha, mas tem explicação.

Conforme noticiado no Blog sob o título “Mandato tampão“, Betinho fica apenas um mês no Legislativo municipal e depois assume a superintendência da FME (Fundação Municipal de Esportes). E tanto Simas, que herda a cadeira do correligionário e deve ser empossado na segunda-feira (1º de fevereiro), quanto seu assessor, Tiago Manenti Martins, já cumprem expediente na Casa e se inteiram do serviço. Pois, então?!

Mandato tampão

Postado em 11 de janeiro de 2021
  •  
  •  
  • 61
  •  
  •  

O suplente José Roberto Giacomossi (PSD) assume a cadeira da vereadora licenciada — alocada no comando da Secretaria de Cultura, Juventude e Turismo — Paula Regina da Silva (PSD) amanhã, na Câmara Municipal de Tijucas. Mas não deve permanecer muito tempo no Legislativo.

De acordo com um passarinho incolor, Betinho volta à superintendência da Fundação Municipal de Esportes no início de fevereiro e deixa o caminho livre, na Casa do Povo, para o segundo suplente, Ezequiel de Amorim (PSD), que fica com a vaga.

Vitória na derrota

Postado em 18 de novembro de 2020
  •  
  •  
  • 53
  •  
  •  

Se alguns favoritos na corrida à Câmara Municipal de Tijucas lamentam não terem sido eleitos por falta de votos, o cozinheiro José Vicente de Souza e Silva (PL), presidente da Associação de Moradores do Bairro Nova Descoberta, só pode reclamar dos colegas de partido. Ele fez a sétima maior votação do pleito (643) e, mesmo assim, não conseguiu uma vaga entre as 13 do Legislativo municipal. Esbarrou no quociente eleitoral, que, desta vez, girou em torno de 1.577 votos por chapa para eleger um vereador.

No total, os 12 candidatos do PL somaram 989 votos — número insuficiente para garantir uma cadeira na Câmara. Metade dos postulantes liberais ao Legislativo municipal nestas eleições, inclusive, ficou aquém dos 25 votos. Zezinho da Associação, mesmo com marca expressiva, pagou o pato.

SUPLÊNCIA E ESPERANÇA

Situação semelhante, mas com expectativas diferentes, passam o ex-superintendente da Fundação Municipal de Esportes, José Roberto Giacomossi (PSD), e o empresário Ezequiel de Amorim (PSD), que conquistaram 536 e 510 votos respectivamente, e também não foram eleitos. Na lista de maiores votações, figuram em 10º e 11º; e, agora, estão na suplência imediata do PSD, que elegeu cinco representantes no Legislativo.

Se, por mérito, Giacomossi voltar à superintendência da FME, o que, muito provavelmente, deve acontecer, Amorim passa à primeira suplência. E bastaria, ainda, que um dos cinco peessedistas eleitos fosse convidado para o primeiro escalão do próximo governo do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) — e as chances são gigantescas — para que o jovem empresário assumisse, finalmente, a vereança.