domingo, 7 de junho de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Infidelidade partidária

Postado em 27 de maio de 2020

Diz a sabedoria popular que “em briga de marido e mulher, não se mete a colher”. Portanto, e sem julgamentos capciosos, registra-se apenas o caso inusitado na política de São João Batista. Companheira do presidente municipal do Patriotas, Marcio “Bambu” Reis, a cirurgiã dentista Juliana da Silva assinou filiação ao MDB na recente janela de transferências para se candidatar a vereadora nestas eleições.

Mas nem tudo são contratempos e agruras domésticas. À coluna Entrelinhas, do jornal Correio Catarinense, Bambu informou que outros pré-candidatos com boas chances de eleição chegaram ao Patriotas na mesma janela. Pois, então?!

Certezas incertas

Postado em 19 de maio de 2020

A chegada do vereador Antonio Carlos Machado Junior ao PSL de Canelinha gerou uma incerteza. O parlamentar, ex-MDB, assumiu predisposição para a cabeça de chapa no pleito majoritário, ao tempo em que o advogado Diogo Francisco Alves Maciel continua certo de que não há disputa interna, e que, definitivamente, será o candidato a prefeito do partido nestas eleições.

Machado Junior, que contaria com sustentação na executiva estadual da legenda, já teria confirmado em entrevistas à imprensa local que pretende concorrer ao cargo máximo do município nestas eleições e que “a decisão (sobre a formação da chapa) será tomada depois de uma pesquisa”, programada para junho. No contraponto, Alves Maciel garante que tem garantias do presidente estadual do PSL, deputado federal Fabio Schiochet, e do prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSL) — que atua como articulador regional do partido —, de que as definições são únicas e exclusivas da representação peesselista no município.

Pleito inflado*

Postado em 29 de abril de 2020

Se as efusivas postulações se confirmarem, Canelinha corre o risco de ter mais candidatos a prefeito do que eleitores no pleito que se avizinha. A última, de agora, é a do fotógrafo Valter Pacheco, que assinou filiação ao Podemos justamente para concorrer ao cargo máximo do município em outubro.

Dissidente do PSL — que deve lançar o advogado Diogo Francisco Alves Maciel e o vereador Antonio Carlos Machado Junior em chapa pura na disputa majoritária —, Pacheco vinha, há tempos, manifestando intenção de concorrer à prefeitura. O discurso, a propósito, não foge à regra: “atender aos anseios do povo”. Ele garante que tem o apoio do empresariado da Cidade das Cerâmicas, que não pretende formar alianças, e que vai para o pleito como “opção independente, com respeito à liberdade de escolha do eleitor”.

* Por Ricardo Martins, jornalista e consultor político e empresarial, especializado em comportamento e cotidiano

Fato consumado*

Postado em 27 de abril de 2020

Se depender do jovem advogado Diogo Francisco Alves Maciel (PSL), a postulação à prefeitura de Canelinha no pleito que se aproxima é fato consumado e não existe plano B. Ao Blog, com exclusividade, ele diz, categoricamente, que tem até conversado com os demais pré-candidatos oposicionistas — o ex-prefeito Antônio da Silva (PP) e o vereador Antônio Carlos Flores (PSD) —, todavia, sem qualquer possibilidade de composição.

“Minha disponibilidade e interesse estão na busca da sucessão da política antiga por uma nova, com investimento no cidadão e sua melhor qualidade de vida. Não consideramos outra alternativa”, pontua Alves Maciel. Ele rechaça, ainda, qualquer outra candidatura que não seja ao Executivo nestas eleições e considera “razoável e viável” a chance de iniciar 2021 no cargo máximo do município.

* Por Ricardo Martins, jornalista e consultor político e empresarial, especializado em comportamento e cotidiano

 

Terceira via

Postado em 3 de abril de 2020

Entrevistado da vez no Linha de Frente, que foi ao ar ontem, ao vivo, na VipSocial TV, o empresário Thiago Peixoto dos Anjos confirmou a pré-candidatura a prefeito de Tijucas e garantiu que só não concorre ao cargo máximo do município nestas eleições “se Deus ou o povo não quiserem”. Ele assumiu o rótulo de “terceira via” no pleito deste ano e disse que tem monitorado a cena eleitoral com frequência. “Temos pesquisas, e estamos crescendo”, revelou.

Peixoto dos Anjos foi o terceiro convidado do programa, transmitido semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, e, durante a atração, manteve postura neutra e disse que agora é “a mudança”. Assista ao Linha de Frente de ontem na íntegra:

Por necessidade

Postado em 19 de março de 2020
Foto: Divulgação

O empresário Romário Luiz Tancredo (D) assinou filiação ao Republicanos e lançou pré-candidatura a prefeito de Porto Belo nestas eleições. É a segunda vez consecutiva que ele se dispõe ao pleito majoritário da Capital Catarinense dos Transatlânticos. Em 2016, pelo PSDB, somou 831 votos.

Na foto, com Tancredo, estão, ainda, o vereador Jonatha Cabral (ex-PT) — que também se transferiu para o Republicanos — e o secretário geral do partido em Santa Catarina, Nelson Custódio da Silva.

URGÊNCIA

A aposta no popular Romário da Farmácia vem da necessidade de enfrentamento ao atual prefeito e pré-candidato à reeleição Emerson Stein (MDB). Setores da oposição, pouco a pouco, vêm esmorecendo sobre a possibilidade de candidatura do ex-prefeito Evaldo Guerreiro Filho (PT), que, teoricamente, seria o principal adversário da chapa governista no pleito de outubro.

Coração partido

Postado em 11 de março de 2020

Suposto pivô das disputas internas no MDB de São João Batista, o vereador Leôncio Paulo Cypriani decidiu, ontem, se desfiliar do partido. Enviou duas cartas: uma para o cartório da 53ª Zona Eleitoral, pedindo a baixa no registro de filiação, e outra para os “companheiros” de Manda Brasa, explicando os motivos da saída.

Aos correligionários, Cypriani pontuou, “de coração partido”, que considera “injusta e desmedida a responsabilidade (atribuída a si) pelas discórdias no seio da agremiação”. Na despedida, no entanto, o vereador acrescentou que continua apoiando o governo do prefeito Daniel Netto Cândido (PSL) e que, “com certeza”, vai participar das eleições de outubro, “seja como candidato a vereador, vice-prefeito ou prefeito por outro partido”.

Prenúncio do anúncio

Postado em 10 de março de 2020

O vereador Heriberto Eurides de Souza (CIDA), de São João Batista, anuncia que estará promovendo uma reunião às 19h30 desta sexta-feira (13), na ABV (Associação Batistense de Veteranos) “para tratar de assuntos relativos às eleições de 2020”. Ao Blog, com exclusividade, ele revela que durante o encontro vai se lançar oficialmente pré-candidato a prefeito da Capital Catarinense do Calçado no pleito que se avizinha.

Souza cumpre o primeiro mandato no Legislativo batistense e, recentemente, nas eleições gerais de 2018, concorreu à Assembleia Legislativa. Naquela feita, somou 4.098 votos.

Carta de adeus

Postado em 10 de março de 2020

O advogado Nelson Zunino Neto, de São João Batista, que chegou a presidir a Rede Sustentabilidade em Santa Catarina durante a campanha de Marina Silva à presidência da República, em 2018, pediu baixa, quinta-feira (5), da filiação ao partido. Enviou carta ao atual presidente estadual, Wigold Bertoldo Schaffer, agradecendo a “fantástica experiência” e comunicando o término da sua passagem pela Rede.

Especula-se que Zunino Neto esteja de malas prontas para o PP, do ex-prefeito e amigo Aderbal Manoel dos Santos, para concorrer novamente ao Legislativo batistense nas eleições municipais deste ano. Ele, porém, não confirma.

Nomes à disposição

Postado em 26 de fevereiro de 2020

Na litorânea Porto Belo, a oposição considera lançar o ex-presidente da Fundação de Turismo, Vilson Jaques, na concorrência majoritária que se aproxima. O nome da vereadora Rosaura de Oliveira Rodrigues (PT) é outro em stand-by para a corrida ao paço municipal.

Entre os governistas, porém, existe uma certeza: o candidato adversário deve ser o ex-prefeito Evaldo Guerreiro (PT); e qualquer especulação acerca de outros postulantes objetiva única e exclusivamente a despolarização da disputa.

SITUAÇÃO

No grupo situacionista, tudo definido. O prefeito Emerson Stein (MDB) e o vice-prefeito Elias Cabral (PSD) concorrem novamente, com a mesma formação, no pleito de outubro. E comemoram a adesão do PP, do ex-vice-prefeito Giovani Voltolini, ex-aliado do PT na Capital Catarinense dos Transatlânticos.