terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Trunfo surpresa

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Filho do notável empresário Laudir José “Alemão” Kammer, o ex-vereador Leonardo Kammer (PODEMOS) pode ser a carta na manga do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) para a construção de um projeto próprio e independente.

Pedroca convidou o herdeiro da família Kammer para uma futura conjuntura, na tentativa de alcançar a reeleição. Léo, a propósito, já se apresenta como um pré-candidato à vice-prefeitura, em eventual chapa encabeçada pelo próprio mandatário.

Em entrevista ao programa Na Boca do Povo, ancorado pelo radialista Sílvio Eccel, da Rádio Clube, o ex-parlamentar batistense confirmou o convite e avaliou que o gesto é uma forma de agradecer ao pai pela participação na vitoriosa eleição de 2012.

“Meu pai foi o candidato, era o prefeito que todo mundo votava. Esse convite veio como uma gratidão ao meu pai, por ter colocado o MDB novamente na administração pública. Todo mundo sonhava em ver meu pai na prefeitura, então acho que esse convite é uma forma de reconhecimento pelo que ele fez. Ficamos gratos com esse convite”, revelou Kammer.

INDEPENDÊNCIA

O mandatário batistense garante que tentará a reeleição, embora parte da executiva emedebista defenda uma conjuntura com o ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PSD), que também pretende concorrer ao cargo.

A aproximação e a oficialização do convite para a candidatura à vice-prefeitura pode indicar a escolha por um caminho independente do ex-prefeito. A confirmar.

Pleito inflado*

Postado em 29 de abril de 2020
  •  
  •  
  • 48
  •  
  •  

Se as efusivas postulações se confirmarem, Canelinha corre o risco de ter mais candidatos a prefeito do que eleitores no pleito que se avizinha. A última, de agora, é a do fotógrafo Valter Pacheco, que assinou filiação ao Podemos justamente para concorrer ao cargo máximo do município em outubro.

Dissidente do PSL — que deve lançar o advogado Diogo Francisco Alves Maciel e o vereador Antonio Carlos Machado Junior em chapa pura na disputa majoritária —, Pacheco vinha, há tempos, manifestando intenção de concorrer à prefeitura. O discurso, a propósito, não foge à regra: “atender aos anseios do povo”. Ele garante que tem o apoio do empresariado da Cidade das Cerâmicas, que não pretende formar alianças, e que vai para o pleito como “opção independente, com respeito à liberdade de escolha do eleitor”.

* Por Ricardo Martins, jornalista e consultor político e empresarial, especializado em comportamento e cotidiano