domingo, 14 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Trunfo surpresa

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Filho do notável empresário Laudir José “Alemão” Kammer, o ex-vereador Leonardo Kammer (PODEMOS) pode ser a carta na manga do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) para a construção de um projeto próprio e independente.

Pedroca convidou o herdeiro da família Kammer para uma futura conjuntura, na tentativa de alcançar a reeleição. Léo, a propósito, já se apresenta como um pré-candidato à vice-prefeitura, em eventual chapa encabeçada pelo próprio mandatário.

Em entrevista ao programa Na Boca do Povo, ancorado pelo radialista Sílvio Eccel, da Rádio Clube, o ex-parlamentar batistense confirmou o convite e avaliou que o gesto é uma forma de agradecer ao pai pela participação na vitoriosa eleição de 2012.

“Meu pai foi o candidato, era o prefeito que todo mundo votava. Esse convite veio como uma gratidão ao meu pai, por ter colocado o MDB novamente na administração pública. Todo mundo sonhava em ver meu pai na prefeitura, então acho que esse convite é uma forma de reconhecimento pelo que ele fez. Ficamos gratos com esse convite”, revelou Kammer.

INDEPENDÊNCIA

O mandatário batistense garante que tentará a reeleição, embora parte da executiva emedebista defenda uma conjuntura com o ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PSD), que também pretende concorrer ao cargo.

A aproximação e a oficialização do convite para a candidatura à vice-prefeitura pode indicar a escolha por um caminho independente do ex-prefeito. A confirmar.

Martelo batido

Postado em 7 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Agora é oficial. O vereador e pré-candidato a prefeito Fernando Fagundes, de Tijucas, transferiu-se para o PL. O ato foi legitimado em audiência com o governador Jorginho Mello, na presença de lideranças do partido no Vale do Rio Tijucas e no Estado, na sede da executiva estadual, ontem.

A janela de transferências partidárias foi aberta hoje e, desde já, o herdeiro do saudoso ex-prefeito Nilton José Fagundes tem nova legenda.

Fernando do Gordo cumpre a quarta legislatura consecutiva na Câmara Municipal e vislumbra a disputa majoritária de outubro. A concorrência interna no MDB, em confronto direto com o ex-prefeito Elmis Mannrich, pesou para a decisão de deixar o partido que serviu durante toda a vida.

Novo presidente

Postado em 29 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Os compromissos da rotina na chefia do Executivo neotrentino e o excesso de atividades que um presidente de partido precisa cumprir durante um ano eleitoral, fizeram com que o prefeito Tiago Dalsasso transmitisse, no sábado, a presidência do MDB local.

A passagem da regência aconteceu em uma rápida cerimônia, realizada no plenário da Câmara de Vereadores. Lideranças históricas, membros do governo, parlamentares, filiados e simpatizantes participaram do ato, chancelando o início da nova presidência.

Luiz Fernando Eccel Rachadel, vereador de primeiro mandato, presidirá a legenda. Jovem e de perfil similar ao do mandatário neotrentino, Rachadel é filho da ex-prefeita Sandra Regina Eccel e, com incentivo da mãe, participa desde criança dos movimentos emedebistas.

Dizem as rodas de conversas sobre os bastidores políticos do município de Santa Paulina, que o herdeiro da família Eccel pode, em 2028, se tudo ocorrer dentro do planejado, concorrer à sucessão de Dalsasso. Entretando, o grupo ainda trabalha com cautela e abre o leque para que outras opções possam se viabilizar.

Fala, Sandra!

Postado em 26 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

A histórica liderança exercida pela ex-prefeita Sandra Regina Eccel, de Nova Trento, no MDB, acontecerá, a partir de agora, somente nos bastidores. Candidata à prefeitura por seis vezes (1996/2000/2004/2008/2012/2016), a única mulher a governar uma cidade do Vale não pretende mais concorrer a cargos eletivos.

Uma das justificativas, aliás, é a predisposição do filho da ex-secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Luiz Fernando Eccel Rachadel, que participa de sua primeira legislatura, em governar o município. Embora ainda seja jovem, o herdeiro da família Eccel deve assumir, em breve, a presidência do MDB e aparece, inclusive, como um possível sucessor de Tiago Dalsasso.

“A Sandra não. Hoje, ela só quer ajudar o prefeito Tiago e, depois, ajudar o filho. Se meu filho vai traçar essa vida, os meus dias estão voltados para esse projeto. É um projeto de partido e, claro, no meu caso, levando o nome do Luiz Fernando. Foi tanto sofrimento… É coisa pra essa juventude”, afirmou, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE.

DESACORDO

A ex-prefeita neotrentina não escondeu as divergências com o também ex-mandatário, Orivan Jarbas Orsi, que foi, justamente, o seu vice-prefeito em 2004, mas que, em 2008, confrontou o grupo governista e venceu as eleições.

“Ele fez o que, naquele momento, foi dito a ele para fazer. Se ele queria ser candidato naquele pleito [2008], ele tinha que criar um ambiente de desacordo para ser o candidato. Vínhamos de união, de um trabalho bacana juntos. Achei isso correto? Não. Não era esse o acordo. Mas foi a opção que ele teve e digamos que não estava errado, porque ele logrou êxito”, disse.

Entretanto, na avaliação da líder emedebista, a carreira política de Orsi sofreu prejuízos provocados pelo rompimento. “Trouxe desconfianças que ele carrega até hoje. ‘Será que o Orivan cumpre? Que vai honrar com a palavra?’. O que está acordado não é caro. Caro é romper acordos”, explicou.

Previsão

Postado em 24 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Redes Sociais

Uma profecia lançada pelo deputado estadual Carlos Humberto Metzner Silva (PL), neste final de semana, causou alvoroço no meio político do Vale do Rio Tijucas. Uma foto, três personagens da região e uma legenda forte foram o suficiente para o barulho.

O parlamentar foi fotografado, em um evento promovido na Marina Rio Tijucas, cercado pelo prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), de Canelinha, o empresário Felipe Lemos (PL), de São João Batista, e o vereador Fernando Fagundes (MDB), de Tijucas.

No retrato, Metzner Silva cravou: “atual e futuros prefeitos”. Com “atual”, óbvio, o parlamentar se referia ao canelinhense, eleito em 2020 e candidato natural à reeleição em outubro. Já Lemos e Fagundes se lançaram como pré-candidatos em suas respectivas cidades.

O empresário, entretanto, teria um caminho menos conturbado. Afinal, aparece como a grande liderança construída pelo PL na Capital Catarinense do Calçado, preside a legenda e é o único pré-candidato do grupo. A situação do herdeiro da família Fagundes é a mais indefinida entre os três.

Vereador por quatro mandatos consecutivos, Fernando garante que quer concorrer à prefeitura em 2024. Mas, internamente, enfrenta a disputa com o ex-prefeito e presidente do MDB local, Elmis Mannrich. Fagundes, aliás, segue sendo assediado pelo PL e Metzner Silva é, justamente, o maior entusiasta da filiação.

Se ela acontecerá ou não, só o tempo, o único e verdadeiro senhor da razão, dirá. Mas as profecias… essas estão devidamente lançadas.

Condição única 

Postado em 6 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Desde que não esteja filiado em partidos como PSOL ou PT, o vereador e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Fernando Fagundes (MDB), poderá contar com o apoio irrestrito do ex-deputado estadual e federal Rogério Peninha Mendonça (MDB), na disputa pela prefeitura tijuquense. 

A condição, a propósito, foi compartilhada em um encontro, ontem à noite, que contou com a presença de outras importantes lideranças do MDB, como o prefeito de Porto Belo, Joel Orlando Lucinda, e o vereador e também pré-candidato a prefeito Leonardo Arlindo Cordeiro, de Itapema. 

Peninha deixou claro aos presentes que apoiaria o herdeiro do saudoso ex-prefeito Nilton José Fagundes, o “Gordo”, contanto que não disputasse a eleição pelas duas legendas “de esquerda”. O apoio, então, viria mesmo se o vereador deixasse o MDB. 

Esperança

Quem pode ter gostado da condição é o deputado estadual Carlos Humberto Metzner Silva (PL), presente no jantar. Silva articulou, tempos atrás, os convites ao vereador tijuquense, com quem nutre relações estreitas, para que deixasse as fileiras emedebistas e embarcasse no projeto dos liberais. 

O casamento, que esteve perto, esfriou e está longe de acontecer, segundo apontam fontes do Blog. Entretanto, se Fagundes decidir aceitar, no futuro, poderá contar com o apoio do ex-deputado federal neotrentino. 

Herança

Postado em 1 de setembro de 2021
  •  
  •  
  • 12
  •  
  •  

Os muitos, fiéis e convictos eleitores do deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC), de Nova Trento, terão que buscar alternativas nas eleições de 2022. Com seis mandatos consecutivos — três como deputado estadual e outros três na Câmara Federal —, ele já anunciou e repetiu diversas vezes, categoricamente, que não concorre mais a cargos legislativos. O parlamentar aguarda, com chances ainda remotas, o convite do partido para uma candidatura majoritária.

Tanto que Peninha já definiu, inclusive, um herdeiro para seus votos no Vale do Rio Tijucas e Alto Vale do Itajaí: o jornalista Rafael Pezenti, que trabalha como assessor de comunicação no gabinete do deputado e deve se candidatar à Câmara Federal nas próximas eleições.