domingo, 7 de junho de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

“Abrimos as portas para o PP”

Postado em 25 de maio de 2020

Adversários no pleito de 2016, os progressistas já estão instalados na atual gestão de Porto Belo e devem participar do projeto de reeleição do prefeito Emerson Stein (MDB). Décimo convidado do Linha de Frente, na VipSocial TV, quinta-feira (21), o mandatário portobelense falou da aproximação com o ex-vice-prefeito Giovanni Voltolini, da composição com o PP para a próxima concorrência municipal e, entre outros temas, da rivalidade com o ex-prefeito Evaldo Guerreiro (PT).

Stein revelou, ainda, que tem monitorado frequentemente o cenário eleitoral da Capital Catarinense dos Transatlânticos e que, segundo as pesquisas, o governo tem níveis de aprovação extremamente satisfatórios. “Uma gestão se mede pela rotatividade. Até hoje, precisamos trocar apenas um secretário”, pontuou o chefe do Executivo. Assista à íntegra do programa:

Programa de entrevistas no formato talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o Linha de Frente vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

“Não existe compromisso”

Postado em 5 de maio de 2020

O prefeito e pré-candidato à reeleição Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, disse, categoricamente, durante entrevista ao programa Linha de Frente, na VipSocial TV, quinta-feira (30), que a propalada inversão da chapa com o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) “está descartada” para o próximo pleito. O mandatário tijuquense frisou que não há qualquer compromisso com o adjunto e que existem apenas conversas para reedição da dupla nos mesmos moldes de 2016.

Mariano Rocha fez, ainda, uma retrospectiva de eleições passadas, falou do insucesso na campanha de reeleição à Câmara em 2008 e do suposto apoio que teria recebido do antecessor, Valério Tomazi (MDB), na última concorrência municipal. O programa continua disponível, na íntegra, nos canais do VipSocial nas redes YouTubeFacebook. Assista:

Tal show sobre a política regional, o Linha de Frente vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, das 19h30 às 20h, ao vivo, a partir do Portal VipSocial e com transmissões simultâneas no YouTube, no Facebook e no Instagram.

Ficou no papel

Postado em 9 de abril de 2020

No ensaio tudo funcionou melhor do que na prática. O status de protagonismo que se previa para o PSL nas eleições de Tijucas, sobretudo com destaque no projeto de reeleição do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), ficou apenas no papel. O partido do governador Carlos Moisés da Silva não conseguiu se efetivar na Capital do Vale e, com o fim da janela, muito provavelmente deixa de participar do pleito municipal neste ano.

Nos bastidores do processo, as justificativas apontam para a falta de quórum feminino nas fileiras do partido e a consequente dificuldade na formação de uma chapa consistente para a concorrência proporcional. Pois, então?!

SEM RELAÇÃO

Mostras de que os R$ 8,3 milhões que o governo estadual destinou a Tijucas, para o asfaltamento da Avenida Beira Rio, não têm relação com a projetada aliança entre o PSL e o plano eleitoral de Mariano Rocha — conforme se supunha —, inclusive, foram dadas nesta semana. A prefeitura já abriu processo licitatório para o início das obras.

Campeão de audiência

Postado em 13 de março de 2020

Primeiro convidado do programa Linha de Frente, que estreou ontem no Portal VipSocial, o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) revelou que deixou o PT, depois de 33 anos de militância, porque “estava difícil de discutir a política nacional com as pessoas”. Ele pontuou, ainda, que pensa em um projeto local, e que o desgaste do ex-partido limitaria as chances de sucesso nessa empreitada.

Sobre a conjuntura municipal, Gomes disse que confia no prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e que continua acreditando na inversão da chapa vencedora em 2016 para estas eleições, apesar de conhecer a proposta de reeleição manifestada diversas vezes pelo chefe do Executivo.

Com audiência recorde já na estreia, o Linha de Frente vai ao ar todas as quintas-feiras, às 19h30, com transmissões simultâneas nas redes FacebookInstagram e YouTube, e sempre com um entrevistado que tenha envolvimento direto com o cenário político e social da região. Assista ao programa de ontem no link a seguir:

Programa Linha de Frente com Léo Nunes

Programa Linha de Frente com Léo Nunes

Posted by VipSocial Rádio, Jornal e Tv na Internet on Thursday, 12 March 2020

Cumprimento de trato

Postado em 12 de março de 2020

A força-tarefa para organização e inclusão do PSL no projeto de reeleição do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) está em curso. Não por uma clara vontade, mas por necessidade. No início da semana, o subchefe da Casa Civil estadual Matheus Hoffmann esteve no primeiro gabinete do paço, a portas fechadas com o mandatário tijuquense, para cobrar, de uma vez por todas, o cumprimento desse conjeturado compromisso.

Junto com Hoffmann, na reunião com Mariano Rocha, estava o prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido, que passou a atuar como articulador do partido na região. Conforme antecipado pelo Blog, o vereador Rudnei de Amorim (DEM) — líder do governo na Câmara e irmão do secretário de Administração e Finanças do município, Rosenildo de Amorim —, que também participou da conversa, é quem estaria incumbido de robustecer o PSL na Capital do Vale para o pleito que se avizinha.

Gota d’água

Postado em 12 de março de 2020

As rusgas entre o presidente do Cidadania em Tijucas, empresário Edenilson Devitte, e o único vereador do partido, Juarez Soares, chegaram ao limite. O comandante não faz questão de ter o agente penitenciário entre os candidatos da legenda nas eleições proporcionais deste ano; e mais: comunicou ao parlamentar que os demais pré-candidatos da chapa se sentiriam mais confortáveis sem ele no grupo.

Soares, portanto, decidiu pedir a desfiliação do CIDA e deve concorrer à reeleição por outro partido da base governista. Diz ao Blog que sai “em paz” e que deve satisfação apenas à deputada federal Carmen Zanotto (CIDA-SC), por quem nutre grande respeito e admiração. Ele aguarda, agora, a orientação do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) para decidir por qual caminho seguir.

Cobrança

Postado em 4 de março de 2020

Responsável pelas ações do PSL na Grande Florianópolis, o chefe adjunto da Casa Civil estadual Matheus Hoffmann pressiona o staff do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) para que o partido do governador tenha uma representação consistente em Tijucas; e que a regência peesselista seja devidamente incluída na campanha de reeleição do mandatário tijuquense. O prazo vence no fechamento da janela de transferências partidárias, em 3 de abril.

As investidas de Hoffmann são amplamente direcionadas ao secretário de Administração e Finanças do município, Rosenildo de Amorim, e ao irmão, vereador Rudnei de Amorim (DEM), líder do governo na Câmara, cotados para o comando do PSL na Capital do Vale.

Migração

Postado em 17 de fevereiro de 2020

Entre 17 prefeitos catarinense que migraram para o PSL do governador Carlos Moisés da Silva, sábado (15), em cerimônia festiva na Ilha, dois pertencem ao Vale do Rio Tijucas: Daniel Netto Cândido (ex-PSD), de São João Batista, e Valmor Pedro Kammers (ex-PSDB), de Major Gercino.

DE OLHO EM 2022

Daniel Cândido tem claras intenções de concorrer ao Legislativo estadual nas próximas eleições gerais. E o ingresso no PSL tornaria esse cenário muito favorável. Ao invés da necessidade iminente de somar cerca de 38 mil votos para garantir uma vaga na bancada do PSD, o jovem mandatário batistense, no partido do governador e na calculadora, alcançaria o parlamento catarinense com votação próxima de 26 mil.

Alem do quê, o prefeito da Capital Catarinense do Calçado não ficaria sem holofotes no fim do mandato. Ele não fala abertamente sobre o assunto, mas tem convite formal para assumir um cargo de primeiro escalão no governo estadual assim que deixar a prefeitura.

NEGOCIAÇÃO ANTIGA

O prefeito de Major Gercino já estava de malas prontas para o PSL há muito tempo. Desde meados de 2019, Valmor do Pita — como é chamado popularmente — estava decidido.

As negociações envolvem, sobretudo, aporte do governo estadual no projeto de reeleição pretendido por Kammers neste ano.

Cabo de guerra

Postado em 9 de janeiro de 2020

Que ninguém convide o radialista José Carlos Trindade e a mulher, vereadora Neli Ferreira (MDB), para o mesmo evento em que o prefeito Moacir Montibeller (MDB) estiver. A relação entre eles azedou. Nos bastidores da política de Canelinha, fala-se em rompimento. Aos seus, eles reclamam da soberania do chefe do Executivo canelinhense — que cumpre o quarto mandato no cargo máximo do município e planeja a reeleição — nas bases emedebistas e ameaçam combater o alcaide na pré-convenção do partido.

Segundo fontes do Blog, o casal estaria tentando uma composição com o vereador Antonio Carlos Machado Junior (MDB) para elevar as chances de vitória contra Montibeller numa possível concorrência interna.

RUSGAS

O escanteamento de Neli em dezembro de 2018, quando foi exonerada do comando da Secretaria de Saúde e devolvida à Câmara Municipal, pesou na conta. Desde então, ela e o marido vêm protestando contra a dinastia de Montibeller no partido e da falta de espaço e reconhecimento.

Em julho, a propósito, Trindade se dispôs, publicamente, à disputa majoritária da Cidade das Cerâmicas e garantiu que, se preciso fosse, bateria chapa no diretório com o prefeito ou qualquer um que se apresentasse como opção do MDB para o próximo pleito.

Voto declarado

Postado em 6 de dezembro de 2019
Foto: Divulgação

As quatro décadas de militância no MDB deixaram de limitar a preferência eleitoral do transportador rodoviário Carlos Alberto da Silva (E), popular Carlinhos da Nita — que, em razão do amor ao Manda Brasa, é chamado intimamente de Periquito Doido. Hoje pela manhã, ele esteve no primeiro gabinete do paço tijuquense, acompanhado do empresário Eliel Hamilton Ventura, para declarar apoio irrestrito ao prefeito cola-branca e pré-candidato à reeleição Eloi Mariano Rocha (PSD) no pleito de 2020.

Questionado, principalmente por correligionários, Silva tem dito apenas que decidiu votar em pessoas, e não mais em siglas partidárias. “Se ele (Mariano Rocha) estiver no 55, no 17, no 15 ou no 80, eu voto. Meu voto é dele, não do partido”, reafirma.