sexta-feira, 12 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Em linha reta

Postado em 1 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Reprodução/Redes Sociais

As crenças ideológicas estão acima de qualquer projeto político ou pessoal que o empresário Felipe Lemos possa ter. O posicionamento do líder do PL municipal e pré-candidato a prefeito de São João Batista foi mais uma vez sublinhado no fim de semana, durante a estada do ex-presidente Jair Bolsonaro em Balneário Camboriú.

Lemos, que sempre defendeu a direita conservadora e a postura de Bolsonaro mesmo que não participasse do movimento político, continua, agora como presidente de partido e postulante à prefeitura, seguindo os passos do maior expoente liberalista em território brasileiro. E desta vez, na cidade litorânea, não foi diferente.

“Sempre defenderei aquilo que acredito e confio. Por Deus, pela minha família, pela nossa pátria e pela liberdade”, escreveu o batistense nas redes sociais assim que postou, orgulhoso, fotos e vídeos do ato.

Chancelada 

Postado em 1 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Se a decisão final depender única e exclusivamente do prefeito Joel Orlando Lucinda (MDB), de Porto Belo, a chapa formada com Ailto Neckel de Souza (PL), na eleição suplementar de 2022, será reeditada em 2024. O projeto de reeleição do mandatário tem como vice, justamente, o atual adjunto portobelense. 

Além da afinidade, Lucinda pontuou, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, quinta-feira passada (28), que confia extremamente no vice-prefeito e entende, ainda, que a manutenção da dupla é uma questão ética. 

“Eu sempre fui uma pessoa muito correta na minha vida pública. Eu não vou enganar. Cabe ao partido, mas a decisão principal é minha. Tivemos um mandato de dois anos. Por que eu vou usar ele para me eleger no primeiro mandato e no segundo não? Eu não faço isso. A pessoa é valorizada. Nunca discutimos, sempre conversamos. É como se fosse da família. Tem união, a gente vê trabalhar e somar”, explicou o mandatário. 

A boa relação, aliás, pôde ser vista meses atrás, na transmissão da chefia do Executivo municipal ao adjunto, durante as férias do titular. “Em Santa Catarina, muitos prefeitos têm medo de passar a cadeira pro vice-prefeito. No começo do ano, peguei 12 dias de férias, entreguei a chave da prefeitura, a caneta e falei: ‘nem me incomoda’. Ele tava lá trabalhando. A união faz a força”, completou. 

PROCURA-SE RIVAL

A ausência de grupos oposicionistas à administração municipal, fato recorrente desde o pleito municipal de 2020, não preocupa Lucinda. O mandatário portobelense entende que o processo acontecerá naturalmente e no futuro. 

“Pelo crescimento, o desenvolvimento… É difícil criar um grupo pra ir contra uma coisa boa. Quando é uma administração fraca, irregular, tem mil candidatos pra tentar chegar no poder. Mas hoje, Porto Belo, pelo jeito que tá sendo administrada, mesmo com algumas falhas, ainda é difícil. Só o tempo vai dizer quem virá para a concorrência”, afirmou.

Sem rodeios

Postado em 14 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: TV Câmara

O perfil altamente sincero do vereador Cláudio de Oliveira (PP), de Tijucas, já é conhecido no meio político do município. O servidor público, quase sempre, opta por falar o que pensa e não esconde insatisfações, mesmo que para desgosto de seus pares.

Pois, logo na abertura do ano legislativo na Câmara de Vereadores, dias atrás, Oliveira deu mais um exemplo desta postura. Sem rodeios, na primeira oportunidade que teve, anunciou que, em março, na abertura da janela de transferências partidárias, deixará o Progressistas.

“Esse é um ano muito importante, um ano eleitoral. Vamos ter que escolher sempre o melhor pra Tijucas. Decidi que, em março, vou sair do PP. Vou para o União Brasil. Espero o apoio sempre da minha família e dos amigos”, bradou, no microfone da Casa do Povo.

ALIANÇA

O Blog já havia noticiado, meses atrás, a presença do parlamentar tijuquense em um evento do União Brasil que, em Tijucas, tem como grande expoente o ex-presidente do Poder Legislativo, Maurício Poli, com quem Oliveira nutre relação próxima. A amizade, sem dúvidas, foi fator decisivo para a mudança.

Fumaça branca

Postado em 15 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O favoritismo claro do vereador e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Rudnei de Amorim (PSD), na concorrência pela presidência do Poder Legislativo municipal, confirmou-se durante a sessão ordinária da Câmara, nesta quinta-feira (15).

Amorim foi eleito por unanimidade e recebeu votos favoráveis de todos os nove colegas presentes no plenário. Além dele, o atual presidente, Maurício Poli (PSB), também recebeu o sufrágio dos demais vereadores e foi eleito para a vice-presidência.

Naturalmente, Nadir Olindina Amorim (PSD) e Maickon Campos Sgrott (PP), foram eleitos, com tranquilidade, os 1º e 2º secretários, respectivamente, compondo a mesa diretora da Câmara para 2024.

AUSÊNCIAS

Chamou a atenção, entretanto, as ausências dos vereadores de inclinação oposicionista. Claudio Eduardo de Souza (PDT) justificou a falta devido a um problema de saúde familiar, enquanto Esaú Bayer (MDB), Fernando Fagundes (MDB) e Erivelto Leal dos Santos (PDT) alegaram compromissos pessoais.

Prioridades

Postado em 14 de abril de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O deputado estadual Emerson Stein (MDB) foi ausência sentida na festa de comemoração dos 50 anos da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri), nesta semana, no parque da The Ocean Race, em Itajaí. 

A entidade homenageou ex-prefeitos da região, ex-presidentes e deputados. Embora ostente os três títulos, Stein não participou do evento. Ontem, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, o portobelense explicou a ausência e negou que tenha ocorrido por rusgas com a atual diretoria. 

O parlamentar aguarda seu primeiro filho e havia agendado uma consulta médica para a esposa, impedindo a ida ao evento. “Recebi o convite e fiquei muito feliz. Dediquei o dia à minha esposa, para ver meu filho. Estava com eles, não tive como ir, mas iria com certeza”, explicou.

Pré-campanha

Postado em 1 de março de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Daianny Camargo

O empresário Felipe Lemos, de São João Batista, é o mais novo filiado do Partido Liberal (PL) em Santa Catarina. A ficha foi assinada ontem, em evento realizado na Capital Catarinense do Calçado.

Na presença de diversas autoridades, como os deputados estaduais Emerson Stein (MDB), Ivan Naatz (PL) e Carlos Humberto Metzner Silva (PL), Lemos anunciou oficialmente a intenção de concorrer à prefeitura em 2024, e tratou a filiação à legenda como um “primeiro passo”.

Ao Blog, ele afirmou que escolheu o PL por ser um “partido família” e disse acreditar que já esteja em pré-campanha. “Agora não tem mais volta. Já sabia disso há algum tempo, mas esperei pra fazer essa festa bonita e ter todo esse pessoal para testemunhar”, explicou o empresário.

De volta ao jogo

Postado em 1 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Que ninguém se surpreenda caso o ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PODE), candidato ao parlamento catarinense nestas eleições, receba um convite do governador eleito Jorginho Mello (PL) para compor a gestão estadual. As costuras teriam iniciado ainda antes da conclusão do segundo turno, e a ficha do batistense, com indicativos de sucesso na prefeitura e na secretaria adjunta de Estado do Desenvolvimento Social, além da pujança eleitoral na região, sido apresentada por terceiros ao próximo chefe do Executivo barriga-verde.

Especula-se, ainda, que o deputado estadual reeleito Nilso Berlanda (PL), que tem relação estreita com Mello, seja um dos principais entusiastas – e articulador – da ideia. Ele e Cândido mantêm convívio familiar desde que o irmão do parlamentar e a irmã do ex-prefeito assumiram um romance.

Praça de graça

Postado em 30 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Sensibilizados por uma apresentação dos vereadores Elisandro dos Santos (PP), Mário Antônio Garcia Teixeira (PSL) e Gustavo Grimm (CIDADANIA), de São João Batista, a direção da Cerâmica Portobello, de Tijucas, decidiu custear a revitalização da Praça Valério Gomes, na Capital Catarinense do Calçado. Os parlamentares juntaram farto material histórico sobre o ex-prefeito e ex-deputado estadual Valério Teodoro Gomes, pai do fundador do Grupo PortobelloCésar Bastos Gomes, e avô do presidente do Conselho de Administração, César Bastos Gomes Júnior, e convenceram o comando da empresa a investir na obra que homenageia o patriarca da família.

 

Além de financiarem a proposta, os diretores dispuseram profissionais de arquitetura e engenharia do grupo para, a partir desta semana, contribuírem com o Poder Público batistense em melhorias no projeto e execução do serviço. A revitalização da Praça Valério Gomes foi inicialmente orçada em R$ 415 mil.

Tradição familiar

Postado em 10 de junho de 2021
  •  
  •  
  • 4
  •  
  •  

A ministra Isabel Gallotti, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), integra a galeria de nomes sob exame do presidente Jair Bolsonaro e pode vir a ser a terceira mulher no STF (Supremo Tribunal Federal), na vaga do ministro Marco Aurélio Mello, prestes a se aposentar.

Se assim for, segue impressionante tradição familiar, como filha, neta e bisneta de ministros da corte suprema tupiniquim. O pai da ministra Isabel, Octavio Gallotti, seu avô Luiz Gallotti e também o bisavô, Antônio Pires e Albuquerque, foram ministros. Todos nascidos em Tijucas.

Lados opostos

Postado em 9 de junho de 2021
  •  
  •  
  • 45
  •  
  •  

Se as diferenças entre o ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos — maior expoente do PP em São João Batista — e o irmão, empresário Alyson dos Santos, ficaram evidentes quando o caçula decidiu deixar as fileiras progressistas, a concorrência eleitoral de 2022 pode acalorar a dissidência política na família.

Semanas atrás, Alyson recebeu a visita da deputada estadual e pré-candidata à reeleição Ana Paula da Silva (ex-PDT, agora sem partido) e teria sinalizado apoio à ex-prefeita de Bombinhas nas próximas eleições. Aderbal, por sua vez, deve permanecer com Altair Silva (PP), que sempre teve a preferência dos Santos na Capital Catarinense do Calçado. Pois, então?!