sexta-feira, 12 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

De volta ao jogo

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

A Secretaria Municipal de Saúde de Tijucas terá, após sete anos e quatro meses, um novo comandante. Isso porque o ex-vereador Vilson José Porcincula deve, nesta semana, entregar o pedido de exoneração, atendendo às regras da desincompatibilização, com vistas no processo eleitoral.

O Blog apurou que Tem, como ficou conhecido, voltará às urnas representando o PP, partido em que está filiado há 35 anos. A desvinculação, entretanto, será apenas do comando da pasta, já que Porcincula é técnico em enfermagem efetivo do município e poderá exercer a função até o fim de junho.

Além do período na chefia de uma das mais importantes repartições da administração municipal, o futuro ex-secretário ostenta ainda, no currículo, três passagens consecutivas pelo Legislativo, entre 2005 e 2016, e tentará, pela quarta vez, uma das cadeiras do parlamento.

SUBSTITUTO

Os nomes do futuro secretário – ou secretária – já começaram a pipocar nos corredores da prefeitura. Porém, ainda não passam de especulações. Por lógica, a indicação deveria ser do PP, partido que integra a base governista. Mas, até o momento, não houve qualquer definição neste sentido.

Substituto

Postado em 15 de agosto de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Por coincidência ou qualquer razão que fuja à compreensão humana, o substituto do vereador Edson Souza, de Tijucas, falecido na última sexta-feira (11), será um amigo pessoal do ex-parlamentar: o suplente Esaú Bayer (MDB).

A relação entre eles sempre foi de respeito, carinho e admiração mútua. Nutriam uma forte amizade e compartilhavam ideias. Curiosamente, moravam no mesmo bairro e, mais precisamente, na mesma rua.

Com exclusividade ao Blog, Bayer – que desde 2021 ocupava a diretoria geral da Assistência Social de Porto Belo –, revelou que está atônito com a morte do amigo e líder emedebista. “A ficha ainda não caiu. Homem do povo, simples e humano”, disse.

Missão dada

O suplente ainda não foi oficialmente chamado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ou pela presidência do Poder Legislativo, possivelmente devido ao decreto de luto oficializado pela administração municipal.

Habemus superintendente 

Postado em 28 de abril de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O martelo está batido. O atual superintendente adjunto da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Tijucas, Geovani Souza, deve assumir a gestão da pasta, substituindo José Roberto Giacomossi (PSD), a partir da próxima terça-feira (02). 

A alteração atende ao pedido de Betinho – como antecipado pelo Blog na nota “Mudar faz bem” -, de retornar à Câmara de Vereadores. A avaliação era de que havia um desgaste pelo longo período no comando da FME, além de questões particulares. 

Souza é de família ligada ao esporte e foi convidado pelo prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) devido ao perfil técnico, sobretudo na organização dos eventos esportivos. Além disso, a capacidade de inovação em áreas da FME foi apontada como um dos motivos. 

Habemus Adjunto 

Cotado anteriormente para a superintendência, o vereador Ezequiel de Amorim (PSD) será superintendente, mas adjunto. Uma cerimônia simbólica para as nomeações está marcada para a próxima quarta-feira (03), no gabinete principal da prefeitura. 

 

Mudar faz bem

Postado em 25 de abril de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O momento ainda é de indefinição para o Esporte de Tijucas. A qualquer momento, o atual superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), José Roberto Giacomossi, pode deixar o cargo e assumir uma cadeira na Câmara de Vereadores.

Betinho, como ficou conhecido, é o primeiro suplente do PSD no Legislativo e deveria ter tomado posse como vereador em 2021, com a licença de Paula Regina da Silva – que voltou à Secretaria de Cultura, Juventude e Turismo. Mas, por comandar a FME, a missão coube ao segundo suplente, Ezequiel de Amorim.

A saída do Esporte foi um pedido do superintendente ao prefeito Eloi Mariano Rocha, alegando um desgaste natural provocado pelo período na gestão, além de questões de saúde pessoal. Desde então, o chefe do Executivo tijuquense vem procurando alternativas.

Internamente, o mandatário teria cogitado a ida de Amorim para a FME. O vereador chegou, inclusive, a consultar amigos e pessoas próximas para buscar opiniões. Por ora, tudo continua onde está. Mas a tendência é de mudanças a partir de maio.

Ilustração

Postado em 17 de fevereiro de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Reprodução/Facebook

O secretário de Administração e Finanças do município de Tijucas, empresário Helio Gama, parece mesmo empenhado em mostrar e até comprovar que o único motivo pelo qual está deixando o governo municipal, com saída prevista para 31 de março, é uma inadiável cirurgia no quadril, agendada para abril.

Há pouco, publicou foto nas redes sociais em atenção às radiografias, e consequente escolha das próteses, que ele realiza neste momento, no Hospital Santa Catarina, em Blumenau.

Nas internas colas-brancas, as especulações sobre os possíveis substitutos para o cargo começam a pipocar. Neste momento, a propósito, um dos nomes que surgem com mais força é o do contabilista José Carlos de Souza, sugerido por grande parte dos conselheiros do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD).

Saída confirmada

Postado em 6 de fevereiro de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Conforme noticiado exclusivamente pelo blog, a rescisão do contrato entre o secretário municipal de Administração e Finanças, empresário Helio Gama, e o município de Tijucas está prevista para 31 de março – quando ele se recolhe para duas cirurgias sequenciais no quadril. O prefeito Elói Mariano Rocha está ciente da situação e estuda, nesse período, um nome substituto para a pasta.

Em princípio, Gama ficaria cerca de 12 semanas afastado do governo; mas seu retorno à administração municipal depois do período de recuperação ainda é incerto. Única certeza é que, de fato, o secretário permanece no cargo apenas nos próximos 53 dias e, por opção própria, para evitar ônus aos cofres do município, será exonerado em seguida.

Desde que se comprometeu com a campanha e, posteriormente, com o atual governo, o secretário vem externando a necessidade de se livrar das dores no quadril – que, segundo ele, são responsáveis, inclusive, pela perda do prazer de trabalhar. Embora as cirurgias estivessem pré-agendadas há meses, ele tentou postergar o procedimento por, pelo menos, um ano; mas sentiu que o corpo não suportaria.

Estatísticas

Postado em 15 de agosto de 2016
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Se o município de São João Batista tem – até que a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), de afastar o prefeito Daniel Netto Cândido (PSD) do cargo, seja publicada – o prefeito mais jovem da sua história, pode ter também, nos próximos dias, o mais baixo desde a sua emancipação política e administrativa.

O comando do Legislativo se organiza para indicar o substituto do mandatário afastado, e as chances de escolha do vereador Vilmar Francisco Machado, o Bá (PP), de apenas 1,30m de altura, são as maiores. Praticamente todos os parlamentares estão em campanha pela reeleição, e as negociações seguem nas coxias da Câmara Municipal pelo “mandato tampão”.