domingo, 14 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Novo governador

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O deputado estadual Emerson Stein (MDB), de Porto Belo, acompanhou a transmissão de cargo do governador Jorginho Mello (PL) para o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Mauro de Nadal (MDB).

A passagem do comando do Governo do Estado ocorreu em ato oficial, realizado na Casa d’Agronômica, residência oficial do chefe do Poder Executivo catarinense. Nadal permanecerá no cargo até o próximo domingo (14), enquanto Jorginho Mello estará em viagem a Portugal.

Stein goza de uma relação muito próxima com o governador em exercício e fez questão de parabenizá-lo pela posse. “Desejo muito sucesso ao governador interino Mauro de Nadal. Espero e torço para que o amigo realize um excelente trabalho na gestão do Estado”, escreveu o portobelense.

Retorno

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Passados 50 dias do diagnóstico de câncer na região do pescoço, o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, está de volta ao comando do Executivo municipal, depois de passar por um procedimento cirúrgico.

Paulinho ficou afastado das funções por 12 dias. Neste período, o vice-prefeito Alexandre da Silva (PSD) assumiu a função. Nesta segunda-feira (8), o mandatário reassumiu a prefeitura e foi recebido por parte da equipe da gestão.

“Estou de volta com o coração cheio de gratidão e determinação. Foram 12 dias desafiadores, mas voltei com ainda mais vontade de melhorar nossas vidas. Agradeço imensamente pelo apoio e carinho que recebi”, escreveu Paulinho nas redes sociais.

Luto decretado

Postado em 8 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do ex-vice-prefeito, ex-vereador e presidente do SAMAE (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), Luiz Rogério da Silva.

Mariano Rocha justificou que o decreto é uma forma de reconhecer os “relevantes serviços prestados à comunidade tijuquense” e explicou que Rogerinho exerceu diversos cargos públicos ao longo de sua trajetória política.

Rogerinho cumpriu três mandatos na Câmara de Vereadores (de 1997 a 2004, e de 2013 a 2016) e chegou a presidir o Legislativo municipal em 2004 e 2013, foi eleito vice-prefeito em 2008 e assumiu a chefia do Executivo municipal em duas oportunidades: agosto de 2009 e janeiro de 2012.

Além de comandar o Samae na gestão de Eloi Mariano Rocha, Silva também foi secretário de Saúde. Em 2010, foi candidato a deputado federal e recebeu 20.429 votos. Na vida acadêmica, graduou-se em enfermagem e direito.

Luto: Luiz Rogério da Silva

Postado em 8 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo | Linha de Frente

Faleceu nesta segunda-feira (8), aos 57 anos, o presidente do SAMAE, ex-vice-prefeito e ex-vereador de Tijucas, Luiz Rogério da Silva, o Rogerinho. As causas da morte ainda estão sendo apuradas e investigadas.

Na vida pública, Rogerinho cumpriu três legislaturas (1997/2000, 2001/2004 e 2013/2016) e foi vice-prefeito entre 2009 e 2012. Desde 2021, era responsável por comandar a autarquia tijuquense que gere o tratamento de água e esgoto, na gestão Eloi Mariano Rocha e, atualmente, era uma das importantes lideranças do UNIÃO BRASIL.

Rogerinho deixa uma filha e centenas de admiradores. O Blog lamenta o falecimento e deseja suas mais sinceras condolências aos amigos e familiares.

Limpeza de caixa

Postado em 4 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O gradil do Parque Municipal e a doação do terreno da extinta Buettner S/A para que a Calçados Ala se instalasse em Canelinha, celebrados na gestão do ex-prefeito Moacir Montibeler (MDB), transformaram-se em dor de cabeça para o atual mandatário, Diogo Francisco Alves Maciel (PL). Nesta semana, órgãos judiciais e TCE (Tribunal de Contas do Estado) condenaram o município ao pagamento – ou ressarcimento – de valores na casa dos R$ 2,5 milhões em face das duas obras.

A primeira, na ordem de R$ 110 mil, deve ser depositada na conta do Salário-Educação, de onde, segundo o inquérito, teriam sido arredados os recursos para construção do cercado do parque. E a outra, para compensação financeira da Buettner, que cobrou a conta judicialmente e ganhou duas causas de R$ 617 mil e R$ 1,75 milhão. O município já foi comunicado.

Luz, câmera…

Postado em 3 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), de Canelinha, está em fase final de preparação de um vídeo que marcará o lançamento oficial de sua pré-campanha à reeleição. A produção, claro, deve apresentar realizações e benfeitorias da atual gestão.

Destaque ainda para a participação efetiva do vice-prefeito Antônio Carlos Machado Júnior (PSD), que também se apresenta como pré-candidato à reeleição, em repeteco da chapa vencedora no pleito de 2020.

O Blog apurou que a produção do conteúdo foi iniciada na semana passada e o material será publicado nos próximos dias. A intenção do grupo é startar as atividades pré-eleitorais e consolidar, através das redes sociais, a mensagem de continuidade do governo.

Mídia casada

Postado em 24 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

As postagens do fim de semana nas redes sociais dos vereadores Maickon Campos Sgrott (PP), Rudnei de Amorim (PSD) e Maurício Poli (UNIÃO) foram praticamente as mesmas. O que se via no perfil de um, era reproduzido com detalhes particulares no dos outros. Todas, evidentemente, tratavam da obra de pavimentação asfáltica na localidade de Terra Nova, no interior de Tijucas.

Pudera, a propósito. O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) havia anunciado que dois deles comporiam a chapa governista para a disputa da sucessão municipal, em outubro. E desde então o trio tem seguido de perto cada passo do mandatário tijuquense e, obviamente, abocanhado uma fatia das realizações da gestão.

Mariano Rocha tem, agora, a abstrusa missão de limar um dos dispostos ao dueto situacionista para o pleito majoritário sem provocar fissuras no projeto e transformar a mídia do preterido, que tem sido abundante e elogiosa, em canhão virado para si. Pois então!

Ponto final

Postado em 4 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Se as eleições municipais de outubro fossem antecipadas para a tarde desta terça-feira (4), o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), de São João Batista, não concorreria à reeleição. “Não serei candidato”, declarou o mandatário, em atenção ao Blog.

Pedroca decidiu que terminará a gestão em dezembro e dará por encerrada a carreira política. “Estou muito orgulhoso do que fiz em São João Batista. Agora vou cuidar da minha saúde, da minha família e curtir o resto da minha vida bem e com tranquilidade”, revelou.

Durante o processo eleitoral, Ramos pretende se manter isento e garante que não apoiará nenhum candidato à chefia do Executivo municipal. “Vou votar e voltar para minha casa. Não sou candidato e não apoiarei ninguém”, frisou o mandatário.

REUNIÃO COM O PT

Circulou nas rodas de conversa sobre a política batistense um possível encontro entre o prefeito e a executiva municipal do PT. Ao Blog, Pedroca confirmou que houve a reunião, principalmente para atender ao pedido da deputada federal Ana Paula Lima (PT) que, segundo o prefeito, “ajudou muito” o município.

“Tenho muita gratidão pela Ana Paula Lima. Ela ajudou muito São João Batista. Já recebemos R$ 16 milhões através dela e de outros deputados federais e estaduais, como meus amigos Carlos Chiodini, Rafael Pezenti e Jerry Comper, do MDB, Ismael dos Santos e Ricardo Guidi, do PSD, da senadora Ivete Appel da Silveira, do próprio governador Jorginho Mello… Isso me deixa muito grato. Recebi os membros do PT como prefeito. Nessa função, tenho a obrigação de receber qualquer cidadão que queira conversar com o prefeito”, explicou.

Fumaceiro

Postado em 7 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O tom ácido e crítico adotado pelo vereador Maickon Campos Sgrott (PP), de Tijucas, ao apontar problemas do município e, por consequência, falhas do governo de Eloi Mariano Rocha (PSD), não passou despercebido por quem acompanhou, ontem, a sessão ordinária da Câmara.

Sgrott, que sempre esteve alinhado à bancada governista e vem pleiteando o direito de representar o grupo nas eleições de outubro, não aliviou e pontuou alguns descontentamentos da comunidade, sobretudo no trânsito e na limpeza de áreas públicas.

Em uma resposta ao colega de parlamento e de bancada, Claudemir “Bigodinho” Correa (PSD) – que ironizou a quantidade de debates a respeito do “trânsito e dos entulhos” -, o tom foi ainda mais ácido e poderia facilmente ser confundido com o discurso de um oposicionista.

“Se a nossa cidade não tivesse entulhos espalhados como temos, se tivesse as faixas do asfalto e os meios-fios bem pintados, se tivéssemos um portal bonito na região do antigo trevo de acesso a Tijucas, se tivéssemos aquela região embaixo da ponte um pouco mais adequada, se tivéssemos os semáforos mais bem ajustados, muitas reclamações não estariam acontecendo e não passaríamos por esse desgaste”, bradou Sgrott.

BURBURINHO

Já se especula nas rodas de conversa sobre a política local que o parlamentar estaria tentando se “descolar” do governo municipal, evitando, assim, qualquer desgaste dos quase oito anos de gestão. Outros, menos epidérmicos, acreditam que Sgrott estaria apenas atuando de maneira responsável e buscando soluções para o município, acima de qualquer bandeira ideológica. O tempo dará razão a quem tem.

Sem chance

Postado em 29 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

As declarações do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), de que caso fosse candidato à reeleição teria o vereador Mário Antônio Garcia Teixeira (PL) como companheiro de chapa, dadas exclusivamente em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, quinta-feira (25), causaram surpresa e agitação nos bastidores da política de São João Batista.

Estranheza maior, a propósito, foi a do presidente municipal do PL, empresário Felipe Lemos. “Não vejo como isso poderia acontecer. Temos uma executiva local que trabalha em consonância com a proposta do Governo Estadual, autonomia absoluta na condução do nosso projeto para o município, e em momento algum nosso grupo avalizou uma conjuntura com o prefeito”, diz, com exclusividade ao Blog.

Lemos frisa que “o PL tem excelentes nomes para a disputa da prefeitura nestas eleições” e que o partido vem participando do bloco de oposição em São João Batista, alinhado ao PP, ao UNIÃO BRASIL e ao PODEMOS. “Conversamos com todas as lideranças que nos procuram, mas representamos a mudança. Buscamos um modelo de gestão diferente, com novas ideias, acreditamos no que estamos construindo e não temos interesse na proposta de continuidade da administração municipal”, reforça o presidente.