domingo, 3 de março de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Nova delegacia

Postado em 8 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Após sugerir a instalação de um posto de atendimento da Polícia Militar Rodoviária (PMR-v) nas rodovias SC-410 e SC-108, que cortam o Vale do Rio Tijucas, o deputado estadual Emerson Stein (MDB) pediu, nesta semana, a implantação de uma Delegacia Regional de Polícia Civil, justamente na Capital do Vale.

O parlamentar justificou, no pedido encaminhado ao governador Jorginho Mello (PL) e ao secretário de Estado da Segurança Pública, Carlos Henrique “Sargento” de Lima, que a delegacia de Tijucas recebe demandas de outros municípios, mas alguns serviços só estão disponibilizados na regional mais próxima, em Balneário Camboriú.

Para Stein, a nova Delegacia Regional, em Tijucas, diminuiria o deslocamento dos moradores da região para outros municípios e melhoraria o atendimento, sobretudo em departamentos ligados ao trânsito.

Fôlego

Postado em 1 de março de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Entra ano, sai ano, mudam gestões, e o problema do Hospital São José, em Tijucas, continua o mesmo: a falta de recursos para o custeio dos serviços. Embora a prefeitura tenha aumentado o valor do repasse municipal, os aportes de outras fontes públicas seguem, ainda, como necessidades urgentes para a administração da unidade.

As dificuldades foram mais uma vez expostas nesta semana, durante explanação do diretor do hospital, Marcos Marcelino, nas tribunas do Legislativo tijuquense.

A situação sensibilizou de maneira especial o presidente da Câmara, vereador Maurício Poli (PSB), e o colega Cláudio de Oliveira (PP), que, já no dia seguinte, articularam um auxílio de R$ 100 mil para a gestão do São José. A verba vem do gabinete do deputado federal Fábio Schiochet (União), que enviou diligentemente a secretária parlamentar Nadir Marques Silva para a autenticação do subsídio.

Hospital privatizado

Postado em 27 de junho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os canelinhenses e, principalmente, os funcionários do Hospital e Maternidade Maria Sartori Bastiani foram pegos de surpresa, sexta-feira (24), com a notícia da terceirização integral dos serviços da unidade. Até o momento, apenas os atendimentos eram realizados por uma cooperativa médica sob contrato com o município. O processo de comutação vinha sendo conduzido com muita discrição e reservas na prefeitura.

Os burburinhos, no entanto, ganharam força nos últimos dias. Tanto que a vereadora Neli Ferreira (MDB) protocolou requerimento na Câmara Municipal, terça-feira (21), para que o município se manifestasse sobre o assunto.

A confirmação dos rumores chegou primeiramente aos servidores do hospital. Representantes da empresa que deve administrar a unidade nos próximos 90 dias estiveram no local e orientaram os profissionais contratados a se dirigirem ao setor de recursos humanos da prefeitura para regularizarem as rescisões. A medida provocou grande tumulto e se transformou no assunto do momento na imprensa local e redes sociais.

IMPULSO

O técnico de enfermagem Alex de Assis recorreu ao Facebook para classificar o ato de “cachorrada”. A postagem, contudo, assim que disseminada em grande escala nos grupos de conversação online, desapareceu. O funcionário relatou a interlocutores do Blog que teria sido interpelado por representantes da administração municipal e que, em seguida, teve a conta na mídia social hackeada.

VERBA RESERVADA

Alheios ao processo, os vereadores de Canelinha aprovaram, há duas semanas, projeto do Executivo que previa investimentos na casa de R$ 1 milhão no Hospital e Maternidade Maria Sartori Bastiani. O texto da proposta justificava a necessidade de “melhorias” na unidade. Os parlamentares — ou, pelo menos, a maioria deles — sequer desconfiavam que o montante pudesse ser usado para o custeio em caráter de urgência da terceirização dos serviços do hospital; hipótese que vem sendo amplamente conjeturada no Legislativo municipal desde a elucidação dos fatos.

AMPLIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

Consultado pelo Blog, o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (REPUBLICANOS) justificou que existe uma demanda na ampliação dos serviços e que, com um grupo privado na condução do hospital, teria maior liberdade para contratações e substituições de profissionais sem necessidade de concurso público ou processo seletivo. O chefe do Executivo canelinhense pontuou, ainda, que a gestão da unidade continuaria sendo do município e que, com a implantação do novo modelo, conseguiria expandir o quadro funcional e qualificar o atendimento. “Desde que entrei na prefeitura, há reclamações. A única maneira de melhorar, é mudando o contrato. Se eu seguir com as mesmas pessoas, a tendência é que as queixas continuem”, explica.

Ouça, na íntegra, a declaração do mandatário canelinhense sobre o tema:

Apoio financeiro

Postado em 30 de março de 2021
  •  
  •  
  • 12
  •  
  •  

A partir da indicação 060/2021, o vereador Edson Souza (MDB) pede ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) que designe uma bonificação financeira aos servidores da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 em Tijucas.

E ele encontra respaldo na legislação, uma vez que, segundo o documento, “o governo estadual e algumas prefeituras catarinenses, até mesmo de outros municípios do Brasil, já concedem esse apoio, incentivo e reconhecimento pelos sacrifícios e pelos relevantes serviços prestados na luta da humanidade contra o coronavírus“.

Greve à vista

Postado em 5 de setembro de 2016
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Clientes da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil em Tijucas podem ter que esperar pelo fim da greve dos bancários, programada para iniciar amanhã, para poderem usar novamente os serviços das agências. A categoria reivindica um reajuste salarial de 14,65% – cinco pontos percentuais além do índice da inflação, que é de 9,65% –, e a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) oferece aumento de 6,5%.

Até que as partes se acertem, os serviços ficam paralisados. Quem comanda a greve na região é o Sindicato dos Bancários de Brusque, que tem o tijuquense Adriano Silva, popular Guinho, como principal representante no Vale do Rio Tijucas.