quarta-feira, 4 de agosto de 2021 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Dito e feito

Postado em 20 de julho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Pedra cantada no Blog sob o título “Decepção em dobro“, dia 9, deu bingo. O vereador Jucelino Marino Chini deixou a presidência do PP de Nova Trento. Ele não foi convidado para uma reunião dos progressistas locais sobre as eleições de 2024 e decidiu pedir a dispensa do posto. Especula-se, inclusive, que o ex-presidente tenha pretensões de concorrer no pleito majoritário e não faça parte dos planos do partido, que já trabalha com os nomes do ex-secretário de Saúde do município, Maxiliano de Oliveira — candidato a prefeito vencido em 2020 —, e do também vereador Silvio César Correia.

Chini, aliás, vinha sendo cobrado internamente por “posições mais firmes” contra a gestão do prefeito Tiago Dalsasso (MDB) no parlamento neotrentino; e já enfrentava resistência de alguns correligionários.

Decepção em dobro

Postado em 9 de julho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente do PP de Nova Trento, vereador Jucelino Marino Chini, não deve permanecer por muito mais tempo no partido. Fontes do Blog garantem, inclusive, que ele já teria redigido a carta de desfiliação e aguarda o momento certo para comunicar publicamente a decisão.

Chini não foi convidado para uma reunião dos progressistas com vistas nas eleições municipais de 2024, e estaria se sentindo duplamente desprestigiado: porque foi boicotado no encontro dos correligionários e porque não faz parte dos planos do partido para o próximo pleito na Terra de Santa Paulina. Informações preliminares dão conta de que o PP neotrentino já estaria decidido a trabalhar os nomes do ex-secretário de Saúde do município, Maxiliano de Oliveira, candidato a prefeito vencido na última eleição, e do vereador Silvio César Correia para tentar a retomada da prefeitura.