quarta-feira, 19 de junho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Figurante

Postado em 24 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Internet

Personagem central de quatro dos últimos cinco pleitos municipais, o PT, em Tijucas, segue longe de ser protagonista no processo pré-eleitoral. Nem mesmo a recente mudança na regência local, feita em uma articulação da cúpula estadual, promoveu resultados práticos para a legenda.

Um dos motivos, apontam os especialistas, seria o afastamento da “velha guarda” petista. O Blog apurou que parte dos filiados mais antigos decidiram deixar a legenda por não concordarem com a “interferência” do presidente estadual do PT e presidente nacional do Sebrae, Décio Lima.

Lideranças que estiveram afastadas nos últimos anos e que pretendiam retornar ao movimento, sobretudo por conta da oxigenação provocada pela eleição de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2022, decidiram permanecer distantes. Uns, aliás, aguardam pela eleição do diretório municipal, prevista para janeiro do ano que vem.

“Não aceitamos conversar com terceirizados. São pessoas que se filiaram em outubro de 2023”, confessou um destes personagens – ativo nos movimentos petistas há décadas -, em atenção ao Blog, sob condição de anonimato.

DESGASTES

Há, ainda, dificuldade do partido em compor com qualquer outro grupo político já estabelecido na Capital do Vale. A acirrada rivalidade em nível nacional, por exemplo, é um dos motivos para a rejeição dos demais movimentos.

Na prática, há um entendimento nos bastidores de que quem abraçar o PT, mesmo se aproximando do Governo Federal, teria dificuldades em explicar a aliança ao eleitorado tijuquense e, por consequência, sofreria prejuízos no processo.

Engenhoso

Postado em 18 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O projeto de reeleição do prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), de Canelinha, deve contar com uma característica quase inédita em Santa Catarina. Rival declarado dos liberalistas no pleito de outubro, o PSD, ao que tudo indica, estará com Maciel na busca por mais quatro anos no Executivo municipal.

Ao programa LINHA DE FRENTE, na última quinta-feira (14), o mandatário canelinhense revelou que a conjuntura foi estratégica. Primeiro, para ampliar a lista de deputados estaduais e federais que poderiam contribuir com a cidade. Mas, além disso, para facilitar o trânsito na Capital Federal, fugindo também da rivalidade PL e PT.

“Não estar em chapa pura (como foi em 2020) é para ampliar o leque. O PSD foi parceiro na Câmara, desde o início da gestão. Não faria sentido o partido não estar conosco. Vamos conseguir contemplar deputados e lideranças do PSD. É um partido que cresceu muito. Tempo de tv, alguns acessos em Brasília. Por ser PL, tenho portas fechadas no governo PT. Assim, conseguimos um certo balão com o PSD, através dos deputados Darci de Mattos e Ismael dos Santos”, contou o prefeito.

PRÉ-CANDIDATOS

Embora o atual vice-prefeito Antônio Carlos Machado Júnior (PSD) seja o favorito para concorrer novamente ao pleito, Alves Maciel ainda mantém a cautela sobre o assunto e explica que a decisão ficará para o futuro.

“Somos pré-candidatos. Mas a política é dinâmica. Precisamos nos provar todos os dias que podemos e merecemos ser candidatos. Pesquisas internas nos mostram certa vantagem, mas não podemos sentar nisso. Precisamos justificar o motivo de recebermos o voto em 2020 e do porque queremos o voto em 2024”, disse.

Eternizados

Postado em 30 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Duas históricas lideranças políticas de Tijucas passam a batizar, a partir desta quinta-feira (30), dois dos principais prédios públicos do município. A prefeitura passará a se chamar “Centro Administrativo Prefeito Nilton José Fagundes – Gordo”, em homenagem ao chefe do Executivo municipal entre os anos de 1983 e 1988.

A proposta para eternizar o legado do saudoso ex-deputado, partiu do então vereador Edson José Souza, falecido em agosto. Souza, aliás, como já citado pelo Blog na nota “Legado eterno”, de dias atrás, será homenageado e batizará o prédio da Câmara de Vereadores, que se chamará “Casa do Povo Vereador Edson Souza”.

APARTIDÁRIO

Curiosamente, as duas leis foram sancionadas pelo prefeito em exercício, Sérgio Fernandes Cardoso (PSD), que, historicamente, sempre pertenceu a movimentos políticos rivais aos dos homenageados.

Após as assinaturas, o engenheiro explicou: “Admiro a trajetória do Edson Souza e tenho muita gratidão a ele por ter me concedido o título de cidadão honorário de Tijucas. O Gordo também era uma pessoa fantástica, com quem sempre me dei muito bem. Merece nossa homenagem diante de tudo o que representou e ainda representa na história”, pontuou.

A reboque, não!

Postado em 29 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Nas trincheiras opostas ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), o policial penal e ex-vereador Juarez Soares (CIDADANIA) decidiu se desfiliar do partido em que concorreu à Câmara Federal nas eleições de 2022. O motivo é a federação da legenda com o PSDB e o ingresso do presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) de Tijucas, Luiz Rogério da Silva, no ninho tucano.

“Existe a determinação nacional, de que temos que caminhar juntos. Rogerinho vai querer levar o partido para o grupo que administra o município atualmente. Como não compactuo com este governo, vou deixar o CIDADANIA”, explica o ex-presidente da Câmara Municipal.

ESVAZIAMENTO
A frustração tem sido a mesma para o presidente municipal do CIDADANIA, Edenilson Devitte, que ainda aguarda uma posição da executiva estadual para definir que caminho tomar. “Provavelmente, a maioria vai sair”, diz, em referência a um possível esvaziamento do partido em Tijucas.

RIVALIDADE
Os planos do CIDADANIA continuam sendo a oposição ao grupo governista. Nas eleições de 2020, o partido prestou apoio à campanha do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (então no PDT, e atualmente no PL), que alcançou a segunda colocação no pleito. Antes, no entanto, havia apresentado a esposa do presidente municipal da legenda, Gislaine Devitte, como opção para a composição da chapa com a advogada e então vereadora Fernanda Melo (MDB) no mesmo pleito.

De cima para baixo

Postado em 22 de setembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Das visitas do vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) aos gabinetes de congressistas, nesta semana, em Brasília, uma se destacou. Com o deputado federal Ismael dos Santos (PSD-SC), a conversa foi especificamente sobre a política e os rumos do partido em Tijucas.

O adjunto tijuquense vem reunindo as tropas para ser o escolhido da legenda na concorrência majoritária, e quer o apoio do parlamentar catarinense – entre outras figuras com poder de decisão – para alcançar o objetivo.

INTERPOSIÇÃO

A outra fonte do Blog na capital federal, Ismael dos Santos garantiu que o PSD deve apresentar candidatos a prefeito em todos os municípios do Estado. A ideia, segundo o deputado, seria a instauração de uma rivalidade eleitoral com o PL do governador Jorginho Mello, que tem a mesma frente de trabalho.

Santos revelou, ainda, que, caso as regências locais do partido optem por alianças a outros movimentos e abdiquem da cabeça de chapa, a cúpula estadual agiria em favor de correligionários que estejam dispostos a concorrer à prefeitura, independentemente das conjunturas pré-estabelecidas.

Sem olhar a quem

Postado em 21 de março de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo

Mesmo em stand by, arredado das disputas políticas e sem pretensões – pelo menos no discurso – para incursões eleitorais em Porto Belo, o ex-prefeito Evaldo Guerreiro (PT) segue disposto a contribuir. Desta vez, usou a boa relação com a deputada federal Ana Paula Lima (PT-SC) para viabilizar uma obra que planejou quando governou a Capital Catarinense dos Transatlânticos e não teve tempo de iniciar.

Ana Paula acaba de destinar R$ 600 mil ao município, por intermédio do ex-mandatário e do diretório local do PT, via FNDE (Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação), para, em suma, a conclusão de uma escola com 12 salas de aula nos fundos do extinto Shopping Porto das Águas.

Ainda que, teoricamente, nas trincheiras adversárias do prefeito Joel Orlando Lucinda (MDB), Guerreiro vem celebrando o fato como se fosse uma conquista da própria gestão. A verba entra nos cofres da prefeitura até sexta-feira (24).

Parceria

Postado em 1 de março de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Reprodução

Das redes sociais da prefeitura de Tijucas vem a informação de que a Rua José Bornhofen, em Areias, será pavimentada em parceria com o administrador do loteamento fronteiriço: o empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT), candidato a prefeito em 2020 e principal adversário do atual mandatário tijuquense, Eloi Mariano Rocha (PSD), naquele pleito.

Embora a publicação dispense referências nominais, o texto diz, ainda, que a sociedade foi firmada “em reunião entre o loteador, o prefeito e o secretário de Obras (Vilson Natálio Silvino)”.

Nada de anormal no âmbito dos negócios e da gestão pública, mas impressiona que os envolvidos no acordo, sem exceção, tenham claros interesses nas eleições de 2024 e devem estar, ao que tudo indica, em trincheiras opostas. Ou não. A conferir…

Magoado, mas neutro

Postado em 27 de janeiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-prefeito Valério Tomazi (MDB), de Tijucas, aproveitou a estada no programa LINHA DE FRENTE, que reestreou ontem na TV Razão, para elucidar uma questão que há seis anos pauta as rodas políticas da cidade. E garantiu, categoricamente, que não fez qualquer movimento em favor da campanha do então candidato a prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) nas eleições de 2016. “Único voto que pedi foi para o Guelo (Rogério dos Anjos, candidato a vereador pelo MDB naquele pleito), em uma família do Timbé”, reforçou.

As suposições foram lançadas a partir do imbróglio com o ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), com quem rivalizou internamente na convenção do partido, naquele ano, e perdeu o direito de concorrer à reeleição. “Disse aos servidores, na campanha, que não queria política dentro da prefeitura, e nem um carro adesivado no pátio. Mas não favoreci candidato algum. Fiquei neutro”, revelou Tomazi.

Assista à entrevista na íntegra:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o LINHA DE FRENTE vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na TV Razão e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube.

Fim da linha

Postado em 1 de setembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A relação entre o ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PODE) e seu sucessor, o atual prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), azedou de vez. As rusgas que começaram no declarado apoio do mandatário de São João Batista à reeleição do deputado estadual Jerry Comper (MDB) — ainda que o conterrâneo e parceiro pretendesse o mesmo cargo — e se intensificaram na difícil liberação da professora Rúbia Alice Tamanini Duarte para a Secretaria Adjunta de Estado do Desenvolvimento Social, chegaram a níveis extremos nas últimas semanas.

O vazamento de mensagens de áudio, além da publicação de um vídeo em que Pedroca critica a gestão anterior, da qual participou como vice-prefeito, puseram um fim na parceria vitoriosa e transformaram os outrora amigos em rivais manifestos. Nas redes sociais, a coordenação de campanha de Cândido repudiou as ações, tratou como “caluniosas”, e prometeu desmentir as acusações em juízo. O afastamento fica evidente, a propósito, quando, no mesmo texto, a equipe informa que o material teria sido disseminado por “opositores” do ex-prefeito e candidato a deputado estadual.

Bandeiras à parte

Postado em 23 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ver um prefeito em visita a Brasília na companhia de um dos principais vereadores de oposição é como encontrar uma mosca branca. Principalmente quando os partidos que representam têm rivalidade histórica e militância ferrenha no município. Por bênção de Santa Paulina ou evolução natural da classe política, Nova Trento vem dando exemplo nessa questão.

Na virada da quinzena, o mandatário neotrentino Tiago Dalsasso (MDB) e o vereador Jucelino Marino Chini (PP) — que, a propósito, teria intenção de concorrer à prefeitura em 2024 — deram-se as mãos e foram juntos à capital federal em busca de recursos. De tão afinados, estiveram, inclusive, lado a lado, nos gabinetes dos senadores das bandeiras que carregam, Dário Berger (MDB-SC) e Esperidião Amin (PP-SC), no Congresso.

Se fosse um conto, teria quem duvidasse. Mas há fotos. Várias. Institucionais e pessoais. Para dizer e mostrar que a política partidária deve se restringir às campanhas e que, passado o pleito, o todo é que precisa vencer.