quarta-feira, 4 de agosto de 2021 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Dito e feito

Postado em 20 de julho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Pedra cantada no Blog sob o título “Decepção em dobro“, dia 9, deu bingo. O vereador Jucelino Marino Chini deixou a presidência do PP de Nova Trento. Ele não foi convidado para uma reunião dos progressistas locais sobre as eleições de 2024 e decidiu pedir a dispensa do posto. Especula-se, inclusive, que o ex-presidente tenha pretensões de concorrer no pleito majoritário e não faça parte dos planos do partido, que já trabalha com os nomes do ex-secretário de Saúde do município, Maxiliano de Oliveira — candidato a prefeito vencido em 2020 —, e do também vereador Silvio César Correia.

Chini, aliás, vinha sendo cobrado internamente por “posições mais firmes” contra a gestão do prefeito Tiago Dalsasso (MDB) no parlamento neotrentino; e já enfrentava resistência de alguns correligionários.

Casaca virada

Postado em 31 de maio de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Dias depois de anunciar publicamente a desfiliação do MDB e criticar a gestão do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) — que ajudou a eleger em São João Batista, em 2020 —, o empresário Sílvio Eccel, da Rádio Clube, posou para a foto com o presidente municipal do PP, ex-vereador Fábio Norberto Stürmer, que foi candidato a vice-prefeito na principal chapa de oposição.

Silvinho almoçou com Stürmer e amigos, no sítio do progressista, no interior da Capital Catarinense do Calçado. O comunicador, que se vangloria de ter atuado nas eleições dos nove últimos governos batistenses, diz, agora, que será mais incisivo nas cobranças à administração municipal, “inclusive com documentos, quando for necessário, nos microfones da rádio”. Pois, então?!

Frequência modulada

Postado em 18 de maio de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Se tem alguém muito descontente com o governo do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) em São João Batista, é o empresário Sílvio Eccel, da Rádio Clube. Sem qualquer cerimônia, ele usou a audiência da própria emissora para dizer, pessoalmente, que está “extremamente chateado” e que considera a desfiliação do MDB. “Ajudei a montar a equipe de campanha, saímos vitoriosos, e agora não sirvo mais?”, questionou, durante a programação.

Silvinho avisou, ainda, que, de agora em diante, será mais incisivo nas cobranças à administração municipal, “inclusive com documentos, quando for necessário, nos microfones da rádio”. O recado foi direcionado a Pedroca, mas também aos “dinossauros que estão no primeiro escalão”, que o empresário acusou de quererem apenas “vantagens para si”. Pois, então?!

Porta fechada

Postado em 30 de abril de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente do PT em Tijucas, artista plástico Leandro Serpa, diz que “recebe com surpresa” o movimento de regresso do ex-vice-prefeito Adalto Gomes (PL) ao partido. Segundo ele, “existe um processo em construção, uma visão estratégica, e o diretório municipal não entende o policial rodoviário federal aposentado como um quadro desse projeto”.

Outro dirigente do partido em Tijucas, o administrador Pedro da Costa ainda confrontou o ex-deputado federal Décio Lima, presidente estadual do PT — que se mostrou favorável ao retorno de Gomes às fileiras petistas —, ontem, durante a transmissão do programa LINHA DE FRENTE na VipSocial TV. “Décio, já consultou os petistas de Tijucas sobre o retorno dessas pessoas ao partido?”, comentou, em tom de cobrança.

Entre a cruz e a espada

Postado em 23 de fevereiro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A ausência do presidente do PP tijuquense, suplente de vereador Vilson Natálio Silvino, em recente reunião do partido, tem duas justificativas: uma institucional e outra extraoficial. Para os correligionários, ele pretextou incompatibilidade de agenda, com um compromisso paralelo; mas, internamente, especula-se que o atual secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos do município, ciente da pauta do encontro, tenha preferido a abstenção para, evidentemente, evitar dissabores na relação com o chefe, prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD).

 

Os progressistas — com exceção do presidente, já alocado no colegiado municipal — cobram maior participação no governo e têm debatido estratégias para convencer Mariano Rocha a ceder mais espaço ao partido na estrutura pública do município. Uma das recentes ações foi o requerimento de independência do PP no uso da tribuna da Câmara, que inicialmente dividia o mesmo bloco de tempo com PSD e PSB.

 

Entre a cruz e a espada, Silvino designou a vice-presidente Venina Rodrigues e a primeira secretária Loisiane dos Santos para representar o comando do diretório na reunião. Pois, então?!

Recado

Postado em 17 de fevereiro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A bancada do PP tijuquense na Câmara deve anunciar amanhã, durante a sessão legislativa, a independência no uso da tribuna. Os três vereadores progressistas — Maickon Campos Sgrott, Ecio Helio de Melo e Cláudio de Oliveira — decidiram deixar o bloco do PSD; e estariam estimulando o colega Maurício Poli, único representante do PSB na Casa do Povo, a seguir o mesmo caminho.

Não significa, porém, que a aliança governista esteja desfeita. Mas é, sem sombra de dúvidas, um recado ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD). Os progressistas cobram, desde janeiro, maior participação na administração municipal. A representação do partido reivindica o comando de pelo menos três secretarias. Atualmente, apenas o presidente da legenda em Tijucas e suplente de vereador Vilson Natálio Silvino (PP) está contemplado na gerência da pasta de Obras, Transportes e Serviços Públicos.

Dias atrás, Mariano Rocha comunicou à bancada do PP que não pretende realizar mudanças no colegiado neste momento.

Relação abalada

Postado em 15 de janeiro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O segundo mandato do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) nem bem começou, e o PP, da base aliada, já cobra maior participação na gestão do município. Nesta semana, os três vereadores progressistas estiveram no primeiro gabinete do paço, pedindo providências. Eles não concordam que apenas a Secretaria de Obras, Transportes e Serviços Públicos, que tem o suplente Vilson Natálio Silvino (PP) no comando, tenha sido oferecida ao partido.

A situação, inclusive, tem reflexos no Legislativo. A disposição de Ecio Helio de Melo (PP) — desgostoso por sequer ter sido convidado para compor a mesa diretora — na eleição para a presidência da Câmara, contra Rudnei de Amorim (PSD), no início do mês, evidenciou ainda mais as divergências entre os dois partidos.

Cumprimento de trato

Postado em 12 de março de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A força-tarefa para organização e inclusão do PSL no projeto de reeleição do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) está em curso. Não por uma clara vontade, mas por necessidade. No início da semana, o subchefe da Casa Civil estadual Matheus Hoffmann esteve no primeiro gabinete do paço, a portas fechadas com o mandatário tijuquense, para cobrar, de uma vez por todas, o cumprimento desse conjeturado compromisso.

Junto com Hoffmann, na reunião com Mariano Rocha, estava o prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido, que passou a atuar como articulador do partido na região. Conforme antecipado pelo Blog, o vereador Rudnei de Amorim (DEM) — líder do governo na Câmara e irmão do secretário de Administração e Finanças do município, Rosenildo de Amorim —, que também participou da conversa, é quem estaria incumbido de robustecer o PSL na Capital do Vale para o pleito que se avizinha.

Cobrança

Postado em 4 de março de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Responsável pelas ações do PSL na Grande Florianópolis, o chefe adjunto da Casa Civil estadual Matheus Hoffmann pressiona o staff do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) para que o partido do governador tenha uma representação consistente em Tijucas; e que a regência peesselista seja devidamente incluída na campanha de reeleição do mandatário tijuquense. O prazo vence no fechamento da janela de transferências partidárias, em 3 de abril.

As investidas de Hoffmann são amplamente direcionadas ao secretário de Administração e Finanças do município, Rosenildo de Amorim, e ao irmão, vereador Rudnei de Amorim (DEM), líder do governo na Câmara, cotados para o comando do PSL na Capital do Vale.

PEC e TPA

Postado em 11 de dezembro de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O cabo de guerra entre o deputado estadual Ivan Naatz (PV) e o município de Bombinhas parece interminável. Ao tempo em que o parlamentar comemora a possível aprovação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 01/2019 — que altera o artigo 128 e proíbe “pedágios urbanos” — na Assembleia Legislativa, o prefeito Paulo Henrique Dalago Müller (DEM) garante que a proposta não afeta a TPA (Taxa de Preservação Ambiental) da Capital do Mergulho Ecológico.

Dalago Müller pontua que “a PEC está apenas sendo redundante e repetindo o que já se encontra contido artigo 128 da Constituição do Estado”. O prefeito diz, ainda, que “o Tribunal de Justiça de Santa Catarina e o Supremo Tribunal Federal firmaram, taxativamente, o entendimento de que a TPA do município de Bombinhas não fere a legislação, pois não tem como fato gerador a limitação ao tráfego de pessoas e sim o potencial dano ambiental causado”.