domingo, 14 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Retorno

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Passados 50 dias do diagnóstico de câncer na região do pescoço, o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, está de volta ao comando do Executivo municipal, depois de passar por um procedimento cirúrgico.

Paulinho ficou afastado das funções por 12 dias. Neste período, o vice-prefeito Alexandre da Silva (PSD) assumiu a função. Nesta segunda-feira (8), o mandatário reassumiu a prefeitura e foi recebido por parte da equipe da gestão.

“Estou de volta com o coração cheio de gratidão e determinação. Foram 12 dias desafiadores, mas voltei com ainda mais vontade de melhorar nossas vidas. Agradeço imensamente pelo apoio e carinho que recebi”, escreveu Paulinho nas redes sociais.

Afastamento

Postado em 27 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Diagnosticado com um câncer na região do pescoço, o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, deve se licenciar do cargo a partir desta quinta-feira (27), para a realização de um procedimento cirúrgico. 

Paulinho ficará afastado por 10 dias e transmitirá a chefia do Executivo municipal ao vice-prefeito Alexandre da Silva. Em comunicado, o mandatário afirmou que “ficará em recuperação” durante o período. 

Diagnóstico

Postado em 27 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, foi diagnosticado com um câncer na região do pescoço. Um laudo médico apontou um tumor maligno na tireoide, conforme comunicado emitido pelo próprio mandatário, através das suas redes sociais.

Dalago Muller explicou que realizou uma série de exames e afirmou que deverá ser submetido a uma cirurgia nas próximas semanas. Entretanto, o bombinense garante que se mantém tranquilo e pronto para enfrentar a doença.

“Minha vida sempre foi pautada por muitos desafios. Sempre enfrentei todos com muita coragem e de cabeça em pé. Com Deus ao meu lado, venci todos. Este que se coloca a minha frente, não será diferente. Será uma batalha, mas como sei que Deus e muitas pessoas estão ao meu lado, a cura virá”, escreveu.

Mais tarde, Paulinho publicou um vídeo agradecendo pelas mensagens recebidas desde o comunicado. “Estou bem, minha cabeça está boa. É mais um desafio que vou superar, com a ajuda e torcida de todos. Vocês vão se incomodar muito comigo e ainda terão que me aturar”, brincou.

Fora de combate

Postado em 25 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) de Tijucas, Luiz Rogério da Silva, o Rogerinho, foi submetido a mais uma angioplastia ontem. É a segunda vez que ele passa pelo mesmo procedimento nos últimos cinco meses. O ex-vice-prefeito e ex-vereador continua internado em Florianópolis, no SOS Cárdio, com previsão de alta para amanhã.

Entre familiares e amigos, o diagnóstico preocupa. A carga de estresse no comando da autarquia tem sido fator principal para o surgimento dos problemas de saúde que ele vem enfrentando. A diminuição do ritmo tem sido exigência médica. Um comunicado já chegou à mesa do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e não seria surpresa se o presidente do Samae deixasse o cargo oficialmente nos próximos dias.

Parceria cor-de-rosa

Postado em 7 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Honras e ovações ao empresário Alexandre Lamim, popular Puera, e toda a equipe da BR Lamim Empreendimentos, de Tijucas, que se tornou, ontem, Parceira Amiga da importante Rede Feminina de Combate ao Câncer.

 

A ligação se deu em razão da campanha Outubro Rosa, que faz referência ao mês da conscientização e combate ao câncer de mama no Brasil.

 

O apoio da empresa, essencialmente, oportuniza mais condições para que a entidade, presidida pela empresária e cabeleireira Daniela Natália de Melo Fagundes no município, encaminhe pacientes ao diagnóstico e tratamento da doença, reduzindo, assim, a taxa de mortalidade, que, lamentavelmente, continua no primeiro lugar do país entre as mulheres.

Diagnóstico triplo

Postado em 23 de julho de 2021
  •  
  •  
  • 10
  •  
  •  

Três vereadores de Canelinha testaram positivo para a Covid-19 nos últimos dias. O presidente do Legislativo municipal, Robinson Carvalho Lima (PP), e o colega de parlamento Thiago Vinícius Leal (MDB) — que, coincidentemente, estiveram juntos em Brasília na semana passada — acusaram o contágio recentemente e cumprem, neste momento, a quarentena de isolamento.

Situação que exige mais cuidados, porém, é a da vereadora Neli Ferreira (MDB), que, desde que foi diagnosticada com o vírus, permanece internada e sob vigilância médica.

Luta em comum

Postado em 6 de julho de 2020
  •  
  •  
  • 2
  •  
  •  

A lista de políticos catarinenses que contraíram Covid-19 tem, oficialmente, um novo integrante. Daniel Netto Cândido (PSL), prefeito de São João Batista, testou positivo para o novo coronavírus no sábado (4). O chefe do Executivo batistense anunciou a contaminação nas redes sociais, mas, na publicação, pontuou que está “sem sintomas há vários dias e bem de saúde”.

Por coincidência ou ironia do destino, três dias antes, o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) também foi diagnosticado com a doença. Muito bem alinhados politicamente, o prefeito da Capital Catarinense do Calçado e o mandatário estadual têm, agora, mais esta luta em comum.

Por Luan Lucas, especialmente para o Blog do Léo Nunes

Paulinha infectada

Postado em 2 de julho de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT), de Bombinhas, testou positivo para Covid-19. Ela apresentou os primeiros sintomas na sexta-feira (26) e realizou o exame. O diagnóstico foi confirmado hoje.

Paulinha está em casa, em isolamento, e cumprindo todos os protocolos de saúde; e não precisou ser hospitalizada.

Perguntas e respostas

Postado em 15 de abril de 2019
  •  
  •  
  • 33
  •  
  •  
Foto: Passarinho incolor

Teve pesquisa de opinião pública, semana passada, nas ruas de Tijucas. Passarinho incolor – que, além de sobrevoar os porões do poder, também dirige e fotografa – conta que um conceituado instituto foi contratado por um grupo de empresários locais para formar um diagnóstico da popularidade e da gestão do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), bem como do secretariado municipal.

Os resultados devem servir apenas para análise interna. Supõe-se que os indicadores da pesquisa motivem possíveis mudanças na estrutura do município e sejam usados, ainda, no desenvolvimento da campanha cola-branca para as próximas eleições.

Pequena e inviável

Postado em 20 de fevereiro de 2019
  •  
  •  
  • 29
  •  
  •  

Se a recomendação do TCE (Tribunal de Contas do Estado) fosse aceita, Major Gercino deixaria de ser município e se reintegraria a São João Batista. O diagnóstico considera que a menor cidade do Vale do Rio Tijucas, entre 106 com menos de 5 mil habitantes, é inviável, porque tem baixa arrecadação própria e depende, quase que integralmente, de repasses institucionais – dos governos estadual e federal – para não fechar as contas no vermelho.

A história mostra que Santa Catarina tinha, em 1950, apenas 52 municípios; e que nos anos 70 houve uma corrida pela emancipação. Na virada do milênio, o estado já apresentava 293 cidades constituídas política e administrativamente.

Para justificar a sugestão, auditores do TCE dizem que municípios maiores têm a vantagem de reduzir cargos públicos e ter maior arrecadação própria.


O jornalista Jonas Hames, da Rádio Super FM, de São João Batista, contribuiu para esta nota.