terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Retorno

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Passados 50 dias do diagnóstico de câncer na região do pescoço, o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, está de volta ao comando do Executivo municipal, depois de passar por um procedimento cirúrgico.

Paulinho ficou afastado das funções por 12 dias. Neste período, o vice-prefeito Alexandre da Silva (PSD) assumiu a função. Nesta segunda-feira (8), o mandatário reassumiu a prefeitura e foi recebido por parte da equipe da gestão.

“Estou de volta com o coração cheio de gratidão e determinação. Foram 12 dias desafiadores, mas voltei com ainda mais vontade de melhorar nossas vidas. Agradeço imensamente pelo apoio e carinho que recebi”, escreveu Paulinho nas redes sociais.

Reprovação

Postado em 5 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O empresário Sidney Machado, que se intitula “único pré-candidato de ideologia conservadora em Tijucas”, não concorda com a formação da chapa do PL municipal para a disputa da prefeitura. O partido definiu o dueto com Thiago Peixoto dos Anjos e Fernando Fagundes – conforme noticiado no Blog anteriormente – em reunião da cúpula liberalista estadual ontem, sem a presença do terceiro postulante do grupo ao Executivo tijuquense.

Machado esteve agora à tarde na Justiça Eleitoral para buscar informações sobre o número de filiados do PL, bem como dos requisitos para a votação interna, e garante que o processo continua longe do fim. “Nada está decidido. Em 4 de agosto teremos a convenção. Meu nome continua à disposição para ser o candidato a prefeito do partido”, diz.

Habemus chapa

Postado em 30 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

A badalada noite de filiações dos Progressistas de Tijucas foi, também, o pontapé para a pré-campanha eleitoral do grupo governista. Tanto que, a partir de agora, já se considera a composição PP, PSD e UNIÃO praticamente chancelada.

Diante da definição, cada partido lançou um pré-candidado à chefia do Executivo municipal. Sem surpresas, os nomes foram os dos vereadores Maickon Campos Sgrott (PP), Rudnei de Amorim (PSD) e Maurício Poli (UNIÃO).

Os três estiveram sentados na mesa de honra, que tinha, ainda, as presenças do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e do deputado estadual, Altair Silva (PP), além do ex-vereador e ex-secretário municipal, Sérgio Cordeiro (UNIÃO).

Cordeiro, a propósito, foi o responsável pela condução dos discursos. Em determinado momento, chamou a atenção para o número 110, que seria o resultado da soma dos números do três partidos: 11, 55 e 44.

Já o mandatário deixou um recado direto. Assim como havia feito, horas antes, em um convite – ora convocação -, afirmou que “a partir de agora, é tudo igual”, em alusão ao grupo construído com as três frentes.

À espera

Postado em 7 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

As definições no PL tijuquense podem ser a peça que falta no quebra-cabeças do ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB) para a disputa eleitoral de outubro. Ele ainda considera que uma composição com o partido do governador Jorginho Mello seja a melhor alternativa para o pleito.

Mannrich segue os ensinamentos do saudoso governador Luiz Henrique da Silveira, que costumava dizer que “quando se pode fazer uma eleição morro abaixo, não é inteligente fazê-la morro acima”. As conversas com o PL existem, mas as incertezas da regência municipal da legenda sobre quem deve ser o representante do grupo – o vereador Fernando Fagundes, o ex-secretário municipal Sidney Machado ou empresário Thiago Peixoto dos Anjos – e que caminho seguir têm esfriado as negociações.

“Estamos trabalhando e aguardando a formação do cenário. Mas temos nosso planejamento e excelentes nomes no MDB. Podemos optar por chapa pura”, diz o ex-prefeito e pré-candidato. Especula-se que as opções com maior apelo no partido sejam o vereador Cláudio Eduardo de Souza, o Cláudio do Jornal, e o ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, o Tonho Polícia.