terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Retorno

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Passados 50 dias do diagnóstico de câncer na região do pescoço, o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, está de volta ao comando do Executivo municipal, depois de passar por um procedimento cirúrgico.

Paulinho ficou afastado das funções por 12 dias. Neste período, o vice-prefeito Alexandre da Silva (PSD) assumiu a função. Nesta segunda-feira (8), o mandatário reassumiu a prefeitura e foi recebido por parte da equipe da gestão.

“Estou de volta com o coração cheio de gratidão e determinação. Foram 12 dias desafiadores, mas voltei com ainda mais vontade de melhorar nossas vidas. Agradeço imensamente pelo apoio e carinho que recebi”, escreveu Paulinho nas redes sociais.

Em campo

Postado em 23 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A reestreia do Tiradentes Esporte Clube, de Tijucas, em uma competição oficial, já tem data para acontecer. No próximo dia 1º, a equipe sub-15 do Azulão tijuquense entra em campo pela Copa Santa Catarina da categoria, no Estádio Sebastião Vieira Peixoto, às 15h.

O adversário será a Escola de Futebol Casa Lar Irmã Carmen, de Araranguá. Na primeira fase, o Tiradentes ainda terá outros cinco compromissos, diante do Profut, de Maracajá, e Agrifut, de Itajaí, com três duelos em Tijucas e outros três fora de casa.

Mudança de hábito

Postado em 20 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

A cada amanhecer, uma surpresa no tema “indecisão do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) sobre o candidato à sucessão”. O chefe do Executivo tijuquense quer, agora, a participação do funcionalismo na escolha e orientou cada servidor em cargo de comissão a realizar uma “pesquisa” entre familiares e amigos para, a partir do feedback, chancelar a indicação.

Mariano Rocha vem dizendo, de sala em sala, que tem três bons pré-candidatos e que precisa da ajuda da equipe para se decidir. As referências são ao vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) e aos vereadores Rudnei de Amorim (PSD) e Maickon Campos Sgrott (PP).

JUNTOS NA DOR

A insistência do prefeito em recomendar Sgrott – que desistiu da pré-candidatura meses atrás e nunca pensou em reconsiderar a decisão – tem unido Coisa Querida e Amorim.

O adjunto tijuquense e o líder do governo na Câmara se deram as mãos e, de acordo com fontes precisas do Blog, vêm concordando em um ponto: a inabilidade de Mariano Rocha na condução do processo pode dificultar a eleição.

DEBANDADA

Como consequência primária da hesitação do mandatário tijuquense, aliados vêm trilhando o caminho da independência e se desfazendo das amarras do grupo governista.

A perda dos vereadores Ecio Hélio de Melo para o PL, Maurício Poli e Cláudio de Oliveira para o UNIÃO, e as especuladas migrações dos suplentes José Roberto “Betinho” Giacomossi e Ezequiel de Amorim para grupos alternativos, dão o tom da instabilidade encetada na demanda política do governo.

Soma-se aos prejuízos a conjuntura com o PL municipal, que caminhava serena para a oficialização da aliança, inclusive com bases de acordo estabelecidas, e foi atravancada por conta do embaraço de Mariano Rocha na definição de um nome para a sucessão.

Todos contra a dengue

Postado em 18 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Os alarmantes dados e elevado número de casos de dengue, em Tijucas, vêm preocupando as autoridades do município. A ordem é colocar em prática todas as medidas possíveis para erradicar focos do mosquito e, assim, diminuir a propagação da doença.

O secretário de Obras e Serviços Urbanos, Vilson Natálio Silvino, determinou a remoção de entulhos e móveis inservíveis de residências, antes que estes sejam descartados de maneira irregular em terrenos baldios da Capital do Vale.

Vilsinho, como ficou conhecido, lançou o projeto “Alô Entulho”, que, basicamente, permite que o morador acione a equipe da Secretaria. Imediatamente, servidores da pasta irão até o endereço indicado e farão o recolhimento do item descartado. Entretanto, a medida não vale para grandes quantidades de materiais.

“Essa iniciativa não tem o objetivo de retirar grandes quantidades de objetos das residências, mas, sim, de lidar com casos isolados em que não seria viável contratar um serviço de descarte de entulho. Cabe aos cidadão a responsabilidade de destinar corretamente os resíduos de construção ou móveis, evitando impactos negativos na saúde publica e no meio ambiente”, explicou Silvino.

Escalação

Postado em 3 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), recebeu, mais uma vez, amigos próximos de Tijucas e região para um almoço, sábado (30), no apartamento que mantém em Itapema. Ele planeja se candidatar a governador do Estado nas eleições de 2022 e vem montando um grupo de trabalho no Vale e na Costa Esmeralda.

 

Entre os presentes, no encontro, estiveram o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), o vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) e o ex-vereador e ex-secretário municipal José Leal Silva Junior. O prefeito de São José, Orvino Coelho de Ávila (PSD), foi outro dos presentes no almoço promovido pelo mandatário chapecoense.

Período de testes

Postado em 22 de março de 2021
  •  
  •  
  • 33
  •  
  •  

Quanto mais a gestão do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), de São João Batista, se aproxima do centésimo dia, mais aumenta a apreensão dos membros do primeiro escalão do governo municipal. Esse foi o prazo — cem dias — que o chefe do Executivo batistense estipulou, ainda antes de iniciar o mandato, para avaliar a equipe e promover possíveis e devidas substituições no colegiado.

Ramos, a propósito, já precisou mexer na chefia de gabinete e na coordenação de Comunicação da prefeitura, mas por opção dos titulares, que deixaram os cargos para ocupar funções na esfera estadual. Agora, nesta nova etapa, caso o plano seja cumprido, o prefeito muda se quiser e convier. Especula-se nas coxias do paço que, passado o período de testes, três trocas no secretariado estejam previstas.

Ao vosso reino

Postado em 17 de março de 2021
  •  
  •  
  • 27
  •  
  •  

O responsável pelo setor de Compras da prefeitura de São João Batista, Rildo Vargas, pode ser outro, a partir da próxima semana, com nomeação na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Habitação. Especula-se que o convite já teria sido feito pelo ex-prefeito Daniel Netto Cândido, secretário adjunto da pasta. A assessoria do ex-mandatário batistense, porém, não confirma a informação.

Cândido, aliás, desde que assumiu o posto, vem se cercando de parte da equipe que comandou na prefeitura da Capital Catarinense do Calçado. Com ele, no governo estadual, já estão a ex-chefe de gabinete Ledir Crispim, o ex-secretário de Administração e Finanças do município Luiz Henrique Lauritzen e a jornalista Dirleni Dalbosco, que coordenava o departamento de Comunicação da prefeitura.

Mudança à vista

Postado em 29 de janeiro de 2018
  •  
  •  
  • 33
  •  
  •  

Prestes a assumir a presidência da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), o deputado estadual Aldo Schneider (MDB) vem cotando nomes para a composição da equipe administrativa. Tijucas está na linha de frente. A gerente de Produtos Pré-medidos do Imetro/SC (Instituto de Metrologia de Santa Catarina), Flávia Fagundes, deve trocar o cargo na autarquia estadual por uma função no gabinete da presidência do Legislativo.

A mudança é significativamente vantajosa. Na gerência do Imetro/SC, a irmã do presidente municipal do MDB, vereador Fernando Fagundes, recebe pouco mais de R$ 6 mil mensais; enquanto que os vencimentos mínimos no gabinete da presidência da Alesc superam os R$ 10 mil. O chefe de gabinete, aliás, alcança os R$ 30.471,11 brutos por mês.

Confirmação

Postado em 30 de novembro de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Conforme antecipado no Blog sob o título “Troca-troca“, a administração municipal de Tijucas deve anunciar, nos próximos momentos, o vereador José Roberto Giacomossi (PSD), o Betinho, na superintendência da FME (Fundação Municipal de Esportes).

Não se tem informações, a propósito, se o atual superintendente, Osmar Adriano Filho, o Marinho, continua na equipe gestora do Esporte municipal; mas é praticamente certo que a FME passa a ser independente, sem subordinação à Secretaria Municipal de Cultura.

Giacomossi segue pleiteando a formação da própria equipe. Passarinho incolor conta que o ex-superintendente técnico da fundação, Robson Varela, o Coquinho, estaria nos planos do próximo gestor.

NA CÂMARA

Quem lucra, ainda, com a nomeação de Betinho Giacomossi na superintendência da FME, é o PP. Aliado da administração municipal, o partido conta, atualmente, com apenas um vereador – o presidente municipal da legenda, Vilson Natálio Silvino – na Câmara Municipal.

Próximo na linha de sucessão, o suplente Ecio Helio de Melo (PP), o Ecinho, que somou 458 votos no pleito proporcional de 2016, é quem assume a vaga no parlamento tijuquense. Já esteve, inclusive, acertando os ponteiros com o prefeito Elói Mariano Rocha.

Porcelanataria

Postado em 23 de novembro de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Equipe da Portobello Shop de Tijucas capitaneada pelo executivo Marcello Oliveira e pela gerente Lilian Voltolini que recebeu, além dos aplausos, terça-feira (21), especificadores, arquitetos e designers para detalhar os processos da Officina Portobello, a mais recente empresa do Grupo.

Já em funcionamento, a Officina combina a maestria artesanal e a tecnologia de ponta para cortes especiais, objetos de design, mobiliário e bancadas. Os projetos, com alta performance técnica e estética em aplicações de arquitetura e design, são todos autorais, da Portobello em colaboração com designers renomados.

O evento celebrou, ainda, o início e o projetado sucesso da black week na Portobello Shop, que segue até segunda-feira (27).