terça-feira, 11 de janeiro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Rescisão e hombridade

Postado em 10 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Além da habilidade e da competência demonstradas em ações de repercussão nacional no comando da pasta, a ex-secretária municipal de Assistência Social do município de São João Batista, Rúbia Alice Tamanini Duarte, comprovou mais um valor, semana passada, quando pediu exoneração do cargo: a hombridade. Independentemente dos resultados alcançados, ela vinha sofrendo um processo de fritura interna desde que o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) sugeriu mudanças no colegiado para a virada do ano. Pesava contra a gestora, desde que assumiu o posto, a lealdade ao ex-prefeito Daniel Netto Cândido (sem partido), atual secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social e pretenso candidato ao parlamento catarinense nas próximas eleições.

O clero governista tenta de todas as formas, apesar do apoio de Cândido no pleito de 2020, exorcizar o fantasma do antecessor na atual gestão do município. E, inclusive, vem anunciando apoio a outro postulante ao Legislativo estadual: o deputado Jerry Comper (MDB), que vai concorrer à reeleição. Nesta conta, evidentemente, sobram todos aqueles que manifestam proximidade e alguma gratidão ao ex-prefeito.

ISOLAMENTO

Ao tempo em que o município de São João Batista protagonizava um projeto piloto do governo federal e Rúbia recebia convites para audiências com o presidente da República e ministros em Brasília, a troca de comando na Assistência Social era dada como certa e discutida sistematicamente nos bastidores da gestão municipal. A pressão política e a hesitação constante do prefeito acerca do assunto minaram a relação e culminaram no pedido de exoneração. Na quarta-feira (5), a então secretária se despediu da equipe e anunciou a saída do cargo nas redes sociais.

Na manhã seguinte, o prefeito em exercício Almir Peixer (PSD) anunciou a servidora efetiva Naldir da Silva Alexandre — que já estava definida como substituta desde outubro de 2021, conforme antecipou o Blog sob o título “Ebuliçãopara a gestão da pasta.

Ebulição

Postado em 8 de outubro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A inconstância do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) não se limitou à campanha. A fama de ter uma opinião pela manhã e outra completamente avessa à tarde seguiu com o chefe do Executivo batistense para a gestão do município.

Ele planejava exonerar todo o colegiado no fim do ano, e recontratar apenas quem merecesse — por competência ou afinidade política; mas já esteve decidido a realizar apenas seis trocas. Na semana passada eram três mudanças; e nesta, teria confessado aos mais próximos que talvez mexesse em uma secretaria somente.

PRESSÃO

De fato, é que Pedroca tem sido pressionado. Parte da cúpula emedebista estaria exigindo mais autonomia e menos espaço para adeptos do antecessor, Daniel Netto Cândido (PSL), atual secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social e provável candidato a deputado estadual nas eleições de 2022.

Nessa conta, a dispensa da secretária de Assistência Social do município, Rúbia Alice Tamanini Duarte (PSL), figura mais próxima do ex-prefeito no atual governo, tem cotação máxima. E a substituta da pasta, inclusive, já teria sido definida: a servidora efetiva Naldir da Silva Alexandre.

Chamado da capital

Postado em 24 de fevereiro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O contabilista Luiz Henrique Lauritzen deixou o comando da Secretaria de Administração e Finanças do município de Nova Trento. Ele recebeu um convite do ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PSL), de São João Batista, para ocupar um cargo na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Habitação, onde o ex-mandatário batistense atua como secretário adjunto há duas semanas, e decidiu aceitar.

O prefeito Tiago Dalsasso (MDB), de Nova Trento, já anunciou o servidor efetivo Rafael Adami como substituto. O novo secretário de Administração e Finanças já havia ocupado o cargo em oportunidade passada.

Cândido e Lauritzen têm relação antiga, e de confiança mútua. O contabilista, antes de integrar o governo neotrentino, comandou as secretarias de Planejamento e de Administração e Finanças na prefeitura de São João Batista, durante a gestão do atual secretário de Estado adjunto do Desenvolvimento Social e Habitação.

Saída pela esquerda

Postado em 20 de outubro de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O candidato a vice-prefeito Ingomar Anselmo de Oliveira (PT), que concorreria na chapa de Ângelo Zunino Azambuja (PT) à prefeitura de São João Batista, desistiu do pleito. Em carta endereçada à Justiça Eleitoral, ontem, ele renunciou à candidatura; mas não apresentou as razões para a decisão.

O juiz eleitoral remeteu o pedido ao Ministério Público, e Zunino, por sua vez, já apontou o substituto: Quintiliano dos Santos (PT).

Sabatina

Postado em 16 de setembro de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quatro entrevistas pela manhã, e mais cinco entre a tarde e anoite. O empresário e pré-candidato a prefeito Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) vem promovendo uma sabatina com possíveis substitutos para o advogado Paulo Roberto Severiano (PSL) — que abandonou a disputa na semana passada — na composição da chapa que vai concorrer à prefeitura de Tijucas nestas eleições. Os perfis, entretanto, são os mesmos: personagens incomuns à política tradicional, com respaldo social e conduta ilibada.

Uma das opções consideradas seria o neto de um distinto empresário de Tijucas, jovem, alheio ao movimento político, envolvido nos negócios da família e predisposto ao processo eleitoral. Com filiação no PSL, ele, além de reunir os predicados requeridos, seria o fio condutor para a manutenção da conjuntura entre os partidos no pleito majoritário. As negociações, no entanto, seguem até o anúncio oficial.

Ex-pré-candidato

Postado em 14 de setembro de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O advogado Paulo Roberto Severiano (PSL) não compõe mais a chapa do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) na eleição majoritária de Tijucas. Ele foi acusado de agressão pela ex-mulher, Janice Rodrigues dos Santos, que registrou boletim de ocorrência hoje, e, apesar de negar o fato, decidiu se afastar da disputa.

Peixoto dos Anjos, mais dirigentes municipais do PDT e do PSL, além de profissionais de marketing eleitoral envolvidos na campanha, estão reunidos neste momento para tratar da substituição. A dupla havia sido homologada em convenção no sábado (12), e, segundo Severiano, o ocorrido pode ter motivação política.

Pressão e substituição

Postado em 27 de janeiro de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A pressão nos ombros do presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) de Tijucas, empresário Jilson José de Oliveira, é, neste momento, muito maior que nos dutos da rede de abastecimento. O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) vem recebendo pedidos sistemáticos de apoiadores políticos pela troca no comando da autarquia; e, entre os conselheiros do chefe do Executivo, projeta-se o mês de março como dead line para a substituição. As constantes reclamações sobre a falta de água em alguns bairros do município são o motivo principal.

No fim de semana, durante uma série de eventos públicos na Praia do Pontal Norte, as discussões se intensificaram. Dos encontros, recheados de figuras do clero administrativo do município, surgiram rumores sobre um suposto convite ao ex-vice-prefeito Luiz Rogério da Silva para a presidência do Samae.

Questionado pelo Blog, Rogerinho garantiu que “são apenas especulações”.

Adeus iminente

Postado em 4 de novembro de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O elogiado comandante da Polícia Militar em Tijucas e região, major Eder Jaciel de Souza Oliveira, já fala em tom de despedida. Aos mais próximos, vem revelando que não fica por muito mais tempo à frente da companhia e que deve, brevemente, seguir a jornada em outra praça, possivelmente no interior de Santa Catarina.

Souza Oliveira, entretanto, não esconde uma preocupação: a sucessão do posto que ocupa. Ele vem pedindo ao prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e vereadores afins que pressionem a regência da Segurança Pública estadual por uma substituição técnica, em nível semelhante. Para o comandante, segundo fontes do Blog, o trabalho continuaria satisfatório se a companhia ficasse a cargo do tenente Daniel Duering, atual subcomandante da PM regional.

Sem retorno

Postado em 23 de setembro de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A bruxa anda solta na Ditran (Diretoria de Trânsito e Transportes) de Tijucas. E não é de agora. Desde a gestão de Valério Tomazi (MDB), o departamento lidera, com folga, a lista de trocas de comando no governo municipal. Sexta-feira (20), o atual diretor, coronel Renato Moacir Bento, entregou o cargo. Se despediu dos colegas, e saiu dizendo que não mais voltava.

De acordo com um passarinho incolor, Bento deixou o posto para cuidar do pai, que enfrenta problemas de saúde. Ele substituiu Alvino Aurélio Müller em março e ficou apenas seis meses no comando da Ditran. O prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) — que ainda não se manifestou oficialmente sobre a baixa — já procura, com cautela, um novo nome para o cargo.

Renascimento

Postado em 16 de setembro de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ex-vice-prefeito de São João Batista e candidato a prefeito vencido em 2012, o incansável Elias Germano Mafeçoli (PSDB) — que concorreu à Câmara Municipal em 2016 e somou 288 votos — toma assento, hoje, no Legislativo batistense por 30 dias, durante a licença do titular Fábio Norberto Stürmer (PP).

O parlamento, aliás, não é novidade para Mafeçoli. Ele foi vereador entre 2001 e 2008 e presidiu a Câmara em duas oportunidades, de 2003 a 2004 e de 2007 a 2008.