quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Bastidores do “golpe”

Postado em 16 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

De acordo com a Justiça Eleitoral, o PT de Tijucas tem nova direção. O produtor cultural João Daniel Ramos foi designado presidente da comissão municipal semanas depois da eleição interna que definiu o conselheiro tutelar Tannay Vaz Junior no comando do partido. A ordem veio da executiva estadual, e o processo caminhou em segredo.

“De fato, perdemos o prazo para o registro da nova comissão, que deveria ser realizado até dia 23 (de janeiro). Esperávamos deixar de ser comissão provisória e passar a diretório. Porém, ficamos sem contato com a executiva, e imaginamos que tudo seria regularizado naturalmente, sem qualquer problema, como sempre aconteceu. Fomos surpreendidos, mas estamos nos movimentando para reaver o partido”, explica Vaz Junior, militante do PT há mais de quatro décadas.

COMANDANTE

O novo presidente do PT tijuquense não é um completo desconhecido na seara política. Além de ser casado com o também produtor cultural Diocélio Adelino dos Santos, o Dio, que foi candidato a deputado estadual nas eleições de 2022, esteve com o marido na chefia do SOLIDARIEDADE em Tijucas entre 2019 e 2022.

O casal, a propósito, havia tentado filiação ao PT em oportunidade passada, mas esbarrou na falta de afinidades com a regência tijuquense. Tanto que, para ingressar nas fileiras petistas, recorreu à executiva estadual.

FIO CONDUTOR

Chama a atenção que o recém-empossado secretário de Formação do PT tijuquense, Adenio da Silva, seja cunhado do advogado e ex-vice-prefeito Roberto Carlos Vailati, um dos principais expoentes do partido no município e que acumulava diferenças com o comando da comissão petista local, especialmente com o artista plástico Leandro Serpa e com o assistente administrativo da UFSC, Pedro da Costa, que controlavam as ações da legenda na Capital do Vale.

O assunto tem sido debatido entre lideranças do PT municipal.

Cláudio do PDT

Postado em 9 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O vereador mais votado do último pleito e novo presidente do PDT em Tijucas, Cláudio Eduardo de Souza, assumiu, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, ontem, a pré-candidatura a prefeito nestas eleições. A predisposição, entretanto, foi provocada a partir da saída do candidato lançado pela legenda em 2020, Thiago Peixoto dos Anjos, que migrou para o PL.

Souza explicou que, antes da desfiliação do empresário, aparecia apenas como uma possibilidade – depois de ser lembrado em uma pesquisa espontânea. Entretanto, com a ida de Peixoto dos Anjos ao PL, sua pré-candidatura ganhou força.

“Hoje sou pré-candidato a prefeito pelo PDT. [Foi decidido] Com a saída do Thiago. Meu nome aparecia nas pesquisas. Algumas nem colocavam o nome, mas aparecia na espontânea. Por conta disso, as lideranças dos grupos de oposição começaram: ‘vem conversar também’. Até então, era isso”, disse.

Embora esteja disposto a concorrer na majoritária, o jornalista garante que pretende seguir o seu “propósito”, guiado pela fé que sempre o acompanhou. “Se eu precisar ser candidato a vereador novamente, eu vou entender e não vou ter uma frustração. Mas, hoje, eu estou pré-candidato a prefeito pelo PDT. Se precisar que eu recue, por alguma situação, eu vou recuar. Mas, se eu tiver a possibilidade e, com a fé que eu tenho, o homem [Deus] disser ‘és tu que vais fazer a diferença na vida do povo, Ele vai abrir essa porta e em 2025 eu vou estar lá”, completou.

CONJUNTURA

Existe, atualmente, uma clara aproximação dos pedetistas com o MDB local. O nome do parlamentar, inclusive, foi especulado como um possível reforço para a legenda que mais vezes administrou a cidade e que tentará, em outubro, retornar à prefeitura. Entretanto, Souza explica que a boa relação se justifica por terem as mesmas intenções.

“Com base no que o MDB acredita, hoje, em relação ao atual governo, à estrutura administrativa… tanto o PDT se vê no projeto do MDB, como o MDB é bem-vindo ao projeto do PDT. Nós temos conversado bastante. Outras lideranças do PDT têm conversado com pessoas do MDB, para que possamos reforçar esse projeto, para apresentar essa alternativa pra Tijucas, para os eleitores e para aqueles que não querem a continuação do que está hoje na prefeitura”, explicou.

Lembrado

Postado em 18 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

De perfil discreto, o ex-vice-prefeito de Canelinha, Edson Orsi, sem cargo público desde a derrota no pleito de 2020, quando concorreu à reeleição em chapa formada com o ex-prefeito Moacir Montibeller (MDB), continua, ao seu modo, atuante na política canelinhense.

O empresário, inclusive, é constantemente procurado por líderes de diferentes movimentos políticos, visando as eleições de 2024. Ventilam-se, até mesmo, chapas prontas, com o nome de Edinho, outra vez, como vice-prefeito.

Pesam para as especulações alguns fatores. Entre eles, o fato de já ter frequentado os dois mais tradicionais movimentos políticos de Canelinha. Aliás, foi adjunto de Montibeller, entre 2017 e 2020, mas também de seu arquirrival, Antônio da Silva (PP), entre 2009 e 2012.

De maneira menos midiática, também esteve no PL, hoje liderado pelo prefeito Diogo Francisco Alves Maciel, natural candidato à reeleição e representante da terceira via no município.

O poderio econômico de Orsi, certamente, também é colocado no lado positivo da balança, quando seu nome é citado nas reuniões partidárias. O passado abriria, tranquilamente, espaço para a participação em qualquer grupo. Mas o futuro ainda é incerto. Pois então…

Posição firme

Postado em 17 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

“Não existe a mínima possibilidade de recuar”, responde o ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), de Tijucas, quando perguntado se continua inclinado a concorrer no pleito majoritário deste ano. Ele afirma que segue monitorando o cenário eleitoral do município e que teria, segundo as pesquisas, as maiores chances de conquista da prefeitura no partido.

“O candidato deve ser quem tem mais densidade eleitoral, independentemente do nome. Não vamos jogar uma pelada de fim de semana. A coisa é séria”, alerta o ex-mandatário tijuquense sobre a propalada concorrência interna, especialmente com o vereador Fernando Fagundes (MDB), que também se coloca à disposição da legenda para a disputa da prefeitura. O ex-prefeito Valério Tomazi (MDB) ainda seria uma alternativa.

Mannrich, entretanto, considera que a caminhada seria dificultada caso a oposição se divida – em clara alusão à postura do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PL), segundo colocado no pleito de 2020, que, neste momento, estaria mais próximo do vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) e de um acordo com o grupo governista. “Precisamos estar juntos, porque as pesquisas mostram que nosso projeto vem crescendo e se consolidando”, diz.

Condição

Postado em 7 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Na primeira entrevista como político, o empresário Rafael Souza, popular Rafa da Cacau Show, garantiu que se eleito vereador por Tijucas em 2024 doaria os subsídios que recebesse durante a legislatura. “Não preciso da política para viver. Então, nem salário eu quero”, respondeu ao repórter Elson Lopes, do Portal TopElegance.

Filho do saudoso vereador Edson Souza, o ex-presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Porto Belo diz, ainda, com exclusividade ao Blog, que uma candidatura ao Legislativo tijuquense dependeria apenas de quem tivesse que apoiar no pleito majoritário. “Quero votar no Fernando (Fagundes (MDB), vereador e pré-candidato a prefeito). Se para que ele seja candidato a prefeito eu tenha que eventualmente abrir mão da minha candidatura a vereador, assim eu farei”, revela.

Desde o falecimento do pai – em agosto –, político gabaritado, com seis mandatos na Câmara Municipal, o empresário vem recebendo investidas de eleitores e amigos para seguir o legado familiar.

O escolhido

Postado em 28 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Se a decisão final depender exclusivamente do deputado federal Ismael dos Santos, o prefeito em exercício de Tijucas, Sérgio Fernandes Cardoso será o candidato do grupo governista em 2024, contando, ainda, com o apoio do prefeito licenciado, Eloi Mariano Rocha.

O parlamentar revelou ao Blog, durante uma visita à prefeitura da Capital do Vale, ontem, que o PSD já vem trabalhando pela candidatura do adjunto no ano que vem. “Tem biografia, uma história política, empresarial de sucesso e comunitária, que nos dá tranquilidade para empenhar o nosso apoio e a convicção de que ele fará uma belíssima eleição”, afirmou.

Nas bases da Executiva estadual do partido, aliás, também há consenso. “O Eron (Giordani, presidente do PSD/SC) está muito consciente disso. Ele tem, não só dado o aval, mas também sua torcida para que esse casamento aconteça. O prefeito Eloi estará junto conosco e não tenho dúvida de que será um projeto vencedor”, explicou.

PT por perto

Postado em 2 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O burburinho das últimas semanas, nos bastidores da política de São João Batista, sobre uma possível entrada do Partido dos Trabalhadores na gestão de Pedro Alfredo Ramos (MDB), foi confirmado nesta segunda-feira (2), com o anúncio de mais uma mudança no alto escalão do governo.

Ângelo Zunino (PT), candidato vencido nas eleições de 2020, quando representou a legenda e somou apenas 163 votos, assume, a partir de hoje, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, antes comandada por Wellington Jacó Messias.

Nas coxias da prefeitura, especula-se que o movimento do mandatário tem como objetivo aproximar o município do Governo Federal, sobretudo na captação de recursos para a recuperação da destruição deixada pela maior catástrofe climática da história da Capital Catarinense dos Calçados, há quase um ano.

Alfredo Ramos, inclusive, decidiu homenagear o presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva (PT), com um quadro na parede de seu gabinete, visando, justamente, atrair os olhos do chefe máximo do país ao município catarinense. O Blog, com exclusividade, noticiou o caso em março deste ano, na nota “Na parede”.

Liberal 

Postado em 18 de setembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O empresário e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Thiago Peixoto dos Anjos (PL), não teme uma concorrência interna no partido, para a definição do nome que representará a legenda do governador Jorginho Mello em 2024. 

As lideranças liberais já haviam sondado o vereador Fernando Fagundes (MDB) – que também vislumbra a candidatura em pleito majoritário -, e conta, ainda, com o empresário Sidney Machado (PL), que também se apresenta como uma opção. 

Peixoto dos Anjos, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, quinta-feira passada, comparou o grupo a uma equipe de futebol. “Todo time grande tem dois, três jogadores bons. Não tenho egoísmo e sei que a política não é feita disso. Ela é feita de trabalho, de agregar, trabalhar junto para chegar ao ideal”, explicou. 

Conjuntura

O mais novo filiado do PL tijuquense garante, ainda, que gostaria de disputar as eleições tendo o parlamentar emedebista como colega de chapa. Entretanto, a ordem dependeria dos resultados de pesquisas de opinião popular. 

“É uma relação que não é de ontem. Não seria juntar duas peças diferentes. São dois caras que há 20 anos andam e trabalham juntos. A primeira pessoa que botou um adesivo dele fui eu. Pedi votos. Nós dois seria redondinho”, completou. 

Marcas do passado

Postado em 25 de agosto de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Passados mais de sete anos, o ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, de Tijucas, ainda contesta os números de uma pesquisa, apresentada pelo grupo oposicionista da época, para indicar Eloi Mariano Rocha como candidato a prefeito em 2016.

Naquela feita, Tonho Polícia era apontado como o representante do movimento contrário ao então prefeito Valério Tomazi (MDB). Entretanto, os números do citado levantamento mudaram os planos. Para Amorim, eles não existiam.

“O professor Eloi é um camarada bom, fui vereador com ele muito tempo. Mas ele vinha de uma eleição que não fez nada de voto. E já na próxima eleição, aparece na pesquisa como mais votado. É algo que não condiz com a realidade”, explica.

O candidato a vice-prefeito de 2012 afirmou, ainda, ontem, no programa LINHA DE FRENTE, que “barões” do grupo não aceitavam sua candidatura. Teriam, inclusive, negado aportes financeiros, caso o ex-policial militar fosse o escolhido. “A pesquisa veio só para complementar”, conclui.

Emedebista?

Tonho Polícia garantiu, ainda, que, embora tenha votado em Elmis Mannrich na eleição de 2016, não se tornou emedebista. “Eu continuo sendo PDS, mas nessa turma que está aí não voto. Meu voto foi de protesto. Se o Elmis sair de novo, eu voto. Ou o Zé Bigonha, se fosse vivo, eu também votaria”, afirma.

No papel

Postado em 16 de agosto de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O ex-vereador, ex-secretário de Saúde e candidato vencido nas eleições municipais de 2020, Maxiliano de Oliveira (até então no PP), agora está filiado ao Partido Liberal de Nova Trento.

O anúncio foi feito hoje, logo após a assinatura da ficha de filiação, que contou com a ilustre presença do governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL). O movimento, a propósito, coloca Max como o provável candidato do partido em 2024.

Ao confirmar a adesão, lideranças do PL neotrentino ainda comentaram sobre a hipótese de uma tríplice aliança com o PP e o PSDB – aliados há 15 anos na Terra de Santa Paulina.

ENTRETANTO…

Embora tenha participado da cerimônia de filiação, o chefe do Executivo catarinense e presidente estadual da legenda havia, há algumas semanas, determinado a continuidade do PL no governo de Tiago Dalsasso (MDB).

O pedido, inclusive, não foi bem digerido por lideranças locais do partido – o que pode ter provocado uma mudança de opinião do mandatário. Agora, os neotrentinos mais atentos à política aguardam ansiosamente pelas cenas dos próximos capítulos.