terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Alinhados

Postado em 15 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito Joel Orlando Lucinda (MDB), de Porto Belo, aproveitou os primeiros dias de 2024 para descansar. O mandatário transmitiu o cargo, por 15 dias, ao vice-prefeito e, agora, prefeito em exercício, Ailto Neckel de Souza (PL).

Aliás, o movimento mostra que a dupla segue em sintonia e, ao que tudo indica, deverá estar unida no pleito de outubro. Afinal, nos bastidores, a manutenção da chapa MDB/PL é dada como certa e Lucinda e Neckel são, por óbvio, os favoritos para representar as legendas.

Enquanto o mandatário aproveitava as férias, o interino esteve mais ativo nas redes sociais, compartilhando a rotina de trabalho, as visitas às comunidades portobelenses e, ainda, recebeu os deputados federais Darci de Mattos (PSD) e Jorge Göetten (PL).

Projetando

Postado em 7 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Um projeto elaborado para a abertura de uma nova ligação entre Porto Belo e Bombinhas foi entregue, nesta manhã, pelo deputado estadual Emerson Stein (MDB), nas mãos do secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Jerry Comper.

Para que a ideia se torne realidade, Comper garantiu que solicitará ao governador Jorginho Mello (PL) a liberação de recursos para um convênio com a prefeitura portobelense, permitindo que a obra seja executada e entregue às comunidades.

A dupla emedebista, inclusive, tem um encontro, marcado para a próxima semana, com o chefe do Executivo catarinense, para apresentar a proposta e solicitar o aporte financeiro necessário para o investimento.

SINTONIA

Stein e Comper, a propósito, vêm atuando juntos em inúmeros projetos. A relação foi construída, evidentemente, pela atuação partidária, mas, também, pela proximidade regional, o que, certamente, poderá ser muito positivo para o Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda.

Mãos dadas

Postado em 28 de março de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Daianny Camargo/Blog do Léo Nunes

A parceria entre o prefeito de Canelinha, Diogo Francisco Alves Maciel, e o empresário Felipe Lemos, de São João Batista, tem ido muito além da política e dos encontros de fim de semana nos rodeios da região. Amigos desde sempre e recém-filiados ao mesmo partido, o PL, eles têm, de tempos para cá, usado essa proximidade para o bem comum.

Nas enchentes de dezembro, Lemos enviou, em forma de doação, três retroescavadeiras das empresas que administra para serviços no município vizinho. E dias atrás, quando Canelinha foi novamente castigada pelas chuvas, o empresário refez o ato, com a cessão, mais uma vez, de uma máquina para o trabalho de recuperação da cidade.

 

NAS URNAS

No campo eleitoral, a propósito, estão alinhados e em plena sintonia. Enquanto Alves Maciel planeja a reeleição em 2024, com chances claras de sucesso, o tijuquense radicado em São João Batista aguarda as definições locais para se provar pela primeira vez nas urnas com um projeto arrojado de candidatura a prefeito da Capital Catarinense do Calçado.

Segunda temporada

Postado em 10 de março de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Se os futurologistas canelinhenses apontavam, em 2020, um provável rompimento da dupla Diogo & Júnior, formada pelo prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (Republicanos) e o vice-prefeito, Antônio Carlos Machado Júnior (Republicanos), a situação de 2023 indica erros nas previsões. 

Isso porque, sempre que possível, um elogia o outro publicamente, além de constantes gestos de cordialidade mútua. Em entrevista ao LINHA DE FRENTE, ontem (9), na TV Razão, o adjunto – que neste momento responde pelo Executivo municipal -, confirmou que a sintonia é grande. 

Machado Júnior afirmou que tem autonomia para governar a Cidade das Cerâmicas e goza da confiança do titular. Além disso, confirmou que a manutenção da chapa para 2024 deve acontecer de “forma natural”. Garantiu, ainda, que só será vice de Alves Maciel. “Hoje eu seria vice do Diogo, mas só do Diogo. Não aceitaria outro convite”, explicou.

Três, quatro, cinco

Postado em 10 de janeiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pedroca e Max | Foto: Divulgação

A predisposição do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) para a nomeação de neotrentinos na administração municipal de São João Batista vem chamando atenção. O recém-apresentado chefe de gabinete Salvio Osmar Tonini é mais um que atravessa a divisa para cumprir expediente no município vizinho. Os outros são o diretor da Fube (Fundação Batistense de Esportes), Alexandre “Neneca” Feller, e Aprigio José Botameli, o Zico, que chega para o setor de Licitações do município.

Praticamente certo, a propósito, estaria o retorno de Maxiliano de Oliveira — que concorreu à prefeitura de Nova Trento em 2020 e atualmente dirige o Hospital infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis — para a assessoria especial do prefeito.

Especula-se, ainda, que o quinto neotrentino na gestão batistense já esteja previsto e apalavrado. Sem data de estreia, mas que, quando chegar, segundo precisas fontes do Blog, deve provocar ranhuras nas relações de Pedroca com personagens decisivos da política local.

 

DOBRADINHA

Salvio Tonini não foi nomeado por acaso. E nem Max será. A sintonia que mantêm e, especialmente, o currículo dão pistas de que chegam para um trabalho conjunto e paralelo.

Pedroca pensa em reorganizar a Saúde municipal, da Secretaria ao hospital, e conta com a dupla. Além da gestão de gabinete, o dueto neotrentino deve ter, ainda, essa outra incumbência.