domingo, 20 de outubro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Cozinha turística

Postado em 26 de setembro de 2019

Para incrementar o setor turístico e evidenciar a gastronomia regional, o Costa Esmeralda Convention & Visitors Bureau promove, entre os dias 4 de outubro e 17 de novembro, a Temporada Gastronômica da Costa Esmeralda. Neste período, Bombinhas, Itapema e Porto Belo têm programação extraordinária nas cozinhas de 41 estabelecimentos.

E os preços também foram pensados para serem atrativos. Confeitarias e cafeterias têm pratos para a Temporada Gastronômica por R$ 19,90, enquanto restaurantes, hamburguerias e similares vendem as receitas exclusivas por R$ 49,90.

O regionalismo, que tanto orgulha o litoral catarinense, é a tônica do projeto; e a conexão dos comerciantes locais com parte das iguarias que estão na culinária, como o alho negro, a vieira e o marisco — tudo produzido nas imediações dos restaurantes —, são o tempero especial. O evento conta, ainda, com o apoio do Sebrae, das prefeitura de Bombinhas, Itapema e Porto Belo e da Costa Verde & Mar.

Região prestigiada

Postado em 28 de junho de 2019

Com a bênção do fundador e presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, o PSD catarinense tem, desde terça-feira (25), nova comissão com três representantes legítimos do Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda entre os vogais. Os prefeitos Elói Mariano Rocha, de Tijucas, e Nilza Simas, de Itapema, mais a vereadora Rúbia Alice Tamanini Duarte, de São João Batista, passaram a figurar no escrete peessedista do estado.

O presidente do PSD em Santa Catarina é, a partir de agora, o deputado estadual Milton Hobus; que tem, ainda, como vice, a colega de parlamento Marlene Fengler, recordista de votos para a Assembleia Legislativa no Vale em 2018.

Prece a Moisés

Postado em 7 de março de 2019
Foto: Divulgação

As demandas de Porto Belo, Itapema e Bombinhas, que integram a Amfri (Associação dos Municípios da Foz do Rio-Itajaí), foram apresentadas ao governador Carlos Moisés da Silva (PSL) na sexta-feira (1), na Casa d’Agronômica, em Florianópolis. Quem intermediou o encontro entre os prefeitos Emerson Stein (MDB) e Paulo Henrique Dalago Müller (DEM) – a mandatária de Itapema, Nilza Simas (PSD), não participou da atividade, mas enviou um procurador – com o chefe do Executivo catarinense foi a deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT), que representa a região na Assembleia Legislativa.

Entre os temas da reunião, foi posto à mesa um projeto de mobilidade urbana para a Costa Esmeralda – já discutido em oportunidades e governos passados, e que nunca saiu do papel.

Cadê?

Postado em 25 de janeiro de 2019

Este é o período em que as praias e o comércio da Costa Esmeralda lotam de argentinos. Ou era? Tanto os moradores quanto os comerciantes de Itapema, Porto Belo e Bombinhas estão sentindo falta dos hermanos entre si. Em épocas passadas, os burburinhos em espanhol eram ouvidos em grande escala nas três cidades praianas entre o Réveillon e o Carnaval. Neste verão, rareou.

Explica-se: a crise econômica que assola a Argentina foi sentida como nunca no Brasil. Os relatórios do turismo apontam queda de 70% no número de argentinos que passaram na fronteira de Dionísio Cerqueira em comparação ao mesmo período de 2018.

Saúde per capita

Postado em 23 de janeiro de 2019

De acordo com o CFM (Conselho Federal de Medicina), Major Gercino foi o município do Vale do Rio Tijucas que mais investiu em Saúde por habitante em 2017 – período correspondente ao levantamento –: R$ 491,9. Em seguida vêm Tijucas, com investimento de R$ 429,9 por pessoa; Nova Trento, com R$ 393; Canelinha, com R$ 364,2; e, por fim, São João Batista, com apenas R$ 282,8 investidos em Saúde por habitante.

 

PREFEITURA REBATE

A administração municipal de São João Batista emitiu nota oficial em contraponto ao levantamento do CFM. O secretário municipal de Finanças, Luiz Henrique Lauritzen, explicou que “os valores apresentados pelo conselho se referem somente às despesas com recursos próprios do município, e não incluem repasses dos governos federal e estadual. Por isso, obviamente, cidades menores, que não são referências em especialidades para suas regiões, aparecem mais bem colocadas, já que recebem menos transferências de recursos do SUS”.

Segundo a prefeitura, São João Batista aplicou R$ 17,3 milhões na Saúde em 2017. Na relação investimento por habitante, o governo batistense afirma que contemplou cada cidadão com R$ 493,7 na área.

DISCREPÂNCIA

Já na Costa Esmeralda, a marca de Bombinhas é digna de ovações. A turística Capital do Mergulho Ecológico despendeu, em 2017, segundo o CFM, R$ 871,7 por habitante em Saúde. Na região da Amfri (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí), é o município que mais investiu na área; muito acima da média nacional, que é de R$ 403,37.

Claquete

Postado em 8 de janeiro de 2019

O gabaritado diretor de cinema Marco Bellocchio está iniciando, no Rio de Janeiro, as filmagens de um longa-metragem sobre Tommaso Buscetta, o mais famoso dos mafiosos italianos. Resta saber, entretanto, se o litoral norte de Santa Catarina e a nossa Costa Esmeralda estarão entre os cenários do filme.

Conta a história que a primeira prisão do criminoso em solo brasileiro ocorreu em Itapema, em 2 de novembro de 1972. Depois de inúmeras fugas no mundo quase inteiro, foi na atual Cidade dos Ultraleves, que ainda não era tão povoada e muito menos turística, que Buscetta passou a se esconder.

Consciência ambiental

Postado em 5 de novembro de 2018

A esplendente Ilha de Porto Belo, um dos patrimônios naturais de primeira grandeza na Costa Esmeralda, abriu-se, quinta-feira (1º), para a temporada de verão com uma campanha de preservação muito interessante. A partir de agora, em toda a estrutura de lazer do local, as bebidas serão servidas em copos retornáveis com a logotipia do empreendimento e informações gerais sobre as ações ambientais desenvolvidas.

Na primeira etapa, a gestão Ilha disponibiliza 8 mil copos para os visitantes, ao custo de R$ 5 cada. O utensílio pode ser devolvido, com a devida restituição do dinheiro, ou levado como souvenir.

Dezessete e dezessete

Postado em 29 de outubro de 2018

Chegou-se a pensar que a região do Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda – onde, dos oito municípios integrantes, três são administrados por prefeitos do PSD – fosse aquela em que a disputa do segundo turno para o governo estadual pudesse ser mais equilibrada. Não foi. A votação em favor de Carlos Moisés da Silva (PSL) superou o índice estadual em São João Batista (80,48% contra 19,52%) e Itapema (79,47% sobre 20,53%), com gestão dos respectivos peessedistas Daniel Netto CândidoNilza Simas.

Apenas em Tijucas (64,47% para 35,53%), gerida por Elói Mariano Rocha (PSD), a diferença de votos entre Comandante Moisés e Gelson Merisio (PSD) foi menor do que a registrada no Estado, de 71,09% contra 28,91%.

CARGA PESADA

Pesaram os fatores mudançadesgaste rivalidade partidária – uma vez que o MDB, principalmente, que tem ampla militância em todos os municípios da região, decidiu acompanhar o então candidato do PSL –, e, sobretudo, a “onda Bolsonaro”, que limou campanhas de políticos tradicionais e com poderio econômico Brasil afora.

RECADO DAS URNAS

A vitória do governador eleito Comandante Moisés é, entretanto, incontestável, homérica e legitimada no voto. E traz ao Estado, à política e, ainda mais, ao Vale e Costa Esmeralda todas as mostras de que a democracia é um patrimônio do povo, jamais dos políticos. O recado das urnas, mais uma vez, foi dado. E que Santa Catarina, o país e a região, a partir de 2019, desfrutem de uma nova era, de mais atenção, de muita responsabilidade com o empenho dos recursos públicos, e, principalmente, de relevância absoluta no desenvolvimento.

Foram sete

Postado em 16 de outubro de 2018

Faltou dizer, na nota “Dois dentro, quatro fora“, de semana passada no Blog, que foram sete – e não apenas seis – os representantes do Vale do Rio Tijucas e da Costa Esmeralda na corrida ao parlamento catarinense nestas eleições. O engenheiro André de Oliveira (PODE), nascido em Tijucas, também concorreu a uma cadeira na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina) e somou 12.326 votos gerais. Não se elegeu, mas fez bonito. Em casa, em Itapema, onde está radicado, foi o mais votado, com 3.989 votos.

Oliveira, aliás, é suplente de vereador na Cidade dos Ultraleves. Nas eleições de 2016, concorreu à Câmara Municipal pelo MDB e conquistou 572 votos.

Dois dentro, quatro fora

Postado em 10 de outubro de 2018

Os representantes do Vale do Rio Tijucas e da Costa Esmeralda na Assembleia Legislativa, a partir de 2019, serão dois. Das seis candidaturas ao parlamento catarinense que apresentavam relação direta com a região, somente as de Ana Paula da Silva (PDT) – de Bombinhas, que somou 51.739 votos gerais – e Altair Silva (PP) – de Major Gercino, radicado no Oeste catarinense, com 30.497 – foram bem-sucedidas.

Depois, vêm Mário Marcondes do Nascimento (MDB) – de São João Batista, atualmente em São José, que alcançou 18.257 votos –, Heriberto Eurides de Souza (PPS) – também de São João Batista, com 5.573 –, Angelo Zuino Azambuja (PT) – outro batistense, com 1.205 – e Leopoldo Barentin (PRP) – de Tijucas, com 224 –, todos reprovados no crivo popular.