terça-feira, 23 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Na Capital Federal

Postado em 11 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), de São João Batista, foi recebido no Palácio do Planalto, em Brasília, pela equipe do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ontem à tarde.

Acompanhado do chefe de Gabinete, Artur Antunes Pereira, o mandatário batistense apresentou demandas do município. Entre as prioridades, estava o pedido de envio de sete novos ônibus escolares, para que substituam os veículos destruídos por um incêndio, no ano passado.

“É uma reivindicação importante de nossa cidade, que continuamos empenhados em resolver. Foi uma reunião bastante produtiva e esperamos que, em breve, possa resultar em boas notícias para São João Batista”, avaliou o chefe do Poder Executivo batistense.

SEBRAE

Pedroca esteve, ainda, reunido com o presidente nacional do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Décio Lima. A reunião tratou da possibilidade de inclusão da Capital Catarinense dos Calçados no programa de crédito destinado aos pequenos negócios, desenvolvido pelo Governo Federal.

Xeque

Postado em 10 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O ex-vereador Sérgio Murilo Cordeiro e o presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Tijucas), Luiz Rogério da Silva, impuseram situação de absoluto desconforto ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) com apenas um movimento no tabuleiro.

Em suma, podaram a autoridade e ataram as mãos do chefe do Executivo tijuquense na articulação governista. Para manter chances de sucesso nas eleições de outubro, Mariano Rocha, em tese, precisaria, agora, render-se aos caprichos do UNIÃO BRASIL e da dupla de estrategistas. O mandatário tijuquense ainda não assimilou o golpe.

Serginho e Rogerinho, para tanto, usaram dissidentes do movimento situacionista, como os vereadores Maurício Poli e Cláudio de Oliveira, e, ao mesmo tempo, mutilaram o PSD, partido do prefeito, com a translação da secretária de Cultura do município, Paula Regina da Silva, e do vereador suplente José Roberto “Betinho” Giacomossi.

Eles criaram a “noiva”, que pode casar com quem quiser e quando quiser. As convenções acontecem apenas 45 dias antes das eleições, e, até lá, estariam aptos a receber cortejos, pedidos de namoro, e avaliar quem seria o pretendente mais vigoroso. Não necessariamente aquele que o voluntarioso alcaide indicar. Pois então…

Histórico

Postado em 5 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

A secretária de Cultura do município, Paula Regina da Silva, eleita vereadora no PSD, filiou-se hoje ao UNIÃO BRASIL. A expectativa de participação no pleito majoritário, provavelmente como candidata a vice-prefeita na chapa governista, teria motivado a manobra.

Mas o especulado ingresso do vereador Maickon Campos Sgrott no PSD não se confirmou. Ele permanece no PP, e se for chancelado representante do governo na disputa da prefeitura com Paulinha de adjuvante, provocaria um marco na política tijuquense. Seria a primeira vez que a dupla situacionista ignoraria frontalmente o partido do prefeito articulador na proposta de sucessão.

Em tempo: Eloi Mariano Rocha, o chefe do Executivo tijuquense e base intelectual da construção governista para o pleito de 2024, é o presidente do PSD no município.

Palavra de honra

Postado em 1 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Confiante de que vá superar os concorrentes internos Thiago Peixoto dos Anjos e Fernando Fagundes, o ex-vereador Sidney Machado quis ouvir, hoje, do próprio governador Jorginho Mello, que ninguém tem cadeira cativa no PL e que o candidato do partido na disputa da prefeitura de Tijucas continua indefinido.

Machado tem a garantia da regência local da legenda de que a escolha seria baseada em pesquisa de intenção de votos, mas, mesmo assim, foi buscar o assentimento do líder liberalista catarinense para que o confronto seja justo entre os três postulantes.

Na audiência com o chefe do Executivo estadual, Ney da Tijusat, como é conhecido, esteve acompanhado do ex-vereador e pré-candidato ao parlamento de Porto Belo, Darci França (PL), e do pastor Wagner Rodrigues, de Itapema, superintendente da Igreja do Evangelho Quadrangular na região do Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda. O deputado estadual Jair Miotto (UNIÃO) também participou do encontro.

Mudança de hábito

Postado em 20 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

A cada amanhecer, uma surpresa no tema “indecisão do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) sobre o candidato à sucessão”. O chefe do Executivo tijuquense quer, agora, a participação do funcionalismo na escolha e orientou cada servidor em cargo de comissão a realizar uma “pesquisa” entre familiares e amigos para, a partir do feedback, chancelar a indicação.

Mariano Rocha vem dizendo, de sala em sala, que tem três bons pré-candidatos e que precisa da ajuda da equipe para se decidir. As referências são ao vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) e aos vereadores Rudnei de Amorim (PSD) e Maickon Campos Sgrott (PP).

JUNTOS NA DOR

A insistência do prefeito em recomendar Sgrott – que desistiu da pré-candidatura meses atrás e nunca pensou em reconsiderar a decisão – tem unido Coisa Querida e Amorim.

O adjunto tijuquense e o líder do governo na Câmara se deram as mãos e, de acordo com fontes precisas do Blog, vêm concordando em um ponto: a inabilidade de Mariano Rocha na condução do processo pode dificultar a eleição.

DEBANDADA

Como consequência primária da hesitação do mandatário tijuquense, aliados vêm trilhando o caminho da independência e se desfazendo das amarras do grupo governista.

A perda dos vereadores Ecio Hélio de Melo para o PL, Maurício Poli e Cláudio de Oliveira para o UNIÃO, e as especuladas migrações dos suplentes José Roberto “Betinho” Giacomossi e Ezequiel de Amorim para grupos alternativos, dão o tom da instabilidade encetada na demanda política do governo.

Soma-se aos prejuízos a conjuntura com o PL municipal, que caminhava serena para a oficialização da aliança, inclusive com bases de acordo estabelecidas, e foi atravancada por conta do embaraço de Mariano Rocha na definição de um nome para a sucessão.

Projetando

Postado em 7 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Um projeto elaborado para a abertura de uma nova ligação entre Porto Belo e Bombinhas foi entregue, nesta manhã, pelo deputado estadual Emerson Stein (MDB), nas mãos do secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Jerry Comper.

Para que a ideia se torne realidade, Comper garantiu que solicitará ao governador Jorginho Mello (PL) a liberação de recursos para um convênio com a prefeitura portobelense, permitindo que a obra seja executada e entregue às comunidades.

A dupla emedebista, inclusive, tem um encontro, marcado para a próxima semana, com o chefe do Executivo catarinense, para apresentar a proposta e solicitar o aporte financeiro necessário para o investimento.

SINTONIA

Stein e Comper, a propósito, vêm atuando juntos em inúmeros projetos. A relação foi construída, evidentemente, pela atuação partidária, mas, também, pela proximidade regional, o que, certamente, poderá ser muito positivo para o Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda.

Fogo amigo

Postado em 25 de novembro de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Chefe do departamento de Estrada de Rodagem — subordinado à Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos de Tijucas —, o servidor em cargo comissionado Renato Sartori certamente tem muito que explicar ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e à cúpula administrativa do município. Em manifestação pública nos grupos de conversação online, ele escreveu que “apareceu mais três chefe laranja (sic)” no setor que comanda, e que “é muito chefe para pouco índio”.

A publicação repercutiu freneticamente na seara oposicionista e se transformou em munição contra o governo tijuquense.