quinta-feira, 26 de janeiro de 2023 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Ausência sentida

Postado em 23 de janeiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

As centenas de pessoas que compareceram à Festa do PL, em Tijucas, ontem, saíram sem ver de perto o governador Jorginho Mello. A expectativa da chegada, prevista para o meio-dia, transformou-se em frustração e algumas das ilustres figuras presentes no evento começaram a ir embora por volta das 13h. 

Confirmados no cartaz do evento e presentes, somente o deputado estadual Nilso Berlanda e o deputado federal Jorge Goetten. Aos organizadores, a ausência do líder da legenda em Santa Catarina foi justificada pela visita a Rodeio, cidade devastada por uma enchente dias atrás. 

Nas redes sociais, porém, a equipe de Jorginho não publicou nenhuma informação da agenda no município do Médio Vale. A falta, para alguns, não foi uma surpresa. A informação de que o governador não compareceria ao evento já circulava nos bastidores desde o meio de semana. 

Mesmo assim, tudo foi preparado com a certeza da presença. No palco, uma faixa com a frase “Tijucas está com você” foi colocada em destaque e, a todo momento, alguém dizia: “o homem está chegando”. Não chegou.

Hospital privatizado

Postado em 27 de junho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os canelinhenses e, principalmente, os funcionários do Hospital e Maternidade Maria Sartori Bastiani foram pegos de surpresa, sexta-feira (24), com a notícia da terceirização integral dos serviços da unidade. Até o momento, apenas os atendimentos eram realizados por uma cooperativa médica sob contrato com o município. O processo de comutação vinha sendo conduzido com muita discrição e reservas na prefeitura.

Os burburinhos, no entanto, ganharam força nos últimos dias. Tanto que a vereadora Neli Ferreira (MDB) protocolou requerimento na Câmara Municipal, terça-feira (21), para que o município se manifestasse sobre o assunto.

A confirmação dos rumores chegou primeiramente aos servidores do hospital. Representantes da empresa que deve administrar a unidade nos próximos 90 dias estiveram no local e orientaram os profissionais contratados a se dirigirem ao setor de recursos humanos da prefeitura para regularizarem as rescisões. A medida provocou grande tumulto e se transformou no assunto do momento na imprensa local e redes sociais.

IMPULSO

O técnico de enfermagem Alex de Assis recorreu ao Facebook para classificar o ato de “cachorrada”. A postagem, contudo, assim que disseminada em grande escala nos grupos de conversação online, desapareceu. O funcionário relatou a interlocutores do Blog que teria sido interpelado por representantes da administração municipal e que, em seguida, teve a conta na mídia social hackeada.

VERBA RESERVADA

Alheios ao processo, os vereadores de Canelinha aprovaram, há duas semanas, projeto do Executivo que previa investimentos na casa de R$ 1 milhão no Hospital e Maternidade Maria Sartori Bastiani. O texto da proposta justificava a necessidade de “melhorias” na unidade. Os parlamentares — ou, pelo menos, a maioria deles — sequer desconfiavam que o montante pudesse ser usado para o custeio em caráter de urgência da terceirização dos serviços do hospital; hipótese que vem sendo amplamente conjeturada no Legislativo municipal desde a elucidação dos fatos.

AMPLIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

Consultado pelo Blog, o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (REPUBLICANOS) justificou que existe uma demanda na ampliação dos serviços e que, com um grupo privado na condução do hospital, teria maior liberdade para contratações e substituições de profissionais sem necessidade de concurso público ou processo seletivo. O chefe do Executivo canelinhense pontuou, ainda, que a gestão da unidade continuaria sendo do município e que, com a implantação do novo modelo, conseguiria expandir o quadro funcional e qualificar o atendimento. “Desde que entrei na prefeitura, há reclamações. A única maneira de melhorar, é mudando o contrato. Se eu seguir com as mesmas pessoas, a tendência é que as queixas continuem”, explica.

Ouça, na íntegra, a declaração do mandatário canelinhense sobre o tema:

Diversidade

Postado em 3 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Pouca gente sabe, mas Tijucas tem um pré-candidato a deputado estadual nestas eleições. E por um partido gigante — o que mais esteve no poder nestes quase 162 anos de emancipação político-administrativa do município, aliás. Mas, o que chama a atenção, na verdade, é que a postulação foi ajustada diretamente com a executiva estadual da legenda, sem anuência ou interferência do diretório municipal.

Dias atrás, o professor Franciel Britos comunicou a intenção de participar da corrida ao parlamento catarinense no grupo de conversação online “O POVO DE NOVO”, composto por filiados e simpatizantes do MDB local. E surpreendeu. Sobretudo correligionários antigos, que, em suma, passaram a conviver com ele no comitê de campanha da candidata a prefeita Fernanda Melo Bayer (MDB), que coordenou, nas eleições municipais passadas.

Ocorre que Britos preside o núcleo MDB Diversidade em Santa Catarina, e, porque o partido precisa de representação LGBTQIA+ na campanha estadual, ele decidiu se lançar na disputa. Na nota aos emedebistas, o pré-candidato justificou que “por representatividade, é importante” e que “é preciso dar voz e vez àqueles que não tem”.

Estouro

Postado em 25 de outubro de 2021
  •  
  •  
  • 17
  •  
  •  

Assim que o governador Carlos Moisés da Silva (sem partido) iniciou o discurso, sábado (23), no CTG Fazenda Silva Neto, em Canelinha, foi interrompido. A bateria de fogos de artifício que retumbou às voltas do salão impediu que o chefe do Executivo catarinense seguisse palestrando. E no momento, na lotada plateia, vieram os aplausos.

A surpresa foi encomendada pelo contabilista Cidney Nery Maciel, pai do prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (sem partido). Evidentemente, em gratidão aos R$ 12 milhões em recursos estaduais para obras de infraestrutura que a Cidade das Cerâmicas recebeu recentemente. O mandatário canelinhense, a propósito, era um dos mais festivos — e festejados — no encontro.

Porta fechada

Postado em 30 de abril de 2021
  •  
  •  
  • 18
  •  
  •  

O presidente do PT em Tijucas, artista plástico Leandro Serpa, diz que “recebe com surpresa” o movimento de regresso do ex-vice-prefeito Adalto Gomes (PL) ao partido. Segundo ele, “existe um processo em construção, uma visão estratégica, e o diretório municipal não entende o policial rodoviário federal aposentado como um quadro desse projeto”.

Outro dirigente do partido em Tijucas, o administrador Pedro da Costa ainda confrontou o ex-deputado federal Décio Lima, presidente estadual do PT — que se mostrou favorável ao retorno de Gomes às fileiras petistas —, ontem, durante a transmissão do programa LINHA DE FRENTE na VipSocial TV. “Décio, já consultou os petistas de Tijucas sobre o retorno dessas pessoas ao partido?”, comentou, em tom de cobrança.

“Nunca sonhei em ser primeiro”

Postado em 15 de dezembro de 2020
  •  
  •  
  • 41
  •  
  •  

Vereador eleito com a maior votação em Tijucas, o jornalista Cláudio Eduardo de Souza (PDT) garante que as campanhas de doações a famílias carentes que promove corriqueiramente — chamadas por ele de “Correntes do Bem” — não tiveram relação alguma com a quantidade de votos que recebeu nestas eleições. “É a mais rasas das análises que fazem. Não bati na porta de ninguém que ajudei. Não fui, justamente para que não parecesse uma cobrança. E muito provavelmente não recebi votos dessas pessoas”, explicou, quinta-feira (10), durante entrevista ao LINHA DE FRENTE, na VipSocial TV.

Souza disse, ainda, que jamais considerou ser o mais votado no pleito proporcional da Capital do Vale; e que esperava entrar, nem que fosse, na 13ª cadeira do Legislativo municipal. “As pessoas me diziam que torciam por mim, mas que tinham compromisso com outro candidato. Eu sabia que teria uma grande torcida, mas me preocupava que isso não fosse revertido em votos. No melhor cenário, eu tinha esperança de conseguir, ao menos, a última vaga. Mas nunca sonhei com o primeiro lugar”, revelou. Assista ao programa na íntegra:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o LINHA DE FRENTE vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Digno de registro

Postado em 18 de novembro de 2020
  •  
  •  
  • 43
  •  
  •  

O vencedor da eleição majoritária de Tijucas, com todos os méritos e a maior diferença de votos da história, foi o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD). É fato, lavrado e aprovado, e não se muda. Mas a atuação do jovem estreante Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) no pleito merece registro.

Para o colunista Marcelo Lula, do portal SCemPauta Plus – O Radar da Política Catarinense, “o desempenho do empresário, que nunca havia disputado uma eleição, surpreendeu”. O jornalista pontuou, ainda, que “sem base consolidada e com um partido ainda em construção, Peixoto dos Anjos fez 20,7% dos votos e superou o tradicional MDB, da candidata Fernanda Melo, que ficou com 15,36%”.

No Facebook, o pedetista publicou que sai do pleito “de cabeça erguida, porque o que nós fizemos nessa eleição foi histórico. Com poucos recursos, distantes de conchavos políticos e sem troca de favores, fomos longe. Fomos com ideias, com pessoas e com a consciência limpa de que estivemos lutando pelo certo, desde o início da campanha”.

Desistências

Postado em 24 de setembro de 2020
  •  
  •  
  • 28
  •  
  •  

Braço direito do prefeito Daniel Netto Cândido (PSL) na Câmara de São João Batista, a vereadora Rúbia Tamanini Duarte (PSL) não vai concorrer à reeleição. Tinha situação confortável, e era nome praticamente certo para a próxima legislatura; mas declinou da disputa, surpreendentemente.

Cotada para a vice-prefeitura na chapa governista, que indicou o também vereador Almir Peixer (PSD) para a vaga, ela já havia liberado apoiadores e cabos eleitorais para acompanharem outro pré-candidato à vereança, de quem é muito próxima, e não quis voltar atrás. Preferiu manter a palavra e se afastar da concorrência.

TIJUCAS

Outra baixa na disputa, mas em Tijucas, é a do vereador Cláudio Tiago Izidoro (PP). Decidiu que não vai concorrer no pleito que se avizinha e que pretende, assim que terminar o mandato, se dedicar integralmente à carreira profissional, na construção civil e montagem industrial.

Ex-secretário de Obras, de Agricultura e diretor da Ditran (Diretoria de Transito e Transportes) em governos anteriores, Izidoro deve cumprir a campanha apenas como apoiador do projeto governista, com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e o engenheiro Sérgio Fernandes Cardoso (PSD) na disputa majoritária.

Correção histórica

Postado em 24 de agosto de 2020
  •  
  •  
  • 20
  •  
  •  

O ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB) tem sido bastante acionado nas últimas semanas para intervir nas hostes emedebistas. Mensageiros de parte a parte tentam convencer o ex-mandatário de que ele poderia corrigir dois descompassos na sua basta história política se conseguisse lançar, nestas eleições, uma chapa com Valério Tomazi (MDB) e Roberto Vailati (PSB) à prefeitura de Tijucas.

Vailati e Tomazi, cada qual por seu motivo, romperam relações com Mannrich em 2006 e 2016, respectivamente; e agora esperam, persuadidos por tutores afins, que o ex-prefeito, líder benemérito do MDB, interfira na executiva municipal do partido e banque a dupla. Seria, quem sabe, talvez, possivelmente, com os três abraçados, o palanque mais inusitado e surpreendente dos últimos tempos na Capital do Vale.

Carta de adeus

Postado em 3 de fevereiro de 2020
  •  
  •  
  • 15
  •  
  •  

Favorito para a sucessão de Daniel Netto Cândido (PSD) em São João Batista, o vice-prefeito Pedro Alfredo “Pedroca” Ramos surpreendeu novamente e entregou, nesta tarde, pedido formal de desfiliação do MDB “em caráter irrevogável e irretratável”. O presidente municipal da legenda, Eurli Silva, popular Irmão, já recebeu e rubricou a carta.

À reportagem da Rádio Clube AM, o adjunto batistense garantiu que a decisão foi tomada “pensando no partido, para evitar qualquer tipo de desavença”. As disputas internas no MDB, com o surgimento de outros interessados em representar o MDB na concorrência majoritária deste ano, seriam o motivo principal.

PRÉ-CANDIDATURA

Independente da legenda, Pedroca segue como pré-candidato a prefeito da Capital Catarinense do Calçado nestas eleições. “Ficarei à disposição da cidade. Tenho compromisso com o nosso povo”, pontuou o vice-prefeito, depois de admitir que procuraria um novo partido para concorrer no próximo pleito.

Os representantes do MDB batistense planejam se pronunciar oficialmente sobre o assunto nos próximos dias.