sexta-feira, 12 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Hora do adeus 

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O prazo para a desincompatibilização de quem ocupa uma secretaria municipal e pretende, em outubro, concorrer a uma cadeira na Câmara de Vereadores, termina no próximo sábado (6), exatos seis meses antes do pleito municipal. 

As previsões e especulações iniciais indicavam que Tijucas teria, nesta data, uma série de saídas. O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), desde o início do ano, já listava as prováveis baixas e, principalmente, os nomes para substituição. O Blog apurou, em janeiro, que nove exonerações eram cogitadas pelo mandatário. 

Entretanto, restando poucos dias para a definição, alguns dos secretários ainda não bateram o martelo sobre a candidatura. O Blog, porém, confirmou que o número deve ser menor do que o previsto e, servidores do alto escalão, que tinham as candidaturas dadas como certas, optaram por seguir no comando das pastas. 

Os indecisos, aliás, têm encontros marcados com o mandatário tijuquense, nos próximos dias, para avaliar prós e contras, e definir o futuro. Enquanto isso, aves sedentas por informações seguirão sobrevoando o paço municipal para municiar o Blog com notícias precisas.

Baixas certas

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Prefeitura de Canelinha

Os efeitos das saídas provocadas pela chegada do prazo de desincompatibilização já podem ser sentidos em Canelinha. O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL) já sabe que perderá três de seus secretários, além de outros servidores do segundo escalão.

No primeiro, as baixas confirmadas são as dos secretários Martinho Luiz Tomazzia (PL), de Agricultura, e Daniel José Pereira (PL), de Assistência Social, e o coordenador da Comutran (Coordenadoria Municipal de Trânsito), Sílvio Reis (PL).

Pelo menos outros cinco nomes que integram o segundo escalão já se despediram das funções ou se preparam para esvaziar as gavetas. Entre eles, a coordenadora de Cultura, Janaira Reis (PSD), o diretor da Comissão Municipal de Esportes, José Calbuch Júnior (PSD), o diretor da Intendência do Moura, Clodoaldo Mafra (PL), o chefe de departamento da Secretaria de Obras, Valdeci Nunes Filho (PSD) e o coordenador de Transportes, Jackson Miguel Machado (PL).

CONVERSAS ABERTAS

Com exclusividade ao Blog, o mandatário canelinhense revelou, ainda, que outras situações estão sob análise. Uma delas, aliás, é a da secretária de Saúde, Vanilda Rebelo (PL), que já se manifestou publicamente sobre a vontade de concorrer no pleito que se aproxima. Reuniões para tratar o tema estão marcadas para os próximos dias.

Todos contra a dengue

Postado em 18 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Os alarmantes dados e elevado número de casos de dengue, em Tijucas, vêm preocupando as autoridades do município. A ordem é colocar em prática todas as medidas possíveis para erradicar focos do mosquito e, assim, diminuir a propagação da doença.

O secretário de Obras e Serviços Urbanos, Vilson Natálio Silvino, determinou a remoção de entulhos e móveis inservíveis de residências, antes que estes sejam descartados de maneira irregular em terrenos baldios da Capital do Vale.

Vilsinho, como ficou conhecido, lançou o projeto “Alô Entulho”, que, basicamente, permite que o morador acione a equipe da Secretaria. Imediatamente, servidores da pasta irão até o endereço indicado e farão o recolhimento do item descartado. Entretanto, a medida não vale para grandes quantidades de materiais.

“Essa iniciativa não tem o objetivo de retirar grandes quantidades de objetos das residências, mas, sim, de lidar com casos isolados em que não seria viável contratar um serviço de descarte de entulho. Cabe aos cidadão a responsabilidade de destinar corretamente os resíduos de construção ou móveis, evitando impactos negativos na saúde publica e no meio ambiente”, explicou Silvino.

Força-tarefa

Postado em 29 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Entre os servidores da prefeitura de São João Batista, especialmente comissionados, há uma corrente para que o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) concorra à reeleição no pleito de outubro. Para muitos, o chefe do Executivo batistense “merece” mais um mandato. Os argumentos são os de que ele pôs o trem nos trilhos e que agora, no quarto ano de governo, finalmente assimilou as particularidades da administração pública.

Mas uma recandidatura nestas eleições dependeria exclusivamente do humor do prefeito no momento das decisões. Pedroca ficou conhecido nas rodas da política local por mudar de opinião – e de intenções – com relativa facilidade. O que, obviamente, compromete qualquer projeto de grupo e o desenho estratégico dos apoiadores.

Termos como “nem pensar”, “não quero mais” e “reeleição está descartadíssima” versam a maior parte das participações do mandatário batistense na imprensa regional. Mas, em outro momento, aos seus, ele fala em “fôlego renovado” e passa a planejar a campanha.

CORAÇÃO DE MÃE
Em recente entrevista à Rádio Clube, de São João Batista, Pedroca revelou um compromisso de apoio ao ex-servidor público municipal Juliano Peixer na disputa da prefeitura. Na sequência, porém, disse que seu predileto seria o radialista Jonatam Cordeiro, que, a propósito, era quem conversava no ar com o prefeito. “Pra mim, seria um sonho te entregar a chave (da prefeitura)”, pontuou.

Mas não faltaram, durante o programa, elogios e afagos a todos os demais postulantes ao cargo máximo do município – e também a alguns que sequer aparecem na lista de cotações –, aliados ou adversários, amigos ou desafetos. Muito embora as polêmicas mensagens de áudio que o mandatário batistense costumeiramente dispara no WhatsApp, e ordens de impedimento de entrada na prefeitura para um rival, ou ameaça de “corridão” a outro, normalmente mostrem o contrário. Pois então!

Meio período

Postado em 26 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Sete anos se passaram, e o expediente da prefeitura de Tijucas continua sendo um tabu no paço municipal. Os propalados índices de aprovação do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), repetidos sistematicamente nas reuniões do grupo, melindram qualquer posicionamento contrário – embora muitos defensores da gestão sejam críticos ao atendimento das 7h às 13h. Grande parte entende que as repartições públicas do município deveriam cumprir horário comercial.

O tema foi esteio de campanhas oposicionistas em 2020, como a do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (então PDT, agora no PL), que alcançou a segunda colocação entre cinco candidatos.

Mesmo os pré-candidatos da situação mostram desconforto e se mantém reticentes quando o assunto vem à tona. Mais próximos de representar o governo na futura eleição majoritária, o vereador Rudnei de Amorim (PSD) e o vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD), que são empresários e se estabeleceram na iniciativa privada com árdua rotina de trabalho, seriam favoráveis a uma revisão nos horários de atendimento da prefeitura. Mas evitam manifestações públicas sobre a questão para não aviltar os servidores, principalmente, e manter o bom trato com Mariano Rocha.

Aproximação 

Postado em 28 de setembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A possibilidade de garantir a instalação de um Instituto Federal de Educação, em Tijucas, vem animando o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD). O mandatário tijuquense, inclusive, esteve reunido remotamente, nesta semana, com o deputado federal Pedro Uczai (PT), um dos entusiastas do projeto. 

O parlamentar, segundo fontes do Blog, teria se aproximado do prefeito durante uma audiência pública, em março deste ano. Da conversa, classificada por Mariano Rocha como “dia iluminado”, saíram os projetos do Instituto e de moradias populares. 

Do gabinete do prefeito, membros do alto escalão da administração tijuquense, lideranças do PT de Tijucas e outros servidores – que integram a comissão municipal para tratar do tema -, participaram da conversa. “Seguimos com expectativa de ter essa grande instituição em nossa cidade”, disse o mandatário. 

Primeira troca

Postado em 3 de maio de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

A primeira mudança significativa no alto escalão do governo municipal, neste segundo mandato de Eloi Mariano Rocha (PSD), em Tijucas, teve um único motivo: problemas de saúde do então superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), José Roberto Giacomossi (PSD).

Com exclusividade ao Blog, o mandatário alegou que há uma grande demanda de trabalhos na FME, como a quantidade de campeonatos, de alunos nas escolinhas e de atletas inseridos em cada competição. “O Betinho, por seu estado de saúde, não tinha mais condições de tocar”, explicou.

O prefeito afirmou que a escolha de promover o então superintendente adjunto, Geovani Souza, contou com grande aceitação de dirigentes e atletas. “Responsabilidade, respeito às pessoas, lealdade, honestidade e dedicação”, também foram fatores pontuados por Mariano Rocha.

OPORTUNIDADES

O chefe do Executivo tijuquense ainda relembra outros casos de servidores que aproveitaram espaços e foram nomeados para o comando de secretarias, como Paula Regina da Silva, na secretaria de Cultura, e Deise Juliana Silveira, na Educação.

“Temos vários segmentos comandados por funcionários de carreira. É a oportunidade que se dá a cada ser executando suas funções”, finalizou o prefeito.

Interrupção

Postado em 24 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A prefeitura de Tijucas comunicou, hoje, que os atendimentos ao público na Vigilância Sanitária do município estão suspensos até quarta-feira (26). Casos de Covid entre os servidores do setor motivaram a interrupção do serviço.

A nota diz, ainda, que a Vigilância em Saúde — combate à dengue e departamento de epidemiologia — segue atendendo normalmente.

Parada obrigatória

Postado em 13 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A nova onda de infecções por coronavírus — a partir da variante omicron — continua fazendo estragos no serviço público municipal de Tijucas. Além do estratosférico aumento de demanda nas unidades sanitárias e das filas intermináveis principalmente no Posto de Saúde 24 Horas, no Centro, para atendimento a pacientes com sintomas respiratórios e suspeita de Covid, e, consequentemente, da crise no sistema de Saúde do município, o problema, agora, afeta diretamente a estrutura administrativa.

Ontem, o Posto de Identificação, responsável pela confecção de carteiras de identidade no município, interrompeu o serviço em razão de casos positivos e suspeitos de Covid entre os servidores do setor, e cancelou os agendamentos dos próximos dias. De acordo com a prefeitura, a suspensão fica mantida até que toda a equipe esteja apta a voltar ao trabalho.

Reajuste e inchaço

Postado em 14 de abril de 2021
  •  
  •  
  • 28
  •  
  •  

O governo de Canelinha acusa dificuldades em consentir o reajuste salarial dos servidores públicos. O tema entrou na pauta do encontro entre Executivo e Legislativo — inicialmente, para aproximar os poderes —, dias atrás, e voltou à tona nas tribunas da Câmara Municipal, ontem. Se, de fato, não deferir a recomposição aos funcionários, a Cidade das Cerâmicas seria a única no Vale do Rio Tijucas a adotar essa medida. Nos demais municípios, as correções podem chegar a 4,5%.

Para o presidente do Legislativo, vereador Robinson Carvalho Lima (PP), a explicação está no inchamento da máquina pública. Ele usou os microfones da Casa do Povo para dizer que “a atual gestão emprega 538 funcionários” e que solicitaria um levantamento para confirmar que se trata de um recorde de contratações na história político-administrativa de Canelinha.