domingo, 14 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Luto decretado

Postado em 8 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do ex-vice-prefeito, ex-vereador e presidente do SAMAE (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), Luiz Rogério da Silva.

Mariano Rocha justificou que o decreto é uma forma de reconhecer os “relevantes serviços prestados à comunidade tijuquense” e explicou que Rogerinho exerceu diversos cargos públicos ao longo de sua trajetória política.

Rogerinho cumpriu três mandatos na Câmara de Vereadores (de 1997 a 2004, e de 2013 a 2016) e chegou a presidir o Legislativo municipal em 2004 e 2013, foi eleito vice-prefeito em 2008 e assumiu a chefia do Executivo municipal em duas oportunidades: agosto de 2009 e janeiro de 2012.

Além de comandar o Samae na gestão de Eloi Mariano Rocha, Silva também foi secretário de Saúde. Em 2010, foi candidato a deputado federal e recebeu 20.429 votos. Na vida acadêmica, graduou-se em enfermagem e direito.

Voluntariado

Postado em 13 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O empresário e pré-candidato a prefeito Felipe Lemos (PL), de São João Batista, embora não tenha cargos públicos, tem aproveitado da boa relação com importantes lideranças liberalistas para trazer benfeitorias ao município do Vale do Rio Tijucas.

Semana passada, o empreendedor celebrou uma das primeiras conquistas: um automóvel para a Saúde batistense. O recurso, estimado em R$ 89 mil, foi enviado pelo deputado federal Jorge Goetten (PL).

Após a confirmação da destinação, Lemos explicou que havia identificado a necessidade do automóvel, sobretudo para o transporte de pacientes de São João Batista até outros municípios. Decidiu, então, fazer o pedido aos parlamentares da legenda.

“Havia uma demanda urgente na Saúde e a falta de veículos atrapalhava o atendimento ao nosso povo. Conversei com lideranças do nosso Estado e expliquei a importância deste automóvel. Para a minha alegria, recebi a notícia de que seremos contemplados. São João Batista agradece”, escreveu o presidente do PL local.

Sem benefícios 

Postado em 9 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O deputado estadual Altair Silva (PP), natural de Major Gercino, no Vale do Rio Tijucas, protocolou, nesta semana, um projeto que propõe a criação de impedimentos para ocupantes e invasores de terras rurais e urbanas, em Santa Catarina. 

Silva defende que pessoas envolvidas em movimentos similares não têm direito de receber auxílios, benefícios ou ter acesso a programas do Governo do Estado. A proposta também quer proibir que membros destes grupos ocupem cargos na administração pública catarinense. 

O majorense explicou que a medida é necessária após a passagem do “Abril Vermelho”, idealizado pelo MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra). Estima-se que 35 propriedades tenham sido invadidas durante o período, em 15 estados brasileiros. 

“Precisamos coibir o avanço dos invasores, principalmente do MST, por meio de lei. Eles levam insegurança a quem trabalha, a quem produz e a nossos empreendedores, e devem sofrer consequências por seus atos”, pontuou o parlamentar.