sexta-feira, 28 de janeiro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Água na disputa

Postado em 14 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na contenda particular entre o prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB) — que deve concorrer a uma cadeira no parlamento catarinense nestas eleições —, e a deputada estadual Ana Paula da Silva (sem partido), de Bombinhas, por votos na Costa Esmeralda, ponto para ele. Ontem, o mandatário portobelense autorizou o aumento, de 10 para 30 litros por segundo, na cessão de água ao município vizinho e disse, nas redes sociais, que espera, com o ato, “contribuir com o povo de Bombinhas, que passa por momento difícil”. A solicitação partiu de vereadores bombinenses.

Stein e Paulinha entraram em rota de colisão no momento em que o chefe do Executivo de Porto Belo anunciou pré-candidatura ao Legislativo estadual. Agora, com mão amiga estendida ao povoado vizinho, o portobelense entra com pompa e circunstância em território amplamente dominado pela rival. A conferir nas urnas.

Represália

Postado em 8 de junho de 2020
  •  
  •  
  • 10
  •  
  •  

A predileção do presidente do MDB de São João Batista, Eurli “Irmão” Silva, pelo vice-prefeito Pedro Alfredo “Pedroca” Ramos na disputa interna do partido para o próximo pleito majoritário provocou a ira do vereador Leôncio Paulo Cypriani. Em razão do imbróglio, o parlamentar deixou as fileiras emedebistas e passou para o PSD. A retaliação, pelo que parece, não demorou; e chegou em forma de projeto na Câmara Municipal para mudança de nome da maior obra do atual governo no município.

Já havia se decidido que a suntuosa Terceira Ponte, que está em fase de conclusão, seria batizada Gentil Silva — em homenagem ao primeiro prefeito da Capital Catarinense do Calçado, e ocasionalmente pai do presidente do MDB batistense. Embora tivesse concordado no primeiro momento, Cypriani quer, agora, que a ponte seja denominada José Jovino da Silveira, o Zé Pedreiro, que foi um morador icônico da localidade que recebe a obra. E o litígio, e as rusgas, e as trocas de farpas só aumentam. Pois, então?!

PEC e TPA

Postado em 11 de dezembro de 2019
  •  
  •  
  • 3
  •  
  •  

O cabo de guerra entre o deputado estadual Ivan Naatz (PV) e o município de Bombinhas parece interminável. Ao tempo em que o parlamentar comemora a possível aprovação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 01/2019 — que altera o artigo 128 e proíbe “pedágios urbanos” — na Assembleia Legislativa, o prefeito Paulo Henrique Dalago Müller (DEM) garante que a proposta não afeta a TPA (Taxa de Preservação Ambiental) da Capital do Mergulho Ecológico.

Dalago Müller pontua que “a PEC está apenas sendo redundante e repetindo o que já se encontra contido artigo 128 da Constituição do Estado”. O prefeito diz, ainda, que “o Tribunal de Justiça de Santa Catarina e o Supremo Tribunal Federal firmaram, taxativamente, o entendimento de que a TPA do município de Bombinhas não fere a legislação, pois não tem como fato gerador a limitação ao tráfego de pessoas e sim o potencial dano ambiental causado”.

Eleição dentro da eleição

Postado em 8 de outubro de 2018
  •  
  •  
  • 18
  •  
  •  

O candidato do MDB na concorrência majoritária do Estado, deputado federal Mauro Mariani, sequer chegou ao segundo turno. Mas a tristeza passou longe da casa dos Fagundes – do presidente do MDB de Tijucas, vereador Fernando Fagundes e do ex-prefeito e ex-deputado estadual Nilton “Gordo” Fagundes. Quem foi ao evento conta que as champagnes estouravam à medida que os convidados chegavam para celebrar a eleição do ibiramense Jerry Comper (MDB) ao parlamento catarinense.

A comemoração se justifica. Comper chefiou o gabinete do finado deputado estadual Aldo Schneider (MDB), empregador, na Assembleia Legislativa, da mãe e da irmã do presidente municipal do partido. Além do quê, no cabo de guerra interno com o ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), que é cada vez mais público, os Fagundes também lograram êxito ao somarem 585 votos para Jerry do Aldo na cidade contra os 187 que o ex-mandatário transferiu para Valdir Cobalchini. Pois, então?!

Todos ganham

Postado em 4 de julho de 2018
  •  
  •  
  • 104
  •  
  •  
Foto: Léo Nunes

Política à parte, o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e o presidente do MDB municipal, vereador Fernando Fagundes – que são adversários –, entendem que as bandeiras partidárias não participam do congraçamento social, e que todos ganham quando Tijucas ganha. Sábado (30), no gourmet show do humorista Diogo Portugal e do grupo Expresso Rural, na Live Shows & Eventos, eles posaram juntos para a foto do Blog, amistosos e certamente prazenteiros com o sucesso do empreendimento, que traz cultura, lazer, confraria e arte à cidade.

JUNTOS E SEPARADOS

Mariano Rocha parece ter mitigado as turbulências naturais do início do mandato e, neste momento, com obras impactantes em andamento e anúncios esperançosos, navega em mar de almirante. Setores do próprio MDB, que planejam a retomada do poder na Capital do Vale, já admitem que “depois de concluído o asfalto na beira-rio e da reconstrução da Ponte Bulcão Viana, a atual administração fica muito fortalecida para as eleições municipais de 2020”.

Nesse cenário, a propósito, conforme alguns periquitos mais atentos, aumentam, também, as chances de Fagundes ser designado ao enfrentamento majoritário. O candidato natural, Elmis Mannrich (MDB), trabalha com números, mapas e chances claras, e poderia, em caso de previsões pessimistas, ceder a vez ao presidente do partido. E, se assim for, os personagens da foto, social e política na mesma medida, podem, num futuro não muito distante, polarizar as disputas no município.

Bola murcha

Postado em 21 de maio de 2018
  •  
  •  
  • 11
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Dizem que futebol e religião estão entre os assuntos que não se deve discutir. Mas para a diretoria do Esporte Clube Renascença e a administração da Capela de Nossa Senhora dos Navegantes – entidades vizinhas no Bairro Praça, em Tijucas –, o litígio está muito além do esporte e das crenças. Parte numa disputa judicial que envolve a metade do Estádio Manoel Franco de Camargo, a igreja parece ter, definitivamente, declarado guerra ao clube.

Recentemente, a direção da capela aparatou com cacos de vidro o muro que separa o templo do estádio. O problema, que poderia ser encarado apenas como demarcação de território, se agrava porque a cerca fica atrás de uma das traves. “Já perdemos as contas de quantas bolas foram rasgadas naqueles pedaços de vidro”, reclamam alguns dirigentes do Renascença, e lamentam, ainda, a dificuldade de diálogo com os administradores da capela.

Rachadura na caixa d’água

Postado em 12 de maio de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A concorrência para o presidente do PSD de Tijucas, Jilson José de Oliveira, na disputa pelo comando do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) tem nome, sobrenome e uma longa história a serviço da autarquia: Carolini Machado Rebelo da Cruz, engenheira química que frequenta a casa desde os governos de Elmis Mannrich (PMDB) e Valério Tomazi (PMDB). São dela os créditos e a preferência para o posto nas indicações, principalmente, do ex-diretor Jorge Steil, do empresário e conselheiro da administração municipal Geremias Teles Silva e, mais recentemente, do ex-prefeito Uilson Sgrott (DEM).

As definições estão previstas para terça-feira (16); mas, sabe-se de antemão, que trarão grandes consequências políticas, seja qual for a escolha. Os vereadores situacionistas, mais o engenheiro Sérgio Fernandes Cardoso  principal nome à frente da campanha do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) em 2016 – estão fechados com Oliveira; enquanto a velha guarda exige manter o Samae sob seus cuidados.

Briga boa

Postado em 3 de março de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os postos de combustíveis de São João Batista estão em guerra. Ontem pela manhã, um deles anunciava o litro da gasolina por R$ 3,15 – preço menor que o de quarta-feira (1), quando o litro custava R$ 3,19. No mesmo dia, à tarde, outros dois postos da Capital Catarinense do Calçado exibiam letreiros com gasolina a R$ 3,13 o litro.

Hoje, porém, já se pode encontrar o litro do mesmo combustível por R$ 3,09 na cidade. E com a disputa entre os empresários do setor, quem ganha é o consumidor.

  • Informações coletadas na página pessoal do jornalista Jonas Hames, coordenador da programação da Rádio Super – 99,9 FM.

Farinha pouca

Postado em 5 de janeiro de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sem a prefeitura, 2017 começou em clima de tensão no PMDB de Tijucas. Embora parte dos filiados e simpatizantes do partido tenham permanecido no quadro funcional do município – o que, inclusive, tem gerado grande alvoroço no seio cola-branca –, muitos periquitos ainda continuam à procura de um emprego. E a esperança, agora, é a Câmara Municipal, gerida, pelo menos neste ano, pelos peemedebistas.

Algumas vagas – como a do ex-superintendente da FME (Fundação Municipal de Esportes), advogado Rogério dos Anjos, que muito provavelmente deve ser o diretor geral – têm donos praticamente definidos. As outras, tanto nas assessorias parlamentares quanto nas funções administrativas, ostentam filas de espera gigantescas; e muita disputa no ninho pelos poucos espaços disponíveis.