sexta-feira, 12 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Palavra de honra

Postado em 1 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Confiante de que vá superar os concorrentes internos Thiago Peixoto dos Anjos e Fernando Fagundes, o ex-vereador Sidney Machado quis ouvir, hoje, do próprio governador Jorginho Mello, que ninguém tem cadeira cativa no PL e que o candidato do partido na disputa da prefeitura de Tijucas continua indefinido.

Machado tem a garantia da regência local da legenda de que a escolha seria baseada em pesquisa de intenção de votos, mas, mesmo assim, foi buscar o assentimento do líder liberalista catarinense para que o confronto seja justo entre os três postulantes.

Na audiência com o chefe do Executivo estadual, Ney da Tijusat, como é conhecido, esteve acompanhado do ex-vereador e pré-candidato ao parlamento de Porto Belo, Darci França (PL), e do pastor Wagner Rodrigues, de Itapema, superintendente da Igreja do Evangelho Quadrangular na região do Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda. O deputado estadual Jair Miotto (UNIÃO) também participou do encontro.

Ex-inimigo

Postado em 11 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O empresário, ex-secretário municipal e ex-vereador Sidney Machado (PL), popular Ney da Tijusat, mudou de alvo. Antes crítico incisivo das ações do governo municipal, sobretudo do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), ele trocou os julgamentos locais pela disputa nacional entre movimentos de esquerda e direita.

A atenuação aos atos de Mariano Rocha, entretanto, pode ter como pano de fundo a aproximação com líderes do PP, um dos partidos aliados da gestão, e a expectativa de uma filiação à legenda nesta janela. As tratativas envolvem, ainda, uma possível candidatura à Câmara Municipal nestas eleições pelo grupo governista.

Como argumento basal da mudança, a propósito, Machado se apoiaria na questão ideológica, na falta de espaço no PL e no fato de que o PP foi, por muito tempo, a bandeira partidária do ídolo e ex-presidente Jair Bolsonaro.

Fidelidade

Postado em 17 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O ato convocado pelo ex-presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL), agendado para o próximo dia 25 na Avenida Paulista, em São Paulo, pode ter a presença de tijuquenses alinhados ao “bolsonarismo”.

Um deles, por óbvio, é o ex-vereador e pré-candidato a prefeito Sidney Machado (PL). O empresário, inclusive, orçou uma van para transportar um “grupo de patriotas”. O veículo pode levar até 19 pessoas e o translado, ao todo, custará cerca de R$ 13 mil.

Segundo a mídia especializada no debate político nacional, a presença de aliados no evento é vista, pelo próprio ex-presidente, como uma “prova de fidelidade”. E o tijuquense pretende provar. Em mensagem de voz, encaminhada com frequência nos grupos de conversação online, Ney da Tijusat diz que “não desistiu” e que seguirá “lutando pelo Brasil”.

Patriota raiz 

Postado em 4 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O ex-vereador e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Sidney Machado, o Ney da Tijusat, confia que o envolvimento ideológico com as pautas defendidas pelo PL nacional podem alavancar o seu nome para representar o partido nas eleições do ano que vem.

Em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, na última quinta-feira (30), o empresário afirmou que, embora os liberais trabalhem com outros nomes para o pleito, a vaga deveria ser dele, por reconhecimento aos apoios irrestritos.

“Pela minha caminhada e defesa das bandeiras. Desde a minha ida ao PL, não tive opiniões diferentes. Sou taxativo no que acredito e vou até o final. Não é poder pelo poder. Quero entrar, com apoio do partido, e fazer diferente. Por merecimento. Por vestir a camisa e estar junto”, explicou.

CONCORRÊNCIA

A disputa eleitoral, aliás, já começou dentro do próprio PL de Tijucas. O empresário não poupou críticas, inclusive, a outro pré-candidato do partido, Thiago Peixoto dos Anjos. “Estamos no mesmo partido, mas somos concorrentes. Hoje disputou com ele dentro do partido”, bradou.

“Posso disputar com o Coisa Querida [Sérgio Fernandes Cardoso, prefeito em exercício], que já esteve em Florianópolis conversando com o Seu Heleno [Orlandino Martins, assessor do governador Jorginho Mello], posso disputar com o Fernando [Fagundes, vereador de Tijucas]… Isso não é uma disputa? Então toda disputa tem concorrência”, completou Machado

Ney na lista

Postado em 24 de janeiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Reprodução

A lista de catarinenses presos por atos antidemocráticos em Brasília, que passou a circular recentemente nos grupos de conversação online, vem intrigando os tijuquenses mais atentos. Na relação, o nome “Sidney Machado” chama a atenção. Quem não se apega aos detalhes, faz referência imediata ao candidato a prefeito nas eleições de 2020 Ney da Tijusat, direitista convicto e defensor pertinaz dos movimentos pró-intervenção militar no governo federal.

As desconfianças estiveram próximas da certeza diante da ausência do ex-superintendente da Fundação Municipal de Esportes na movimentada Festa do PL, domingo (22), em Nova Descoberta, para celebrar a vitória de Jorginho Mello (PL) na eleição estadual.

Contudo, a lista de detenções registrou um homônimo. Ney sequer esteve na capital federal para as manifestações do início do mês – porque não conseguiu voo, senão teria ido, conforme ele mesmo relata ao Blog. E não participou do evento liberalista em Tijucas, no fim de semana, porque viajou com a família para um compromisso pré-agendado.