terça-feira, 18 de junho de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Retribuição

Postado em 21 de fevereiro de 2019

O empenho do prefeito Daniel Netto Cândido (PSD) na campanha da então candidata a deputada estadual Marlene Fengler (PSD), e os 1.248 votos que ela recebeu em São João Batista nas eleições de 2018, já deram resultado. Eleita e empossada, a parlamentar vem defendendo, na Assembleia, a extensão de crédito presumido para a indústria de componentes para calçados, que paga 17% de ICMS enquanto os fabricantes de sapatos são taxados em apenas 3%.

“A indústria calçadista representa 50% da economia de São João Batista. A outra metade vem quase toda do setor de componentes. É necessária uma equalização”, alertou a deputada, dias atrás, na tribuna do Legislativo.

Primeiro da fila

Postado em 7 de fevereiro de 2019
Foto: Divulgação

Alguns adias apenas como deputada estadual foram suficientes para que a itapiranguense Marlene Fengler (PSD) – recordista de votos em Tijucas nas eleições de 2018 – tivesse uma certeza: as visitas do secretário de Administração e Finanças do município, Rosenildo de Amorim, ao seu gabinete, na Assembleia Legislativa, com o pires na mão, serão frequentes.

No encontro, de terça-feira, com mediação do assessor especial da parlamentar, ex-deputado federal Gervásio Silva, Amorim apresentou a lista de pedidos do município. “Encaminhamos muitos projetos e demos continuidade a outros. É o jus à votação que ela obteve na cidade”, comenta o secretário.

Eles e ela

Postado em 5 de fevereiro de 2019
Foto: Léo Nunes

O suplente de vereador Sidney Machado (ex-PTB e prestes a assinar filiação no PSD), de Tijucas, esteve na cerimônia de posse dos deputados estaduais, sexta-feira (1), na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), em Florianópolis, única e exclusivamente para saudar a campeã de votos na Capital do ValeMarlene Fengler (PSD) – por quem o prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSD), trabalhou com afinco na campanha de 2018.

Marlene herdou o prestígio – e uma gama enorme de cabos eleitorais – do ex-deputado estadual Gelson Merisio (PSD), vencido por Carlos Moisés da Silva (PSL) na mais recente disputa pelo governo estadual. A parlamentar estreante, a propósito, além de Cândido, contou com outros dois prefeitos da região diretamente envolvidos na sua eleição: Elói Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, e Nilza Simas (PSD), de Itapema.

Hora de agradecer

Postado em 10 de outubro de 2018
Foto: Fernanda Floriano

Líder na preferência para o Legislativo catarinense em Tijucas – com 2.622 votos –, a deputada estadual recém-eleita Marlene Fengler (PSD) voltou à cidade nesta manhã. Veio agradecer os apoios do engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso e do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), que participaram ativamente do resultado, e reafirmar o compromisso com a Capital do Vale – terceiro município onde recebeu a maior quantidade de votos.

MAIS GRATIDÃO

Ontem à noite, aliás, o chefe do Executivo municipal reuniu correligionários e eleitores no pavilhão de eventos da Capela de Santa Terezinha, no Universitário, para manifestar gratidão aos votos conquistados e confiados em Marlene e no candidato a governador Gelson Merisio (PSD).

O prefeito aproveitou o encontro, com cerca de 300 pessoas, para pedir, ainda, que o trabalho continue, e seja mais intenso, no segundo turno da eleição para o governo estadual.

Câmara, rádio e WhatsApp

Postado em 5 de outubro de 2018

Desde que se lançou pré-candidato a deputado estadual, o vereador Juarez Soares (PPS), que compunha a bancada situacionista, vem entrando em rota de colisão com a administração municipal. A candidatura não se confirmou, mas as rusgas com o governo do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) não se dissiparam. O presidente da Câmara queria ser apoiado na prefeitura, mas o chefe do Executivo já tinha um compromisso pré-estabelecido com a candidata Marlene Fengler (PSD) para a corrida ao parlamento catarinense.

Soares partiu para a retaliação. Além das fotos em redes sociais com Mauro Mariani (MDB) – principal adversário de Gelson Merisio (PSD), candidato a governador apoiado por Mariano Rocha e companhia – e da recente intenção de concorrer novamente à presidência do Legislativo com discurso de neutralidade, em detrimento da planejada eleição do governista Vilson Natálio Silvino (PP) para o comando da mesa diretora da Casa do Povo, o edil pepessista passou a reprochar as ações da administração nas tribunas. A mais recente, de segunda-feira (1), inclusive, provocou resposta imediata do vice-prefeito e secretário municipal de Obras, Adalto Gomes (PT), no programa Notícia e Opinião, na Rádio Primeira FM.

Durante a atração, Gomes disse que o vereador, ao criticar o atraso de uma necessária obra na Rua Antônio Apolônio Vargas, agiu “de má fé” e que o presidente da Câmara precisa “se acertar com o prefeito”. O assunto, que começou nos microfones do Legislativo e passou para o rádio, continuou no grupo do WhatsApp formado por parlamentares governistas e secretários municipais. Em mensagem de áudio, Soares pontuou que não agiu de má fé, que o gestor de Obras do município “precisa absorver as críticas e resolver as coisas” e que “levar a público que existe um desacordo entre um vereador de situação e o prefeito, é lamentável”.

O vice-prefeito e secretário, no mesmo grupo, respondeu: “Juarez agiu de má fé, sim! Algumas vezes conversou comigo, sabia que o projeto para drenagem daquela rua está pronto (…) e que precisa entrar em acordo com o prefeito para o repasse do Legislativo. Ele está bem informado, e conhece a solução. É má fé, sim! Não é primeira vez que faz críticas à minha pessoa e, quando cobro, me dá apenas uma risadinha. Agora, deu, Juarez! A sociedade precisa saber que você faz as coisas de má fé! Estou cansado!”, concluiu Gomes.

Caminhaço

Postado em 26 de setembro de 2018
Foto: Divulgação

O prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e o engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso caminham lado a lado, literalmente, com a itapiranguense Marlene Fengler (PSD). Sábado (22), o mandatário tijuquense e o diretor do Sebrae/SC acompanharam a candidata a deputada estadual, ex-assessora de Gelson Merisio (PSD), pelas paragens da Avenida Bayer Filho, a principal de Tijucas.

Os caminhaços, que marcaram a campanha de Mariano Rocha para a prefeitura em 2016, continuam na pauta do PSD tijuquense nestas eleições. O próximo, a propósito, deve cortar as ruas e vielas da Praça, neste sábado (29).

Infidelidade

Postado em 24 de setembro de 2018

A declaração de apoio, sábado (22), do prefeito de Rio do Sul, Jose Eduardo Rothbarth Thome (ex-PSDB, agora sem partido), a candidatos da coligação “Aqui é Trabalho”, liderada por Gelson Merisio (PSD), provocou reação imediata entre os tucanos – que têm Napoleão Bernardes como candidato a vice-governador e Paulo Bauer tentando a reeleição ao Senado, no grupo de Mauro Mariani (MDB): logo na sequência, o PSDB de Santa Catarina expulsou o mandatário rio-sulense das fileiras do partido.

A propalada infidelidade partidária deve abreviar, também, a estada do suplente de vereador Paulo Cesar Venera (REDE), de São João Batista, no renque da Rede Sustentabilidade. Ele vem manifestando apoio ao deputado estadual e candidato à reeleição Serafim Venzon (PSDB) e, por isso, irritando a gerência estadual da legenda, comandada pelo também batistense Nelson Zunino Neto. Paulinho da Ambulância, a propósito, já teria recebido um comunicado oficial da REDE.

DOIS PESOS

Quem navega em mar de almirante, contudo, é o vereador Cláudio Tiago Izidoro (MDB), de Tijucas, que, mesmo sob diretriz emedebista, reza a cartilha do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) nas demandas do Legislativo municipal e acompanha, publicamente, Merisio e Marlene Fengler (PSD) no vigente processo eleitoral.

Izidoro, aliás, pela postura, já foi tema – assim como o ex-prefeito Valério Tomazi (MDB) – de assembleias internas do partido. Em janeiro, a propósito, decidiu-se que o vereador, mais o ex-mandatário, seriam degredados das fileiras emedebistas em breve. Em tempo: nem tão “em breve”, afinal. Pois, então?!

Reforço

Postado em 11 de setembro de 2018
Foto: Divulgação

Partidários, partidários; candidatos à parte. A vereadora governista Elizabete Mianes da Silva (PSD), de Tijucas, surpreendeu, dias atrás, ao manifestar apoio à campanha da ex-prefeita de Bombinhas e candidata a deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) nestas eleições. Ela, assim como o secretário de Saúde do município, Vilson “Tem” Porcíncla, se licenciou do compromisso com o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) – de acompanhar a candidatura de Marlene Fengler (PSD) ao parlamento catarinense – para encorpar o time da ex-mandatária bombinense.

Nas internas do PSD municipal, Paulinha deixou de ser concorrente. O presidente do partido em Tijucas, Jilson José de Oliveira, inclusive, já defende, em off, que a eleição da ex-prefeita de Bombinhas ao Legislativo estadual seria importante para a Capital do Vale; mas, desde que o processo, até 7 de outubro, não estorve o favoritismo de Marlene nas searas tijuquenses.

Cabo eleitoral

Postado em 10 de setembro de 2018

Como faz periodicamente, sempre nas retas finais das campanhas, o engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso tirou férias do Sebrae/SC – onde atua como diretor de Administração e Finanças – para se dedicar exclusivamente à política. Está em Tijucas, seu principal campo eleitoral, para convencer os conterrâneos a votarem em Gelson Merisio (PSD) para governador de Santa Catarina e em Marlene Fengler (PSD) para deputada estadual nestas eleições.

Cardoso é, desde sempre, o mais atuante cabo eleitoral de Merisio na região. Diz aos mais próximos que, com o amigo na chefia do Executivo estadual, conseguiria levar os pleitos do Vale do Rio Tijucas diretamente à Casa d’Agronômica a partir de 2019. Pois, então?!

Perseverança

Postado em 27 de agosto de 2018
Foto: Divulgação

A ex-prefeita de Bombinhas e candidata a deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) não joga a toalha. Embora o grupo de trabalho do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) tenha estabelecido franca sustentação à campanha da itapiranguense Marlene Fengler (PSD) ao parlamento estadual, a ex-mandatária bombinense ainda tenta, com argumentos muito convincentes – sobretudo, de que a região precisa de uma representante legítima na Assembleia Legislativa –, angariar apoios na administração municipal de Tijucas.

Dias atrás, Paulinha e Mariano Rocha estiveram juntos na Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, na Praça, e depois, conforme a foto, foram tratar de política e das eleições de 2018 na casa do chefe do Executivo tijuquense.