terça-feira, 17 de setembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

O escolhido

Postado em 19 de agosto de 2019

Se conseguir, de fato, amealhar o PSL para o projeto cola-branca – as costuras começaram semanas atrás, com o governador Carlos Moisés da Silva e com a cúpula peesselista do estado –, o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) já tem um nome de extrema confiança para comandar o partido em Tijucas: o do secretário municipal de Administração e Finanças, Rosenildo de Amorim.

Em tempo: Mariano Rocha e Amorim estiveram juntos em Brasília, no início do mês, tratando do assunto com o presidente estadual da legenda, deputado federal Fabio Schiochet. A comissão provisória do PSL na Capital do Vale, que tem o psicólogo Gerson Henrique Marcelino na presidência, vence em 30 de setembro.

Posso, podes e Podemos

Postado em 6 de maio de 2019

Tijucas tem, agora, uma representação legalmente constituída do Podemos, partido do senador Alvaro Dias, que foi candidato à presidência da República em 2018. As informações já constam no portal do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), com o gerente administrativo do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) e ex-presidente do PSB municipal Fabiano Saramento no comando.

Paulo Sergio Pinto, o popular Galinha, genro do ex-vereador Antônio “Tonho Polícia” Zeferino Amorim, é o primeiro vice-presidente da provisória, e o corretor imobiliário Roberto Henrique Furtado assina como segundo vice-presidente. Compõem o grupo, ainda, as professoras Rosimere FurtadoFernanda Rocha, como secretária-geral e segunda secretária, e Jamil CalilRogerio Freitas como tesoureiro e vogal, respectivamente.

Principal diretriz do partido na Capital do Vale é formar um time com figuras do cotidiano local que jamais tenham se candidatado a cargos eletivos e que estejam dispostas a praticar aquela propalada “nova política”.

Oficialização do PSL

Postado em 16 de janeiro de 2019

Assessor parlamentar do Corpo de Bombeiros Militar na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), o psicólogo e ex-vereador Gerson Henrique Marcelino, de Tijucas, continua arquitetando, nos bastidores, sem alarde, a oficialização do PSL em Tijucas. Tem ligação estreita com o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) – que é comandante de reserva do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e a quem acompanhou pelo Estado durante a campanha de 2018 –, conta com respaldo na regência estadual do partido e vem conversando com lideranças da Capital do Vale para a formação do diretório municipal.

De acordo com os registros do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), o PSL não tem representação em Tijucas. A comissão provisória que regia o partido no município não foi homologada e deixou de constar no sistema da Justiça Eleitoral.

Tijucas, PSL e 2020

Postado em 16 de novembro de 2018

Na agenda de Brasília, anteontem, o presidente do PSL em Santa Catarina, Lucas Esmeraldino, e o governador eleito Carlos Moisés da Silva (PSL) participaram de reunião com o presidente nacional do partido, Luciano Bivar. Entre os assuntos do encontro, destacou-se a musculatura da legenda a partir de 2019, com vistas no pleito eleitoral de 2020. A meta é ter representação majoritária em todos os 295 municípios catarinenses.

A pergunta que não cala: em Tijucas, quem seria o candidato do PSL à prefeitura, ou com quem estaria o partido?

RELAÇÃO ABALADA

Há sulcos no convívio entre o presidente da comissão provisória da sigla no município, Renato Sartori, e o staff do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) desde a eleição para o governo estadual.

Membros do colegiado e vereadores situacionistas, todos pró-Gelson Merisio (PSD), cobravam sistematicamente uma atitude do chefe do Executivo às ações incisivas de Sartori em favor do candidato adversário. O chefe do Departamento de Estrada de Rodagens, da Secretaria de Obras, Transportes e Serviços Públicos, entrou em férias no dia seguinte à vitória do PSL no pleito majoritário catarinense.

ATRÁS DAS CORTINAS

O ex-vereador e bombeiro aposentado Gerson Henrique Marcelino (ex-MDB), que acompanhou Carlos Moisés da Silva nas incursões pelo Estado durante a campanha, corre por fora, e tem claras intenções de assumir o comando do diretório do PSL em Tijucas, ainda em formação.

APROXIMAÇÃO

Desde o início do turno decisivo entre Comandante Moisés e Merisio, o presidente municipal do PSDB, empresário Thiago Peixoto dos Anjos, vem se aproximando estrategicamente do PSL. Orientou a comissão provisória no município, participou de reuniões e, inclusive, recebeu convites para integrar oficialmente as fileiras do partido.

Unhas e dentes

Postado em 16 de outubro de 2018
Foto: Divulgação

Com a ascensão meteórica do PSL na esfera nacional e, sobretudo, em Santa Catarina, o presidente da legenda em Tijucas, Renato Sartori, vem se armando com “artilharia bolsonariana” contra os atravessadores. Ele revela ao Blog que existem “periquitos” – como são chamados os seguidores do MDB na Capital do Vale – de olho na gerência do partido, e que pretende afastar, de qualquer maneira, todas as intenções escusas de tomada da comissão provisória vigente. “Sou o presidente do PSL em Tijucas, tenho todos os documentos e a confiança da executiva estadual”, garante.

Na foto, de ontem, no debate do SBT entre os candidatos a governador, Sartori se juntou ao presidente estadual do PSL, Lucas Esmeraldino, e ao deputado estadual eleito Felipe Estevão (PSL), para quem pediu votos em Tijucas

No atacado

Postado em 19 de junho de 2018

O chefe do Departamento de Estrada de Rodagem e Transportes, da Secretaria de Obras, Trasportes e Serviços Públicos de Tijucas, Renato Sartori, tomou posse oficialmente, sábado (16), da comissão provisória do PSL em Tijucas. E disse que “é gratificante estar à frente do partido que leva os ideais do deputado federal Jair Messias Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à presidência da República”.

As admissões ao PSL, aliás, foram no atacado. Além da tijuquense, as comissões provisórias de Itapema, Porto Belo e Bombinhas também se instituíram no mesmo evento, no Siframar Platinum, na Meia Praia, na Cidade dos Ultraleves.

Unhas e dentes

Postado em 18 de setembro de 2017
Foto: Divulgação

Existe ou existiu , conforme o blog revelou em fevereiro sob o título “Porta dos fundos“, um movimento para a tomada do PSB em Tijucas. Os trâmites correram nos bastidores, com disputas veladas por território, conquistas de apoios nas esferas superiores, e juntada de documentos para registro do diretório municipal até então, comissão provisória.

Não deixou por menos, porém, o presidente da legenda no município, Fabiano Saramento (D), que articulou a defesa do patrimônio, e, por ora, se mantém no posto. Sábado (16), ele participou do congresso estadual do partido na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina) e voltou com a garantia de que segue firme no comando da agremiação na Capital do Vale.

  • Na foto estão, ainda, o suplente de vereador Paulo “Frango” Cesar Pereira, de Tijucas, e o secretário geral do PSB em Santa Catarina, Cau Harger.

Batom verde

Postado em 24 de março de 2017

Com minúcia e presteza, a vereadora Fernanda Melo vem marcando território no PMDB municipal. São dela os créditos pela organização do PMDB Mulher em Tijucas, que tem posse da comissão provisória agendada para 6 de maio. A deputada estadual Dirce Heiderscheidt e a secretária estadual de Justiça e Cidadania, Ada de Luca, já confirmaram presença no evento que deve, ainda, apresentar cerca de 100 novas seguidoras do partido no município.

Atualmente, o PMDB de Tijucas conta com 917 filiados; e destes, 384 são mulheres. De acordo com a vereadora e futura presidente do núcleo, o movimento tem como meta principal a representação feminina em 50% das fileiras da agremiação. Para tanto, com ela, na diretoria, estarão as assessoras parlamentares Karolina Kruscinski Marcolla e Lays Zimermann, além da servidora pública Elenita Mara Alexandre e da dona de casa Elizandra Weber.

Ninho de tucanos

Postado em 15 de março de 2017

O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no Vale do Rio Tijucas, advogado Sávio da Assunção Milanez, enfim, se rendeu à política. Ele aparece como um dos vogais na comissão provisória do PSDB de Tijucas, recentemente assumida pelo empresário Thiago Peixoto dos Anjos.

Outros vogais são a técnica em enfermagem Adenilza Iolanda Ramos – a Dedê, que concorreu à Câmara Municipal pelo partido em 2016 –, o empresário Antídio Pedro Reis Júnior e o corretor imobiliário Marcio Rosa Filho. A direção do partido é formada, ainda, pelo primeiro secretário Jolzuino de Lorena, popular Boca, e pelo tesoureiro Fábio Coelho.

Mágoa

Postado em 22 de março de 2016

Coordenador regional do DEM, Jones Bosio revela uma profunda mágoa por não ter sido comunicado sobre a recente formação da comissão provisória do partido em Tijucas  composta, fundamentalmente, por assessoras dos vereadores Eder Muraro e José Leal da Silva Júnior, que deixaram as fileiras democratas e assinaram ficha no PSD.

Bosio, a princípio, tem planos de anular essa comissão e reestruturar o DEM da Capital do Vale a partir do zero. Mas não, entretanto, sem ouvir os argumentos de Muraro, a quem dedica grande estima pessoal. Se o vereador puder convencê-lo de que o Democratas, com essa superintendência, seja crucial no processo eleitoral vigente, tudo pode e deve permanecer como está.