domingo, 3 de março de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Data para doar

Postado em 31 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Os dias 28 de novembro, a partir de agora, em Tijucas, serão reconhecidos como uma data para a doação. A Lei que institui o “Dia de Doar”, nº 3.035/2024, sancionada pelo Poder Executivo, foi criada através do Projeto de Lei nº 50/2023, de autoria do vereador Fernando Fagundes (MDB).

A intenção é incentivar, tanto instituições, o próprio poder público e pessoas físicas a praticarem ações e estejam engajados em contribuir com causas, organizações da sociedade civil e moradores de comunidades mais carentes.

Itens como alimentos, roupas, calçados, roupas de cama, mesa e banho, materiais de higiene, brinquedos, materiais escolares, livros, materiais de construção, móveis e decoração, prestação de serviços voluntários e até doação de sangue, plaquetas e medula, serão incentivados no Dia de Doar.

“Fico feliz com essa Lei. É mais um grande incentivo para ajudar a quem precisa. Tijucas mais uma vez dá exemplo quando o assunto é solidariedade”, afirmou, ao Blog, o vereador autor do projeto.

Hora do adeus

Postado em 28 de agosto de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O vice-prefeito Moacir Dalla Brida, de Nova Trento, deixou as fileiras do Partido Liberal nesta segunda-feira (28). O adjunto neotrentino endereçou um ofício ao presidente estadual da legenda e governador do Estado, Jorginho Mello

Com exclusividade, o Blog teve acesso ao documento. Dalla Brida inicia o texto relembrando sua chegada ao “pequeno grupo”, na época, ainda PR. “Militei até os dias atuais, ganhando e perdendo eleições, mas sempre fiel ao partido, às causas e aos ideais republicanos que regem nosso estatuto”, escreveu. 

O neotrentino segue a carta citando os trabalhos prestados ao chefe do Executivo catarinense, quando disputou o Senado, em 2018, e o Governo do Estado, em 2022. “Sinto orgulho de viver esse momento e poder dizer que tenho um governador do meu partido”, afirma. 

Sublinha, ainda, a construção da chapa com o MDB de Tiago Dalsasso, vitoriosa nas eleições municipais de 2020. “Sinto-me com dever cumprido. Honrei meu partido e meu padrinho político, o governador Jorginho Mello”, explica, em relato com traços de emoção. 

Na quinta e última estrofe, Dalla Brida anuncia a despedida do PL. Pondera que esta é uma “decisão que jamais gostaria de tomar”, mas que a toma de “consciência tranquila”. Diz, inclusive, que os movimentos da comissão provisória que assumiu a legenda em Nova Trento pesaram para o adeus. 

“Sou vice-prefeito e a Comissão Provisória que assumiu o partido tem me excluído das reuniões, dos movimentos e tem lançado por conta um candidato a prefeito. Isso me entristece muito, pois sempre penso que o diálogo deve permanecer”, lamenta. 

Futuro

Na mesma carta, Moacir Dalla Brida garante que seu futuro ainda é incerto. “Não sei meu destino político no ano que vem. Desejo sucesso aos que permanecem no PL e torço para que saibam honrar com trabalho o que durante anos conquistamos”, finaliza. 

O Blog apurou que existem conversas, ainda em fases iniciais, com o PSD. A legenda já possui certa aproximação com o governo, o que, em tese, facilitaria o entrosamento. Entretanto, por ora, o adjunto neotrentino deverá continuar sem partido.