domingo, 14 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Novo governador

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O deputado estadual Emerson Stein (MDB), de Porto Belo, acompanhou a transmissão de cargo do governador Jorginho Mello (PL) para o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Mauro de Nadal (MDB).

A passagem do comando do Governo do Estado ocorreu em ato oficial, realizado na Casa d’Agronômica, residência oficial do chefe do Poder Executivo catarinense. Nadal permanecerá no cargo até o próximo domingo (14), enquanto Jorginho Mello estará em viagem a Portugal.

Stein goza de uma relação muito próxima com o governador em exercício e fez questão de parabenizá-lo pela posse. “Desejo muito sucesso ao governador interino Mauro de Nadal. Espero e torço para que o amigo realize um excelente trabalho na gestão do Estado”, escreveu o portobelense.

PL definido

Postado em 5 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Na seara liberalista de Tijucas, os vagões se alinharam nos trilhos. E a locomotiva deve ser, ao que tudo indica, o empresário Thiago Peixoto dos Anjos.

Os últimos dias foram de conversas apuradas, reuniões com a cúpula do PL estadual e ajustes internos. O potencial de votos registrado nas pesquisas, somado ao recall do pleito de 2020, foi determinante para que Peixoto dos Anjos assumisse a condição de alternativa mais viável do partido para a disputa da prefeitura.

O martelo foi batido na noite de ontem. As definições envolvem ainda outra questão: o PL vai concorrer nestas eleições com chapa pura. E a composição do dueto liberalista cabe ao vereador Fernando Fagundes, que assentiu à proposta e deve se candidatar a vice-prefeito.

Acordo progressista

Postado em 3 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas | Arquivo

Martelo batido. Caso o PP tenha candidato a prefeito em São João Batista, o nome do empresário e ex-vereador Fábio Norberto Sturmer, popular Fábio da Ravel, é o que estará na urna.

A questão foi fechada ontem, e precisou que o vereador Mateus Galliani retirasse oficialmente a pré-candidatura. Os progressistas mantiveram conversas constantes por uma semana antes de chegarem ao consenso.

De agora em diante, conforme as deliberações internas, Sturmer se licencia da presidência do PP batistense a fim de tratar exclusivamente da pré-campanha e das particularidades eleitorais. Galliani, o vice-presidente municipal do partido, assume automaticamente o posto.

Com essa definição, o bloco de oposição tem agora três nomes dispostos à disputa majoritária: Fábio da Ravel (PP), Juliano Peixer (UNIÃO) e Felipe Lemos (PL). Destes, dois formam a chapa oposicionista com o aval – por ora – de PSB e PODEMOS e a bênção da principal liderança do grupo, ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos (PP).

Aqui e lá

Postado em 16 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PL), de Tijucas, não tem problema em dizer que leva uma vida de morada dupla. O pré-candidato a prefeito trabalha na Capital do Vale, onde administra três empresas. Entretanto, costuma dormir em Itapema, onde mantém uma residência.

Em tempos de pré-campanha, o fato não fica de lado por opositores e membros de correntes políticas diferentes, claro. Constantemente, sempre que Peixoto dos Anjos é citado, alguém imediatamente pontua: “mas o Thiago mora em Itapema”.

O próprio empresário explicou a questão em recente entrevista ao programa LINHA DE FRENTE e afirmou que apenas dorme na cidade da Costa Esmeralda, para que a esposa fique perto do restaurante que administra. Portanto, todos os dias Peixoto dos Anjos faz o percurso que separa os dois municípios algumas vezes. “São apenas dez minutos”, lembra.

“Tem homens que têm dificuldade em falar isso, mas eu falo. Minha esposa tem a sua empresa, que relativamente é maior que a minha. Então, lá em casa, a renda maior é dela. Então, temos uma casa em Itapema, ao lado do negócio dela. Prefiro eu me deslocar, ir e voltar várias vezes, do que ela”, disse, em meio às gargalhadas.

Thiago Peixoto acredita que a condição não o atrapalharia na administração, caso, evidentemente, seja eleito em outubro. “Não é demérito pra administrar a cidade. Estou todo dia aqui. Tento convencer ela a vir pra cá, mas enquanto o negócio dela for melhor que o meu, vamos ficar dos dois lados”, completou.