terça-feira, 23 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Menos mal

Postado em 9 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Nem tudo são perdas no estratagema do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) para o pleito de outubro. O bálsamo nas escoriações do partido pode ter sido o ingresso do empresário Paulo Sérgio Pinto, popular Galinha, nas fileiras peessedistas nesta janela.

Ele chega para contrapor a filiação do sogro, ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, o Tonho Polícia, ao MDB e para, momentaneamente, reequilibrar Mariano Rocha na corda bamba do PSD catarinense.

Alguns apoiadores do mandatário tijuquense, inclusive, já defendem a hipotética candidatura de Galinha a vice-prefeito, em chapa com o predileto do governo, vereador Maickon Campos Sgrott (PP). “Melhor que a Paulinha (Paula Regina da Silva, secretária de Cultura, recém-filiada ao UNIÃO BRASIL e especulada pré-candidata a vice-prefeita no dueto situacionista), que tem muita rejeição”, comenta um porta-voz de Mariano Rocha ao Blog.

Caso decida apostar no empresário, o prefeito minimizaria, pelo menos por ora, a enxurrada de críticas e cobranças que vem recebendo de correligionários por não ter sustentado uma opção do PSD na construção da chapa governista à sucessão.

Hora do troco

Postado em 4 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Pedra cantada pelo Blog, o ex-vereador e candidato a vice-prefeito vencido em 2012, Antônio Zeferino Amorim, de Tijucas, oficializou a adesão ao MDB, que vem projetando uma retomada da prefeitura após oito anos de gestão cola-branca.

No primeiro contato com a nova militância, ontem, Tonho Polícia não escondeu as mágoas que alimenta desde o fatídico episódio ocorrido em 2016, quando foi preterido pelo então grupo de oposição, que optou pela candidatura de Eloi Mariano Rocha (PSD). O policial militar aposentado classificou o ato como uma “rasteira”.

O movimento teria sido o ponto de partida para a aproximação entre Amorim e o grupo que sempre combateu. “Eu não esqueci, e vocês sabem bem da rasteira que me deram. Acho que chegou a hora de dar o troco”, bradou o ex-vereador, para deleite dos emedebistas.

AVAL FRATERNO

Sabe-se que Tonho é irmão da vereadora Nadir Olindina Amorim (PSD), integrante da bancada governista na Câmara e provável candidata à reeleição. Segundos após a assinatura da ficha de filiação, o ex-parlamentar garantiu ter recebido o apoio familiar. “Falei com minha irmã Nadir, que é do 55, e ela me incentivou a vir para o 15”, revelou.

SOLDADO

Questionado pelo Blog, Amorim afirmou que está à disposição do partido para qualquer missão e, mais precisamente, para qualquer um dos três cargos em disputa: vereador, vice-prefeito e prefeito. “Quero ajudar”, pontuou.

Emedebista no papel

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Em raro registro da campanha eleitoral de 2016, Tonho Polícia conversa ao pé do ouvido do candidato a prefeito Elmis Mannrich.

Se o ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, de Tijucas, dizia aos quatro cantos do município que “não acompanharia o MDB nem que lhe dessem todas as carretas do (saudoso empresário) Arnaldo Peixoto“, a frase já pode ser desconsiderada.

Afinal, Tonho Polícia, como ficou conhecido, deve assinar, nesta quarta-feira (3), a filiação ao Manda Brasa. O convite teria partido do ex-prefeito e presidente municipal do partido Elmis Mannrich, com quem o ex-parlamentar criou muita proximidade nos últimos anos.

Um dos trunfos de Mannrich para confirmar a adesão, segundo fontes do Blog, seria a possibilidade de alçar Tonho à condição de pré-candidato a vice-prefeito. Em linhas gerais, a dupla poderia ser confirmada mesmo muito antes do pleito.

Amorim, genuinamente cola-branca, passou a frequentar os movimentos emebedistas em 2016, quando, nas tratativas pré-eleitorais, foi preterido pelo grupo que, mais tarde, indicaria Eloi Mariano Rocha (PSD) como representante dos opositores nas eleições. Machucado, o ex-vereador se tornou figurinha carimbada nos eventos públicos dos periquitos.

Marcas do passado

Postado em 25 de agosto de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Passados mais de sete anos, o ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, de Tijucas, ainda contesta os números de uma pesquisa, apresentada pelo grupo oposicionista da época, para indicar Eloi Mariano Rocha como candidato a prefeito em 2016.

Naquela feita, Tonho Polícia era apontado como o representante do movimento contrário ao então prefeito Valério Tomazi (MDB). Entretanto, os números do citado levantamento mudaram os planos. Para Amorim, eles não existiam.

“O professor Eloi é um camarada bom, fui vereador com ele muito tempo. Mas ele vinha de uma eleição que não fez nada de voto. E já na próxima eleição, aparece na pesquisa como mais votado. É algo que não condiz com a realidade”, explica.

O candidato a vice-prefeito de 2012 afirmou, ainda, ontem, no programa LINHA DE FRENTE, que “barões” do grupo não aceitavam sua candidatura. Teriam, inclusive, negado aportes financeiros, caso o ex-policial militar fosse o escolhido. “A pesquisa veio só para complementar”, conclui.

Emedebista?

Tonho Polícia garantiu, ainda, que, embora tenha votado em Elmis Mannrich na eleição de 2016, não se tornou emedebista. “Eu continuo sendo PDS, mas nessa turma que está aí não voto. Meu voto foi de protesto. Se o Elmis sair de novo, eu voto. Ou o Zé Bigonha, se fosse vivo, eu também votaria”, afirma.

Humildemente

Postado em 24 de julho de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Irmão do ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, popular Tonho Polícia, e da vereadora Nadir Olindina Amorim (PSD), e crítico contumaz da administração municipal, o empresário Henrique Amorim suplantou as diferenças políticas e eleitorais e, num rompante de despojamento, decidiu gravar uma mensagem de gratidão ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), ao vereador Rudnei de Amorim (PSD) e ao empresário Eliel Hamilton Ventura.

“Apesar de nunca ter apoiado vocês nas eleições, tenho que agradecer e aplaudir”, disse, na gravação.

Henrique, sensibilizado com a situação de uma residência no Timbé, que foi totalmente destelhada na passagem de um ciclone por Santa Catarina, há duas semanas, decidiu reconstruir a casa com recursos próprios. Mas foi ressarcido por Mariano Rocha e Rudnei, que pagaram a despesa do próprio bolso, a pedido de Ventura.

“Havia sete crianças na casa, e a mãe ainda estava grávida. Não sou de cuspir no prato que como, por isso, venho publicamente agradecer ao prefeito, ao vereador e ao Eliel”, finalizou, em áudio que foi disseminado nas redes de conversação on-line da cidade.

Internamente

Postado em 15 de junho de 2016
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Léo Nunes

Enquanto o PSD não oficializa a promulgada aliança com o L.I.M.P.E., o advogado Marcio Rosa e o ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, popular Tonho Polícia, únicos pré-candidatos a prefeito de Tijucas pelo partido, concorrem internamente pela candidatura no pleito majoritário deste ano.

Para quem pergunta, dizem que, antes de tudo, torcem um pelo outro; e aparecem assim, juntos e amistosos, nos eventos sociais das redondezas.

Nova versão

Postado em 11 de março de 2016
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

“Podem me dar todas as carretas do Arnaldo Peixoto que ainda assim eu não vou com o PMDB”, garantiu ao colunista, por telefone, o ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, popular Tonho Polícia (PP), para refutar a nota “Entre eles“, publicada ontem no blog.

Amorim jura que não conversa com o prefeito Valério Tomazi (PMDB) há mais de seis meses.

Bola da vez

Postado em 9 de março de 2016
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nos variados setores da oposição, há uma força-tarefa empenhada na candidatura do ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, o popular Tonho Polícia (PP), à prefeitura de Tijucas nestas eleições.

Pesa em seu favor que ele seja figura simpática às opiniões dos oposicionistas discordantes, traga a experiência da eleição passada na bagagem – quando formou chapa com Adalto Gomes (PT) e teve participação fundamental nos 9.384 votos alcançados pela dupla –, e, acima de tudo, seja representante genuíno da militância cola-branca, que não comemora uma vitória há quase 16 anos no município.