sexta-feira, 13 de dezembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Bancada contrária

Postado em 27 de novembro de 2019
Foto: Divulgação

Entre os vereadores de situação, há uma força-tarefa para impedir que o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) seja escolhido, novamente, para compor chapa com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) no pleito majoritário de 2020. Embora o adjunto tijuquense mantenha o favoritismo, a bancada governista na Câmara, por motivos pessoais e/ou ideológicos, tem maioria contrária ao bis da dupla.

Hoje, a propósito, os parlamentares situacionistas têm reunião com o Conselho — convencionado de empresários e líderes colas-brancas que orientam politicamente a administração municipal —; e devem tratar do assunto.

CONVERSA AFIADA

Presidente do Legislativo, o vereador Vilson Natálio Silvino (PP) é um dos que preferem — ou preferiam — a mudança na chapa governista para 2020. Mas ontem, porém, esteve com Gomes, amistoso e sorridente, na Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos.

Se o tom for suave, hoje, na reunião com o Conselho, imagina-se que o encontro entre o parlamentar progressista e o vice-prefeito tenha sido proveitoso. A foto, aliás, mostra que a harmonia, a diplomacia e a amizade continuam na ordem do dia.

Bastidores da relação

Postado em 10 de outubro de 2019

Há mais mistérios entre o céu e a terra do que a vã filosofia dos homens pode supor. Os comemorados R$ 8,23 milhões que o governo estadual destinou a Tijucas, para asfaltamento da Avenida Beira-Rio, têm algumas particularidades interessantes. E a política, evidentemente, seria a principal.

De acordo com um passarinho incolor — que jura ter ouvido o secretário adjunto da Casa Civil estadual, Matheus Hoffmann Machado, afirmar e confirmar —, a relação entre o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e o PSL vai muito além da diplomacia. Diz a ave sinistra que existe um acordo, alinhado e sublinhado, para que o chefe do Executivo tijuquense concorra à reeleição, em 2020, com o número 17 na urna. Hum…

Laço apertado

Postado em 16 de setembro de 2019
Foto: Divulgação

Os laços entre o empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) e o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) continuam se estreitando. Pretendentes declarados ao pleito majoritário de 2020, eles vêm conversando seguidamente sobre uma possível composição. No fim de semana, a propósito, estiveram juntos no Rancho Rural, no Oliveira, para a celebração da tradicional Semana Farroupilha, e, novamente, trataram das próximas eleições municipais, das conjunturas e das chances de uma terceira via.

Peixoto dos Anjos e Gomes, aliás, têm mais em comum: vêm mantendo relações diplomáticas com todos os partidos e correntes políticas de Tijucas; e já deram a entender que não têm a mínima pressa em descer do muro. As costuras seguem — neste caso, segundo aquele passarinho incolor, bastante adiantadas.

Bom proveito

Postado em 11 de setembro de 2019

Único não cola-branca na mesa de honra da convenção do PP de Tijucas, anteontem, o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) aproveitou estrategicamente os holofotes e matou três coelhos com apenas uma cajadada. Além de ter marcado território no rol de autoridades, usou o discurso para propagandear veladamente o PL — partido que passou a presidir no município — e devolveu a gentileza ao progressista Vilson Natálio Silvino, que prestigiou o encontro dos liberais dias atrás.

Gomes segue entre as opções, claras e manifestas, para a concorrência majoritária de 2020 e vem mantendo postura diplomática com o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), que planeja concorrer à reeleição, e com os diversos partidários do grupo governista.

Nova versão

Postado em 9 de outubro de 2018

É preciso dizer, sobre a nota “Eleição dentro da eleição“, de ontem no Blog, que o ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB) participou do encontro na casa da Família Fagundes – do presidente do MDB em Tijucas, vereador Fernando Fagundes, e do ex-prefeito e ex-deputado estadual Nilton “Gordo” Fagundes – na consumação da derrota de Mauro Mariani (MDB) no primeiro turno da eleição para o governo de Santa Catarina. Portanto, se existe um litígio entre os clãs no seio periquito, a diplomacia e o respeito ainda imperam.

O presidente municipal do MDB garante, ainda, que “não havia champanhe e tampouco festa”, e que o fato narrado ao colunista teria sido criado para “criar intrigas”. Como incitar testilhas nunca foi e jamais será o objetivo do Blog, faça-se valer a verdade.

Torcida à parte

Postado em 23 de outubro de 2017
Foto: Divulgação

Respectivos candidatos a vice-prefeito e prefeito de Tijucas na concorrência majoritária de 2016, Edson Souza e Elmis Mannrich, que defendiam interesses paralelos na convenção municipal do PMDB, mantiveram a diplomacia no retrato para mostrar que, independente do resultado, o partido precisa seguir forte e unido com vistas no pleito municipal de 2020.

“Temos que respeitar as críticas, porque todas têm o objetivo de melhorar cada vez mais o nosso partido no município. Vamos desejar sucesso aos eleitos”, registrou Souza, após a convenção, entre amigos periquitos num grupo de conversação do WhatsApp.

Diplomacia

Postado em 26 de setembro de 2017

Manifestos postulantes à sucessão do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), o secretário municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos e vice-prefeito Adalto Gomes (PT) e o empresário e ex-prefeito Uilson Sgrott (DEM) vêm mantendo uma surpreendente cordialidade. Pelo menos, por enquanto.

Embora digam, convictos, a quem pergunta, que desejam concorrer à prefeitura em 2020 e conheçam as intenções um do outro –, Gomes e Sgrott convivem amistosamente, elogiam-se quando podem e seguem defendendo a mesma bandeira.

Recentemente, o vice-prefeito gravou em vídeo, e disseminou nas redes, um discurso de gratidão ao empresário pelo empréstimo de caçambas da TCA Transportes para a remoção de entulhos nas regiões centrais do município. O ex-mandatário não deixou por menos e fez questão de enaltecer as qualidades do presidente municipal do PT nos rodeios sociais da inauguração da rotatória da Avenida José Manoel Reis, semana passada.

Se as gentilezas e afabilidades continuarão pautando a relação entre eles, apenas o tempo é capaz de dizer. Em alguns meses, quando a lei do “quem pode mais, chora menos” prenunciar a iminência do período eleitoral, as belas e perfumadas flores de hoje podem vir carregadas de perniciosos espinhos.