sábado, 14 de dezembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Bancada contrária

Postado em 27 de novembro de 2019
Foto: Divulgação

Entre os vereadores de situação, há uma força-tarefa para impedir que o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) seja escolhido, novamente, para compor chapa com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) no pleito majoritário de 2020. Embora o adjunto tijuquense mantenha o favoritismo, a bancada governista na Câmara, por motivos pessoais e/ou ideológicos, tem maioria contrária ao bis da dupla.

Hoje, a propósito, os parlamentares situacionistas têm reunião com o Conselho — convencionado de empresários e líderes colas-brancas que orientam politicamente a administração municipal —; e devem tratar do assunto.

CONVERSA AFIADA

Presidente do Legislativo, o vereador Vilson Natálio Silvino (PP) é um dos que preferem — ou preferiam — a mudança na chapa governista para 2020. Mas ontem, porém, esteve com Gomes, amistoso e sorridente, na Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos.

Se o tom for suave, hoje, na reunião com o Conselho, imagina-se que o encontro entre o parlamentar progressista e o vice-prefeito tenha sido proveitoso. A foto, aliás, mostra que a harmonia, a diplomacia e a amizade continuam na ordem do dia.

Chapa pronta

Postado em 22 de novembro de 2019

Vitoriosos juntos em 2016, o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e o vice, Adalto Gomes (PL), puseram as cartas na mesa, segunda-feira (18). Um cara a cara definitivo entre eles tratou de recolocar o trem nos trilhos para a campanha de 2020.

Mariano Rocha e Gomes estavam distantes politicamente. A conversa, porém, reaproximou a dupla e, neste momento, se depender apenas deles, a reedição da chapa na próxima concorrência majoritária de Tijucas está garantida. O chefe do Executivo manifestou o desejo pela manutenção, e o adjunto, que tem um projeto paralelo, cedeu.

Ou vai, ou racha

Postado em 30 de outubro de 2019

Ex-vice-prefeito, investidor e entusiasta da campanha de 2016 em Tijucas, o advogado Roberto Vailati cumpriu reunião com o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), dias atrás, para saber do chefe do Executivo, cara a cara, olho no olho, quais as chances reais de reedição da chapa situacionista com Adalto Gomes (PL) em 2020.

Conselheiro da administração municipal e confrade do adjunto tijuquense, Vailati entende que “seria inteligente manter a unidade do projeto” e pôs o tema às claras com Mariano Rocha. O prefeito, por sua vez, teria revelado que faz o mesmo juízo e afirmado que deseja, por si, repetir a dupla com Gomes nas próximas eleições.

SUPORTE

Recentemente, o Conselho — escrete cola-branca, formado por empresários e líderes da base, que orienta politicamente e sugere ações a Mariano Rocha e à administração municipal — discutiu o assunto e, por maioria, aderiu à reedição da chapa. A matéria deve voltar à pauta nos próximos encontros do grupo.

Vice em pauta

Postado em 23 de outubro de 2019

Nas paragens dos Emirados Árabes Unidos e Europa, onde curte férias, o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) certamente nem imagina, mas tem sido tema frequente das reuniões do Conselho — escrete formado por empresários e lideranças colas-brancas que trama a reeleição do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e orienta a gestão municipal. Dias atrás, a reedição da dupla em 2020 tinha a preferência da grande maioria dos 16 membros do grupo; e as definições ficaram para os próximos encontros, entre novembro e dezembro.

Uma proposta concreta ainda não foi apresentada a Gomes em razão de um fato novo. Discute-se agora, no Conselho, a possibilidade, ora distante — mas muito bem vista —, da candidatura de Mariano Rocha ao parlamento catarinense em 2022. Se a semente germinar, o candidato a vice, no pleito que se avizinha, deve ser um canário legítimo, com plumagem amarelo-ouro e churrio genuíno.

Repeteco

Postado em 1 de fevereiro de 2018

O cartaz é outro, mas o filme é o mesmo. As tramas outrora protagonizadas por Marcio Rosa e Valério Tomazi, e, quatro anos depois, pelo mesmo Tomazi e Elmis Mannrich, que culminaram em rupturas irremediáveis no MDB de Tijucas, podem ter reedição neste quadriênio. Base de sustentação do ex-prefeito e líder mor do partido, a Família Fagundes parece decidida, agora, a apostar num antigo projeto: a candidatura do herdeiro Fernando Fagundes, vereador e presidente municipal do MDB, à prefeitura da Capital do Vale em 2020. E o desconforto tornou-se flagrante para os mais próximos.

Mannrich, segundo fontes precisas do Blog, entende que deva ser, ainda, a única opção de retomada do poder. E a relação com os Fagundes, que sempre esteve em alto gabarito, vem sofrendo desgastes desde que a proposta de candidatura do vereador à chefia do Executivo passou de especulação a planejamento. Pois, então?!

Velha novidade

Postado em 17 de novembro de 2016

Fruto da parceria entre o poder público e a iniciativa privada no início dos anos 1990, a Tijufest – que teve apenas uma edição – permanece saudosa na memória de uma geração inteira na Capital do Vale. Que o digam os fãs de Sandy & Junior e Raça Negra, que lideravam as paradas de sucesso da época e foram atrações principais do evento em Tijucas.

Agora, um grupo de investidores pretende resgatar a festa. Duas produtoras de renome estão entre as interessadas. Os contatos iniciais foram feitos, e, inclusive, escritórios de artistas como Victor & Leo e Maiara & Maraisa receberam sondagens para contratações.

Reedição

Postado em 25 de maio de 2016

Sem pouso nas estâncias do L.I.M.P.E., o presidente do PT municipal, Adalto Gomes – que, segundo pesquisa pré-eleitoral contratada pela coalizão, ostenta 17% das intenções de voto entre o eleitorado de Tijucas –, tem um plano B. Ontem mesmo, a partir da revelação dos números, teria iniciado contato com o ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, o Tonho Polícia (PSD), para, quem sabe, reeditar a chapa oposicionista de 2012. A conversa, desde então, estaria evoluindo.

Ao blog, Gomes diz apenas que “interessa que as oposições estejam unidas no processo”. Pois, então?!