domingo, 3 de março de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Janela trancada

Postado em 21 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O diretório municipal do MDB se reuniu ontem à noite para expectar as eleições de outubro. Mas sem qualquer definição sobre candidaturas, entretanto.

Deliberou-se, por ora, que o partido segue com duas postulações ao cargo máximo do município: a do presidente local e ex-prefeito Elmis Mannrich e a do vereador Fernando Fagundes. O também ex-prefeito Valério Tomazi, que havia se disposto à concorrência majoritária, resolveu ficar de sobreaviso, apenas para uma eventualidade.

De acordo com um dos presentes, a pauta foi direcionada à unidade da legenda e ao cumprimento dos protocolos, especialmente o respeito à escolha do candidato a prefeito. “Ainda não temos uma decisão, e nem definimos os critérios que serão adotados. Mas nos comprometemos, em absoluto respeito aos filiados, que ninguém deixaria o MDB na próxima janela partidária (que se abre em 7 de março)”, contou, exclusivamente ao Blog, um participante do ato.

O tema foi priorizado, evidentemente, em razão dos rumores que ligam Fagundes ao PL.

Estreia prevista

Postado em 14 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Resenha PB

O cientista político Jackson Dirceu Laurindo pôs lenha na fogueira ao declarar, em postagem nas redes sociais, que estaria considerando mudar de ramo em 2024. A publicação se juntou às especulações, de que ele teria a intenção, cada vez mais evidente, de concorrer nas eleições municipais de São João Batista.

Nos bastidores da política batistense, garante-se que Laurindo teria um pré-acordo com o ex-prefeito e atual deputado estadual Daniel Netto Cândido (PODE) para a formação de uma chapa.

Casado com a presidente da Fumtur (Fundação Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico) de Porto Belo, Zenelise Drodowski, atento ao cenário e com excelente currículo, o especialista em Relações Institucionais e Governamentais revela, com exclusividade ao Blog, que “teria interesse em ingressar na vida pública, a depender da conjuntura” e confirma que tem “conversado com Cândido sobre o futuro de São João Batista”.

Compromisso rompido

Postado em 8 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A coalizão PSD/PL em Tijucas, costurada engenhosamente pelo vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) – e depois, com autoria despojada para o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) –, quebrou na emenda.

A regência municipal do partido do governador Jorginho Mello cansou de esperar. Mariano Rocha, por acordo, entraria com a indicação do representante do grupo na concorrência majoritária de outubro para que o PL definisse o complemento da chapa. Mas a procrastinação do chefe do Executivo tijuquense acabou irritando os liberalistas – que argumentaram pressa na resolução de estratégias para o pleito, como, especialmente, a formação de uma nominata consistente de postulantes à Câmara Municipal.

Como contragolpe, e para mostrar descontentamento com a violação do tratado, a representação do PL local se reuniu ontem com a cúpula estadual do partido e definiu que deve concorrer à prefeitura de Tijucas nestas eleições. Há, entretanto, impasse na decisão entre o empresário Thiago Peixoto dos Anjos, segundo colocado no pleito de 2020, que chegou à legenda em dezembro, e o vereador Fernando Fagundes, que continua no MDB, mas com promessa de assinar filiação na janela de março.

EM CIMA DO MURO

Conforme noticiado anteriormente no Blog, a indecisão do prefeito sobre o candidato governista na concorrência majoritária tem frustrado, inclusive, apoiadores da gestão.

Seguidas reuniões do grupo, a propósito, têm sido realizadas sem a presença de Mariano Rocha para debater o assunto. Conselheiros da administração municipal, nestes encontros, teriam elencado prejuízos que a postergação das definições pudesse causar. E um deles seria o afastamento do PL, que vem se confirmando.

MEDIDA DESESPERADA

O prefeito tem encontro às pressas, hoje, com o braço direito do governador Jorginho Mello e presidente do PL em Florianópolis, Heleno Orlandino, para tentar minimizar os danos.

O proponente da reunião teria sido o deputado federal Darci de Matos (PSD), que deve participar das negociações. Entre eles, deve estar, ainda, o vereador Rudnei de Amorim, talvez a indicação de ordem de Mariano Rocha no ensaio de uma retomada da conjuntura.

Transferência

Postado em 6 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Câmara de SJB

O vereador Gustavo Grimm (CIDA), membro do movimento apelidado de “Centrinho”, anunciou, ontem, durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores batistense, que pretende se filiar ao Partido Liberal (PL), em março, durante a janela de transferências partidárias.

“Quero anunciar minha ida ao PL. Sou um cristão de direita, que acredita sim nestes princípios. Quero fazer parte deste grupo. Conversei com o Novo, mas, sozinho, não construímos nada. Esse grupo não busca nada pessoal, mas sim coletivo. Nosso propósito é São João Batista”, afirmou.

Grimm aproveitou a oportunidade para lançar oficialmente a sua pré-candidatura a prefeito. “Me lanço como pré-candidato a prefeito, concorrendo junto com o Felipe Lemos. É o povo, através a pesquisa, que vai decidir isso. Lá, ninguém é maior que ninguém”, completa.

EXPECTATIVA

Os Liberais batistenses, ainda, trabalham para agregar outros dois vereadores e membros do “Centrinho”: Elisandro dos Santos (PP) e Mário Antônio Garcia Teixeira (UNIÃO). As conversas, segundo fontes do Blog, já estariam bastante adiantadas e a oficialização pode ocorrer em breve.

Espontaneamente

Postado em 22 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Câmara de Canelinha

Sempre que a disputa política de Canelinha entra na reta final, um nome em especial passa a ser frequente nas rodas de especulação da cidade: o do radialista José Carlos Trindade, popular Carlinhos, marido da vereadora Neli Ferreira (MDB).

Embora jamais tenha participado efetivamente de uma concorrência majoritária, o locutor da Canelinha FM tem status de liderança no MDB e ostenta popularidade e prestígio social, o que, para alguns entusiastas da proposta, seriam requisitos capazes de intensificar as chances de vitória no pleito. E quando uma possibilidade passa a ser oportunidade, cria-se a expectativa.

Consultado pelo Blog, entretanto, Trindade não confirma qualquer intenção de concorrer à prefeitura, mas revela que tem recebido investidas. “Meu nome aparece na pesquisa espontânea, fruto do meu trabalho, e isso faz com que as pessoas me questionem sobre uma candidatura. Ainda acho que minha mulher, Neli, atuante na política há muitos anos, tem mais argumentos para ser prefeita”, diz.

CHOQUE INTERNO

Caso decidisse assumir esse desafio, Carlinhos teria um lide a tratar: a união do MDB local e os conflitos com o ex-prefeito Moacir Montibeler, nome de comando na legenda e com quem ele e a mulher atualmente não comungam. “Embora sejamos MDB, o partido, em Canelinha, tem dono. E com isso não concordamos”, conta, antes de dizer que “não existe, atualmente, qualquer relação” entre eles e o ex-mandatário canelinhense.

LIVRE E LEVE

Sobre a cena atual e as possibilidades para o pleito de outubro, Trindade usa os argumentos da esposa e garante que não teria dificuldades de “construir pontes” com adversários de outrora. “Tenho ótima relação com o atual prefeito (Diogo Francisco Alves Maciel (PL)), e o vereador Robinson (Carvalho Lima (PP), principal liderança de oposição na Câmara) é meu amigo e frequenta a minha casa”, garante.

Exclusivamente, o radialista revelou que, inclusive, já teria conversado com Carvalho Lima acerca de um projeto para as próximas eleições.

A postos

Postado em 17 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Os encontros entre o empresário Laudir “Alemão” Kammer e o ex-vereador Leoncio Paulo Cypriani têm sido cada vez mais frequentes. Entre um brinde e outro, a política de São João Batista se destrincha.

Sempre que as eleições se aproximam, Kammer passa a receber convites e investidas para a disputa da prefeitura. E nunca escondeu que gostaria de viver essa experiência. A candidatura de 2012, interrompida na véspera do pleito, quando os prognósticos anunciavam a vitória, permeia a roda de discussões toda vez que a possibilidade ressurge.

Cypriani, o mais votado da história da região para o Legislativo municipal – em 2016, com 1.516 votos – cumpre expediente na prefeitura de Nova Trento, como assessor jurídico do gabinete do prefeito Tiago Dalsasso (MDB), mas também poderia concorrer ao paço batistense.

Quem frequenta o mesmo ambiente, garante: “estão alinhados, e a possibilidade de participação direta de ambos no pleito de 2024 é muito grande”. Pois então?!

Posição firme

Postado em 17 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

“Não existe a mínima possibilidade de recuar”, responde o ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), de Tijucas, quando perguntado se continua inclinado a concorrer no pleito majoritário deste ano. Ele afirma que segue monitorando o cenário eleitoral do município e que teria, segundo as pesquisas, as maiores chances de conquista da prefeitura no partido.

“O candidato deve ser quem tem mais densidade eleitoral, independentemente do nome. Não vamos jogar uma pelada de fim de semana. A coisa é séria”, alerta o ex-mandatário tijuquense sobre a propalada concorrência interna, especialmente com o vereador Fernando Fagundes (MDB), que também se coloca à disposição da legenda para a disputa da prefeitura. O ex-prefeito Valério Tomazi (MDB) ainda seria uma alternativa.

Mannrich, entretanto, considera que a caminhada seria dificultada caso a oposição se divida – em clara alusão à postura do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PL), segundo colocado no pleito de 2020, que, neste momento, estaria mais próximo do vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) e de um acordo com o grupo governista. “Precisamos estar juntos, porque as pesquisas mostram que nosso projeto vem crescendo e se consolidando”, diz.

Fumaça branca

Postado em 15 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O favoritismo claro do vereador e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Rudnei de Amorim (PSD), na concorrência pela presidência do Poder Legislativo municipal, confirmou-se durante a sessão ordinária da Câmara, nesta quinta-feira (15).

Amorim foi eleito por unanimidade e recebeu votos favoráveis de todos os nove colegas presentes no plenário. Além dele, o atual presidente, Maurício Poli (PSB), também recebeu o sufrágio dos demais vereadores e foi eleito para a vice-presidência.

Naturalmente, Nadir Olindina Amorim (PSD) e Maickon Campos Sgrott (PP), foram eleitos, com tranquilidade, os 1º e 2º secretários, respectivamente, compondo a mesa diretora da Câmara para 2024.

AUSÊNCIAS

Chamou a atenção, entretanto, as ausências dos vereadores de inclinação oposicionista. Claudio Eduardo de Souza (PDT) justificou a falta devido a um problema de saúde familiar, enquanto Esaú Bayer (MDB), Fernando Fagundes (MDB) e Erivelto Leal dos Santos (PDT) alegaram compromissos pessoais.

Patriota raiz 

Postado em 4 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O ex-vereador e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Sidney Machado, o Ney da Tijusat, confia que o envolvimento ideológico com as pautas defendidas pelo PL nacional podem alavancar o seu nome para representar o partido nas eleições do ano que vem.

Em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, na última quinta-feira (30), o empresário afirmou que, embora os liberais trabalhem com outros nomes para o pleito, a vaga deveria ser dele, por reconhecimento aos apoios irrestritos.

“Pela minha caminhada e defesa das bandeiras. Desde a minha ida ao PL, não tive opiniões diferentes. Sou taxativo no que acredito e vou até o final. Não é poder pelo poder. Quero entrar, com apoio do partido, e fazer diferente. Por merecimento. Por vestir a camisa e estar junto”, explicou.

CONCORRÊNCIA

A disputa eleitoral, aliás, já começou dentro do próprio PL de Tijucas. O empresário não poupou críticas, inclusive, a outro pré-candidato do partido, Thiago Peixoto dos Anjos. “Estamos no mesmo partido, mas somos concorrentes. Hoje disputou com ele dentro do partido”, bradou.

“Posso disputar com o Coisa Querida [Sérgio Fernandes Cardoso, prefeito em exercício], que já esteve em Florianópolis conversando com o Seu Heleno [Orlandino Martins, assessor do governador Jorginho Mello], posso disputar com o Fernando [Fagundes, vereador de Tijucas]… Isso não é uma disputa? Então toda disputa tem concorrência”, completou Machado

Pré-candidato

Postado em 30 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O único vereador de inclinação oposicionista eleito em Itapema, no pleito de 2020, pretende um vôo maior em 2024. Adriano Pivotto (PODE), que concorreu à Câmara Federal no ano passado, pretende disputar a prefeitura do maior município da Costa Esmeralda.

A posição é clara e o projeto só será alterado se os números das pesquisas pré-eleitorais apontarem a inviabilidade e/ou o grupo de sustentação indicar outro caminho. Caso contrário, Pivotto pretende disputar a concorrência majoritária.

As pesquisas, aliás, são feitas sistematicamente. Em entrevista ao LINHA DE FRENTE, na última quinta-feira (26), o parlamentar revelou que os resultados são positivos. “Eu trabalho com números. Eu não lançaria uma pré-candidatura se não os acompanhasse e não estivessem bons. E nós estamos com números muito bons. Está me surpreendendo e isso nos deixa mais fortes para buscar os objetivos”, afirmou.

NA CABEÇA

Pivotto pretende, neste momento, concorrer a prefeito. Entretanto, garante que está disposto, também, a compor chapa como vice-prefeito. “O grande objetivo é a prefeitura e mudar o modelo político de Itapema hoje. Tirar essa política enraizada e trazer um novo modelo de gestão. Itapema necessita de um novo grupo, novas pessoas pensantes. Sair de uma administração amadora pra uma administração mais profissionalizada”, explica.