sexta-feira, 13 de maio de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Ao trabalho

Postado em 12 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Conforme antecipado no Blog, a ex-vereadora Elizabete Mianes da Silva ingressou, neste ano, na direção geral da Câmara Municipal de Tijucas com aval do presidente, vereador Maickon Campos Sgrott (PP). E, anuentes, já definiram prioridades para a gestão da Casa do Povo.

Uma reforma nos fundos da sede do Legislativo tijuquense — onde se acumula a maior parte da história do parlamento em registros, ofícios e certidões — está nos planos. O local, dos mais importantes da Casa, está, segundo a direção, “em estado precário”. Passam, ainda, nas intenções da presidência, a digitalização integral de todos os documentos da Câmara e a revisão e readequação do Regimento Interno.

Sgrott, que iniciou o ano na Câmara e viajou em seguida, se reapresenta ao trabalho na próxima segunda-feira (17), mas a diretora, já estabelecida, cumpre expediente no cargo desde que foi nomeada.

Números à mostra

Postado em 27 de setembro de 2019
  •  
  •  
  • 42
  •  
  •  

O vice-prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) reuniu amigos, correligionários e curiosos, ontem, para divulgar os resultados de uma pesquisa pré-eleitoral para a concorrência majoritária de 2020 em São João Batista. Pré-candidato ao cargo máximo do município, ele, evidentemente — caso contrário, não teria publicizado o fato —, aparece com larga vantagem sobre o segundo colocado. No levantamento contratado, Pedroca teria 39% das intenções voto; enquanto o empresário Almir Manoel Atanázio dos Santos (PP), presidente do SincaSJB (Sindicato das Indústrias de Calçados de São João Batista) e conjecturado postulante à prefeitura, somaria 11% da preferência do eleitorado.

Outros nomes na pesquisa estimulada teriam sido, sequencialmente classificados, os dos vereadores Rúbia Tamanini Duarte (PSD), com 8%; Leôncio Cypriani (MDB), com 7%; Heriberto Eurides “Betinho” de Souza (CIDA), com 6%; e o presidente da Câmara, Eder Vargas (MDB), com 3%.

TRANSFERÊNCIA

Um dado, aliás, chamou a atenção. O instituto pesquisador, que monitora a cena em todo o território catarinense, revelou que o prefeito Daniel Netto Cândido (PSD) seria capaz de transferir 46% do eleitorado, por indicação, para o sucessor. O índice foi considerado excepcional e jamais registrado em Santa Catarina.

Diplomacia

Postado em 26 de setembro de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Manifestos postulantes à sucessão do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), o secretário municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos e vice-prefeito Adalto Gomes (PT) e o empresário e ex-prefeito Uilson Sgrott (DEM) vêm mantendo uma surpreendente cordialidade. Pelo menos, por enquanto.

Embora digam, convictos, a quem pergunta, que desejam concorrer à prefeitura em 2020 e conheçam as intenções um do outro –, Gomes e Sgrott convivem amistosamente, elogiam-se quando podem e seguem defendendo a mesma bandeira.

Recentemente, o vice-prefeito gravou em vídeo, e disseminou nas redes, um discurso de gratidão ao empresário pelo empréstimo de caçambas da TCA Transportes para a remoção de entulhos nas regiões centrais do município. O ex-mandatário não deixou por menos e fez questão de enaltecer as qualidades do presidente municipal do PT nos rodeios sociais da inauguração da rotatória da Avenida José Manoel Reis, semana passada.

Se as gentilezas e afabilidades continuarão pautando a relação entre eles, apenas o tempo é capaz de dizer. Em alguns meses, quando a lei do “quem pode mais, chora menos” prenunciar a iminência do período eleitoral, as belas e perfumadas flores de hoje podem vir carregadas de perniciosos espinhos.