quarta-feira, 19 de junho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Data para doar

Postado em 31 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Os dias 28 de novembro, a partir de agora, em Tijucas, serão reconhecidos como uma data para a doação. A Lei que institui o “Dia de Doar”, nº 3.035/2024, sancionada pelo Poder Executivo, foi criada através do Projeto de Lei nº 50/2023, de autoria do vereador Fernando Fagundes (MDB).

A intenção é incentivar, tanto instituições, o próprio poder público e pessoas físicas a praticarem ações e estejam engajados em contribuir com causas, organizações da sociedade civil e moradores de comunidades mais carentes.

Itens como alimentos, roupas, calçados, roupas de cama, mesa e banho, materiais de higiene, brinquedos, materiais escolares, livros, materiais de construção, móveis e decoração, prestação de serviços voluntários e até doação de sangue, plaquetas e medula, serão incentivados no Dia de Doar.

“Fico feliz com essa Lei. É mais um grande incentivo para ajudar a quem precisa. Tijucas mais uma vez dá exemplo quando o assunto é solidariedade”, afirmou, ao Blog, o vereador autor do projeto.

Legado eterno

Postado em 20 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas | Arquivo Pessoal

O legado do saudoso ex-vereador de Tijucas, Edson José Souza, falecido em agosto deste ano, ficará eternizado no Legislativo municipal. Os feitos são tantos que, a partir de agora, o prédio da Câmara de Vereadores será chamado de “Casa do Povo Vereador Edson Souza”.

A proposta apresentada pelo vereador Fernando Fagundes (MDB) foi aprovada no parlamento e a Lei sancionada pelo prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD). Em até 30 dias, uma placa com o nome do ex-parlamentar deverá ser instalada na repartição pública.

Edson Souza disputou e venceu todas as seis eleições ao Legislativo, prestando, ao todo, quase 23 anos de serviços à Câmara. Além disso, participou de todas as Comissões Técnicas e presidiu a casa em três oportunidades: 2005, 2008 e 2010.

Aprovado

Postado em 11 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Câmara de Vereadores de Tijucas

O vereador e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Rudnei de Amorim (PSD), defendeu exaustivamente e celebrou a aprovação do projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo municipal a captar empréstimos, com valores destinados para obras de infraestrutura e saneamento.

Os dois PL’s, somados, permitem a adesão de crédito em até R$ 45 milhões. O parlamentar entende que o valor vai contribuir para o “progresso e desenvolvimento” do município. Além disso, justificou que a captação do recurso é fruto do “saneamento” das dívidas públicas.

“O mais difícil foi feito: sanear a prefeitura, para que os bancos queiram emprestar pra nós. Agora, podemos captar e não vamos porque a Câmara não aprova? Realmente, serão obras impactantes e que farão mudanças na nossa cidade”, defendeu Amorim.

Resultado positivo

Postado em 30 de setembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

A recente aprovação do projeto do Marco Temporal, no Senado Federal, foi bastante celebrado pelo deputado estadual Altair Silva (Progressistas). O parlamentar, natural de Major Gercino, acompanhou atentamente à votação e comemorou o resultado favorável às demarcações de terras indígenas.

Silva, que ocupa a presidência da Comissão de Agricultura na Assembleia Legislativa e é defensor convicto do agronegócio, acredita que o projeto, caso se torne Lei, dará segurança jurídica e de direito de prioridade aos produtores rurais de todo o Brasil.

O deputado ainda frisou a importância de reconhecer as comunidades indígenas, que necessitam e reivindicam por políticas públicas, sobretudo na área da saúde. “Foi uma luta, um trabalho árduo, mas que venceu o direito à propriedade, à trabalhar e ao reconhecimento de comunidades indígenas”, celebrou.

Sonho possível

Postado em 5 de setembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, encaminhou ao Poder Legislativo, dias atrás, o projeto de lei para implantação de blocos de apartamentos do programa Minha Casa Minha Vida – Entidades, em parceria com o Governo Federal. O PL já foi aprovado e sancionado, ontem, pelo mandatário tijuquense.

A partir de agora, o Executivo está autorizado a promover a medida, que beneficiará dezenas de famílias carentes, com rendimentos estipulados em duas diferentes faixas. O projeto será voltado, ainda, para quem reside na Capital do Vale há pelo menos três anos.

A obra deve ser realizada na lateral do Condomínio Chê Guevara, no encontro da Rua do Governo com a Avenida José Manoel Reis, no Centro. “Já temos 200 unidades aprovadas para dois programas. Será um grande auxílio para nossa comunidade carente, que sonha com uma casa própria”, celebrou Mariano Rocha.

Reajuste do magistério

Postado em 21 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um grupo de professores — e, inclusive, ex-professores — de Tijucas vem reivindicando sistematicamente um reajuste salarial de 33,24% para a classe, conforme o piso nacional. E os protestos ecoam na classe política, com manifestações efusivas de opositores do governo. Um dos críticos mais veementes tem sido o vereador Cláudio Eduardo de Souza (PDT), que protocolou ofício na Câmara para exigir a correção salarial do magistério, e, hoje, no calor das discussões, publicou texto nas redes sociais em que pergunta, em letras garrafais, “cadê o reajuste dos professores?”.

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), que é professor, ainda não se pronunciou sobre o assunto. Mas a comunicação da prefeitura emitiu nota oficial em que esclarece a questão. No comunicado, o município diz que “aguarda a regulamentação da matéria por intermédio de uma lei específica a ser aprovada no Congresso Nacional” e que, “de acordo com nota técnica da Associação dos Municípios da Grande Florianópolis, emitida dia 12, ‘até que a lei venha a ser editada, entende-se não haver critério válido para amparar a atualização ao piso salarial nacional dos profissionais do magistério'”.

Enquanto isso, como forma de amenizar a situação, o Executivo apresentou projeto de lei à Câmara Municipal para que os 8% de reajuste concedido aos servidores municipais seja, também, outorgado aos professores da rede.

Som do mar

Postado em 13 de outubro de 2021
  •  
  •  
  • 5
  •  
  •  

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Itapema aprovou uma lei que proíbe caixas de som e alto-falantes de qualquer tamanho em toda a orla da cidade. Quem descumprir a ordem está sujeito a multa de até R$ 700, além da apreensão do equipamento. A regra vale também para parques lineares e ruas que dão acesso à praia. A mesma regulamentação impede, ainda, a instalação e o uso de churrasqueiras na faixa de areia, sob as mesmas penalidades.

O projeto foi enviado pelo Executivo, em regime de urgência, na semana passada; e o texto aprovado altera o Código de Posturas do município. Na justificativa, a prefeita Nilza Simas (PSD) diz que equipamentos portáteis levaram a um “excesso de ruído” nos espaços públicos da cidade, com uso abusivo do som. “A poluição sonora afeta a saúde, a tranquilidade e o sossego dos demais usuários de nossas praias e ambientes naturais”, conclui.

Título indesejado

Postado em 13 de setembro de 2021
  •  
  •  
  • 30
  •  
  •  

Itapema não quis mais ser chamada de Capital Catarinense dos Ultraleves. Em maio, a Câmara Municipal pediu à Assembleia Legislativa do Estado para que o título fosse revogado. O manifesto foi do vereador Leonardo Arlindo Cordeiro (MDB), com a justificativa de que o município não sedia eventos relacionados aos ultraleves desde 2009 e não deveria ser associado à prática de forma direta. Ele pontuou, ainda, em tribuna, que a cidade “poderia ser capital de coisas bem mais importantes neste momento”. O requerimento recebeu subscrição de todos os demais parlamentares.

Em julho, entretanto, o Legislativo estadual acatou e aprovou a solicitação. A autoria do projeto de Lei, com base no pedido da Câmara itapemense, foi do deputado Milton Hobus (PSD), com relatoria do deputado Valdir Cobalchini (MDB). O governador Carlos Moisés da Silva (PSL) sancionou  a revogação do título de Capital Catarinense dos Ultraleves para Itapema no início deste mês.

Direito à propriedade

Postado em 31 de agosto de 2021
  •  
  •  
  • 25
  •  
  •  

Com projeto de Lei protocolado na Câmara, o vereador Cláudio Eduardo de Souza (PDT) sugere que terrenos particulares baldios em Tijucas sejam transformados em hortas comunitárias. De acordo com o texto, a medida promoveria o aproveitamento de áreas ociosas e garantiria a limpeza desses espaços, muitas vezes tomados por mato ou lixo e motivos de problemas recorrentes para moradores e Poder Público. A proposta está sob análise das comissões do Legislativo.

Para o técnico em topografia Abel Calixto Cardoso, servidor efetivo do município, porém, o projeto não tem amparo legal. “Há conflito com o direito à propriedade, uma vez que quem ocupa um lote pode ingressar com pedido de direito possessório”, escreveu o funcionário público em um grupo de conversação online. Ele prevê, ainda, que dificilmente alguém concordaria com a cessão do imóvel para usufruto de terceiros sob o risco de perder o direito de propriedade.

Festa silenciosa

Postado em 14 de julho de 2021
  •  
  •  
  • 18
  •  
  •  

A não ser que haja autorização prévia do Corpo de Bombeiros, ninguém pode queimar fogos de artifício em Bombinhas. E, se houver permissão, ainda assim estão proibidos os fogos com estampido ou de efeito sonoro ruidoso. É o que determina a Lei Parlamentar 0023/2021, aprovada na Câmara Municipal e à espera da sanção do prefeito Paulo Henrique Dalago Müller (DEM).

O objetivo da regulamentação é o respeito aos mais sensíveis ao barulho: doentes, portadores de autismo, crianças e animais. A proibição é imposta a qualquer natureza de evento na cidade.