domingo, 3 de março de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Janela trancada

Postado em 21 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O diretório municipal do MDB se reuniu ontem à noite para expectar as eleições de outubro. Mas sem qualquer definição sobre candidaturas, entretanto.

Deliberou-se, por ora, que o partido segue com duas postulações ao cargo máximo do município: a do presidente local e ex-prefeito Elmis Mannrich e a do vereador Fernando Fagundes. O também ex-prefeito Valério Tomazi, que havia se disposto à concorrência majoritária, resolveu ficar de sobreaviso, apenas para uma eventualidade.

De acordo com um dos presentes, a pauta foi direcionada à unidade da legenda e ao cumprimento dos protocolos, especialmente o respeito à escolha do candidato a prefeito. “Ainda não temos uma decisão, e nem definimos os critérios que serão adotados. Mas nos comprometemos, em absoluto respeito aos filiados, que ninguém deixaria o MDB na próxima janela partidária (que se abre em 7 de março)”, contou, exclusivamente ao Blog, um participante do ato.

O tema foi priorizado, evidentemente, em razão dos rumores que ligam Fagundes ao PL.

Transferência

Postado em 6 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Câmara de SJB

O vereador Gustavo Grimm (CIDA), membro do movimento apelidado de “Centrinho”, anunciou, ontem, durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores batistense, que pretende se filiar ao Partido Liberal (PL), em março, durante a janela de transferências partidárias.

“Quero anunciar minha ida ao PL. Sou um cristão de direita, que acredita sim nestes princípios. Quero fazer parte deste grupo. Conversei com o Novo, mas, sozinho, não construímos nada. Esse grupo não busca nada pessoal, mas sim coletivo. Nosso propósito é São João Batista”, afirmou.

Grimm aproveitou a oportunidade para lançar oficialmente a sua pré-candidatura a prefeito. “Me lanço como pré-candidato a prefeito, concorrendo junto com o Felipe Lemos. É o povo, através a pesquisa, que vai decidir isso. Lá, ninguém é maior que ninguém”, completa.

EXPECTATIVA

Os Liberais batistenses, ainda, trabalham para agregar outros dois vereadores e membros do “Centrinho”: Elisandro dos Santos (PP) e Mário Antônio Garcia Teixeira (UNIÃO). As conversas, segundo fontes do Blog, já estariam bastante adiantadas e a oficialização pode ocorrer em breve.

União PSD

Postado em 24 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Embora disputem o direito de representar o grupo governista no pleito de outubro, os dois pré-candidatos do PSD à prefeitura de Tijucas, Sérgio “Coisa Querida” Cardoso e Rudnei de Amorim, optaram por, até aqui, manter a cordialidade e respeito no duelo.

O vice-prefeito e o vereador, naturalmente, mantém atividades paralelas e apresentam seus predicados. Mas, segundo fontes do Blog, ambos preferem deixar qualquer diferença de lado e zelar pela unidade do “time” construído ao longo dos últimos anos.

A dupla defende que o grupo precisa trabalhar em uma única direção, para que consiga a sucessão do governo de Eloi Mariano Rocha. A expectativa, ainda, é de que o preterido, independentemente de quem seja, mantenha-se ativo na campanha.

Uma pesquisa de intenção de votos, inclusive, foi contratada e deve ser aplicada ainda neste mês. O intuito é identificar, justamente, quem se apresenta como opção mais viável para o pleito que se avizinha.

Espontaneamente

Postado em 22 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Câmara de Canelinha

Sempre que a disputa política de Canelinha entra na reta final, um nome em especial passa a ser frequente nas rodas de especulação da cidade: o do radialista José Carlos Trindade, popular Carlinhos, marido da vereadora Neli Ferreira (MDB).

Embora jamais tenha participado efetivamente de uma concorrência majoritária, o locutor da Canelinha FM tem status de liderança no MDB e ostenta popularidade e prestígio social, o que, para alguns entusiastas da proposta, seriam requisitos capazes de intensificar as chances de vitória no pleito. E quando uma possibilidade passa a ser oportunidade, cria-se a expectativa.

Consultado pelo Blog, entretanto, Trindade não confirma qualquer intenção de concorrer à prefeitura, mas revela que tem recebido investidas. “Meu nome aparece na pesquisa espontânea, fruto do meu trabalho, e isso faz com que as pessoas me questionem sobre uma candidatura. Ainda acho que minha mulher, Neli, atuante na política há muitos anos, tem mais argumentos para ser prefeita”, diz.

CHOQUE INTERNO

Caso decidisse assumir esse desafio, Carlinhos teria um lide a tratar: a união do MDB local e os conflitos com o ex-prefeito Moacir Montibeler, nome de comando na legenda e com quem ele e a mulher atualmente não comungam. “Embora sejamos MDB, o partido, em Canelinha, tem dono. E com isso não concordamos”, conta, antes de dizer que “não existe, atualmente, qualquer relação” entre eles e o ex-mandatário canelinhense.

LIVRE E LEVE

Sobre a cena atual e as possibilidades para o pleito de outubro, Trindade usa os argumentos da esposa e garante que não teria dificuldades de “construir pontes” com adversários de outrora. “Tenho ótima relação com o atual prefeito (Diogo Francisco Alves Maciel (PL)), e o vereador Robinson (Carvalho Lima (PP), principal liderança de oposição na Câmara) é meu amigo e frequenta a minha casa”, garante.

Exclusivamente, o radialista revelou que, inclusive, já teria conversado com Carvalho Lima acerca de um projeto para as próximas eleições.

Na bronca

Postado em 23 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), de Canelinha, usou as redes sociais para lamentar a ausência da Terra das Cerâmicas na lista de cidades catarinenses beneficiadas com imóveis da Faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

A listagem, divulgada hoje (23), confirmou que 11 municípios serão contemplados, entre eles, Tijucas e Itapema. Havia, entretanto, a expectativa de que os canelinhenses estivessem no grupo, com a possibilidade da construção de 48 apartamentos.

Contudo, o Projeto de Lei, de autoria do Executivo, que autorizava a doação do terreno para a Caixa Econômica Federal, onde seriam erguidos os imóveis, não foi votado pelo Poder Legislativo dentro do prazo para adesão. Assim, Canelinha não foi contemplada.

“Canelinha ficou de fora por pura politicagem. Deixaram de votar o projeto que conquistaria 48 apartamentos para famílias canelinhenses. Uma triste semana para todos nós”, bradou Alves Maciel.

Aproximação 

Postado em 28 de setembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A possibilidade de garantir a instalação de um Instituto Federal de Educação, em Tijucas, vem animando o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD). O mandatário tijuquense, inclusive, esteve reunido remotamente, nesta semana, com o deputado federal Pedro Uczai (PT), um dos entusiastas do projeto. 

O parlamentar, segundo fontes do Blog, teria se aproximado do prefeito durante uma audiência pública, em março deste ano. Da conversa, classificada por Mariano Rocha como “dia iluminado”, saíram os projetos do Instituto e de moradias populares. 

Do gabinete do prefeito, membros do alto escalão da administração tijuquense, lideranças do PT de Tijucas e outros servidores – que integram a comissão municipal para tratar do tema -, participaram da conversa. “Seguimos com expectativa de ter essa grande instituição em nossa cidade”, disse o mandatário. 

Planos frustrados

Postado em 18 de maio de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Correio SC

A vice-presidência do PSB em Santa Catarina, somada à candidatura a deputado estadual nas eleições de 2022, a defesa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na região e, especialmente, a relação estreita com o ministro de Portos e Aeroportos do governo federal, Márcio França (PSB), eram uma clareira no futuro do ex-prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos (PSB).

O gancheiro, inclusive, de acordo com precisas informações de bastidores, tinha cotação máxima para a superintendência do Porto de Itajaí.

Especula-se, entretanto, que a operação “Midas dos Ganchos”, deflagrada em fevereiro pela Deic (Diretoria Estadual de Investigações Criminais) e pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), tenha arruinado qualquer expectativa neste sentido. Um dos 13 mandados de busca e apreensão foi cumprido na casa do ex-prefeito, que continua sob investigação.

ESPERANÇA

Nesse meio tempo, Campos segue esperançoso que vá, ainda, ser reconhecido pela Justiça Eleitoral como deputado estadual eleito. Ele protocolou uma contestação à metodologia usada na definição das vagas para a legislatura 2023-2026 e aguarda parecer favorável do TSE para assumir a cadeira inicialmente – e talvez equivocadamente – conferida a Rodrigo Minotto (PDT) na Assembleia Legislativa.

Expectativa

Postado em 16 de janeiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo/Biguá News

Mais votado do PSB na corrida ao parlamento catarinense em 2022, o ex-prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos, não perdeu as esperanças de assumir uma cadeira na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina). Ele protocolou uma contestação à metodologia usada na definição das vagas para a legislatura 2023-2026 e aguarda, nos próximos momentos, parecer favorável do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Se os argumentos forem aceitos, o ex-mandatário gancheiro entraria na vaga inicialmente atribuída a Rodrigo Minotto (PDT).

Na apuração nominal, Duarte Campos somou 18.816 votos e Minotto fez 28.685. Entretanto, na contagem final, incorporados os votos na legenda, o PSB supera o PDT: 92.851 contra 82.141. E seria esse total partidário, acima do quociente eleitoral, que, segundo a ação, garantiria o ingresso na Assembleia.

 

PLANO B

Mas, caso a Justiça Eleitoral não reconheça o ex-prefeito de Governador Celso Ramos como deputado estadual, ele tem, ainda, outra expectativa: de ser convidado a participar do governo federal na cota do partido.

Duarte Campos assina como vice-presidente do PSB em Santa Catarina e mantém boas relações com figuras basais da legenda na esfera nacional, como o ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, e, ainda, o próprio vice-presidente da República, Geraldo Alckmin.

Opções caseiras

Postado em 14 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As incursões dos tijuquenses Diocélio Adelino dos Santos (SOLIDARIEDADE) e Franciel Britos (MDB) nestas eleições esbarraram nas fronteiras. Eram candidatos a deputados estaduais, mas não receberam um voto sequer além dos limites do município. Somaram, respectivamente, 296 e 233 votos – todos em urnas locais.

O mesmo aconteceu com os candidatos a deputados federais Marcio “Bambu” Reis (PATRIOTA) e Daniel Silveira (DC), ambos de São João Batista, que fizeram 596 e 787 votos respectivamente, todos na cidade.

Melhor sucedido nessa tarefa, apesar do desempenho abaixo da expectativa, foi o suplente de vereador Juarez Soares (CIDA), que foi candidato a deputado federal e alcançou 770 votos em Tijucas, e chegou aos 1.173 no Estado.

Apoio ideológico

Postado em 5 de julho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Partidário convicto, o ex-prefeito de Porto Belo e pré-candidato a deputado estadual Emerson Stein (MDB) tem um foco bem definido para a campanha ao parlamento catarinense: as representações do MDB na região. Desde que decidiu se lançar na disputa, ele vem procurando, prioritariamente, lideranças locais do partido que vai representar nas urnas. Na semana passada, o encontro foi com dirigentes emedebistas de Navegantes (foto). Entre eles, o presidente municipal da legenda, Fredolino Alfredo Bento, os ex-prefeitos Adherbal Ramos Cabral e Moacir Alfredo Bento, o vereador Paulo Rodrigo Melzi, além de parlamentares suplentes e membros do diretório.

 

Na região do Vale e Costa Esmeralda, a propósito, Stein conta com a esmagadora maioria do MDB de Tijucas, com representações consistentes em Canelinha e Itapema e, evidentemente, com a absoluta totalidade do partido em Porto Belo. De acordo com o ex-mandatário portobelense, que revelou expectativas durante entrevista ao LINHA DE FRENTE, semana passada, na VipSocial TV, o plano de campanha envolve o registro de votos em todos os 295 municípios de Santa Catarina nestas eleições.