quinta-feira, 1 de dezembro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Ideia fixa

Postado em 29 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, não desiste da ideia de lançar a primeira-dama Izineide Palochi na disputa majoritária de 2024. Na semana passada, em reunião com um vereador postulante à sucessão municipal, ele teria deixado muito claro que pretende fazer o possível para cumprir esse plano — embora juristas aliados do grupo governista se dividam sobre a questionada legalidade da candidatura.

No mesmo encontro, Mariano Rocha teria revelado que se, de fato, houver algum impedimento, a vez, por gratidão e integridade, seria do vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD).

Na fila interna, além do adjunto, aparecem com mais força o presidente do Legislativo municipal, Maickon Campos Sgrott (PP), o vereador Rudnei de Amorim (PSD) e, ainda que menos especulada, a secretária de Cultura, Paula Regina da Silva.

Ascensão

Postado em 22 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Votado por 643 eleitores em 2020, o presidente da Associação de Moradores de Nova Descoberta, José Vicente de Souza e Silva, que deve se candidatar novamente a vereador nas próximas eleições municipais, não tem feito outra coisa a não ser política. E os objetivos estão muito claros, sobretudo no figurino.

Presidente do PL de Tijucas, Zezinho usa a camisa azul com o distintivo e o número do partido o tempo inteiro, sete dias por semana. Mandou confeccionar quatro peças do fardamento, e não se veste de outra maneira por nada. Quer mostrar o orgulho de representar a legenda do governador eleito Jorginho Mello, de quem se tornou muito próximo, e marcar território no município para o pleito de 2024.

Na retaguarda, tem um motorista, um secretário pessoal, um assessor de comunicação e uma estrutura de dar inveja em políticos gabaritados. Tudo mantido por apoiadores, empresários que acreditam no potencial do movimento que criou.

Dia 4 de dezembro, a propósito, ele recepciona Mello e o senador eleito Jorge Seif (PL-SC) mais uma vez na Capital do Vale, com festa para centenas de convidados e, seguramente, anúncios do que vem adiante.

Expectativa alta

Postado em 7 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As vitórias acachapantes do governador eleito Jorginho Mello, assim como de Jorge Seif para o Senado, e o crescimento indiscutível do PL no território catarinense dão sinal verde para que o partido esteja entre os grandes das eleições municipais de 2024 no Estado. E na seara tijuquense, o planejamento segue à toda.

De acordo com figuras de comando da legenda na Capital do Vale, a meta é, pelo menos, participação efetiva no pleito majoritário. No momento, os liberais de Tijucas têm dois azes: o atual presidente da comissão partidária no município, José Vicente de Souza e Silva, o Zezinho da Associação, ou, ainda, a vereadora Nadir Amorim (PSD), que pretendem filiar na próxima janela.

O projeto, entretanto, baseia-se, inicialmente, na indicação do candidato a vice-prefeito em chapa favorita. De acordo com os primeiros levantamentos, os nomes do vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD), do ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), do presidente do Legislativo tijuquense Maickon Campos Sgrott (PP) e do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) são os que mais agradam para a composição.

Saída na entrada

Postado em 22 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O burburinho vinha ecoando nos corredores da prefeitura de Porto Belo havia semanas. O vice-prefeito Elias Cabral (PL), substituto imediato do titular Emerson Stein (MDB), que planeja se candidatar a deputado estadual nestas eleições e programou a desincompatibilização para sexta-feira (25), estaria repensando a assunção do município. Embora se confabulasse que a famigerada “intriga da oposição” pudesse ser o foco das informações, também se considerava que o governo portobelense não tem, atualmente, oposição na cidade, e que, obviamente, existia um fundo de verdade em tudo que se dizia.

Hoje, entretanto, Cabral foi às redes sociais para confirmar que desistiu de assumir o comando da Capital Catarinense dos Transatlânticos. No texto, ele diz que a decisão “é pessoal e não decorre de qualquer fato ou ato vivido ou presenciado na administração municipal” e que retorna automaticamente para o serviço público estadual como professor na Escola de Educação Básica Tiradentes. Aos mais próximos, porém, o vice-prefeito trata do assunto com brevidade: “Entrei com o Emerson e vou sair com o Emerson”, pontua, conforme relata, com exclusividade ao Blog, um vereador da base governista.

INCONSISTÊNCIA

Em meio à indecisão, Elias Cabral cumpria naturalmente a agenda de transição. Iniciou o processo com reuniões nos órgãos essenciais do governo, e tudo caminhava na mais absoluta normalidade. Depois, porém, faltou a compromissos em setores subsequentes e reacendeu a chama da desconfiança na cúpula governista. “Ele marcou conosco na Assistência Social, depois de ter ido na Secretaria de Administração, e não apareceu. Ficamos receosos, claro! Sabíamos que ele estava querendo desistir”, conta um servidor comissionado do município.

ÚLTIMO APELO

Não faltaram súplicas do prefeito Emerson Stein para que o companheiro voltasse atrás. Desde que Cabral comunicou a decisão, o clima na prefeitura é de incredulidade e preocupação. E o chefe do Executivo, que teve o vice-prefeito no planejamento da pré-candidatura a deputado estadual e a promessa de continuidade do modelo administrativo no município, não deixou de cobrar, insistir e, contam fontes do Blog, até implorar para que a programação engendrada logo após a reeleição fosse cumprida.

Consultado, Stein não quis comentar a postura do vice-prefeito, mas garantiu que o fato em nada afeta o projeto de candidatura ao parlamento catarinense, e que vai cumprir todo o cronograma previamente estabelecido.

CURSO NATURAL

Imediatamente, definiu-se que o governo não interfere politicamente e que o presidente da Câmara Municipal, vereador Joel Orlando Lucinda (MDB), assume o comando do município. De acordo com a legislação, ele deve convocar nova eleição para a chefia do Executivo em 90 dias.

Dos males, o menor. Lucinda goza de prestígio com o prefeito Emerson Stein e participa do rol de confiança do mandatário portobelense.

O presidente do Legislativo, aliás, já teria se colocado à disposição para se candidatar à prefeitura no pleito extraordinário. Outra opção seria o jovem Diogo dos Santos (MDB), que também teria a mesma intenção. Nos bastidores da Câmara, as confabulações seguem à toda. Na preferência da maioria, por enquanto, estaria Lucinda, que acumula sete mandatos consecutivos no parlamento e seria, independentemente de Elias Cabral, uma das alternativas governistas altamente cotadas para a sucessão municipal em 2024.

Prefeito em exercício

Postado em 26 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Larissa Souza/PMT

Tijucas, de segunda-feira (29) ao fim de 2021, tem novo prefeito. O engenheiro Sérgio Fernandes Cardoso (PSD), popular Coisa Querida, atual vice-prefeito, assume o Executivo municipal nas férias do titular, Eloi Mariano Rocha (PSD). A transmissão do cargo foi registrada na manhã de hoje, no gabinete principal do paço, mas a posse, de fato, ocorre no início da próxima semana.

 

Cardoso deve reunir o colegiado imediatamente, assim que promovido, para planejar as ações destes 30 dias. O ex-diretor do Sebrae/SC diz ao Blog, com exclusividade, que se sente especialmente feliz e motivado com a primeira oportunidade de governar o município.

Turismo e pandemia

Postado em 2 de março de 2021
  •  
  •  
  • 2
  •  
  •  

Fevereiro termina com novidades na Costa Verde & Mar, e o Colegiado de Secretários de Turismo da Amfri (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí) definiu os nomes da nova diretoria. A presidente da Fundação de Turismo de Porto Belo, Zene Drodowski, assume a presidência do grupo na gestão 2021/2022.

Os novos dirigentes têm foco no futuro e devem buscar novas formas para expandir a divulgação e a oferta de atrativos da Costa Verde & Mar para quando a pandemia da Covid-19 for superada. “O turismo foi um dos setores mais afetados e ainda não é o momento de relaxarmos nas medidas contra o vírus. Por isso, vamos focar no planejamento de ações futuras e nos manter ativos para garantir um desenvolvimento seguro da nossa região”, diz Zene.

Ousadia e inadimplência

Postado em 27 de janeiro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) de Tijucas, Luiz Rogério da Silva, tem metas ousadas. Uma delas seria o investimento, em quatro anos, de R$ 60 milhões no sistema de tratamento e distribuição da água no município. Algo muito além do estimado, já que o faturamento da autarquia gira em torno de R$ 12 milhões por ano. Manobras no orçamento, e muita criatividade para a captação de recursos extras, estão no planejamento.

Rogerinho quer, no primeiro momento, reaver as perdas. Ele pretende instituir o “Dívida Zero” para consumidores que têm faturas atrasadas, e deve lançar um programa de refinanciamento nas próximas semanas. De acordo com um levantamento superficial, a inadimplência, no Samae, ultrapassa a casa dos R$ 4 milhões.

Time feminino

Postado em 11 de dezembro de 2019
  •  
  •  
  • 20
  •  
  •  

A secretária municipal de Educação, Neide Maria Reis, ensaia uma candidatura à Câmara Municipal de Tijucas em 2020 pelo PSD. As tratativas são embrionárias, mas existe a possibilidade, a oportunidade e, talvez, a necessidade — já que os partidos devem preencher 30% da nominata proporcional com mulheres. Consultada pelo Blog, ela diz, apenas, que “não há nada decidido ainda”.

Outra integrante do colegiado municipal que pode surgir como opção para o Legislativo tijuquense, já com expectativas mais adiantadas, é a secretária de Cultura, Paula Regina da Silva, também pelo PSD do prefeito Eloi Mariano Rocha.

Pré-anúncio

Postado em 18 de março de 2019
  •  
  •  
  • 21
  •  
  •  

Presidente do Poder Legislativo e do PP tijuquense, o vereador Vilson Natálio Silvino vem anunciando, ainda com certa parcimônia, que o partido deve ter um candidato a prefeito nas eleições municipais de 2020. Uma reunião da executiva progressista, prevista para breve, vai apresentar as opções e, se tudo correr como planejado, definir um nome para a próxima concorrência majoritária da Capital do Vale.

Atualmente, o PP integra a base de governo do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) – que pretende se candidatar à reeleição. Desde 1997, quando Nilton de Brito (PP) entregou a prefeitura para Carlos Humberto Ternes (então PMDB), os progressistas não comandam o município.

Reação tucana

Postado em 27 de fevereiro de 2019
  •  
  •  
  • 5
  •  
  •  

As representações do PSDB na região, principalmente em Tijucas, São João Batista e Major Gercino, foram muito afetadas com os resultados das eleições de 2018. O ex-deputado estadual Serafim Venzon – que também não alcançou a reeleição no pleito recente – assumiu a tarefa de reestruturação do partido nestes municípios e vem conversando com os correligionários locais, mas admite que os diretórios estão muito fragilizados. “Não fomos bem nas eleições nacional e estadual. Tivemos muitas perdas e precisamos reagir”, comenta.

Venzon garante que algumas medidas serão tomadas no próximo mês. No caso de Tijucas, o retorno da ex-vereadora Lialda Lemos ao comando do partido vem sendo considerado. “Tenho excelente relação com ela. Ainda não conversamos, mas existe essa hipótese”, confirma o ex-deputado, que aguarda definições nas executivas nacional e estadual para formar o planejamento regional.