quarta-feira, 19 de junho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Rede forte

Postado em 8 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A ligação do prefeito Joel Orlando Lucinda (MDB), de Porto Belo, com a pesca, nunca foi segredo para ninguém. Pelo contrário. O mandatário portobelense sempre se orgulhou da tradição local – que serve de fonte de renda para muitos moradores -, e tem relação estreita com a prática.

Prova disto foi a disposição do chefe do Executivo municipal em viajar à Capital Federal, nesta semana, para uma audiência no Congresso Nacional. O encontro tem o objetivo de debater sobre a importância da corvina, que pode ter sua pesca proibida pelo Governo Federal.

Lideranças pesqueiras de Santa Catarina, a exemplo do mandatário portobelense, demonstraram preocupação diante da possibilidade, especialmente pelo impacto socioeconômico. Lucinda viajou acompanhado por pescadores de Porto Belo, que também participaram da audiência.

Conselho

Postado em 10 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas | Arquivo | Linha de Frente

O grupo de empresários, amigos e apoiadores da gestão Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, conhecido por G-8 ou Conselho, não foi consultado pelo mandatário antes ou durante os seus últimos movimentos políticos, sobretudo em atenção ao pleito eleitoral de outubro.

Uma das lideranças envolvidas, o médico e empresário Rogério de Souza, que ao longo das últimas décadas participa ativamente das campanhas colas-brancas, revelou, durante a live CONEXÃO POLÍTICA – Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda, ontem, que houve uma diminuição na frequência de encontros e, portanto, o distanciamento entre Mariano Rocha e o grupo.

“As reuniões ficaram um pouco mais escassas e perdemos um pouco do contato com o prefeito. Mas, por estratégia. Não vamos convidá-lo para todas as reuniões. Mas, sim, para aquela que a gente acha importante a participação dele. Nas últimas, optamos por não estarmos com o prefeito”, disse o ex-secretário de Saúde do município.

Souza ponderou, inclusive, que a importância do cargo concede ao mandatário o papel de “maior líder político” da cidade. O que, por lógica, lhe daria o direito de organizar o grupo governista no projeto de sucessão à sua maneira.

“Como maior líder político do município, o prefeito tem toda a liberdade para fazer o trabalho de pré-campanha ao seu modo. As definições de acerto ou erro, só podem ocorrer lá na frente, quando soubermos dos resultados efetivos deste trabalho. Neste momento, ele se cercou das ideias e das atitudes que ele achou melhor para o momento e assim fez”.

Entretanto, o empresário garante que o G-8 participará ativamente dos processos e que, muito em breve, os membros do grupo serão procurados por Mariano Rocha. “Isso acontecerá naturalmente. Em algum momento, o prefeito vai tomar essa atitude. Até porque isso sempre ocorreu informalmente. Chega um momento em que é um por todos e todos por um.

COISAS DIFERENTES

Progressista por convicção, o médico tijuquense compartilha a ideia de que PP e PSD, embora estejam juntos e integrem o mesmo movimento na Capital do Vale, são “coisas diferentes”.

“PP e PSD não são a mesma coisa. PP é PP, PSD é PSD. São parceiros políticos. Mas nunca concordei com essa ideia de ‘deixa o PP vir porque é tudo a mesma coisa, farinha do mesmo saco’. Conversa! Não é. Comungam da mesma ideia, mas não é a mesma coisa”, afirmou.

Sentimentos

Postado em 8 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O ex-prefeito Elmis Mannrich, de Tijucas, diz ter notado pelas ruas do município um “sentimento de mudança”. Em paralelo, o presidente local do MDB avalia que o partido há muito tempo não se unia tanto em prol de um projeto político.

Em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, quinta-feira (4), o pré-candidato emedebista à prefeitura ponderou que o cenário atual é muito diferente de 2016, quando o resultado das eleições foi negativo para a legenda. E que hoje, inclusive, o povo tijuquense fala da sua gestão com “saudade”.

“Agora, a cada dia que passa, a população está com mais saudade do Elmis, com o gabinete aberto, atendendo a população, trabalhando todo dia, chegando na prefeitura às seis horas… Eu peguei uma situação de mudança e aconteceu aquele fato. Chega uma hora que as pessoas querem mudar, às vezes, pra pior. Mas querem mudar. Com certeza querem mudar de novo, mas pra melhor. Porque conhecem o que já fizemos pelo povo de Tijucas”, disse o ex-mandatário.

Mannrich pontuou, ainda, que obras de alta aprovação popular são importantes, mas que o atendimento à comunidade não pode ficar em segundo plano. O emedebista frisou também que vê a cidade “parada”, “abandonada” e “triste”.

“É importante ouvir os reclames da sociedade e visitar as pessoas. Fizemos isso com propriedade, mas com simplicidade. Gostamos disso. Tijucas ficou sem (os desfiles de) 7 de Setembro Reveillon, Carnaval, Festival de Talentos… Por isso o nosso partido se colocou à disposição do município. Conhecemos a população e sabemos da necessidade”, disse.

MORRO ABAIXO

Embora destaque a relevância da militância histórica do MDB no processo, o ex-prefeito reconhece a importância de uma composição que fortaleça a proposta. Haveria, inclusive, em andamento, conversas com outros grupos de oposição que tenham o mesmo projeto de “mudança”.

“O ex-governador Luiz Henrique (da Silveira) sempre colocava pra nós: ‘se puder fazer uma eleição morro abaixo, não vamos fazer morro acima’. Hoje tenho convicção de que podemos ganhar a eleição mesmo que PL e UNIÃO tenham projetos próprios. Mas, temos conversado com os dois”, revelou.

Semente plantada

Postado em 23 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O empresário e pré-candidato a prefeito Felipe Lemos, de São João Batista, reuniu, ontem, no Mirante Dell Antônio, centenas de lideranças, filiados e simpatizantes do Partido Liberal. O evento foi promovido pela executiva municipal da legenda, em conjunto com o PL Mulher.

A reunião, aliás, estava estrelada. Estiveram presentes a ex-vice-governadora e deputada federal Daniela Reinehr, e os deputados estaduais Carlos Humberto Metzner Silva e Ana Campagnolo. As representantes femininas discursaram ao público presente, reforçando a importância da participação das mulheres na seara política.

Ao Blog, Lemos celebrou a grande adesão dos batistenses ao evento. Afinal, o público foi acima do aguardado. “Liderei essa estruturação do PL em São João Batista. Estamos plantando uma sementinha. Acredito que o resultado foi surpreendente. Ninguém esperava que viriam tantas pessoas. Foi um marco na história da cidade, mostrando que a terceira via tá vindo com força”, disse.

PADRINHO

Metzner Silva, embora não fosse uma novidade – vide a proximidade do parlamentar com o empreendedor batistense -, declarou apoio incondicional à pré-campanha de Lemos e, com exclusividade ao Blog, profetizou o exito no pleito de outubro.

“Vim apoiar o Felipe Lemos como meu pré-candidato a prefeito de São João Batista. Ele vai ganhar a eleição. Montando um grande partido, tá fazendo um bom trabalho como presidente do PL, partido que cresce muito no Vale. A participação do Felipe é importante para que São João seja muito bem representada”, declarou.

Presidente

Postado em 16 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), de Canelinha, assumiu hoje a presidência da Granfpolis (Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis). A entidade representa 22 cidades da região, entre elas, as cinco que formam o Vale do Rio Tijucas.

O mandatário canelinhense terá, ao seu lado, como vice-presidente, o prefeito de Leoberto Leal, Vitor Norberto Alves (MDB). Na oficialização do ato, ele comemorou a conquista e destacou a importância da associação para os municípios.

“Muito orgulho. É um prazer enorme poder contribuir com o desenvolvimento da Grande Florianópolis, uma região tão importante para Santa Catarina, liderar as atividades desta respeitada entidade, que já soma 54 anos de serviços prestados à comunidade, e representar os 22 municípios associados”, escreveu.

NA HISTÓRIA

Maciel é apenas o sexto prefeito do Vale do Rio Tijucas a presidir a entidade. Antes dele, os ex-prefeitos de São João Batista, Jair Sebastião “Nonga” Amorim (1997/1998) e Aderbal Manoel dos Santos (2006/2007 e 2010/2011), de Nova Trento, Gian Francesco Voltolini (2019/2020), de Tijucas, Rubens “Binho” Barreto (1991/1992), e o também canelinhense Antônio da Silva (2015/2016) ocuparam a presidência da entidade.

Representatividade

Postado em 12 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A posse da técnica em enfermagem Adenilza Iolanda Ramos (PDT), na Câmara de Vereadores de Tijucas, dias atrás, foi histórica. Afinal, “Dedê”, como ficou conhecida, passa a ser a primeira – e única, até hoje -, mulher negra a ocupar uma cadeira do Legislativo municipal.

A vereadora permanecerá no cargo por 30 dias, durante a licença do titular, Cláudio Eduardo de Souza (PDT). Em sua posse, Adenilza reforçou a importância da representatividade. “Quando olho para trás, vejo o legado de mulheres inspiradoras, como minha mãe. Hoje, como primeira mulher negra a assumir uma cadeira nesta Casa, vejo que finalmente seremos representadas, ainda que tenha demorado 76 anos para que este momento chegasse”, pontuou.

O Poder Legislativo de Tijucas, instituído em 1948, teve apenas outros dois vereadores negros. O primeiro foi Luiz Antonio da Silva, conhecido como “Luiz da Farmácia”, em 1983. Somente em 2023, após 40 anos, o segundo, Édson Ferreira de Lima, o “Edinho do Casarão”, assumiu uma cadeira no parlamento municipal, mas, este, por 30 dias.

Laços estreitos

Postado em 14 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito de Nova Trento, Tiago Dalsasso (MDB), fez questão de enaltecer e reconhecer a importância da aproximação com o Governo do Estado, sobretudo com o governador Jorginho Mello (PL) e o secretário da Infraestrutura e Mobilidade, Jerry Comper.

A proximidade com o deputado estadual licenciado não é uma novidade, aliás, já que Comper e Dalsasso nutrem uma relação de amizade. Já com Mello, os laços ficaram mais estreitos ao longo dos últimos meses. “O senhor não promete, o senhor faz”, escreveu o neotrentino ao chefe do Executivo estadual.

A mensagem, a propósito, foi escrita justamente no anúncio da assinatura da adesão de Nova Trento ao programa de transferências de recursos, destinados para obras de pavimentação asfáltica, drenagem pluvial, implantação de passeios e sinalização viária, em especial, no bairro Espraiado.

“Hoje é um dia muito especial, para mim e para o Moacir. É mais infraestrutura para o nosso município, para nossos cidadãos, para nossos visitantes… Enfim, é mais um passo para o asfalto do bairro Espraiado e demais ruas do nosso município”, complementou Dalsasso.

Feminismo

Postado em 7 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

As histórias, perspectivas e os sentimentos de 57 mulheres catarinenses de diferentes segmentos da sociedade estão reunidas no livro “Vozes das Mulheres Catarinenses – Narrativas de Histórias Reais”, lançado ontem na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina).

A deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE), de Bombinhas, é uma das colaboradoras da obra e participou do ato de lançamento. Paulinha, que é coordenadora da bancada feminina no Legislativo catarinense, explicou, na cerimônia, a importância da publicação.

“Esse livro nasce de uma conjunção de forças para falar sobre o que pensamos e o que desejamos, que é primordialmente o respeito e igualdade plena entre homens e mulheres”, destacou a parlamentar bombinense.

Todas, todos e todes

Postado em 28 de março de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O termo “todes”, usado num documento durante uma convenção de Saúde realizada em Tijucas, gerou polêmica na semana passada. O tema foi debatido nas rodas de conversa do município, e movimentou, inclusive, os bastidores da política.

Um dos mais atacados foi, justamente, o comandante da pasta, secretário Vilson José “Tem” Porcíncula. Ele garante que sequer percebeu o emprego da linguagem neutra no ofício, e que se atentou unicamente à importância do evento para o município.

Ao Blog, com exclusividade, Tem explicou que o material veio pronto e foi entregue para outras 21 cidades que compõem a Granfpolis (Associação dos Municípios da Grande Florianópolis), mas que em nenhuma outra o assunto teve essa repercussão. “Quando consultei o departamento responsável, apenas me disseram que fui premiado com essa polêmica”, conta.

O secretário de Saúde pontuou, ainda, que não concorda com a propalada linguagem neutra, mas garante que considera a discussão desnecessária diante dos vários problemas na Saúde dos municípios. “Temos dificuldades. Aceito críticas quando são pertinentes. Mas isso, pra mim, é irrelevante”, concluiu.

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), por sua vez, disse, também, que só tomou conhecimento do fato a partir da repercussão nas redes sociais e na imprensa local.

A escolhida

Postado em 14 de agosto de 2018
  •  
  •  
  • 9
  •  
  •  

O prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e o colegiado escancararam. A candidata da administração municipal de Tijucas ao parlamento catarinense é, de fato, sem cerimônias, a itapiranguense Marlene Fengler (PSD), ex-coordenadora da Escola do Legislativo e braço direito, por anos, do deputado estadual e candidato a governador Gelson Merisio (PSD).

Nas reuniões com servidores em cargos comissionados, os líderes do governo têm deixado claro que a eleição de Marlene – e com votação expressiva em Tijucas – é uma questão de honra, e de fundamental importância para os rumos da gestão cola-branca no município. Pois, então?!